Ir para conteúdo
Growroom
Chalirouman

Aprovada pelo Senado a nova política de drogas

Recommended Posts

Com todo respeito Picax....

Quem acha que piorou em relação a antiga é porque não esta interpretando direito a Lei ou porque tem interesses no Tráfico... ela realmente ficou mais pesada pro traficante..

pode crer.....

disse o que eu iiiia dizer.....

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Quem acha que piorou em relação a antiga é porque não esta interpretando direito a Lei ou porque tem interesses no Tráfico... ela realmente ficou mais pesada pro traficante...

lembre sempre de uma coisa... Se essa nova lei nao tivesse entrado em vigor o GR nunca teria voltado ao ar depois das férias forçadas, só voltou porque agora estamos sob a égide dessa nova lei, que entre outras coisas passou a reconhecer a redução de danos como uma das formas oficiais de combate as drogas.

A questao nao se resume soh ao porte da droga e sim a toda uma nova política crimanal sobre drogas implantada pela nova lei,

Concordo em termos. Concordo que ficou mais pesada pra o traficante, mas também concordo que a distinção entre plantio para uso e plantio para tráfico não é nada especifica. Digo novamente, na prática não há distinção técnica para as situações. TAmbém não concordo plenamente com distinções tecnicas, pois se fosse como na Austrália, onde não é crime plantar até não-sei-quantos pés (2ou 3 nao sei ao certo) de cannabis a lei também não abarcaria a realidade grow, que lida quase sempre com mais de 2 pés.

Não vejo tanta relação entre a nova lei e a volta do Growroom. O GR está tentando inserir-se na realidade das iniciativas de redução de danos, mas quem vai dizer se é ou não redução de danos é a porcaria da lei.

E por último concordo plenamente quando diz que há uma "nova política criminal sobre drogas". A política é criminal e é tratada como tal, criminalmente, pelo Ministerio da Justiça, pela Polícia Federal, pelo Exército, pela ABIN (Agencia Brasileira de Inteligencia).

Se considerarmos que não houve troca no comando do SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas), podemos dizer que houve mudança?

Deixo bem claro, mesmo com esta nova lei a atividade grower é um grande risco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pera lá!

O que é traficar???

Vender trouxinhas ou trazer um caminhão de fumo do Paraguay???

Na minha opiniao o cara que ta ali vendendo nao passa de um mero soldadinho do trafico, enquanto o verdadeiro traficante esta bem... protegido e seguro no bem bom...

Acho q essa situação é comparável ao Colarinho Branco X Ladrao de Galinha

O verdadeiro ladrão ta la no Congresso, ta num escritorio com ar condicionado, numa boa enquanto o ladrao de galinha... coitado... ta fudido!!

Entao acho q essa lei só seria BOA se fosse válida para todos, mas vivemos num país chamado Brasil... onde a lei só vale pro pobre!

Entao ta uma merda!! Nao mudou muita coisa mesmo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

xara (px)

pelo menos as noticias sobre quem roda com 1 ou dois pes

vejo que a autoridade policial esta liberando mesmo

de norte a sul....

é o que vejo

um ou dois

com mais rola de ficar uns dias sim ate que role uma decisao judicial, com o julgameto

e mesmo assim nego com 32 saiu livre!claro depois dum sufoco danado.....

tomara que o nosso outro amigo das 15/20..aconteça o mesmo

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Enquanto isso ele ta fudido la

Coitado... por plantar umas sementes...

Olha que merda...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É como eu disse...

A lei nao é perfeita... mas em comparação a antiga é uma grande melhora.

A lei antiga era de 76, feita em plena ditadura militar, uma lei realmente horrorosa.

Eu também gostaria que existisse um numero definido de plantas consideradas para consumo, mas infelizmente ainda não foi possivel.

Mas quem acompanhou o tramite dessa nova lei no congresso sabe que por pouco, muito pouco o artigo que fala de cultivo pra consumo nao foi riscado do mapa e tambem por muito pouco nao foi incluida a pena de prisao no caso de descumprimento das penas alternativas impostas...

Então eu penso assim: É claro que queria uma lei melhor para os growers, sem tanta subjetividade, mas infelizmente estamos no Brasil e as coisas aqui são assim, tudo muito devagar, desde o começo da discussão sobre essa lei eu sempre disse que não era o que queriamos mas com certeza era um passo a mais...

Acho que realmente tem que seguir a luta em busca dos objetivos, da tranquilidade plena para quem cultiva exclusivamente para consumo... Mas também não podemos reclamar de tudo, dizer que é tudo uma merda e que essa lei nao serve pra nada... nao é bem assim, teve muita gente que se empenhou pra essa lei chegar ate aqui sem ser completamente desfigurada pelos hipocritas do congresso.

Por fim... essa questao da subjetividade na hora do enquadramento vai melhorar um pouco quando a jurisprudencia comecar a firmar entendimento sobre o que é "pequena quantidade", e como disse o Verdim, as coisas estão indo relativamente bem de norte a sul se comparado ao que acontecia antes.

É a velha história do copo... quando vc ve um copo com agua pela metade vc pode olhar por dois prismas... o copo esta meio vazio ou o copo esta meio cheio...

acho que pessimismo não adianta nada... temos que ver o copo como meio cheio... e seguir na luta.

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alô Colegas,

Antes de mais nada, que satisfação poder novamente estar entre 'jardineiros'. Viva o retorno do 'Growroom'!

E tenho que concordar com o Chalirou que a nova lei é um avanço. Podemos até 'estratégicamente' manter o discurso de que houve retrocesso, porque realmente poderíamos ter avançado muito mais. Mas não reconhecer os avanços pode nos levar a enganos sobre quais os próximos passos na batalha da legalização. Exemplo: para mim está claro que o que devemos fazer agora é acompanhar de perto e dar publicidade aos casos (prisão de growers) que forem acontecendo -- um banco de dados público -- de forma a detectar abusos e desenvolver a posição de poder influenciar a opinião pública e, quem sabe, os próprios juízes no sentido de definir melhor a jurisprudência. É evidente que estamos falando aqui de apoiar growers, e não traficantes, e portanto é importante que entre nós tenhamos bem clara esta distinção. O que acham?

Saudações!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Graaamde marachimbeh !!

Ta ai um cidadão que acompanhou de perto a tramitação da nova lei e teve participação importantissima na pressão contra os senadores que tentaram sabotar o projeto ao divulgar na internet os videos das sessões...

Bom te ver de volta !

E a Ecognitiva ? mais do que nunca precisamos de espaço como a ecognitiva divulgando a causa...

[]´s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Eu também gostaria que existisse um numero definido de plantas consideradas para consumo, mas infelizmente ainda não foi possivel.

Não sou a favor de ter um número certo. Acho que limitaria qualquer atividade do estilo Pannagh (Caso Pannagh Pagina 59 e Clubes de Catadores Pagina 54)

São iniciativas muito interessantes.

Acho que a lei não deve tratar do plantio da cannabis. É só tirar os verbos de lá, plantar, semear....

É só perguntar para quem já pegou tráfico pela lei nova. Unanimidade, foi péssimo.

Claro que ficou bem mais tranquilo para quem pega uso mas mesmo assim não posso me contentar em somente fazer serviço a comunidade, ter que mentir para justificar o uso, essas coisas que a gente escuta por ai...

To torcendo para que os grower presos sejam soltos o mais rapido possivel.

Nao tem comparação cultivar cannabis / sequestro !

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Acho que a lei não deve tratar do plantio da cannabis. É só tirar os verbos de lá, plantar, semear....

Ai ficava liberado pra plantar de qq forma ? não entendi...

O que eu queria mesmo era que a cannabis fosse retirada da lista da Anvisa de substancias proibidas, ai a lei passaria a velr só pras outras drogas...

Mas enquanto não se faz isso, a unica forma de evitar a subjetividade na hora de enquadrar é estipular um numero, sem isso tudo depende de interpretação...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É, ficaria liberado plantar qualquer planta...

Mas também pode ser a retirada da Anvisa, já é alguma coisa...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
É, ficaria liberado plantar qualquer planta...

Po Picax... dai tb nao né...

ai os hectares de plantação que sustentam o tráfico também iam ser liberados.. e acho que nao é bem por ai...

mas é isso, cada um com sua tese, esse é o espirito de um forum de discussão...

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acha a ideía de produção industrial de cannabis tão ruim assim?

Quem me dera se a cannabis fosse legal apra usarmos em biodiesel, eu diria que seria revolucionario.

As lampadas da antiguidade eram todas acesas com óleo de semente!

Claro que o plantio tem que ser estilo agricultura familiar, sem essa de latifundio monocultura....

Se a cannabis for legal e for usada por latifundiarios, entao a luta pela regulamentação terá sido em vão.

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com certeza concordo com o cultivo pra fins industriais...

Mas isso não se faz só tirando o verbos plantar e semear da lei...

O cultivo industrial passa por 2 passos essenciais:

- tirar a cannabis da lista da anvisa

- criar uma outra lei que trate especificamente do cultivo para fins industriais, regulamentando a forma procedimento e etc etc..

Se for feito somente retirando os verbos vai liberar pra geral, inclusive pros traficantes...

É só nisso que discordo de vc... de resto estamos falando a mesma coisa em palavras diferentes...

[]´s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que voces chegaram a um patamar de discussao que ja nao tem mais nada a ver com o tema inicial.

De repente merecia abrir um topico e mover esses post pra la e deixar essa discussao desenvolver no topico certo

Valeu Charlie! ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Alô Colegas,

Antes de mais nada, que satisfação poder novamente estar entre 'jardineiros'. Viva o retorno do 'Growroom'!

E tenho que concordar com o Chalirou que a nova lei é um avanço. Podemos até 'estratégicamente' manter o discurso de que houve retrocesso, porque realmente poderíamos ter avançado muito mais. Mas não reconhecer os avanços pode nos levar a enganos sobre quais os próximos passos na batalha da legalização. Exemplo: para mim está claro que o que devemos fazer agora é acompanhar de perto e dar publicidade aos casos (prisão de growers) que forem acontecendo -- um banco de dados público -- de forma a detectar abusos e desenvolver a posição de poder influenciar a opinião pública e, quem sabe, os próprios juízes no sentido de definir melhor a jurisprudência. É evidente que estamos falando aqui de apoiar growers, e não traficantes, e portanto é importante que entre nós tenhamos bem clara esta distinção. O que acham?

Saudações!

Grande Marachimbeh!!

É um enorme prazer te-lo do nosso lado participando das nossas discussoes!! Excelente!! Esse espaco é seu irmão!!

Sobre o Banco de Dados Publico ja temos o Grow Wiki, que entre as diversas de funcoes que tera, tera tambem a funcao de ser esse banco de dados que mencionou.

Um banco de dados sobre Jurisprudencias, leis, advogados, ...

O espaco ja existe! A comunidade precisa dar uma forca agora e botar a mao na massa!!

icon11.gif WWW.GROWROOM.NET/WIKI

Vamos comecar a agitar esse trabalho??

Valeu galera!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Achei legal esse lance do Wiki, mas não me entendi direito com a tecnologia.

Qualquer um pode adicionar um texto ou informações? Já esta funcionando plenamente?

Eu ja tenho alguma coisa sobre Leis e Interpretações que eu queria compartilhar...

(ver este post )

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ae Chali, tamo falando a mesma lingua sim! :<img src=:'>

Só diferimos em alguns pontos, claro, mas estmos avançando nas ideias... B)

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mano BAS, eu participaria com muito prazer da construção do Wiki,

Porém acho que não está abilitada a função de editar.

Valeu growroom,

É muito bom saber que não estamos sozinhos, sempre unidos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

blACK, esta lei como outras nao ta legal, é contraditoria, tem 10 contras e um a favor. logo no comeco ja diz, que plantar é crime e depois diz que "pode", e que se isto acontecer, sim vc vai prezo no momento e vai ate a dp dar satisfacao se nao der certo com o delegado ainda é julgado, no julgamento teu advogado vai enxer o saco do juiz com o artigo 28 desta lei. e por fim o juiz ainda vai mandar tu passar 3 meses limpando banheiro. ou vai te mandar para um instituto de drogados, que vc tera que frequentar durante dias e ainda vai ter ficha suja.

continua sendo crime, sendo que agora nao vai mais em cana. depois do julgamento.

Continua na mesma. os porcos nao vao deixar de te dar uns tapas por causa de uma lei dessa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A verdade é que o fato de sermos ``maconheiros´´ visto pela sociedade como marginais que é ridiculo

nos deixa sem direito algum perante a lei, quando um advogado por exemplo arruma um acerto e

a policia resolve pegar o cara o que fazem, armam pra pegar no flagra certo? ou seja pegando a grana,

mesma coisa empresário corrupto com a mão na massa, seguindo esse raciocínio pra se acusar algue de traficante

deveriam aplicar o mesmo sistema ou seja um policial deveria armar uma situação de tentar comprar do suposto

meriante suspeito, pois trafico é venda segundo a lei e para alguém ser traficante tem que estar vendendo obviamente.

A policia não é incompetente se nos usuários conseguimos comprar eles também conseguem se passar por um.

Isso ao meu ver mostra que na realidade eles não querem saber se você realmente vende, ganha com isso,

elas querem te estorquir mesmo com processo, advogado, cestas básicas e você que se foda e ainda fica preso

mesmo sendo um simples maconheiro isso é discriminação e um desrespeito com o direito de um cidadão sem falar

em abuso de poder pois um juiz que manda alguém que não vende sabendo disso pois se não armaram uma

situação de pegar o sujeito vendendo como ele pode ser chamado de traficante e bota-lo na cadeia?

ele usou o poder dado a ele pra prejudicar um inocente.

Porque a policia não está aplicando esse principio básico para poder acusar alguém?

Se algum policial ler esse texto por favor me responda essa pergunta!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
A verdade é que o fato de sermos ``maconheiros´´ visto pela sociedade como marginais que é ridiculo

nos deixa sem direito algum perante a lei, quando um advogado por exemplo arruma um acerto e

a policia resolve pegar o cara o que fazem, armam pra pegar no flagra certo? ou seja pegando a grana,

mesma coisa empresário corrupto com a mão na massa, seguindo esse raciocínio pra se acusar algue de traficante

deveriam aplicar o mesmo sistema ou seja um policial deveria armar uma situação de tentar comprar do suposto

meriante suspeito, pois trafico é venda segundo a lei e para alguém ser traficante tem que estar vendendo obviamente.

A policia não é incompetente se nos usuários conseguimos comprar eles também conseguem se passar por um.

Isso ao meu ver mostra que na realidade eles não querem saber se você realmente vende, ganha com isso,

elas querem te estorquir mesmo com processo, advogado, cestas básicas e você que se foda e ainda fica preso

mesmo sendo um simples maconheiro isso é discriminação e um desrespeito com o direito de um cidadão sem falar

em abuso de poder pois um juiz que manda alguém que não vende sabendo disso pois se não armaram uma

situação de pegar o sujeito vendendo como ele pode ser chamado de traficante e bota-lo na cadeia?

ele usou o poder dado a ele pra prejudicar um inocente.

Porque a policia não está aplicando esse principio básico para poder acusar alguém?

Se algum policial ler esse texto por favor me responda essa pergunta!!!!

A polícia nao pode armar flagrante dessa maneira. Eu até esqueci o nome jurídico dessa situação, mas eu sei que é ilegal!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O nome disso é flagrante preparado, a única forma legal de flagrante no Brasil é o flagrante esperado, segundo a teoria jurídica se ele for tentar comprar de você ele estaria te influênciando a cometer o delito. E quanto aos casoas apresentados aqui te garanto que eles vão olhar principalmente o histórico do cara, eu não sei bem como foi o processo do gorda, mas me parece meio mal explicado, pois te garanto que qualquer advogado de porta de cadeia derruba um processo baseado em escuta ilegais. Esse é um dos princípios do direito se a base do processo são provas obtidas ilegalmente todo o processo é ilegal e pode ter certeza se a polícia esta macumunada com o promotor e juiz da localidade nisso existe sempre uma esfera mais alta a se recorrer, pode até ser que você fique preso um tempo até a apreciação de um juiz sério, mas ser condenado é MUITO difícil, pois os juizes conhecem a realidade das prisões brasileiras e não querem que o usuário seja um universitário do crime . Mas se você tem outras passagens por outrtos delitos ou por crimes fica mais difícil, como no caso do loKo MSC que foi preso ,mas já tinha outras passagens por outras coisas (ele não especificou) mas se for por furto, roubo, tráfico ou algo por ai, fica realmente difícil convencer o juiz que era pra consumo. MAs se você é primário com emprego fixo, sem indícios de enriquecimento além da sua renda e sem provas que você tenha vendindo acho muito difícil algum juiz enquadrar no tráfico e o ministério público não cair em cima. Não estou falando é é impossível fazer um processo legal baseado em escutas ilegais, é mole. É só os policias darem o flagrante e justificar como "denúncia anônima" e fingem que a escuta nunca existiu, mas se eles apresentam as escutas como prova eles simplesmente estão jogando o serviço deles pela privada.

Para responder ao ThiaBO o que acontece é que nesse país é tudo de mentira, de brincadeira então eles têm que valorizar o trabalho deles, se disserem que um usuário não vale nem o tempo que eles perdem pra registrar a ocorrência. Já vi casos (não relacionados com a erva) em que eles prenderam até o vendedor de cachorro quente da rua onde tinha um desmanche só pra juntar quatro presos e poder enfiar uma formação de quadrilha. Outro exemplo é uma prática comum entre os PM's corruptos do Rio (não estou falando que todos os PM's são corruptos, mas os corruptos muitas vezes fazem isso), eles apreendem uma pistola, entram em contato com o traficante local e trocam a pistola por três ou quatro revolvezinhos capengas e apresentam as armas sucateadas, pois pra eles é mais vantangem pois são três ou quatro apreensões de arma de fogo ao invés de uma só, isso quando eles não apreendem fuzis e vendem novamento ao tráfico. Ninguem ta interessado em resolver o problema e sim em dar notícia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
O nome disso é flagrante preparado, a única forma legal de flagrante no Brasil é o flagrante esperado, segundo a teoria jurídica se ele for tentar comprar de você ele estaria te influênciando a cometer o delito. E quanto aos casoas apresentados aqui te garanto que eles vão olhar principalmente o histórico do cara, eu não sei bem como foi o processo do gorda, mas me parece meio mal explicado, pois te garanto que qualquer advogado de porta de cadeia derruba um processo baseado em escuta ilegais. Esse é um dos princípios do direito se a base do processo são provas obtidas ilegalmente todo o processo é ilegal e pode ter certeza se a polícia esta macumunada com o promotor e juiz da localidade nisso existe sempre uma esfera mais alta a se recorrer, pode até ser que você fique preso um tempo até a apreciação de um juiz sério, mas ser condenado é MUITO difícil, pois os juizes conhecem a realidade das prisões brasileiras e não querem que o usuário seja um universitário do crime . Mas se você tem outras passagens por outrtos delitos ou por crimes fica mais difícil, como no caso do loKo MSC que foi preso ,mas já tinha outras passagens por outras coisas (ele não especificou) mas se for por furto, roubo, tráfico ou algo por ai, fica realmente difícil convencer o juiz que era pra consumo. MAs se você é primário com emprego fixo, sem indícios de enriquecimento além da sua renda e sem provas que você tenha vendindo acho muito difícil algum juiz enquadrar no tráfico e o ministério público não cair em cima. Não estou falando é é impossível fazer um processo legal baseado em escutas ilegais, é mole. É só os policias darem o flagrante e justificar como "denúncia anônima" e fingem que a escuta nunca existiu, mas se eles apresentam as escutas como prova eles simplesmente estão jogando o serviço deles pela privada.

Para responder ao ThiaBO o que acontece é que nesse país é tudo de mentira, de brincadeira então eles têm que valorizar o trabalho deles, se disserem que um usuário não vale nem o tempo que eles perdem pra registrar a ocorrência. Já vi casos (não relacionados com a erva) em que eles prenderam até o vendedor de cachorro quente da rua onde tinha um desmanche só pra juntar quatro presos e poder enfiar uma formação de quadrilha. Outro exemplo é uma prática comum entre os PM's corruptos do Rio (não estou falando que todos os PM's são corruptos, mas os corruptos muitas vezes fazem isso), eles apreendem uma pistola, entram em contato com o traficante local e trocam a pistola por três ou quatro revolvezinhos capengas e apresentam as armas sucateadas, pois pra eles é mais vantangem pois são três ou quatro apreensões de arma de fogo ao invés de uma só, isso quando eles não apreendem fuzis e vendem novamento ao tráfico. Ninguem ta interessado em resolver o problema e sim em dar notícia.

Falou tudo, Black... tô contigo e não abro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...