Entre para seguir isso  
Boi Zebu

Maconha, Vicia Ou Não?

Recommended Posts

Salve galera, tudo na paz?

Bom, ultimamente venho me perguntando se maconha vicia ou não...

estava olhando alguns topicos, e algumas pessoas dizem que não "aguentam" ficar dois dias sem fumar, mas pera ai, maconha não vicia?

Particularmente, eu fumo só de fim de semana, não aguento ficar duas semana sem fumar um. Eu começo a ficar estressado, mais cansado do que o normal, na neura pra fumar um e querendo sentir a briza da maconha, perspectiva de mais coisas, como é comum pra mim viajar nessa onda... Seria esses os sintomas de abstinencia da maconha ou sei lá, crize de abstinencia psicologico da maconha?

Quase igual ao cigarro, como fumo, é parecido, pois quando fico um tempo sem fumar, começo a ficar estressado, na neura pra fumar um cigarro e querendo sentir a sensação de fumar um cigarro, como o primeiro cigarro do dia, particularmente, o melhor...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende da sua ideia de vicio...

Vicio é o que te faz querer, que te obriga, que te faz dependente...

Ou vicio é você apenas querer sempre, mas não te machuca se ficar sem.

Como aquele rocambole de chocolate da padaria... eu não vivo sem, estou viciado?

sacou?

Mas a verdade é que se fuamr muito faz uma falta sim, mas só fica sem animo no 1º dia... experiencia propria...

opaz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

a verdade é q com mente fraca, qualquer coisa prazerosa se torna um vicio...

no cerebro age da mesma forma, liberando dopamina, claro q existem substancias mais viciantes q outras, nao acho q maconha esta nesse patamar, o unico fato de maconha viciar, é pq o fumo é maravilhoso, gostoso, saboroso....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Conheço gente viciada em muitas coisas:dinheiro,mulheres, esportes e drogas...

Até onde eu saiba o vício é o antônimo de virtude.

E a virtude está ligada à ética e moral.(logo como a sociedade é imoral,o que seria vicio ou virtude???)

Se vc está referindo-se a hábito ou dependência química???

Generalizando...Cara sou viciado na minha família, meus amigos e meu trabalho;no café expresso e nos chocolates da Kopenhagen.(o dia em que não tomo café e os chocolates antes de trabalhar, não existiu...rsrsrs(gasto médio de R$ 35,00 dia seg a sexta e fins de semana se for ao shopping.)

Viciado em internet,coca-cola,batata Pringles e comida da mamãe.

Viciado em cultivo caseiro e Growroom.

Se eu passar um dia sem alguma destas coisas..

Fico puto e mal humorado e contando as horas para chegar os tais "momentos".

Haaaa!!! A cannabis me consola, nos momentos de abstinência de tudo isso acima.

Por isso sou FELIZ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende da sua ideia de vicio...

Vicio é o que te faz querer, que te obriga, que te faz dependente...

Ou vicio é você apenas querer sempre, mas não te machuca se ficar sem.

Como aquele rocambole de chocolate da padaria... eu não vivo sem, estou viciado?

sacou?

Mas a verdade é que se fuamr muito faz uma falta sim, mas só fica sem animo no 1º dia... experiencia propria...

opaz

Como disse, não fumo muito, pois não gosto de estragar a briza, pois fumar todos os dias, pelo menos pra mim acho que estragaria, no começo, fumava 1 2 baseado por mês, depois almentei para 2, 3 baseados por fds. Porém, se eu ficar sem fumar 2, 3 semanas, acontecem quase os mesmo sintomas do cigarro...

Porém esses sintomas não são fisicamente, são psicologicamente, algo que faz com que eu queira, meio que obrigando minha mente, a querer, sem machucar, porém com a ideia de maconha não viciar, faz com que eu queira, fazendo minha mente agir a pegar um baseado e fumar, assim aliviando e sossegando a minha mente pulsante...

a verdade é q com mente fraca, qualquer coisa prazerosa se torna um vicio...

no cerebro age da mesma forma, liberando dopamina, claro q existem substancias mais viciantes q outras, nao acho q maconha esta nesse patamar, o unico fato de maconha viciar, é pq o fumo é maravilhoso, gostoso, saboroso....

Seria os sentimentos de maravilhoso, gostoso, saboroso, que obriga sua mente, sem afetar seu fisico, fazendo vc agir a querer um baseado?

Conheço gente viciada em muitas coisas:dinheiro,mulheres, esportes e drogas...

Até onde eu saiba o vício é o antônimo de virtude.

E a virtude está ligada à ética e moral.(logo como a sociedade é imoral,o que seria vicio ou virtude???)

Se vc está referindo-se a hábito ou dependência química???

Generalizando...Cara sou viciado na minha família, meus amigos e meu trabalho;no café expresso e nos chocolates da Kopenhagen.(o dia em que não tomo café e os chocolates antes de trabalhar, não existiu...rsrsrs(gasto médio de R$ 35,00 dia seg a sexta e fins de semana se for ao shopping.)

Viciado em internet,coca-cola,batata Pringles e comida da mamãe.

Viciado em cultivo caseiro e Growroom.

Se eu passar um dia sem alguma destas coisas..

Fico puto e mal humorado e contando as horas para chegar os tais "momentos".

Haaaa!!! A cannabis me consola, nos momentos de abstinência de tudo isso acima.

Por isso sou FELIZ...

Tbm conheço gente viciada em dinheiro, meu pai é um deles, mulheres, ahhh qual homem não é?

Mas como o steampipe disse, ao consumir ou ter tais coisas, faz com que o cerebro, produz tais substancia que traz consigo, o bem estar, a felicidade, etc.

Mas até onde eu sabia, virtude, é o ato de praticar o bem, o vicio fisico te obriga a fazer à coisas que erradas, para conseguir amenisar o vicio fisico, quimico ou outros.

Não disse dependencia quimica, pois a quimica produzida pelo homem, altera o bem estar, e produzindo coisas não naturais para o cérebro, trazendo consigo a dependencia. Mas seria algo, o ser, o VC, que faz as coisas, que faz com que o cérebro, produz tais substancia naturais para a mente, fazendo o seu psicologico a depender disso, fazendo com que o bem estar, a fuga de alguns problemas, obrigando a sua mente, o seu psicologico, a praticar tais coisas para levar ao bem estar interior?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Putz, mto tempo sem postar aqui! Salve, povo da paz e do amor!

Acho que o Satiro fez uma comparação mto interessante. Costumo fazer o mesmo, mas com danete, e não com rocambole... rss.

Eu fumo erva diariamente, e concordo mais uma vez com o Satiro: vc pode ficar com a mente meio entediada no 1º dia sem fumar, mas dps tranquiliza. Eu não gosto mto de inalar fumaça. Nunca traguei cigarro careta, mas sei que a fumaça da erva é bem mais leve. Por isso, erva, eu fumo numa boa. Qdo conseguir espaço p/ plantar, vou ver se faço chá, bolo, ou msm descolo um vaporizador (que minimiza os danos ao pulmão).

Mas enfim... o lance é vc tentar identificar se vc tem hábito, costume de fumar maconha, ou dependência de fumar! Em determinadas situações, eu prefiro não fumar antes. E às vezes, pra aliviar o pulmão mesmo, dou uns dias de intervalo. Se vc consegue ter esse controle, blz!

Paz, galera!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

“O vício e a virtude são parentes como o carvão e o diamante.” (Karl Kraus)

Posso também mencionar o poeta Horácio: modus in rebus, virtus in medio, cape diem ( arte do bem viver), que deve com certeza fumado um baseado e estava com a inspiração à flor da pele, que em uma tradução livre seria a tudo tem um limite, uma justa medida pois ser bom demais atrapalha(isso fere a tese da virtude sendo fazer sempre o bem,pois em excesso torna-se mal) e dentro destes parametros viva a vida aproveite e seja feliz...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Putz, mto tempo sem postar aqui! Salve, povo da paz e do amor!

Acho que o Satiro fez uma comparação mto interessante. Costumo fazer o mesmo, mas com danete, e não com rocambole... rss.

Eu fumo erva diariamente, e concordo mais uma vez com o Satiro: vc pode ficar com a mente meio entediada no 1º dia sem fumar, mas dps tranquiliza. Eu não gosto mto de inalar fumaça. Nunca traguei cigarro careta, mas sei que a fumaça da erva é bem mais leve. Por isso, erva, eu fumo numa boa. Qdo conseguir espaço p/ plantar, vou ver se faço chá, bolo, ou msm descolo um vaporizador (que minimiza os danos ao pulmão).

Mas enfim... o lance é vc tentar identificar se vc tem hábito, costume de fumar maconha, ou dependência de fumar! Em determinadas situações, eu prefiro não fumar antes. E às vezes, pra aliviar o pulmão mesmo, dou uns dias de intervalo. Se vc consegue ter esse controle, blz!

Paz, galera!

Particularmente, não tenho dinheiro o suficiente para bancar o fumo diariamente, e não tenho lugar para plantar, pois onde moro, é lugar concreto e aço. E também prefiro ficar so dos baseados de fds, pois acho que ficaria pior, não iria aguentar ficar mto tempo sem fumar, a minha importancia não é no primeiro dia, e sim, na primeira faze, pois, quando eu fico sem fumar, não me vejo ficando estressado, apenas faço as coisas estressado, a hora que menos percebo, estou no fim de semana, fumando um... Qual o sentido disso?

sou viciado... E?

Hehe, somos 2...

“O vício e a virtude são parentes como o carvão e o diamante.” (Karl Kraus)

Posso também mencionar o poeta Horácio: modus in rebus, virtus in medio, cape diem ( arte do bem viver), que deve com certeza fumado um baseado e estava com a inspiração à flor da pele, que em uma tradução livre seria a tudo tem um limite, uma justa medida pois ser bom demais atrapalha(isso fere a tese da virtude sendo fazer sempre o bem,pois em excesso torna-se mal) e dentro destes parametros viva a vida aproveite e seja feliz...

Concordo e discordo de algumas coisas sobre o que vc disse...

Talvez, esteija igualando um pouco a mais as coisas.

O carvão e diamente provem do mesmo material, o carbono, podem ser parentes pela sua constituição molecular, mas, isso não quer dizer que são iguais.

Bom, creio que exitem parentes com personalidades diferentes, um irmão que tende a fazer maldades, e o outro que faz o bem, mas eles vem de um mesmo lugar, a mãe deles, porém eles são antonimos um do outro?

Assim como o vicio e a virtude viriam de um mesmo material, a etica, o valor moral, não vejo que eu posso dizer que um viciado faz virtudes, posso?

Vicio e virtudes podem estar ligadas mais não vejo quais quer semelhança entre eles.

porém concordo que tudo tem seu limite, até água em exeço fais mal, podem procurar, uma mulher morre de overdose de água.

Você tbm, aproveite a vida e seja feliz :335968164-hippy2:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O carvão e diamente provem do mesmo material, o carbono, podem ser parentes pela sua constituição molecular, mas, isso não quer dizer que são iguais.(são iguais na matéria pois são carbono puro, o que diferencia o carvão (carbono) do Carvão (diamante) é a quantidade dos ÁTOmos.Sacou?¹

Logo a diferença entre vicio e virtude está na justa medida.

respondendo a sua pergunta: não vejo que eu posso dizer que um viciado faz virtudes, posso?

Pode sim. Da mesma forma que um virtuoso pode cometer vícios.Modus in rebus, virtus in medio...

Tudo está ligado a quantidade,man.

Aperte um e pense nissoroll-up.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sou viciado... E?

:rasta2bigsmoke0gf:

Eu fumo erva diariamente, e concordo mais uma vez com o Satiro: vc pode ficar com a mente meio entediada no 1º dia sem fumar, mas dps tranquiliza.

Tedio é a palavra certa.... haha

Mas sabe que eu de tanto fumar, aprendi a gostar de ficar sobrio em certos momentos...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Maconha é que nem agua, precisamos dela todo dia para sobreviver.

Não diria que é um vicio, mais sim algo que necessitamos para nos sentirmos bem.

Vicio pra mim é tudo que envolve coisa ruin, intão maconha não é vicio e sim uma necessidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

IMO

NO COMEÇO A MACONHA TE FAZ RIR, SENTIR BEM, COM O COSTUME DE USAR NOSSO CORPO SE ADAPTA COMO SE ADAPTA A TUDO

SE VC QUEBRA ESSA ADAPTAÇÃO PARANDO DE USAR; O CORPO SENTE COMO NOVA MUDANÇA E TENTA SE ADAPTAR NOVAMENTE

PSICOLOGICAMENTE, COMO EU DISSE, NO COMEÇO SÃO RISOS, MAS DEPOIS O CORPO SE ADAPTA E É COMO SE FOSSE QUASE NORMAL, OU SEJA, VC FUMA PARA FICAR RELATIVAMENTE NORMAL, COM UMA SENSAÇÃO PEQUENA E BOA

SE VC PARA, A TENDENCIA É VC FICAR DOWN, PORQUE SE AO FUMAR VC FICAVA "NORMAL", FAZIA PARTE DO SEU DIA A DIA...AGORA SE VC PARA DE FUMAR, SEU LADO EMOCIONAL CAI, SE ADAPTA E SE VC VOLTA A FUMAR VC SE SENTE COMO LÁ NO COMEÇO

VC FUMA FICA ALTO, SE FUMA DIRETO VC FICA LA EM CIMA E LA EM CIMA FICA COMO SE TIVESSE EM UM ESTADO LINEAR

AO PARAR DE FUMAR VC CAI, SENTE A CAIDA, MAL HUMOR , MAS DEPOIS SE ADAPTA DE NOVO

ACHO Q EH ISSO

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O carvão e diamente provem do mesmo material, o carbono, podem ser parentes pela sua constituição molecular, mas, isso não quer dizer que são iguais.(são iguais na matéria pois são carbono puro, o que diferencia o carvão (carbono) do Carvão (diamante) é a quantidade dos ÁTOmos.Sacou?¹

Logo a diferença entre vicio e virtude está na justa medida.

respondendo a sua pergunta: não vejo que eu posso dizer que um viciado faz virtudes, posso?

Pode sim. Da mesma forma que um virtuoso pode cometer vícios.Modus in rebus, virtus in medio...

Tudo está ligado a quantidade,man.

Aperte um e pense nissoroll-up.gif

Mas me diz qual a justa medida entre vicio e virtude.

Pensei a respeito da minha pergunta do viciado.

Porém vicio e virtude são antonimos?

Porque até onde eu saiba, virtude é o ato de praticar bondade, o vicio, sei lá, pode ser varias coisas ruins como o amigo de cima ai disse...

Phoda aperta um aqui, a cidade aqui ta na mais pura seca...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A maconha vicia, porem o vicio dela é diferente de outras drogas, o vicio que a maconha causa é apenas psicologico.

O mesmo vicio que você tem por coisas que te dão prazer.

Diferente do vicio fisico que o cigarro e outras drogas causam, que é quando o seu CORPO necessita daquilo para "funcionar direito".

Basicamente é isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara , não queria falar filosoficamente, mas impossível falar de vício e virtude sem mencionar Aristóteles em ética a Nicômaco ( Não se sabe se ele escreveu para seu filho ou pai,pois eles tinham o mesmo nome) um livro que todo ser humano deveria ler,para mim é uma bíblia,tive várias "revelações" lendo-o e eu recomendo a todo ser humano.

Aristóteles, um cara que foi o 1º a pensar sobre virtude e justiça e influenciou todos os pensadores de todas as épocas distinguiu dois tipos de virtude:

1) as virtudes intelectuais ou virtudes da mente.(interiores)

2) as virtudes morais, que consistem no controle das paixões, movimentos espontâneos do caráter humano.(exteriores)

A virtude não é, diversamente da felicidade, uma atividade, senão que um hábito, ou maneira habitual de ser; como tal, não pode ser adquirida da noite para o dia, porque depende de muito exercício - repetindo certos atos o homem acaba por transformá-los numa segunda natureza, isto é, numa disposição (e não atividade) para no futuro agir sempre da mesma forma.

O processo é sempre o mesmo, sejam os atos bons ou maus : no primeiro caso temos a virtude e, no segundo, o vício.

Quando se adquire uma virtude, age-se de acordo com ela sem esforço e com prazer, porque se aje de acordo com a própria natureza ; o vício, ao contrário, acaba por trazer desprazer uma vez que se coloca contra a natureza.

A atividade daquele que age de acordo com os bons hábitos que adquiriu durante a maior parte de sua vida é o que chamamos de felicidade.A felicidade mais perfeita é a que se baseia no exercício da virtude igualmente mais perfeita, da virtude de maior excelência, a sabedoria, que é a contemplação das verdades fundamentais da ciência e da filosofia. Também a felicidade mais auto-suficiente, porque não precisa de bens materiais para se efetivar.

Numa analogia para que vc entenda sem nhem nhem nhem filosófico, no pensamento aristotélico o cara que dá o peixe,apesar de estar praticando a virtude, está pecando,pois a justa medida da bondade(virtude) ela é excessiva,pois fará com que quem recebe o peixe se acomode e seja "preguiçoso", este ato apesar de parecer virtuoso é víciado e corrompe,pois o virtuoso mesmo seria ensinar as pessoas a pescarem...Por isso a frase do diamante e do carvão...Sacou???

Bom, como é off topic se quiser trocar uma ideia mande uma MP...

A a justa medida é a justiça. A virtude perfeita.Nem o mais, nem o menos.O equânime, e isso está ligado a seus valores ideológicos: políticos, éticos e morais.

Não sou eu que te direi qual a justa medida,pois meus valores são diferentes dos seus...sacou?

Na verdade nós não sabemos de porra nenhuma...

Se te interessar dar uma viajada...

Segue link de um resumo ,pois o original é muito chato, pois Aristóteles era muito detalhista e para quem não está estudando o tema fica prolixo.

http://projetophronesis.wordpress.com/2009/04/07/resumo-de-etica-a-nicomaco-de-aristoteles/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

a maconha causa dependencia psicológica, nao química/física, como alcool e cocaina por exemplo. isso ker dizer q uma pessoa q está "viciada"(o que é mto subjetivo) em maconha nao adoecerá ao se abster da droga.

quimicamente, a cafeína tem um potencial viciante maior que o THC

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:blink: casos e casos. acho que isso vai de cada um. agente tem este extinto de dizer "nao sou viciado", mas na hora H nao aguenta negar.

eu nao sei dizer, pois nunca tentei parar por um tempo mais longo. eu dou uns stops de vez em quando, quando a leza esta muito grande.. 2.3 dias. fico ate bacana, sem aquela fissura toda, apenas na vontadezinha. detalhe, quando eu fico sem fumar, eu quase dobro a quantidade de caretas por dia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

MUITOS DOS "VICIADOS" EM MACONHA FAZEM NA VERDADE USO MEDICINAL.

QUEM USA REMEDIO CONTROLADO É VICIADO NO REMEDIO?!

é uma questao. vc precisa analizar, pq vc fuma tanto? pq tem essa vontade?

sei la, acho q sou viciado, mas vicio... pra mim, eu ja fui viciado em cigarro. era uma coisa q eu sentia q me fazia mal e eu fumava. viciado.

maconha eu posso ate ser viciado, mas eu tb gosto, adoro e tdo o mais, e sinto q me faz bem.

ah se todo vicio fosse assim...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que vicia sim, porém como já foi falado, tudo que é bom vicia. O pergunta é se este vício é prejudicial, para algumas pessoas é, já outras pessoas levem de boa e inclusivem se beneficiam bastante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
Entre para seguir isso