Mohammed

[Growshop] Alien

Recommended Posts

A loja online estah off

ateh 08 janeiro e eu querendo adquirir peças...

Alguem conhece algum growshop q envie pro Brasil e aceite cartao?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faz isso mesmo cara, eu sou louco para ver um cultivo dessa Strain, e creio que não é so eu, a lsd, e uma cruza de mazar X skunk, deve ser uma maravilha!!

Eu não sei se entendi, eles mandaram 2 seeds do mesmo strain de brinde? foi isso?

Isso eles mandaram 1 seed a + do mesmo strain de brinde....já até coloquei pra Germinar com cuidado total... irei informando o dia a dia das minhas meninas aqui no forum ;-)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

fala growlera , alguem a comprou algum homebox nesse alien grow shop ? na JU tah muito "salgado " o preço , queria pegar um XS pra começar meu primeiro cultivo, será que vale a pena importar será que tem risco de ser taxado ?

abç

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Pessoal! Estou querendo comprar umas seeds no growshop! Eu tinha um grow mais agora vou plantar outdoor! Alguém poderia me recomendar alguma semente dessa loja que seja bom pra plantio externo e com uma onda forte é claro! Estou querendo gastar por voltar de uns 25 euros!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vai de nirvana ! ICE ou HAZE...vai se dar bem no out ! bons cultivos :Maria:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Comprei hoje no alien um pack de "indoor mix" do Nirvana. Escolhi o frete "sementes traxity". Vamos ver em qnt tempo chega. Tomara que venham brindes. é minha primeira compra de seeds na gringa. tinha muito receito qnt a isso, mas resolvi arriscar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu cartão de crédito não é internacional, eu teria que pegar emprestado de alguém. Sabem se eles aceitam sendo que o cartão não estaria no meu nome??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saudações Growers!

Estou com duas dúvidas. Existe alguma forma de pagamento no Alien que não seja Internacional Card? Já vi que o melhor é o CC mesmo, hehe.

Estou pensando no pacote de cinco Super Lemon Haze da Greenhouse (Cultivo Outdoor, baixa humidade, 1000 metros de altitude). O que vocês acham?

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eae rapaziada os home box tão na moda agora né?! eheheh dando uma olhada na alien vi esse preço

Homebox Large Grow Tent 1m x 1m x 2 m €190,00

neste caso não estaria compensando e muito comprar deles uma casinha dessas??? não manjo muito mas li em um tópico aqui do próprio grow que se o produto sofresse tributação seria 60% do valor do mesmo... neste caso seria 114euros de imposto mais 190 do homebox o euro atualmente esta por volta de r$2,50 o que daria um total de 760.

no ju o homebox s que tem dimensões menores 80 x 80 x 160 esta saindo por r$860 tendo a favor a certeza da entrega não é?

se possiível opinem ae galera!

abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E qual seria o frete do envio dele até aqui no Brasil??? E não se esqueça que se for tributado, é cobrado imposto sobre o valor do frete também.

edit: e na JU da pra parcelar!

Acho que só valeria a pena se tivesse alguém que viajasse pra la e pudesse trazer pra você.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E qual seria o frete do envio dele até aqui no Brasil??? E não se esqueça que se for tributado, é cobrado imposto sobre o valor do frete também.

edit: e na JU da pra parcelar!

Acho que só valeria a pena se tivesse alguém que viajasse pra la e pudesse trazer pra você.

Errado... Tributação somente em cima do valor da mercadoria. Se cobrarem em cima do valor do frete vc deve pedir restituição de indébito. O ICMS e o imposto de importação incidem sempre sobre o valor da mercadoria e não mercadoria + frete.

As regras para tributação são:

- Compras em geral: sem isenção. Qualquer valor, até mesmo $1 único dólar deve ser tributado em 60% de imposto de importação. Se a mercadoria for despachada por transportadora incide ainda 25% de ICMS.

- Presentes (despachado como gift): isenção de até $50 dólares desde que remetente e destinatário sejam pessoas físicas. Se um dos dois for pessoa jurídica não há isenção, com 60% de imposto de importação mais 25% de ICMS caso seja despachado por transportadora.

Se o transporte for feito via correios não há ICMS a ser recolhido. Em hipótese alguma o tributo pode incidir sobre o valor do frete. Livros são isentos de tributação, sejam eles compras ou presentes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Errado... Tributação somente em cima do valor da mercadoria. Se cobrarem em cima do valor do frete vc deve pedir restituição de indébito. O ICMS e o imposto de importação incidem sempre sobre o valor da mercadoria e não mercadoria + frete.

As regras para tributação são:

- Compras em geral: sem isenção. Qualquer valor, até mesmo $1 único dólar deve ser tributado em 60% de imposto de importação. Se a mercadoria for despachada por transportadora incide ainda 25% de ICMS.

- Presentes (despachado como gift): isenção de até $50 dólares desde que remetente e destinatário sejam pessoas físicas. Se um dos dois for pessoa jurídica não há isenção, com 60% de imposto de importação mais 25% de ICMS caso seja despachado por transportadora.

Se o transporte for feito via correios não há ICMS a ser recolhido. Em hipótese alguma o tributo pode incidir sobre o valor do frete. Livros são isentos de tributação, sejam eles compras ou presentes.

Discordo, pois os impostos na importação incidem sobre o valor aduaneiro da mercadoria. Cfe. o artigo 77 do decreto nr. 6.759/2009 o valor aduaneiro da mercadoria é encontrado a partir do seu valor FOB (Free on Board), ou valor da mercadoria, acrescido dos valores do frete e seguro internacionais, convertendo-se esses valores para Reais, por meio da taxa de câmbio do dia do registro da importação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Discordo, pois os impostos na importação incidem sobre o valor aduaneiro da mercadoria. Cfe. o artigo 77 do decreto nr. 6.759/2009 o valor aduaneiro da mercadoria é encontrado a partir do seu valor FOB (Free on Board), ou valor da mercadoria, acrescido dos valores do frete e seguro internacionais, convertendo-se esses valores para Reais, por meio da taxa de câmbio do dia do registro da importação.

Essa foi a única coisa que guardei do MBA que fiz em Direito Tributário na FGV/RJ... Tenho até anotado no caderno... Mas fiz o curso em 2004 e dps fui para a área penal... Realmente desconheço qualquer legislação pós 2004, mas faço compras pela NET desde 1993 com muita frequência, seja usando correios ou transportadora e NUNCA sofri tributação sob o valor do frete. Sempre que paguei impostos os mesmos foram calculados em cima do valor da mercadoria sem o frete. Aliás, quando o despacho é feito pelos correios, o valor do frete nem vem declarado na nota...

As normas para definir a base de cálculo do imposto de importação são de caráter geral, não podendo ser calculadas a cada vez de forma diferente. Geralmente é considerado o valor constante na fatura comercial, mas também é admitido o preço de referência, estipulado pelo Conselho de Política Aduaneira, e a pauta do valor mínimo, estipulado pela Comissão Executiva do referido conselho.

No caso da alíquota específica, a base de cálculo corresponde àquela que prevê importâncias fixas, aplicável as modos de quantificação do produto importado, a base de cálculo é expressada pela quantidade de mercadoria expressa em unidades de medida utilizadas pelo ordenamento, conforme ditame do Código Tributário Nacional, art. 20, inciso I e art. 2o. do Decreto-Lei nº 37/66.

Já na alíquota ad valorem, a base de cálculo é o valor monetário da mercadoria, incidindo sobre este valor um percentual.

O valor considerado é o que consta na fatura de comércio, expedida pelo país originário (artigo 20, inciso II do Código Tributário Nacional).

Destaque-se que o Fisco tem a discricionariedade de aceitar ou não o preço indicado na fatura original, podendo atribuir um preço com base no mercado interno, o chamado “preço normal”.

A alíquota mista combina os parâmetros utilizados em ambas as modalidades, quando por exemplo, atribui uma porcentagem de R$50,00 (cinquenta reais) por kilograma (Kg).

No caso de produtos apreendidos ou abandonados, quando levados à leilão, a base de cálculo é o preço da arrematação.

No sistema tributário atual, o CTN (Código Tributário Nacional), há duas espécies de base de cálculo:

a. o preço do produto: é o preço normal, ou, na eventualidade de não constar na tabela de modo oficial, adota-se o preço de produto similar em venda e em condições de livre concorrência. Geralmente, toma-se por base o preço da fatura comercial;

b. a unidade de medida: é utilizada para medir, pesar ou contar o produto, o volume, etc., tanto de imposto por metro, por quilo, por unidade, entre outros.

Não conheço esse novo decreto de 2009, mas de qualquer maneira ele pode apenas regulamentar porque é um decreto, não tendo a capacidade de criar um novo fato gerador ou uma nova base de cálculo. Logo, o correto é observar o CTN.

Tentei dar uma pesquisada no google, mas não achei um único documento no sentido de se tributar o valor do frete. Se vc tiver algum link para passar agradeceria pois o assunto é de meu interesse!

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No mesmo Decreto...

Art. 79. Não integram o valor aduaneiro, segundo o método do valor de transação, desde que estejam destacados do preço efetivamente pago ou a pagar pela mercadoria importada, na respectiva documentação comprobatória (Acordo de Valoração Aduaneira, Artigo 8, parágrafo 2, aprovado pelo Decreto Legislativo no 30, de 1994, e promulgado pelo Decreto no 1.355, de 1994):

I - os encargos relativos à construção, à instalação, à montagem, à manutenção ou à assistência técnica, relacionados com a mercadoria importada, executados após a importação; e

II - os custos de transporte e seguro, bem como os gastos associados ao transporte, incorridos no território aduaneiro, a partir dos locais referidos no inciso I do art. 77.

Logo, se o vendedor declarou numa única nota e num único valor, mercadoria+seguro+frete, vc vai ser tributado em cima dos três. Mas se vierem declarados separadamente vc paga somente o tributo em cima do valor da mercadoria. Foi isso que entendi...

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No site dos correios diz que é sobre a soma, não sei no que eles se baseiam mas lá tá bem claro. Será que por se tratar da modalidade "Importa Fácil" dos correios, onde tudo é simplificado a tributação é diferente Maldoror???

Fonte

Olha só o texto:

IMPORTAÇÕES COM ISENÇÃO, IMUNIDADE OU ALÍQUOTA ZERO DE IMPOSTO:

* Importação de Pessoa Física para Pessoa Física: bens com valor até US$ 50.00, cujo remetentes e destinatário sejam pessoas físicas, estão isentos do Imposto de Importação;

* Importação de Medicamento: os medicamentos destinados à pessoa física têm alíquota zero de Imposto de Importação e a sua liberação está condicionada à apresentação de receita médica e demais documentos pertinentes exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA);

* Importação de Livros, Jornais e Revistas: as importações de livros, jornais, revistas e outras publicações também não pagam imposto, por estarem imunes, de acordo com a Constituição Federal (artigo 150, VI, "d").

IMPORTAÇÕES COM RECOLHIMENTO DE IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO

* Importação de Pessoa Física para Pessoa Física acima de US$ 50.00 até US$ 500.00: Quando o destinatário receber de parentes, amigos ou conhecidos, bens com o valor acima de US$ 50.00 até o limite de US$ 500.00, a alíquota do Imposto de Importação será de 60% sobre o valor aduaneiro da importação;

* Importação pela Internet, Catálogos e outros: a compra de produtos estrangeiros por meio da Internet, catálogos e outra forma qualquer, até o limite de US$ 500.00, importados por pessoa física ou jurídica, está sujeita ao Imposto de Importação com alíquota 60% sobre a soma do valor da encomenda, mais o valor do transporte (postagem) e seguro, se houver. Exemplo: eletroeletrônicos, suplementos alimentares, roupas, calçados, tecidos, CD, DVD, brinquedos, etc.

OBSERVAÇÕES

* Importação de softwares: na importação de softwares, sem destinação comercial, deverão ser discriminados separadamente na fatura (Commercial Invoice) o valor do meio físico (CDs ou disquetes) e o valor do conteúdo do software, para que a tributação incida somente sobre o meio físico. Caso os preços não venham separados na fatura, haverá tributação sobre o valor total;

* Remédios, Armas, Sementes e outros: armas e acessórios, sementes, remédios e etc, tem sua liberação sujeita a autorização de outros órgãos (Ministério da Defesa, Ministério da Agricultura, Ministério da Saúde, etc).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
* Importação pela Internet, Catálogos e outros: a compra de produtos estrangeiros por meio da Internet, catálogos e outra forma qualquer, até o limite de US$ 500.00, importados por pessoa física ou jurídica, está sujeita ao Imposto de Importação com alíquota 60% sobre a soma do valor da encomenda, mais o valor do transporte (postagem) e seguro, se houver. Exemplo: eletroeletrônicos, suplementos alimentares, roupas, calçados, tecidos, CD, DVD, brinquedos, etc.

Então Togo... Existe a regra geral e a excessão, mas nenhum deles pode se sobrepor a lei, que no caso é o CTN. Essa regra dos correios apenas imita o que diz o decreto que o colega citou... O que acontece é que algumas empresas não discriminam na nota o que é valor da mercadoria, o que é seguro e o que é frete, colocando apenas um valor único. Como o AFTN não tem obrigação de saber o que é cada um, tributa tudo. Mas se os valores vierem especificados eles são obrigados (AFTN e não correios, porque a encomenda já chega tributada nos correios, que apenas recolhe o tributo e repassa) a tributar apenas o valor da mercadoria, como prescreve o referido decreto que o colega citou no artigo 79.

A bem da verdade até mesmo esse artigo 77 que prevê tributação em cima de tudo é nitidamente ilegal porque cria tributo (fato gerador), coisa que só pode ser feita por lei... Mas aí tem que brigar na justiça e na maioria dos casos isso não vai compensar financeiramente. Eles sabem que é ilegal, mas fazem assim mesmo porque sabem que uma minoria vai reclamar...

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha, eu não conheço as leis/normas que regem esse tipo de coisa, mas é cobrado imposto sobre o frete sim. Pode até ser que eles façam isso irregularmente se aproveitando da falta de informação das pessoas, mas que eles cobram eles cobram.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exato, cobram sem dó.

E Maldoror, já recebi encomenda com o frete descrito e a tributação foi em cima da soma. E pra reclamar cai no que vc falou, muitas vezes não vale a pena.

Agora é incrível o próprio governo não seguir a lei não é???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exato, cobram sem dó.

E Maldoror, já recebi encomenda com o frete descrito e a tributação foi em cima da soma. E pra reclamar cai no que vc falou, muitas vezes não vale a pena.

Agora é incrível o próprio governo não seguir a lei não é???

Isso é foda... Eu faço compras de CDs, DVDs e BDs regularmente no CDuniverse há mais de 10 anos e nunca fui tributado no frete, sempre recebendo pelos correios... Recebo o papel para buscar a encomenda nos correios, pago os 60% em cima do valor dos produtos e faço a retirada normalmente. Nunca tive esse problema... O máximo que já aconteceu foi o produto chegar lá em casa sem o imposto... Não consegui achar um único texto no google sobre imposto de importação que justifique cobrança em cima do valor do frete...

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala ae galera, estou com uma dúvida aqui.

Estou pedindo umas seeds neste banco e tem várias opções de envio.

Quem já pediu por ele, pediu por qual modalideade de envio?

1263987912-clip-83kb.jpg

Abraços

sementes Taxity

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Maldoror blza ??

Trabalho há anos com importação, então realmente na prática o I.I. é cobrado mesmo sobre o valor aduaneiro (mercadoria+frete+seguro), esse decreto que passei ele regulamenta a administração das atividades aduaneiras, a fiscalização, o controle e a tributação das operações de comércio exterior. Tb acho que deveria prevalecer o CTN, mas daí já foga da minha alçada pois não sou advogado. A base de cálculo do I.I. é o valor aduaneiro, e este valor é definido conforme as regras assinadas pelo Brasil em um acordo internacional, o AVA (Acordo de Valoração Aduaneira, Artigo 8, parágrafos 1 e 2, aprovado pelo Decreto Legislativo no 30, de 1994, e promulgado pelo Decreto no 1.355, de 1994). Espero ter ajudado, abç.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Maldoror blza ??

Trabalho há anos com importação, então realmente na prática o I.I. é cobrado mesmo sobre o valor aduaneiro (mercadoria+frete+seguro), esse decreto que passei ele regulamenta a administração das atividades aduaneiras, a fiscalização, o controle e a tributação das operações de comércio exterior. Tb acho que deveria prevalecer o CTN, mas daí já foga da minha alçada pois não sou advogado. A base de cálculo do I.I. é o valor aduaneiro, e este valor é definido conforme as regras assinadas pelo Brasil em um acordo internacional, o AVA (Acordo de Valoração Aduaneira, Artigo 8, parágrafos 1 e 2, aprovado pelo Decreto Legislativo no 30, de 1994, e promulgado pelo Decreto no 1.355, de 1994). Espero ter ajudado, abç.

E o artigo 79 do mesmo decreto que manda não cobrar frete+seguro se vier declarado? Como funciona na prática?

Desde já agradeço as informações!

Obrigado!

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Tópicos

  • Posts

    • Bom dia família..suave Dando seguimento aqui nas notícias do meu grow setup Caixa 0,37A x 0,42L x 0,64P 2 aquecedores na água  Exaustão: 1 fan cooler jogando pra dentro e hj monto 1 jogando pra fora 4 lâmpadas full spectrum 28w cada. Instalei ontem Substrato inerte 50 turfa e 50 perlita Rega a cada 2 dias coloquei um Myler pra refletir. Mas vou trocar por uma manta térmica logo mais..já comprei Mantendo temperatura entre 20 e 26. Umidade sempre acima de 65%    Led full Essa maior está com 15 dias de vida. Estou achando estranho o miolo dela estar um pouco amarelado. Alguma dica growers?   Aos poucos vou melhorando o setup e postando as fotos aqui Abraço e bons cultivos!
    • Brasileiro é ótimo porque a gente já nasce diplomado em engenharia!  @reshals não sei se tu já conhece/deu uma olhada nesse post sobre Pastilhas Termoelétricas. Pode ser uma solução viável com um custo não tão alto e que ocupa pouco espaço. O post: Do que li e vi sobre, é possível comprar as pastilhas e montar o sistema de forma relativamente simples (precisa de uma placa de dispensão de calor, um cooler e a pastilha, basicamente!). E, se não tiver confiança de fazer em casa, tu pode conseguir ajuda em alguma eletrônica. Eu vi esse vídeo sobre e, apesar de longo, ele explica super bem os princípios do efeito e o passo-a-passo da montagem:   
    • Valeu pelas respostas, galera.    Eu entrei em contato com a Arizer e eles me explicaram que o adesivo que eu vi nos reviews é mais um "bônus" e não comprova autenticidade como eu tinha visto, mas o que comprova é o adesivo na parte de trás da caixa (que no meu tem).  Sobre a nota fiscal eu não esperava que eles emitissem uma nota com a descrição exata do produto porque sabemos que vaporizadores são proibidos aqui. Mas foi o conjunto de coisas que me deixou mais bolada com a situação hahaha    Alguém sabe pra que serve isso aqui? Veio junto mas eu não sei nem pra que serve e nem como usa