sano

Dúvidas Sobre Questões Jurídicas, Pergunte Aqui!

Recommended Posts

Uma coisa que todo grower deve fazer é ter junto ao grow uma cópia da lei de entorpecentes, e não ter nenhum objeto que possa ser relacionado à atividade de mercancia da cannabis, como sacolas plásticas, balanças de precisão em sua residência, etc.

Isso é o mínimo, eu diria que hoje em dia dar preferência à pratica do indoor ou ao outdoor dexavado com muita vegetação de camuflagem é também essencial para o autocultivo seguro.

Além disso, um dossiê sobre autocultivo e sobre a biologia básica da planta e do cultivo da cannabis podem ser muito úteis nesses momentos de terror para qualquer grower.

Em suma, rapidamente seria isso que eu faria :ph34r: se eu fumasse, se eu plantasse, se eu colhesse, se eu secasse, se eu curasse, se eu picotasse, se eu coxasse, se eu acendesse, eu faria assim, no pianinho, o segredo do sucesso é o segredo, menos é mais, viva o sol, viva a lua, viva as joaninhas e os pulgões que elas comem.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera eu planto em casa, e ja nao peço sementes a um bom tempo (2 anos), mas planto uma quantidade razoavel pra poder usar durante o ano, não tenho receita medica pra uso medicinal. Cultivo a vegetacao em indoor e floreio em outdoor, tenho um vizinho ate bacana que é o unico que poderia ter visao do meu cultivo, isso somente se ele subir no muro e olhar na minha residencia, pois da casa dele nao é possivel. Eu fico muito encanado se algum dia ele pode me caguetar, pois vai saber oq se passa na cabeça dele. A minha duvida é a seguinte, eu nunca comercializei nem forneci pra ninguem de graça, se algum dia a policia baixar em casa, mesmo com um mandato e pegar meu cultivo, como devo proceder? Sei que tenho que alegar que sou usuario e que é para consumo proprio, mas alegar isso com os porcos ignorantes é foda, ainda mais depois de ver o que aconteceu com o pedrada.Vlw consultores!!!

Fala irmão Brownie, tudo certinho?!

Então, primeiro de tudo parabéns pela iniciativa de não fornecer mais poder ao trafico, e pela coragem de cultivar ,tendo a boa fé de não rodar...

Mas como todos , mais informação melhor para nos munir contra o excesso de poder exercido pela Policia e Poder judiciario.

Primeiro de tudo, se o seu vizinho é "bacana" não significa necessariamente que ele seja "cumplice" do seu cultivo, ou seja se ele vier a descobrir ele sim poderá denunciar...

Mas pensando no lado menos pior e se garantindo na boa fé da boa vizinhança, acredito que ele não vá incomoda-lo se não houver o que incomodar ele...coisas como cheiro..bagunça etc...(Coisa que irritaria qualquer vizinho).

Perverso citou a importantissima filosofia do cultivo.

O segredo.

Seria muito bom voce ter uma imaginação maior para poder camuflar ao maximo o cultivo out, e se possivel poder fazer o cultivo em um sistema indoor, pois explana bem menos, e se mantem seguro dentro da sua casa.

Se por ventura um dia os Policias chegarem a sua residencia e necessitarem entrar, seria de bom entendimento deixa-los entrar sem resistencia, pois a resistencia pode ser indicio de delito (pensamento do poder publico), e concerteza irão arrumar um mandado e invadir a residencia da forma menos educada.

Muitos ficaram assutados com o caso do Pedrada...mas veja bem...são casos como o dele que servem como jurisprudencia para caso ocorrer com outros...Tendo várias decisões em cima da descaracterização do trafico, fica bem mais facil de na hora de chegar na delegacia dialogar com os agentes e fundamentar o porque de ser usuario.

O numero de plantas no cultivo ao entendimento juridico pode importar, pois quantas mais plantas mais as chances da pessoa estar produzindo em excessos e consequentemente criando a suspeita do trafico.

...entao o conselho de coração que dou é se informar sobre a lei, ter ela em casa como Perverso comentou, para caso por ventura duvidarem do seu conhecimento , voce vai ter um documento provando os seus direitos.

imaginem a situacao: - ABRA A PORTA, EH A POLICIA - Eu nao abro nao, me mostra o mandado - TA AQUI OH, (passa por baixo da porta).E ai? Como se da, de fato, a abordagem policial que TEM um mandado? Posso pedir pra ele passar por debaixo da porta? Como eu avalio se o mandado nao eh falso?Posso exigir a presenca de um advogado para analizar o mandado, antes mesmo de eu abrir a porta pra policia, mesmo que isso demore um tempo (jah que o advogado tera que chegar ateh a minha casa). Nesse caso, a policia nao pode achar que eu nao estou querendo abrir e aporta e, por terem o mandado, entrarem a forca?Valew, nao sei como isso funciona

Olha Jardon...

Eu pensava muito nessa mesma ação que voce.

Não abriria , que nao aceitaria a entrada deles sem um mandado...

Porém se voce for mais esperto, deixando eles entrar com educação na conversa , sem essa coisa de "bandido e policia", concerteza eles vão dialogar da melhor forma possivel para investigar o caso.(Afinal de contas é o trabalho deles, imagine voce ir trabalhar, e ser mal recebido? obviamente voce irá ficar mais nervoso e irá trabalhar de uma forma mais truculenta).

Sobre a situação de desconfiar de um documento oficial , voce tem todo direito, porém lembre-se que quando o oficial ir com o mandado ele vai estar acompanhado de policias militares ou civis, e sendo assim ele tem o poder de entrar na sua casa, querendo ou nao, com ou sem a compania de um advogado, "pois duvidar do poder publico nao é muito legal", digamos assim...

Afinal de contas um grupo de policias não iriam perder tempo tentando entrar na sua casa pra capturar um falso traficante e sim um usuario que possivelmente nao seja endinheirado...entende?!Então porque voce duvidaria de um mandado acompanhado deles?

É melhor cooperar do que tentar resistir...(Eu penso assim).

Pois vejo que a resistencia gera desconfiança, e a desconfiança de um Estado inteiro contra uma unica pessoa, certamente o estado irá ganhar.

Porém voce pode pedir um acompanhamento da OAB do seu estado, para ver se nenhum direito previsto não seja ignorado ou extrapolado. Eles irão acompanhar o caso, mas nao signiica a presença fisica deles na hora da busca e aprenensao entendeu?!

Pois todos os movimentos dos agentes e policias são registrados por relatorios, e diante desses relatorios e documentos que os advogados analisam os direitos.

Enfim

Mas sabemos que essas coisas funcionam na base da burocracia, e dificilmente em frente ao um mandado oficial de busca e apreensão alguem consiga sair, sem um habeas corpus.

A unica maneira de voce negar a entrada deles é com o Habeas Corpus preventivo, ou outro documento que possa imunizar sua residencia contra o mandado de busca.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ahhh e so lembrando.

O Policial só tendo a suspeita fundada, ele pode invadir sem bater a porta.

Ou seja, se ele sentiu o cheirinho do mato, ele invade sem pedir pra entrar...

Entenderam a questão de resistir ou nao resistir??

Se eles estão na sua porta não é atoa nem palhaçada...é coisa séria.!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

boa tarde my friends consultores jurídicos, tmb gostaria de perguntar algo referente ao que pratico.

sou apenas usuário de hemp, nada de outras drogas, planto dentro dum gabinete de PC, apenas 1 planta de cannabis, uma mísera plantinha, porém é uma espécie de cultivo perpétuo, quando uma tá pronta tenho outra crescendo....

não tenho balança, apenas livros e revistas, posso ser considerado como traficante?

não negocio, não vendo, o máximo fumo em parceria com a galera quando ha oportunidade.

terei os mesmos problemas que plantar 10 pés? Qual seria a tolerância de um Juíz para saber que não é tráfico?

valeu e já agradecendo, era isso!

abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve consultores! valeu mesmo a força que vcs tão dando pra growlera!

olha só eu divido um AP com um amigo, tenho um grow de vegetação que fica no meu quarto, e a flora fica num espaço out que é muito dificil de ser visto, o unico jeito seria subir em cima do telhado pra dar manutenção na caixa d'agua por ex. e vir besbilhotar o meu lado... mas enfim a pergunta é como se portar caso dê merda, visto que o meu amigo não entende mto de plantar, mas dividimos os gastos e tudos mais... o que falar pro delegado ??? que são metade das plantas minhas e metade dele ??? corre o risco de como meu amigo entender pouco caracterizar que eu to traficando maconha pra ele ??? o contrato de aluguel está em meu nome e a conta de luz no nome dele... o que a meu ver já deixa bem claro que dividimos o AP...

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

boa tarde my friends consultores jurídicos, tmb gostaria de perguntar algo referente ao que pratico.sou apenas usuário de hemp, nada de outras drogas, planto dentro dum gabinete de PC, apenas 1 planta de cannabis, uma mísera plantinha, porém é uma espécie de cultivo perpétuo, quando uma tá pronta tenho outra crescendo....não tenho balança, apenas livros e revistas, posso ser considerado como traficante?não negocio, não vendo, o máximo fumo em parceria com a galera quando ha oportunidade.terei os mesmos problemas que plantar 10 pés? Qual seria a tolerância de um Juíz para saber que não é tráfico?valeu e já agradecendo, era isso!abraço

É o seguinte, a interpretação do juiz vai variar de acordo com a sua classe social, a sua ocupação e a sua ficha criminal.(Tudo devidamente investigado antes de ser proposta a transação penal.)

Então o Juiz vai ter em mãos o seu perfil pisicologico e social, podendo enquandrar 3 plantas como Usuario ou 1 planta como traficante...entende?

Pois a quantidade é relativa...voce pode consumir por mes 5 gramas enquanto o Joãozinho consome 100gramas...

Sendo que ja foi falado acima sobre quisitos que diferenciam traficante de usuarios, como por exemplo ter em casa balança de precisão, pacotes para embalar a maconha , entre outras caracteristicas...

Como voce ja disse, não possui balanças, nem nada do genero, é bem possivel que ao entendimento do Juridico seja de caracterização como Usuario, porém é bom voce saber sobre a lei 11.343, pois é bom dialogar e no sentido positivo da palavra discutir com o poder publico, pois só assim eles poderão fazer a justiça de forma correta.

Sem contar que voce possui um Grow bem tranquilo, Gabinete e tals, certamente isso nao causara problemas para ti, fique tranquilo.

As pessoas que tem que temer ser confundidas como Traficantes, são as pessoas que normlamente moram sozinhas ou com poucas pessoas em casa, onde possuam muitas plantas, e normalmente pessoas mais explanadas, onde possuem um grande grow indoor ou um cultivo mediano outdoor o que pode gerar a curiosidade da vizinhança e consequentemente uma denuncia como no caso do Pedro do Ponto de Equilibrio.

Agora se voce mantem o segredo, e tudo de forma bem discreta, dificilmente vão confundir voce como tal...

Enfim, acho que tudo que eu estou comentando já foi dito em formas um pouco diferente nos posts passados,poderia ficar horas e horas conversando sobre isso, porém é algo totalmente RELATIVO e SUBJETIVO ao entnedimento juridico...realmente nao tem como eu falar a RECEITA DE BOLO para nao ser confundido como trafica ou usuario...

Se voce realmente se interessar e querer se aprofundar fique a vontade, e qualquer coisa nao me incomodo em receber MP.

To ai pra isso como os outros Consultores .

Abraços.

Salve consultores! valeu mesmo a força que vcs tão dando pra growlera!olha só eu divido um AP com um amigo, tenho um grow de vegetação que fica no meu quarto, e a flora fica num espaço out que é muito dificil de ser visto, o unico jeito seria subir em cima do telhado pra dar manutenção na caixa d'agua por ex. e vir besbilhotar o meu lado... mas enfim a pergunta é como se portar caso dê merda, visto que o meu amigo não entende mto de plantar, mas dividimos os gastos e tudos mais... o que falar pro delegado ??? que são metade das plantas minhas e metade dele ??? corre o risco de como meu amigo entender pouco caracterizar que eu to traficando maconha pra ele ??? o contrato de aluguel está em meu nome e a conta de luz no nome dele... o que a meu ver já deixa bem claro que dividimos o AP...abraços

Fala irmão Sombra, tranquilidade?!

Bem cara, EU, Jaspion, prefiro que a responsabilidade seja apenas de um...por varios motivos...

Tais como o risco de voces serem enquadrados como Traficantes e Bando ou Quadrilha etc...

É sempre bom apenas deixar um com a responsabilidade juridica em cima disso.

Igual a comprar uma casa ou carro, sempre é melhor deixar no nome de uma unica pessoa ao inves de mais de uma...pois fatalmente vai gerar problemas.(Da mesma forma que voce fez o Contrato de Aluguel, apenas no seu nome. Ao inves de colocar os dois nomes entende?! Ou seja o apartamento em si é "seu", responsabilidade sua e nao do seu amigo, apesar de dividir contigo.)

Mas falando da Cannabis em si, pelo que eu entendi, o seu amigo nao cultiva, mas te ajuda de forma financeira para ter aquele fino no final do dia para relaxar contigo correto?!

Pois bem, ao meu entendimento o seu amigo deveria se portar como nada soubesse...entende?!

Sendo caracterizado caso der algo na justiça como apenas Testemunha.(O que nao da nada).

Enfim, tem casos semelhantes desses em discussoes aqui no topico, como uma pessoa por exemplo dividir o apartamento com a mulher e rolar esse stress etc...

Fique a vontade e dê um mergulho nas paginas anteriores e em outros topicos do Board de Seguranças e Leis.

Boa Sorte irmão.

Fique na Paz!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve consultores! valeu mesmo a força que vcs tão dando pra growlera!

olha só eu divido um AP com um amigo, tenho um grow de vegetação que fica no meu quarto, e a flora fica num espaço out que é muito dificil de ser visto, o unico jeito seria subir em cima do telhado pra dar manutenção na caixa d'agua por ex. e vir besbilhotar o meu lado... mas enfim a pergunta é como se portar caso dê merda, visto que o meu amigo não entende mto de plantar, mas dividimos os gastos e tudos mais... o que falar pro delegado ??? que são metade das plantas minhas e metade dele ??? corre o risco de como meu amigo entender pouco caracterizar que eu to traficando maconha pra ele ??? o contrato de aluguel está em meu nome e a conta de luz no nome dele... o que a meu ver já deixa bem claro que dividimos o AP...

abraços

Salve Sombra,

De acordo com as infos passadas por vc, nesse caso o que manda é o contrato de aluguel, que está em seu nome,(caso ninguém asssuma a propriedade das plantas) o fato da luz estar no nome dele não há relevância significativa.

O Correto é só um assumir tudo, de preferência vc, visto que seu amigo não entende muito de cultivo, e na hora dos depoimentos vai aparecer contradições e o caldo começa a engrossar, tipo se o delegado sacar que estão tentando enrola-lo aí que ele vai complicar a vida de vcs...

Esse negócio de out, tem que ser muito na camufla, te digo, sempre aparece uma oportunidade de alguém "besbilhotar", tente fazer de um jeito que só vcs terão único acesso...

Em caso de flagrante, a única alternativa é abrir o jogo com o delegado, que é tudo seu, que seu amigo não sabe do que se trata, apenas que sabe que vc tem plantas mas que é totalmente leigo no assunto, que não há comércio, evite ter quantidades fracionadas e ter uma balança de precisão, esta última caracteriza demais o tráfico....

Provavelmente vc deve ter pontas de baseado, sedas, dixavador... é muito importante que essas coisas devam estar junto dos objetos apreendidos para se caracterizar o consumo...

Só fale o que ele te perguntar, nada de dizer que aprendeu tudo na internet que pede seeds e ferts pela internet, isso não ajuda em nada...

Quanto menos se falar menos se complica...

Espero ter ajudado QQ coisa estamos aí

Abraço do J_H

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Jaspion e Japa! mas ainda tenho duvidas... será q o delegado não vai ficar cabreiro de meu amigo se fazer de desentendido sendo que tb fuma ??? pô quem hj não conhece uma folha de maconha ??? ainda mais ambos surfistas... acho q ele vai ficar cabreiro e querer me ferrar... tipo meu amigo sabe o basico acho q conguimos sustentar sem problemas afinal não tem nada de mentira...é meu e dele... será que complica??? e no caso de meu amigo teoricamente não fumar e saber do que se trata, ele tem obrigação de me caguetar???

Valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não existe nenhuma obrigação...calma lá!!!

Obviamente o Delegado ou o Agente da Civil tanto quantos os PM's, todos os envolvidos praticamente, vão exercer uma pressão filha da puta em cima da pessoa...FATO.

Pois é justamente a conduta que eles possuem para tentar tirar a verdade.

Para aqueles que tem segurança dos seus direitos , é só ficar frio, falar a historia e ponto.

Se os dois falarem a mesma historia nao tem erro cara...

Agora é aquela coisa, qual é o grau de amizade de voces, pra se colocar na tal pressão e risco?!

Ja tive "amigo" que quase me fudeu nessas coisas da vida....foda!!!

Por isso é melhor botar só um como responsavel e ponto.

O outro se faz de desentendido, e acredite, existem pessoas que NAO FAZEM ideia do que é a maconha, se fuma a folha ou os camarões, isso se a pessoa saber o que é um camarão...

Boa sorte ai Irmão!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não existe nenhuma obrigação...calma lá!!!

Obviamente o Delegado ou o Agente da Civil tanto quantos os PM's, todos os envolvidos praticamente, vão exercer uma pressão filha da puta em cima da pessoa...FATO.

Pois é justamente a conduta que eles possuem para tentar tirar a verdade.

Para aqueles que tem segurança dos seus direitos , é só ficar frio, falar a historia e ponto.

Se os dois falarem a mesma historia nao tem erro cara...

Agora é aquela coisa, qual é o grau de amizade de voces, pra se colocar na tal pressão e risco?!

Ja tive "amigo" que quase me fudeu nessas coisas da vida....foda!!!

Por isso é melhor botar só um como responsavel e ponto.

O outro se faz de desentendido, e acredite, existem pessoas que NAO FAZEM ideia do que é a maconha, se fuma a folha ou os camarões, isso se a pessoa saber o que é um camarão...

Boa sorte ai Irmão!

2X

É isso mesmo que o Jaspion falou, ele não tem dever jurídico de te caguetar, a não ser que ele fosse algum tipo de agente com poder de polícia...

Por exemplo em analogia: um médico encontra uma pessoa correndo risco de morte, ele tem por obrigação socorrê-la...

Fora isso até onde eu sei seu amigo é isento de culpa e vcs tem que falar a mesma coisa, já tem que estar com o script combinado conforme o Jaspion tb orientou.

QQ coisa é só perguntar, os consultores estão aí pra isso mesmo e claro, objetivamente para assuntos relacionados com o cultívo.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

blz então, valeu mesmo pessoal!!! o amigo é amigo mesmo, mais de 10 anos de amizade... dividimos tudo praticamente menos as mulheres ahuahuahauah a não ser que elas queiram :rastabannab:

então tranquilo, é pq o cara fica meio cabreiro com uma certa qtde de planta em casa principalmente qdo vê um monte de inocentes passando varios dias presos... mas já estamos planejando um telhadinho aqui que vai ficar 100% stealth

Valeu Japa, Jaspion e os demais que tão sempre aí ajudando a growlera :rasta2bigsmoke0gf:

Boa sorte pra gente :Pothead:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É o seguinte, a interpretação do juiz vai variar de acordo com a sua classe social, a sua ocupação e a sua ficha criminal.(Tudo devidamente investigado antes de ser proposta a transação penal.)

Então o Juiz vai ter em mãos o seu perfil pisicologico e social, podendo enquandrar 3 plantas como Usuario ou 1 planta como traficante...entende?

Pois a quantidade é relativa...voce pode consumir por mes 5 gramas enquanto o Joãozinho consome 100gramas...

Sendo que ja foi falado acima sobre quisitos que diferenciam traficante de usuarios, como por exemplo ter em casa balança de precisão, pacotes para embalar a maconha , entre outras caracteristicas...

Como voce ja disse, não possui balanças, nem nada do genero, é bem possivel que ao entendimento do Juridico seja de caracterização como Usuario, porém é bom voce saber sobre a lei 11.343, pois é bom dialogar e no sentido positivo da palavra discutir com o poder publico, pois só assim eles poderão fazer a justiça de forma correta.

Sem contar que voce possui um Grow bem tranquilo, Gabinete e tals, certamente isso nao causara problemas para ti, fique tranquilo.

As pessoas que tem que temer ser confundidas como Traficantes, são as pessoas que normlamente moram sozinhas ou com poucas pessoas em casa, onde possuam muitas plantas, e normalmente pessoas mais explanadas, onde possuem um grande grow indoor ou um cultivo mediano outdoor o que pode gerar a curiosidade da vizinhança e consequentemente uma denuncia como no caso do Pedro do Ponto de Equilibrio.

Agora se voce mantem o segredo, e tudo de forma bem discreta, dificilmente vão confundir voce como tal...

Enfim, acho que tudo que eu estou comentando já foi dito em formas um pouco diferente nos posts passados,poderia ficar horas e horas conversando sobre isso, porém é algo totalmente RELATIVO e SUBJETIVO ao entnedimento juridico...realmente nao tem como eu falar a RECEITA DE BOLO para nao ser confundido como trafica ou usuario...

Se voce realmente se interessar e querer se aprofundar fique a vontade, e qualquer coisa nao me incomodo em receber MP.

To ai pra isso como os outros Consultores .

Abraços.

Fala irmão Sombra, tranquilidade?!

Bem cara, EU, Jaspion, prefiro que a responsabilidade seja apenas de um...por varios motivos...

Tais como o risco de voces serem enquadrados como Traficantes e Bando ou Quadrilha etc...

É sempre bom apenas deixar um com a responsabilidade juridica em cima disso.

Igual a comprar uma casa ou carro, sempre é melhor deixar no nome de uma unica pessoa ao inves de mais de uma...pois fatalmente vai gerar problemas.(Da mesma forma que voce fez o Contrato de Aluguel, apenas no seu nome. Ao inves de colocar os dois nomes entende?! Ou seja o apartamento em si é "seu", responsabilidade sua e nao do seu amigo, apesar de dividir contigo.)

Mas falando da Cannabis em si, pelo que eu entendi, o seu amigo nao cultiva, mas te ajuda de forma financeira para ter aquele fino no final do dia para relaxar contigo correto?!

Pois bem, ao meu entendimento o seu amigo deveria se portar como nada soubesse...entende?!

Sendo caracterizado caso der algo na justiça como apenas Testemunha.(O que nao da nada).

Enfim, tem casos semelhantes desses em discussoes aqui no topico, como uma pessoa por exemplo dividir o apartamento com a mulher e rolar esse stress etc...

Fique a vontade e dê um mergulho nas paginas anteriores e em outros topicos do Board de Seguranças e Leis.

Boa Sorte irmão.

Fique na Paz!

muito obrigado Jaspion Has. Quando chegar o dia da tão sonhada Legalização, serei o primeiro a levantar a bandeira do Direito!

mas só pra finalizar. (vou sim pesquisar mais aqui nos tópicos sobre a lei 11/343), quando disseste que haverá uma investigação por parte da Lei, sobre meu passado, isso não será no mesmo dia do flagrante, nesse período corro o o risco de ficar enjaulado? até que saia todo o processo judicial? criminal? creio que sim!!!! :(

era isso! e mais 1x obrigado e paz e tranquilidade aos growers, pois acredito que não estou fazendo mal algum e espero de fato que alguns juízes tmb acessem o growroom e vejam o quanto é importante ser debatido a questão da legalização (Industrial, Medicinal e recreativa)da maconha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Thebiker, irmão, vou te explicar como é mais ou menos o "Trajeto" até o momento da Transação Penal.

Porém todos aqui temos que lembrar que as vezes as leis processuais podem ter pequenas diferenças de estado pra estado etc, porém a base é a mesma e a logica idem.

Quando pego em flagrante, o correto é ser encaminhado a Delegacia de Policia mais proxima, e assinar o Termo Circunstanciado , que nele comprova o flagrante e consequentemente ja é transferida para o Forum, onde será marcado sua Audiencia.

Quando marcado a Audiencia o Poder Publico se encarrega de mandar a Intimação.

Como muita gente pensa, não é apenas UMA audiencia, infelizmente você terá que ir umas 3 vezes no Forum, para uma Audiencia Simples onde um Conciliador do Jecrim (Juizado Especial Criminal), irá explicar tudo para voce do que eu estou explicando.

Ele marcará uma outra audiencia para a presença de uma pisicologa e uma entrevista com a mesma, conhecido no mundo juridico tecnicamente como Parecer Juridico. (É um documento, neste caso, responsavel pela suas caracteristicas pisicologicas e sociais feitas por essa Pisicologa na entrevista.) Lembrando que voce não é obrigado a conversar com ela, porém sempre é bom agir de acordo com a lei, sem levantar suspeitas.

E por fim a ultima audiencia, normalmente dependendo do numero de pessoas autuadas como usuarios , são condicionados á uma audiencia publica onde ira ocorrer uma palestra sobre drogas, processos no jecrim relacionados a droga, e sobre as alternativas da transação penal.

Quanto mais sério o caso, pior será a transação penal.

Quantos menos severo o caso, mais tranquilo será a transação...e até pode nao ocorrer , gerando um possivel acordo!

Enfim é isso.

Em nenhum momento você irá ficar detido, além dos minutos que voce irá permanecer na delegacia para assinar o Termo Circunstanciado,( Mas lembrando que qualquer operação em delgacia após um flagrante, é papel da policia saber os seus atencedentes, e eles puxam na hora pelo banco de dados do sistema deles, o que nao demora 1min....)

Infelimente esse momento da delegacia é chatissimo pois até Levar o Flagra (maconha) até um laboratorio tecnico da policia militar para investigar a droga e comprovar que é a tal...Voce ficara lá tomando um chazinho de cadeira....

Mas enfim, como usuario voce NÂO PODE SER PRESO, NAO aceite caso eles queiram te deixar dentro das grades na delegacia.

E sim nesses casos é legal chamar um advogado, assim ele evita abusos para aqueles que nao conhecem os regramentos do direito.

Lembre-se de caso voce não tenha criado resistência aos Policias em todo momento da operação, voce terá todo direito de exigir que não botem a algema em voce...

Como tambem ter o direito da presença do seu advogado antes de assinar o TC.

(Mas isso é de cada um)

E é isso...acho que nao esqueci de nenhum detalhe importante.

Bem Thebiker, tamos ai pra isso, esclarecer, educar, e instruir a todos a terem seus direitos respeitados e consequentemente ter o poder de exigir o mesmo.

Boa Semana pra voce irmão.

Paz!Abraçao!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

muitíssimo obrigado Jaspion Hash...cada dia mais fã desse growroom.

du k... sua esplanação e fiquei mais tranki lendo este post........assim como irei tomar as devidas precauções quanto ao segredo, bem como, fixação da cartilha "cultiva seus direitos" e da lei 11.343

forte abraço brother!

o que o growroom precisar to ai....inclusive estou providenciando a compra de adesivos para ajudar a manutenção.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha eu de novo... uma coisa que esqueci de mencionar é que meu brother tem uma empresa situada neste endereço do qual eu sou socio... isso muda algo ???

Valeu Doutô's :rasta2bigsmoke0gf:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No sentido juridico discutido não muda nada.

Porém voces devem pensar a respeito de possuir a empresa no mesmo endereço do Grow e residencia de vocês.

Ai o peso é na consicencia de cada um.

Eu preferia tirar tudo quanto é indicações, nomes etc e tal, referente ao endereço do grow, deixar apenas como moradia.

Pois tendo referencias ao local do Grow, pode despertar a atençao para o endereço caso algo der errado em respeito a empresa e a vocês.

Mas isso é uma roleta russa que depende de muito mais dos fatores envolvidos do que propriamente dito as leis envolvidas.

Mas a empresa é de voces, derrepente é uma micro-empresa, algo que nao chame nenhuma atenção...

Mas pense a respeito com ele, estude possibilidades de poder transferir o endereço da Empresa..derrepente pra casa de um outro amigo?! Por ai vai...

Concorda?

(Só fazendo uma observação, já percebeu que quando o pessoal pede seeds, ou coisas do genero, dependendo do grau de cuidados envolvidos e do segredo que o grower queira, ele CERTAMENTE não ira enderessar o Domicilio ou a Residencia a onde esteja o Grow dele, justamente para nao correr o risco , caso eventualmente uma operação policial ocorrer , ele não entregar de bandeija o endereço do local...entende?!)

Sei que a empresa é diferente de pedir sementes e tal, mas acaba cedendo informações, e colocando em risco o grow.

Então não é algo juridico e sim algo pessoal de voces ai...é questao de SEGURANÇA.

E é isso ae Sombra, tamos ai pra ajudar. Fique a vontade.

Abraçao!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Blz Valeu Jaspion!!! a empresa é só de serviços que são prestados diretamente nos clientes, então não rola movimento nenhum lá... mas sussa seja oq Deus quiser... aqui só tem trabalhadores se quiserem nos ferrar fazer oq né??? vamos ter q segurar as pontas... eu mesmo fiz um "interrogatório" pra saber se o brother tava ligado de tudo e ele sabe tudo do cultivo... apesar dos riscos que citaram prefiro assim... se tem uma coisa q aprendi nessa vida, é que em situações críticas o melhor é a verdade... vai q estamos ambos em casa chapadaços e da uma merda...como vai mentir q não fuma e tals... então apesar de tudo, acho ser mais fácil sustentar a verdade do q mentir...

Valeu mesmo pessoal!!! abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótima iniciativa, parabéns.

Bem, pelo que vi não há garantias do grower - que planta somente para consumo próprio - não ser preso. Mesmo que o número de plantas seja reduzido, como no caso do rapaz preso por 10 plantas em casa. Então me parece que o caminho é a normatização e conscientização do trabalho da polícia já que a lei não prevê prisão para esses casos. Como pode-se fazer isso? Como regulamentar a ação dos delegados? Não acho estranho que um PM ignorante e mal preparado aja dessa forma obtusa mas é revoltante verificar que delegados - que são bacharéis em direito, pelo menos, e por isso deveriam ser um pouco menos obtusos - insistam em contraria a lei, ainda mais quando claramente não se trata de um caso de tráfico. Não acredito que um delegado, experiente ou não, não seja capaz de avaliar isso de uma forma mais adequada.

O que falta então: regulamentação ou conscientização?

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, o medo sempre beira as pequenas autoridades, como os policias...e não é atoa.

Afinal de contas a pequena autoridade é cismada em fazer os julgamentos em pleno asfalto.

Porém , será que esses profissionais recebem a assistencia correta, como por exemplo só para começar, um salário digno para quem coloca a propria vida em risco nas 24h de serviços prestados?!

Será que existe um laboratorio especializado na atualização dos Delegados responsaveis de cada DP?

Obviamente por lei, todos esses quisitos reclamados, existem em proteção ao mesmo, porém como todos nós sabemos vivemos no Brasil, e as leis costumam andar na "frente da carroça".

É algo um tanto quanto confuso, um policial do DF receber DOIS MIL REAIS, enquanto um soldado da PM do estado do RJ, recebe em torno dos SETECENTOS reais...

Só esse ponto de observação já fragiliza todo o sistema em si...

O Poder responsavel em fiscalizar as delegacias e propriamente dito, corrigir caso tenha que fazer, é o Ministerio Publico.

E a propria ouvidoria da PM.

Os delegados agem de acordo com os fatos relatados, e ele não JULGA NADA, ele pode classificar os Crimes e os artigos de acordo com os dispositivos acionados.

O que sim , JULGA, é o Juiz , juntamente com o promotor de justiça que fará a acusação....(O Advogado da Sociedade)

Por isso indicamos aos Grows, o entendimento pelo menos basico do conceito da Lei 11.343, para justamente em caso de ser pego em flagrante saber de todos os direitos envolvidos, e caso esse não for respeitado, acionar imediatamente um advogado.

Temos que ter a concientização que apesar de muitos ainda se arriscarem, por tras das leis, Jurisprudencias, e filosofias de direito são extraidas diariamente desses fatos já julgados por istancia de outros grows...

Ou seja, a tendencia é o numero diminuir, e conforme tudo indica , irá começar a existir um relaxamento do Poder Publico em relação a isso tudo, pois é um assunto fragil, e sensivel a qualquer destinação.

Esperamos que logo futuramente, os Policias iram receber de acordo com seus riscos e serviços prestados, que os delegados sejam menos omissos e mais concisos na hora de encaminhar os crimes.

Esperar a sensatez dos grandes juizes de direito que tentam de forma equilibrada ajustar os desejos e anseios da sociedade e a sua organização.

bem é isso ai..abraçO!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótima iniciativa, parabéns.

Bem, pelo que vi não há garantias do grower - que planta somente para consumo próprio - não ser preso. Mesmo que o número de plantas seja reduzido, como no caso do rapaz preso por 10 plantas em casa. Então me parece que o caminho é a normatização e conscientização do trabalho da polícia já que a lei não prevê prisão para esses casos. Como pode-se fazer isso? Como regulamentar a ação dos delegados? Não acho estranho que um PM ignorante e mal preparado aja dessa forma obtusa mas é revoltante verificar que delegados - que são bacharéis em direito, pelo menos, e por isso deveriam ser um pouco menos obtusos - insistam em contraria a lei, ainda mais quando claramente não se trata de um caso de tráfico. Não acredito que um delegado, experiente ou não, não seja capaz de avaliar isso de uma forma mais adequada.

O que falta então: regulamentação ou conscientização?

Abraços.

Falei falei, e não te respondi nada auahuahuahauhauah

Apenas falei sobre o Ministerio Publico e a sua relação coma DP, e os Delegados....

Bem , em relação ao que falta, se é a regulamentação ou conscientização?!

Eu diria os 2.

Conscientização em parte da Sociedade, antes de um Delegado exercer suas funções como tal, ele é um cidadão como nós, e se ele for corretamente informado , concerteza influenciará no seu Serviço, gerando um Serviço justo e atual, dentro da cultura suportada.

E a Regulemantação ao passo que a sociedade se transforma a fim de unicamente organizar o espaço e os pensamentos referentes.

Ou seja, a criação de uma nova lei é mais do que sabida por todos, mas ainda é questionado para que lado a lei deverá apontar, se ela deverá apenas ser descriminalizadora, ou então libertinaria?

Isso tudo é o que está sendo processado pelos pensadores , e lutadores da cannabis, estamos tentando sensibilizar o poder e a sociedade para mostrar o quão importante e real é as drogas na sociedade humana.

E o mais importante, mostrar a eles, que SEMPRE será assim!!!!

E leis que reprimem o proprio cidadão de seus principios de liberdade é o que ainda não pode ser aceito?!Correto?!

Se eu quero me matar, que eu TENHA o direito, afinal de contas é um direito DIVINO que não está no poder de um Juiz ou Promotor ou Delegadozinho....

Se eu quero fumar idem...

Se eu quero beber idem...

Des de que o meu direito termine a onde o do proximo começa.

Sem ferir aos outros.

Etc...e tal...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vi hoje no jornal uma noticia interessante e pesquisei na internet e achei em outras fontes...

Terça feira dia 31 do mes passado o STF aprovou penas alternativas para pequenos traficantes e ao que me parece tambem incubiu a funçao para os juizes decidirem se trata-se de usuario ou pequeno traficante e apenar individualmente conforme cada caso...

Agora na pratica o que muda pra gente? segue o texto...

STF aprova pena alternativa para traficantes

Da Redação, com Agência Brasil

[email protected]

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu na terça-feira que cabe aos juízes definir as penas para traficantes de drogas, inclusive medidas alternativas à prisão.

Seis dos quatro ministros entenderam que o Congresso Nacional ultrapassou o poder de legislar ao proibir a aplicação de penas alternativas para traficantes na nova Lei de Drogas, em 2006.

O texto não estipula uma quantidade mínima de entorpecente para que o portador passe de usuário para traficante, portanto ficará a cargo dos juízes as penas para casa caso.

O relator do caso, ministro Carlos Ayres Britto, votou a favor da individualização da pena. “Ninguém melhor que o juiz da causa para saber qual o tipo de reprimenda é suficiente para castigar e recuperar socialmente o apenado”, defendeu ele. Sua tese foi seguida pelos ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cezar Peluso e Antonio Dias Toffoli e por Celso de Mello.

O ministro Joaquim Barbosa discordou da argumentação dos colegas, lembrando que a Constituição trata o tráfico de drogas como crime inafiançável. Concordaram com ele Marco Aurélio Mello, Cármen Lúcia e Ellen Gracie.

O caso que motivou o debate foi o habeas corpus pedido por Alexandro Mariano da Silva, preso em flagrante em junho de 2007 com 13,4 gramas de cocaína e crack em Porto Alegre. Os ministros decidiram soltar Alexandro, mas segundo Ayres Britto, ele já está preso por outro motivo.

Redator: Roberto Saraiva

uma das Fonte;My link

(viajei, ja tinha outro topico aberto mais com a noticia diferente ja do dia 01 setembro, agora que deu um no na cabeça mesmo... :wacko::blink: )

tai o link do topico

My link

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera eu planto em casa, e ja nao peço sementes a um bom tempo (2 anos), mas planto uma quantidade razoavel pra poder usar durante o ano, não tenho receita medica pra uso medicinal. Cultivo a vegetacao em indoor e floreio em outdoor, tenho um vizinho ate bacana que é o unico que poderia ter visao do meu cultivo, isso somente se ele subir no muro e olhar na minha residencia, pois da casa dele nao é possivel. Eu fico muito encanado se algum dia ele pode me caguetar, pois vai saber oq se passa na cabeça dele. A minha duvida é a seguinte, eu nunca comercializei nem forneci pra ninguem de graça, se algum dia a policia baixar em casa, mesmo com um mandato e pegar meu cultivo, como devo proceder?

Sei que tenho que alegar que sou usuario e que é para consumo proprio, mas alegar isso com os porcos ignorantes é foda, ainda mais depois de ver o que aconteceu com o pedrada.

Vlw consultores!!!

Então Brownie...

Pelo seu relato, sua situação é identica ao do pedrada ou até mesmo ao que passei. Você para todos os efeitos é usuário. No entanto, numa situação de denúncia, é quase certo que a polícia irá te enquadrar como traficante. Infelizmente, nossa realidade ainda é assim. Porém, se não houver provas que você trafica, não havendo indícios de tráfico de drogas na sua residência, provavelmente na justiça você irá reverter a situação. Isso não irá impedir que você fique alguns dias na prisão. Isso aconteceu comigo. Mesmo sendo advogado, tendo emprego e residência fixos, salário compatível com minha movimentação financeira, etc, fiquei 8 dias. Costumo falar que dei sorte, pois há casos que a pessoa fica muito mais tempo.

Na minha experiência já vi situações em que:

1) 4 amigos, com uma balança, foram flagrados dividindo 50g - presos como traficante, em menos de 3 dias, o Ministério Público do Distrito Federal pediu a desclassificação para usuário. Entendeu o Ministério Público que no caso em especifico ficou bastante nítido que a balança teria como única finalidade a divisão entre os 4 usuários da droga comprada em conjunto, de forma igualitária. Esse precedente é raríssimo! Esses quatro jovens deram muita sorte!

2) Vi um caso do Rio de Janeiro onde um homem foi deununciado por vizinhos, por conta do constante cheiro que vinha do apartamento. A polícia acabou encontrando 1 kg de maconha, em um único bloco, no congelador. Ele foi preso como traficante. Depois, respondeu em liberdade e acabou sendo desclassificado para usuário. A defesa dele alegou que ele possuía renda suficiente para adquirir a droga, sem prejuízo do seu próprio sustento (ele recebia na época - há mais de 8 anos - cerca de R$ 5 mil). Ao mesmo tempo, a droga não estava fracionada. Ao mesmo tempo, ele algou que comprova em grande quantidade para não precisar subir o morro frequentemente.

3) Já vi pessoa sendo presa e condenada por tráfico, por vender apenas 2g da droga. E, essa venda, foi filmada!

Ou seja, o contexto dos fatos em que se deu a prisão, as provas apresentadas pela polícia e toda sua cautela são de extrema importância para decidir em qual sentido será aplicada a pena. Certo, ainda, que a polícia tende a ser mais severa na interpretação. A justiça, normalmente é menos severa. O importante é ter consciência tranquila de sua atitude, tentar "se fechar" e se resguardar o máximo possível.

E, acaso venha acontecer alguma coisa, sugiro que mantenha a calma. Quando a polícia bateu eu minha porta e disse do que estavam atrás, falei para eles: "pode ficar tranquilos que não vou dar trabalho. Venham aqui que mostrarei tudo". Depois, olharam um pouco minha casa, não reviraram nada, ajudei os policiais a descerem como grow e colocar na caminhonete e fui para DP sentando no banco da frente, ao lado do único policial que foi conduzindo a caminhonete, sem algemas e as plantas atrás se definhando pelo vento forte.

E, no mais, é contar com o apoio da galera do growroom que acabará se mobilizando!!!

Vlw...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
:inseguro: meu coment foi pertinente a uma decisao "revogada/derrubada" no outro dia que vi a pouco no link postado acima, pior que vi hoje na tv falando que tinha sido aprovada tal mudança, agora bagunçou foi tudo, mais acho que continua na mesma, e o que importa é o de sempre que a lei seja comprida e "GROWER NÃO É TRAFICANTE" :ativismo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...