Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

cara, quem falou que eu me entorpecendo num é medicina??? o fator stress é uma doença muito grave do seculo XX... causa hipertenção que leva a derrames e ataques cardiacos... quem diz se eu num fumo no hashbar eu num tou me medicando??

Não me venha com churumellas (xúrumelas?)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 106
  • Created
  • Última resposta

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

triste pra mim sao esses comentários, e essa mentalidade pequena que impera no Brasil. por isso nao saimos da inércia! como se aki essa tática de chegar e falar q quer usar e pronto estivesse

Vão me chamar de careta, sei que o cabelo vai achar besteira, mas é a minha opinião. Este estabelecimento não tem nada de medicinal. Ele é tão medicinal quanto uma adega de vinhos... os vinhos fazem u

tipo.... os caras tao mil anos luz na nossa frente em quesito medicinal e legalizaçao... os caras construiram esse bar, e mantem ele com seu dinheiro, conseguido trabalhando, provavelmente...

  • Usuário Growroom

ah mas qq um consegue uma receita!!!

pior aki no Brasil, que qq um vai no psiquiatra e sai com uma receita de uma droga 1000x mais forte d erva.

vai no psquiatra ai, fala q ta com mto stress , ansiedade, nao dorme direito se nao fumar maconha e tal, e ve se vc nao sai com uma receita de tarja preta.

e quer me dizer que nao posso conseguir receita pq tenho ansiedade?!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Como já disse, não me oponho de maneira nenhuma a existência desse local.

Não tenho nada contra quem abriu tal comércio nem nada disso.

Só disse que essas fotos mostram um CANNABIS BAR, ou HASH BAR, e não um local onde doentes vao tratar suas doenças.

Estar pilhado depois de um dia de trabalho, e ir 'desestressar' no HASH BAR é diferente de uma senhora de 60 anos, que usa a cannabis no tratamento do seu câncer e de suas fortes dores cronicas nas costas após um acidente de carro.

Enfim, acho que a Sra vai em uma FARMACIA DE CANNA MEDICINAL,

e o cara que quer relaxar depois do trampo vai no HASH-BUD BAR.

Os dois locais vendem cannabis, SIM, mas com propostas diferentes.

Logo, nomes diferentes.

Minha 'nóia' é puramente na nomenclatura da questão :D

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

é vc que julga e decide o que é ou nao é medicinal?!

po irmao, ces tao querendo ir contra até os medicos fica dificil...

vc que decide que o uso da velhinha que tem cancer é mais medicinal que o meu que tenho ansiedade?! por que???

a juventude brasileira vive entupida de remédios ansioliticos cara... qual a difernça de comprar um remédio e usar numa sala confortavel vendo uma tv ou em casa?!

po ces tao mto numa de moralismo, fala sério.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Querendo ou não, isso é um dispensário de Cannabis, a senhorinha de 60 anos vai lá, compra uma strain e vai pra casa fazer um bolo pra aliviar seus sintomas. Tem um cara de 20 anos, com fibromialgia, que vai comprar e fumar no parque, outro de 30 que sofre de depressão, e vai comparr e fumar com 2 amigos em casa, vendo uma Tv sentado no sofá. Um jovem que se acidentou e tem dores neuropáticas, prefere sentar no hash bar e fumar ali mesmo...

Eu posso tomar um rivotril e trabalhar, estudar, ir a um churrasco, e nem por isso deixo de estar medicado... Posso muito bem tomar um antibiótico, ou um anti-inflamatório, na sinuca, ouvindo um som, e não deixo de estar me medicando...

Antes do hash bar, já existia um modelo de uso, pra aromaterapia, que é com mesas, com lugar pra mais de uma pessoa, num ambiente bacana, com um vaporizador na mesa, não é um ambiente high-tech como o hash bar, mas é um lugar pra ir, se reunir e fazer sua terapia.

No hash bar só entra gente com prescrição médica para uso de cannabis, a cannabis vendida lá é plantada para uso medicinal, inclusive se você quiser, não precisa fumar, pode comer, fazendo redução de danos...

Um lugar que vende remédios, pra gente com prescrição médica, é uma farmácia...

Esse hash bar é fruto do capitalismo, é um atrativo, um diferencial pra vender mais remédio que o outro dispensário. É oferta e demanda, quem compra essa idéia são os próprios usuários medicinais, se não fosse isso, o lugar ia à falência também.

Se os usuários medicinais de lá compram a idéia, quem somos nós pra falar o contrário?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

é vc que julga e decide o que é ou nao é medicinal?!

po irmao, ces tao querendo ir contra até os medicos fica dificil...

vc que decide que o uso da velhinha que tem cancer é mais medicinal que o meu que tenho ansiedade?! por que???

a juventude brasileira vive entupida de remédios ansioliticos cara... qual a difernça de comprar um remédio e usar numa sala confortavel vendo uma tv ou em casa?!

po ces tao mto numa de moralismo, fala sério.

Mas então irmão, pra vc todo uso de cannabis é medicinal... então fica na mesma...

Julgar é errado, mas vale a pena separar o uso medicinal do uso recreativo. Se para o individuo, a recreação pode ser medicinal, legal. É meu caso inclusive. Mas não se pode generalizar, de maneira alguma, porque, para alguns, o uso pode ser só medicinal ou só recreativo...

Acho que essa discussão é igual discutir organico x peters... não chegaremos nunca a uma conclusão, mas a discussão em si tem sido muito rica, gostei muito dos argumentos de todos, sem excessão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Tá certo mesmo grower....

O cara abriu a loja e lançou a idéia, vai e compra quem quer.

Se eles abraçaram a idéia, quem sou eu pra julgar.

Mas como vc mesmo disse, esse local não está explorando a CURA e o BEM-ESTAR das pessoas.

Se as pessoas vao lah e fumam altos buds resinados, e obtem uma calma e alívio para algum sintoma, é outra história.

O local em questão não é do ramo de SAUDE na minha opinião,

mas de 'entretenimento'.

Um cidadão com problemas cronicos, que usa a cannabis medicinal, pode ir tranquilo nesse HASH BAR que vai obter buds de alta qualidade para consumir como quiser.

Mas saiba ele, o que está sendo explorado alí não é sua saúde e bem estar.

Dai vao falar "mas vc está com preconceito, nem conhece o dono do local e já diz isso".

De fato, não conheço.

Mas pelo 'marketing' todo envolvido em cena, BUD GIRLS acendendo o bong, decoração ,etc....

digo que esse local é do ramo de ENTRETENIMENTO cannabico, não da questão medicinal.

Realmente eh muito complicada a questão considerar o que é uso medicinal, o que não é.

MAS, na minha cabeça, um local destinado a fazer terapias medicinais com Cannabis e tratar de pacientes, por mais que deva SIM ter um ambiente agradável e social, não se parece com o local das fotos em questão.

Não estou falando que usuário medicinais da Canna devem frequentar um ambiente todo branco, esterelizado, com aquele ar sobrio e sério de um hospital.

Mas tbm não dá pra ser uma BALADA.

:huh:

Querendo ou não, isso é um dispensário de Cannabis, a senhorinha de 60 anos vai lá, compra uma strain e vai pra casa fazer um bolo pra aliviar seus sintomas. Tem um cara de 20 anos, com fibromialgia, que vai comprar e fumar no parque, outro de 30 que sofre de depressão, e vai comparr e fumar com 2 amigos em casa, vendo uma Tv sentado no sofá. Um jovem que se acidentou e tem dores neuropáticas, prefere sentar no hash bar e fumar ali mesmo...

Eu posso tomar um rivotril e trabalhar, estudar, ir a um churrasco, e nem por isso deixo de estar medicado... Posso muito bem tomar um antibiótico, ou um anti-inflamatório, na sinuca, ouvindo um som, e não deixo de estar me medicando...

Antes do hash bar, já existia um modelo de uso, pra aromaterapia, que é com mesas, com lugar pra mais de uma pessoa, num ambiente bacana, com um vaporizador na mesa, não é um ambiente high-tech como o hash bar, mas é um lugar pra ir, se reunir e fazer sua terapia.

No hash bar só entra gente com prescrição médica para uso de cannabis, a cannabis vendida lá é plantada para uso medicinal, inclusive se você quiser, não precisa fumar, pode comer, fazendo redução de danos...

Um lugar que vende remédios, pra gente com prescrição médica, é uma farmácia...

Esse hash bar é fruto do capitalismo, é um atrativo, um diferencial pra vender mais remédio que o outro dispensário. É oferta e demanda, quem compra essa idéia são os próprios usuários medicinais, se não fosse isso, o lugar ia à falência também.

Se os usuários medicinais de lá compram a idéia, quem somos nós pra falar o contrário?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Mas então irmão, pra vc todo uso de cannabis é medicinal... então fica na mesma...

Julgar é errado, mas vale a pena separar o uso medicinal do uso recreativo. Se para o individuo, a recreação pode ser medicinal, legal. É meu caso inclusive. Mas não se pode generalizar, de maneira alguma, porque, para alguns, o uso pode ser só medicinal ou só recreativo...

Acho que essa discussão é igual discutir organico x peters... não chegaremos nunca a uma conclusão, mas a discussão em si tem sido muito rica, gostei muito dos argumentos de todos, sem excessão.

nao acho todo uso medicinal nao, apesar de que todo uso traz efeitos medicinais e terapeuticos sim.

mas considero que quando eu to bebendo e fumando na night ou no carnaval por exemplo eu to fazendo um uso recreativo da planta.

mas realmente, discussão sem fundo.

mas eu entendo que um lugar desse proporciona saude e bem estar sim.

mas beleza, tem gente que gosta de uma ideologia.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Isso é uma questão de principios. Tem pessoas que acham que os fins justificam os meios. Alguns tentam tapar o sol com a peneira. Eu sou contra a hipocrisia. Acho que da mesma forma que é uma hipocrisia a proibição em todos os ambitos, acho uma hipocrisia se aproveitar de uma brecha do uso medicinal para fazer o uso recreativo e ainda de uma forma tão grosseira. Acho errado mentir, ainda mais ir a um médico mentir para conseguir um beneficio... Eu já poderia estar aposentado por invalidez recebendo pensão pro resto da vida se quisesse, mas não vou mentir ou mesmo dar suborno a um médico como outros pacientes me sugeriram no hospital publico.

Eu sou super afavor de um hash bar vendendo buds e extratos, com luz de neon, fumaça, lareira, trio eletrico e um papagaio. Mas sem se fantasiar de medicinal. Pode ser inclusive a ultima opção prum paciente de dor cronica que ta precisando no meio da noite, mas que tenha a honestidade e a coragem de falar que é um bar recreativo.

Como já confidenciei pro Cabelo, se legalizarem o uso religioso da maconha eu vou insistir em falar ao policial que sou ateu, questão de princípios...

Se é pra legalizar, que não seja pra um ou pra outro, que seja pra todos. Talvez alguns tenham um apelo mais forte, mas tem que ser para todos os fins.

EDIT: Não sou santo que nunca cometeu um erro. Não to falando que sou melhor que ninguém nem coisa do tipo. Apenas tento ao máximo seguir a educação ética que recebi do meu pai.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Isso é uma questão de principios. Tem pessoas que acham que os fins justificam os meios. Alguns tentam tapar o sol com a peneira. Eu sou contra a hipocrisia. Acho que da mesma forma que é uma hipocrisia a proibição em todos os ambitos, acho uma hipocrisia se aproveitar de uma brecha do uso medicinal para fazer o uso recreativo e ainda de uma forma tão grosseira. Acho errado mentir, ainda mais ir a um médico mentir para conseguir um beneficio... Eu já poderia estar aposentado por invalidez recebendo pensão pro resto da vida se quisesse, mas não vou mentir ou mesmo dar suborno a um médico como outros pacientes me sugeriram no hospital publico.

Eu sou super afavor de um hash bar vendendo buds e extratos, com luz de neon, fumaça, lareira, trio eletrico e um papagaio. Mas sem se fantasiar de medicinal. Pode ser inclusive a ultima opção prum paciente de dor cronica que ta precisando no meio da noite, mas que tenha a honestidade e a coragem de falar que é um bar recreativo.

É isso que eu quiz dizer nos outros posts.

Penso nessa linha tbm.

Não estou 'reclamando' da existência do local, mas de chamar ele de medicinal-farmácia.

Fazendo isso, estão sim dando brexa pro pensamento de que:

"A maconha medicinal é pura desculpa para maconheiros chapados fumarem legalmente"

Já disse, podem abrir um local como esse com a decoração que quiser, seguindo o estilo que desejar.

Mas tenha vergonha na cara de falar que é um CANNABIS-HASH BAR.

Porque entre uma farmácia e uma balada, esse local das fotos está mais pra segunda opção.

Por isso, se os caras da Califórnia estão tão organizados, empanhados etc etc etc, já estão com 75% do caminho andado.

Logo, que eles lutem pelo direito de consumir sua erva, do modo que desejarem, e não sob a 'brecha na lei' do uso medicinal.

Eles conseguiram proibir e ridicularizar nossa querida Cannabis Sativa através da mentira.

Vamos agora legalizar através da mentira tbm ?

Por favor, que façamos uma luta justa, limpa, e sem hipocrisia.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

vcs tao viajando num puritanismo sem sentido!

neguinho aki tb usa remédio sem precisar e consegue receita de coisas muito piores que maconha sem realmente precisar, e nem por isso os q precisam do remédio estao sendo desmoralizados...

ve o michael jackson ai q morreu de remedio receitado, e ai?!

nada a ver isso que vcs tao falando, viva e deixe viver galera.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Também tô de cara com o radicalismo de vocês, que ética furada essa de vocês, existem milhões de problemas éticos pra vocês se preocuparem antes desse. Ou vão me dizer que vocês são as pessoas mais éticas do mundo em todas as situações?

Quer dizer que vocês são contra os maconheiros que conseguiram autorização pra plantar e/ou fumar ganja medicinal na Califórnia? Esses caras são anti-éticos então? Merecem multa, ou prisão? É foda cara, lá só existe ganja medicinal, o resto é ilegal, na hora do vamos ver, da polícia estourar teu grow e te enquadrar como traficante, aposto que tu não vai querer ser usuário recreativo...

A galera ao invés de discutir a legitimidade do hash-bar, que diga-se de passagem é legalizado como um dispensário, deveria criticar a galera que fez a legislação tapa buraco, porque está na cara que o consumo recreativo é a maioria esmagadora dos usuários, inclusive os que fazem uso medicinal, também fazem recreativamente. A legislação já foi feita porque o uso recreativo era massivo também, o uso medicinal desde o começo foi só uma desculpa. Não que não exista e seja importante o uso medicinal, ele é o principal fator que fez a lei mudar por lá, mas desde o começo, ela não é só para os usuários medicinais, ela é de tolerância com a cannabis em geral.

Se o hash bar é errado, então a legislação também é, e a grande maioria dos usuários também. Melhor proibir de novo...

Quer dizer que se eu uso ganja medicinal, e meu amigo faz uso recreativo. Só o uso medicinal é permitido, se fumarmos junto, então ele está errado e eu certo?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

o lance que eu vejo grower, nao é nem q seja uma desculpa, é um reconhecimento da maneira que a planta deve ser tratada, uma planta medicinal. medicina.

masss, da mesma forma que se abusa de aspirina, pode-se abusar de maconha, e alias, acho q te faria bem "menos mal" entre aspas, o abuso da maconha.

mas ela nao deixa de ser tratada como deve, medicamento, e regulamentada como deve: medicamento.

pra mim se legalizar assim ja esta ótimo. e mais, correto. evita inclusive a banalização da planta,a inda que ela aconteça, o que eu acho ( nao sei pq nao conheço) nao é o caso desse estabelecimento citado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Eu me expressei mal, "desculpa" entre aspas. É porque perante a sociedade e o mundo, colocar na lei que o uso é medicinal, é muito mais aceitável. O fato é que maconha é um remédio, mas esse não é seu único uso, e nenhum deles é maléfico, então não tem porque acharmos ruins ou anti-éticos os meios que os caras encontraram pra fumar, se você faz uso religioso, e eu medicinal, em outras horas nos encontramos pra fazer o recreativo com a galera. Acho que errada é a legislação, o nome que se usa não importa, todos tem direito de fumar...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

O 77 já entendeu que é uma desculpa, mesmo entre aspas. Eu acho estranho quando as pessoas acham q eu considero q o usuário recreativo é "vagabundo q tem q ser preso", ainda mais quando eu deixo explicito que é o contrario. Vai nos comentarios dos jornais pra ver oq tao falando... já vi uns estilo "então quer dizer q no posto 9 só tem doente"... "pode até ser remedio, mas não é pra isso que eles querem". Cuidado com o tiro no pé. Também deixei bem claro q não sou a pessoa mais ética do mundo, mas que tento sempre manter a coerencia, por mais que isso me traga prejuizos. Mas não sou santo.

Já assisti um documentario espanhol da TVE falando sobre a luta pela legalização lá. Um dos ativistas era contra todo esse foco que se da a cannabis medicinal, pois pra ele aquilo ia desviar a atenção pro uso recreativo e só quem é "doente" poderia fumar. Eu apoio a posição dele. Todos tem q ter acesso... e perceba, ele quer q todos tenham acesso sem hipocrisia. Eu to com ele !

Cabelo, ce tinha que assistir a fox ou cbs pelo TVU... tinha q ter visto a desmoralização dos xaropes pra tosse lá nos eua. Até o south park fez um epsodio sobre... agora o acesso é mais complicado e o FDA ta considerando banir alguns remedios ou dificultar o acesso. Agora cabelo, imagina um bando de ateu profanador ir num encontro do Daime, deixar claro que ta querendo só curtir uma onda louca, que odeia religiao e vai contra os dogmas do Daime. O Renault vai dar daime pra eles ? Lá em Mauá eles reclamaram de eu ter levado maconha porque eles são um grupo religioso sério e que a maconha atrai a policia e má publicidade pra religião. Eu não fui pra tomar daime, mas tive q ouvir essa.

Como todos aqui estão repetindo os mesmos argumentos, inclusive eu, pra mim a discussão ta encerrada. Concordamos em discordar. Afinal eu me mantenho firme aos meus posicionamentos e a galera q descorda de mim também. Então eu pulo fora deixando registrado oq penso sobre o tema.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

cara, as pessoas que vão la no centro de daime tomar daime com outros propósitos geralmente, ou tem experiencias serias e entendem o que esta se fazendo ali, ou entao nao entendem acham chato e vao embora...

e acho que se eu chegar la e falar, olha velho to aqui pra tomar a parada so pra curtir uma onda e tal, se fosse eu por exemplo quem estivesse recebendo essa pessoa, explicaria se ela sabe pelo menso do que se trata o trabalho e daria o daime pra ela, se ela curtisse a onda dela em trankila eu deixaria ela tomar o daime na reuniaos normalmente, agora se desse alteração, e quizesse esculachar o trabalho é lógico que teriamos que conversar melhor com essa pessoa, mas como qq um, igual pra todos, até pq daime é uma escola espiritualista, temos que tratar todos igual, mas se a pessoa quizer mesmo tomar a bebida fora dali nós nao vendemos e nem damos ela vai ter q achar outro lugar que se adeque a essa intenção dele. e existem exatamente centenas de centros hj por que nem todos entendem de fazer da mesma forma, para mim que prezo pela tradição "original" do daime, alguns centros disvirtuam o uso, nem por isso eu vou ser contra eles achando q estao sujando a imgem do daime..

Assim como eu penso que uma pessoa pode chegar pra um médico, e dizer que quer apenas uma receita, pra relaxar no fim de semana e celebrar com os amigos, ou relaxar no fim do dia, e o medico pode ter essa postura de achar isso errado como vc tem, ou nao, pode ter a postura de entender que isso nao deve afetar em nada a pessoa e fazer a receita...

sei la acho tao natural isso mano...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

O 77 já entendeu que é uma desculpa, mesmo entre aspas. Eu acho estranho quando as pessoas acham q eu considero q o usuário recreativo é "vagabundo q tem q ser preso", ainda mais quando eu deixo explicito que é o contrario.

Não é que você considere, mas os leigos podem considerar.

O grande lance, é que não tem como legalizar ganja medicinal fumada, e separar do uso recreativo,porque até o usuário medicinal, faz uso recreativo.

O hash bar é fruto dessa confusão que a lei criou, onde não se separa mais o medicinal do recreativo, o problema não é o lugar, se o cara tem um problema, e fumando no hash bar ele encontra o controle pra doença dele, é medicinal. Se eu vou lá pra fumar um bud antes de pedalar, é recreacional.

Quem faz a ganja ser medicinal ou não é o paciente, não o lugar...

O hash bar é medicinal pra uns, e pra outros é recreativo...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Quando esclarecer a situação da Marcha da Maconha, deixarem marchar, acho que eh a hora de ter associação dos usuários medicinais, se colocarem doação via Pay Pal eu contribuo e, me associo com nome e sobrenome, mostro a cara.

Claro, o ideal seria legalizar geral, acho dificil, medicinal tem argumento, se quem for doente nos relatos do GR for verdade, tem base pra argumentar na justica, agora atrelar o uso medicinal a Marcha da Maconha parece que nao eh a melhor estrategia, na Marcha como o Picax disse eh muito mais amplo a discussao (apesar quea Marcha eh um evento...), nao tem foco a Marcha, quer se discutir tudo e nao se discute nada, tenho conviccao que voces medicinais sao quem tem municao pra trocar ideia.

Negocios evoluem, tipo vender CD em caixinha ja eh ultrapassado...essa farmacia eh o futuro, um novo modelo de negocios, quem tem visao fica no mercado e conquista espaco, fica grande.

E pra quem acha antietico qualquer merda, deixem de usar produtos da MicroSoft, quer antietica maior que isso? (quem eh da area sabe).

Foda eh ficarmos discutindo e nao pormos em pratica as ideias...filosofando...idealizando...se fizerem um fundo medicinal desde agora eh bom, contribuo com dinheiro, ou fiquemos soh na ideia...tipo revista, documentario...soh ideia e boas por sinal.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Em vez de buteco podiam ser uns Hash bar desses... :pulafuma:

garanto que teriamos muito menos problemas sociais...

eu acho que todos tem q ser livres pra cultivar, vender, limpar a bunda ou fazer o que quizer com qq planta, desde q nao interfira na liberdade dos outros.

Exatamente...

com tanto lixo sendo vendido na forma de alimento, tb não acho errado o sujeito vender um produto natural que plantou e cuidou com seu esforço e dedicação,

é que o estigma de droga do capeta ainda faz com que tenhamos certo tabús sociais,

porem a verdade vindo a tona como o uso da cannabis contra o cancer e inumeras outras doenças um dia fará com que a cannabis e quem a cultiva seja visto com outros olhos, como era antigamente...

grower na realidade não é nada mais que um agricultor, e toda merda gerada pelo tráfico é culpa do governo que o criou e não nossa!!!

É aquilo... por um lado é foda pq se o grower vende suja o movimento pela perseguição que pode gerar,

por outro se analizar sem hipocrisia é uma redução de danos,

pois existe uma grande diferença entre um grower e um traficante...

o grower pagaria conta de luz ou usaria a grana comprando fert e ou uma larica, e o traficante compra cano pra atacar ponto de outro ou atirar em alguem fazendo um rolê de assalto...

Se o governo não fosse safado já teria aceitado isso...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...