HighT

"cannabis Cup" No Brasil !

Recommended Posts

Galera olhem o que eu achei no google sem querer:

http://www.gabeira.com.br/e-legalize/artig...a_art.asp?id=26

Dêem uma lida, o que acham? Louco hein? Quero ir na próxima!

Queimando tudo

por Jan Theophilo

Fonte: No.com.br

> 20 / 8 / 2001

-

Um baseado de um metro e meio e um origami fumável, em forma de flor e recheado de maconha, foram os grandes destaques do 1º Cannabis Cup Brasil, realizado dia 19 de julho no campus da Universidade Católica de Brasília. O campeonato brasileiro da erva reuniu 300 freaks e doidões vários, de todos os cantos do país, em torno de duas categorias: solto (erva em estado bruto) ou prensado (maconha industrializada e prensada em tabletes para facilitar o transporte). Os dez jurados votaram também em quatro subcategorias: criatividade na elaboração dos cigarros, tamanho, qualidade do fumo e tempo de carburação (queima), além de alguns prêmios especiais. O evento, realizado à sombra do 25º Enecom (Encontro Nacional dos Estudantes de Comunicação), reuniu 2.300 estudantes na universidade e rendeu um curta-metragem de 13 minutos, que mostra os participantes em grande animação, queimando tudo até a última ponta.

O maior baseado brasileiro mede sete palmos de comprimento e precisa de quatro mãos para ser fumado. Foi obra de uma delegação da Bahia (sempre a Bahia), a grande campeã do Cannabis Cup. Os baianos levaram também o troféu de maior 'camarão' (infrutescência da planta que dá origem ao 'barato'). As delegações de Pernambuco e Ceará também não fizeram feio, empalmando o segundo e o terceiro lugares. No quesito originalidade, estudantes de Brasília levaram um prêmio especial do júri. Apresentaram um skunk (híbrido de maconha, mais poderosa, geralmente cultivado em estufas) de cor laranja. Tradicionalmente - a explicação é de quem tem intimidade com o assunto - esse tipo de fumo tem tons verdes bem claros.

Prêmio especial também abiscoitou o "Bicho de Sete Cabeças" (homenagem ao filme homônimo estrelado por Rodrigo Santoro) criado por estudantes pernambucanos. Trata-se de um pedaço de bambu, com sete saídas para tubos por onde se pode fumar. A melhor maconha do Brasil (pelo menos assim foi considerada) foi levada da Bahia, e o melhor "prensado paraguaio", do Mato Grosso do Sul. A mesma turma do origami psicodélico.

Na Europa, campeonatos para escolher os melhores tipos de maconha deixaram de ser novidade há muito. O de Madri realizará em dezembro deste ano sua quinta edição, assim como o de Barcelona. O jeito do torneio brasileiro guarda semelhança com ambos. Lá, são patrocinados pela revista espanhola Cañamo. Mas o pioneiro, e mais famoso e sofisticado de todos, é o de Amsterdam, bancado pela revista americana High Times. É o mais democrático dos torneios. Nele, qualquer um pode ser juiz. Basta inscrver-se para isso e enviar até o fim de setembro uma ordem de pagamento de US$ 200 para a revista - existem até empresas de turismo que organizam pacotes para os interessados.

No Cannabis Cup original, os juízes têm cinco dias para escolher com calma os vencedores entre 15 tipos de maconha. Podem fumar nos coffe shops holandeses (onde a erva é vendida numa boa) ou votar em brownies, bolos ou outros quitutes que contenham cannabis sativa entre seus ingredientes. Este ano será realizada no início de novembro a 14ª edição do evento. Ano passado os organizadores introduziram uma novidade: a edição chamada "Cannabis Cup Castaways", inspirada em programas como Survivor ou No Limite. Na "Castaways", um grupo de participantes ficou trancafiado numa casa, no interior da Holanda, com diferentes tipos de fumo. Ao fim de cada dia eles se reuniam para eliminar, por votação, um tipo de erva. Uma espécie de Portal dos Quatro Elementos, sem a choradeira dos eliminados.

No Brasil, para driblar eventuais problemas com a lei, os organizadores do evento cobriram a Católica de Brasília com cartazes alusivos à "Rockonha" apenas no dia do Cannabis Cup. Semanas antes, pessoas escolhidas a dedo foram avisadas do evento através de emails. O curta-metragem produzido pelos organizadores, ainda sem nome, mostra uma grande festa ao ar livre, no meio do campus, com pessoas confraternizando em dezenas de rodinhas onde os baseados rolavam à vontade. Há cenas divertidas, como a do repórter que percorre as rodas perguntando como são as diferentes gírias relativas ao consumo em cada estado. Como o carioquês "dar um dois", que significa tragar o cigarro de maconha, em paulistês é "dar uma bola". Há também diferenças de mercado. No sudeste e no nordeste geralmente a unidade de venda mais comum é o "peso" (100 gramas da erva). No sul, nas cidades do interior, devido talvez à proximidade com a fronteira do Paraguai (importante rota no tráfico), as unidades ganham o nome de "quartos" (250 gramas). Sinal de abundância, claro.

O vídeo também tem passagens lúdicas, por conta do estado de espírito e dos sotaques riporongas de alguns entrevistados. Um cearense de sotaque arretado, já na baixa velocidade dos efeitos da droga, tenta com voz arrastada explicar suas preferências: "Pô...aí, eu particularmente prefiro um soltinho nordestino", e após longa pausa emenda, "mas não dispenso um prensadinho. Se for da Colômbia então". Ou seja: topa todas. Os produtores consultaram um importante escritório de advogados sobre a possibilidade de divulgação das imagens. Foram aconselhados a não identificar entrevistados e a retirar as imagens que identificassem o local onde foi realizado o campeonato, e as universidades que emprestaram equipamentos para a produção. "Acreditamos que o grande mérito do vídeo é mostrar uma festa com centenas de pessoas sem um único ato agressivo. Isso que prova que a maconha é uma coisa de confraternização e não uma droga perigosa", diz um dos envolvidos na "subversão". Após a divulgação dos vencedores, foi formada a comissão organizadora do próximo Cannabis Cup, que deverá ser realizado em julho do ano que vem em Natal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso naum é uma cannabis cup... no máximo uma festa.

estão julgando fumos de procedencia desconheida, sem nenhuma basepra julgar nada.... mas q eu queria ir lá eu queria :P

cannabis cup é com produtores, e seus fumos crescidos por cada um. existem critérios pra julgar e muito mais coisas q isso... premios e coisas e tal...

neguinho julgando prensado e dizendo q é copa...se for assim rola copa da maconha todo dia no brasil...eta país de maconheiro...né mermo?! hehehe

mas copa mermo ainda vai rolar.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
neguinho julgando prensado e dizendo q é copa...se for assim rola copa da maconha todo dia no brasil...eta país de maconheiro...né mermo?! hehehe

Durante os últimos 4 meses rolou copa todo dia aqui em casa huahuahuahaua, foram umas 16 variedades de camarões diferentes cultivadas pelo grower BC_Bud :) , indicas e sativas huahuahuahuahaua foram fumados em média 10 baseados ao dia - pena que acabou :( fui o único juiz hehehehehe, apesar de que numas 2 ocasiões rolou participação de poucos bons amigos que tiveram o prazer de provar essas variedades :) mesmo sem saber a realidade da procedência ;)

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É eu sei que não é a cannabis cup oficial, por isso eu coloquei entre "aspas" no título... Mas achei legal por ser um evento, com organização, uma certa divulgação e talz... fiquei feliz acho um passo importante...

Em casa não conta né galera ! hehehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
É eu sei que não é a cannabis cup oficial, por isso eu coloquei entre "aspas" no título... Mas achei legal por ser um evento, com organização, uma certa divulgação e talz... fiquei feliz acho um passo importante...

Em casa não conta né galera ! hehehehe

;) Massa, gostei. Só se começa do começo! No proximo eu vô! ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera!!! Up ai pro barato pq merece respeito... paradas assim só acontecem em festas privadas... eu ia adorar c rolasse um evento bem elaborado mesmo aki do forum ou até mais loko do brasil a fora e c não da américa latina... poderiam contar com toda minha criatividade para divulgar e desenvolvimento de arte pra ajudar a promover o evento... a pergunta é "PQ NÃO CARAMBA?!" c fosse festa do PCC até ai podia mandar chover policia mas creio eu q mtos aki são Pai de familia, de bem, estudantes, e universitários repletos de idéias e com o laço Marijuanico pra nos unir... a idéia é boa e com certeza além de rolar varias risadas ia ser uma evento tranquilo pra caraca..... uma BRISA MORA! uHAEuHAEuhUAEHuAHEuhUAEHuHAEUUAEHuAE

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
http://www.gabeira.com.br/e-legalize/artig...a_art.asp?id=26

O maior baseado brasileiro mede sete palmos de comprimento e precisa de quatro mãos para ser fumado. Foi obra de uma delegação da Bahia (sempre a Bahia), a grande campeã do Cannabis Cup. Os baianos levaram também o troféu de maior 'camarão' (infrutescência da planta que dá origem ao 'barato'). As delegações de Pernambuco e Ceará também não fizeram feio, empalmando o segundo e o terceiro lugares. No quesito originalidade, estudantes de Brasília levaram um prêmio especial do júri. Apresentaram um skunk (híbrido de maconha, mais poderosa, geralmente cultivado em estufas) de cor laranja. Tradicionalmente - a explicação é de quem tem intimidade com o assunto - esse tipo de fumo tem tons verdes bem claros.

Prêmio especial também abiscoitou o "Bicho de Sete Cabeças" (homenagem ao filme homônimo estrelado por Rodrigo Santoro) criado por estudantes pernambucanos. Trata-se de um pedaço de bambu, com sete saídas para tubos por onde se pode fumar. A melhor maconha do Brasil (pelo menos assim foi considerada) foi levada da Bahia, e o melhor "prensado paraguaio", do Mato Grosso do Sul. A mesma turma do origami psicodélico.

Eta terrinha abençoada !!!Ave maria !!!

ehehehhe bricandeira a parte, legal a iniciativa dessa galera mesmo que tudo não passe de uma brincadeira, isso é bom para divulgar a cultura canabica no Brasil, e tirar um pouco desse pre-conceito irracional que sentimos todos os dias, penso que atitudes como essas deveriam acontecer nas faculdade federais com mais frequencia já que lá se concentram uma grande parte de apreciadores da maria joana, e aqui na Bahia creio eu pela influência da cultura africana a maconha vem sendo tolerada cada vez mais apesar de vários casos de intolerâncias, principalmente na televisão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O próximo o GR podia divulgar internamente aos membros =)

E chamar alguns membros pra participar... :P (não custa nada sonhar, né?)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
O próximo o GR podia divulgar internamente aos membros =)

E chamar alguns membros pra participar... :P (não custa nada sonhar, né?)

Me chama tá!!! num esquece não ......

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vai rolar!!

Qdo formos ver... rolou...

Virou fumaça já era!

Aguardem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos organizar uma copa esse ano!

Pelo que vejo passeando pelos cultivos da galera acho que não vai faltar erva boa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

engraçado

eu tava pensando aqui

e tenho quase certeza que a banda POP

SKANK ( e naum skunk )...hj em dia naum deve gostar do nome dado a banda

no começo os caras tinham o lanc da rebeldia , curtia reggae, mas hj...mais maduros e com medo de fazer apologia ,,,sei lá....creio que eles gostariam de mudar o nome..mas como ja ta aí no mercado....tipo tatuagem que vc faz qdo tem 15 anos e aos 25 diz...que merda que eu fiz

mas que esse caras ae deve fumar o massa,,,ah iso com certeza

vc acha que o ministro do meio ambiente ía fumar um made in paraguai ???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

descupem desenterrar AHAAH, mas eu tambem tinha visto essa "matéria" a um tempo.. mas eu acho que é bem fake, isso sim.

tudo bem que foi em 2001, onde a internet não era tão popular na divulgação de midia como é hoje..de vazamento de videos né, mas o texto tem cara de fake por descrever muitos detalhes.. como "Um cearense de sotaque arretado, já na baixa velocidade dos efeitos da droga, tenta com voz arrastada explicar suas preferências", que da alusão a ser invenção :rolleyes: , entre outras passagens muito estranhas

uma das poucas coisas que sairam foi isso:

http://www.estadao.com.br/arquivo/cidades/2001/not20010824p20493.htm

http://mila-on-the-road.tabulas.com/2006/05/15/@1199628/ (tem até comments do blog dela q tambem disse ter participado, mas tambem acho esse texto fake, do nada a delegação da bahia resolveu participar, tinha beck pra fazer um enorme e com seda de fundo de mala? sei lá viu...parece fake essas infos)

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos/da290820011.htm

http://oscanastras.blogspot.com/2005_09_01_archive.html

alguem chegou a ver esse suposto video ja ou algo do tipo? não é querendo desanimar a galera nem nada, mas eu acho que devemos estar sempre em busca da veracidade das infos né? num evento de tal porte, por mais organizado que talvez foi feito (po imagine organizar maconheiros universitarios de varios estados, que NINGUEM vazou 1 foto ou video, ou deu pala pra alguem, dentro do campus, dificil né :hihihi: ) . Se alguem tiver alguma coisa ai que prove, os tais videos que foram veiculados.. até pelo jo soares segundo tais fontes q coloquei em cim, peço desculpas, mas pelo bem da informação de todos queria só levantar essa duvida já que ninguem mostra nada! :)

abrazz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

fake nada.. tem gente aqui do GR que participou

Iae,

quando está marcada mesmo a Copa Brasileira da Maconha 2010(CBM) ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha cannabis cup em casa, as campeãs foram arjans ultra haze #1, blueberry, somango e blue cheese

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Foi fake não, na época que rolou eu fiquei sabendo... Mas não participei...

Mas cannabis cup igual ou melhor que essa tem em qualquer encontro universitário. A única diferença é que dessa vez a galera fez uma brincadeira, video, jurados, botou nome no evento etc. Ninguém vai botar o video no Youtube por razões óbvias...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Po, bullshit isso daí!

Tem nada de cannabis cup!

Só podia vir do site do Gabeira

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nois podiamos fazer um evento pra reunir os membros que temos certeza que sao firmeza

para facilitar a ida de todos, o "encontro" poderia acontecer em 2 lugares diferentes

tipo no Rio e na Bahia, no interior e numa fazenda ou sitio.

Se isso ja nao acontece ocultamente neh, e eu to por fora aUEhEUHEuH!

valeu, foi apenas uma chapaçao da minha cabça

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, to achando estranho. galera daqui que tenha participado deste evento lá em 2001, por favor, apareça!

FAKE? SERÁ?

Tenho medo... e ela também

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...