Entre para seguir isso  
feuroots

filosofando filosofia..

Recommended Posts

Vo botar um texto que eu curtir de heraclito cum filosofo grego.

Horaclito: Tudo flui:

Heraclito nasceu em Éfeso, na Jônia (atual turquia). Tal como seus contemporâneos pre-socraticos, procura compreender a multiplicidade do real. Ao contrario deles, porem, não rejeita as contradições e quer aprender a realidade na sua mudança, no seu devir. Todas as coisas mudam sem cessar, e o que temos diante de nos em dado momento é diferente do que foi ha pouco e do que sera depois: "Nunca nos banhamos duas vezes no mesmo rio" pois na segunda vez não somos os mesmos, e tambem o rio mudou.

Para Heraclito, o ser é multiplo. Não no sentido apenas de que existe a multiplicidade das coisas, mas é multiplo por estar constituido de oposições internas. O que mantem o fluxo do movimento não é o simples aparecer de novos seres, mas a luta dos contrarios, pois "a guerra é paide todos, rei de todos". É da luta que nasce a harmonia, como sintese dos contrarios. O dinamismo de todas as coisas pode bem ser representado pela metafora do fogo, forma visivel da instabilidade, simbolo da eterna agitação do devir, "o fogo eterno e vivo, que ora se acende ora se apaga".

Costuma-se dizer que Heraclito teve a intuição da logica dialetica, a ser elavorada por Hegel, e depois Marx, no seculo XIX.

Curtir a perpectiva de heraclito, pra mim eles foi um dos maiores filosofos da grecia.

A viajem que eu tive da perspectiva dele, foi que, a realidade, estando em continua mudança, é o proprio ser que é multiplo, com oposições dentro dele, e o resultado da luta entre essas oposições é o que faz a realidade fluir. Pois, o que faz a realidade fluir não é o aparecimento de novos seres e seus respectivos "destinos" pois ele não tem seu destino pre-programado, o seu destino e sua realidade são criadas apartir do resultado entre as oposições internas do ser.

Alguem ai conseguiu entender minha viajem?

Se alguem tive otro texto decente sobre filosofia ai pra postar é bem vindo..

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Discordo.

"Pois, o que faz a realidade fluir não é o aparecimento de novos seres e seus respectivos "destinos" pois ele não tem seu destino pre-programado, o seu destino e sua realidade são criadas apartir do resultado entre as oposições internas do ser.

"

Acredito que o faça a realidade fluir, seja o resultado das oposições internas de varios seres. A partir do momento que voce pensa que suas atitudes influenciam a vida de outras pessoas, logo não depende somente de seu interior, mas sim do interior de outros, junto ao seu.

=)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rs....pode cre....

mas...foi como o nosso broder banzay disse uma vez...num mi lembro mto bem...

''de q adianta tantas palavras construtivas e bem elaboradas sendo q nos final das contas sem grana no bolso tu num faz por*** nenhuma :P ''

é noix!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

andei lendo aqui sobre Parmênides, filosofo Oposto de Horaclito.. bom como não achei um texto bem resumido vou colocar umas idéias dele aqui

Parmênides fala "intuitivamente" sobre o processo humano da Dialetica, sobre que no homem há oposições tanto de pensamentos como de instintos, e no conflito dessas oposições nasceria a "realidade" ou o "equilibrio".... poreeeeemmm

Ao nascer dessa "Sintese", segundo Parmênides, logo iria se tornar a nova "Tese" surgindo a "Anti-Tese", ou seja, as oposições internas Reaparecem, de outra forma, sendo um processo em constante mudança

Resumindo: O que conheçemos como Realidade, Sintese, Equilibrio e etc.. Parmênides classifica como "ILUSÓRIO", no qual a Ilusão é o resultado dessas oposições, pois o processo nunca acabaria, e chegaria TALVEZ no mesmo ponto

"Toda nossa realidade é imutável, estática, e sua essência está incorporada na individualidade divina do Ser-Absoluto, o qual permeia todo o Universo. Esse Ser é onipresente, já que qualquer descontinuidade em sua presença seria equivalente à existência de seu oposto – o Não-Ser." Parmênides

Dá pra ver aqui que Parmênides era bastante "espiritualista". Ele tambem classificava o Ser, o Não-Ser e o Vir-a-Ser... mais ae já fica para os mais interessados pesquisar

''de q adianta tantas palavras construtivas e bem elaboradas sendo q nos final das contas sem grana no bolso tu num faz por*** nenhuma ''

sinceramente, não concordo não brother, se fazemos tantas realizações em busca dela (grana) mesmo estando sem, porque não realizamos sem ela e sem ser em buscar ela ??

leiam TAO TE CHING de Lao Tzu

bom.. particularmente me fez questionar muito sobre meus "valores"

espero não ter sido superficial ao tratar do assunto, e leiam muito, adquiram informações, mas sempre procure a verdade por você proprio :)

abraçoss e muita Paz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tambem acho..acho que minhas realizações não dependem de grana não.. (claro que na sociedade capitalista que agente vive é hipocrisia falar que grana nao serve pra nada)

mas sim...falando em parmenides..

"Parmenides: O ser é imovel

Parmenides viveu em Eleia, cidade ao sul da Magna Grecia (atual italia) e é o principal expoente da chama escola eleatica. Sua teoria filosofica influenciou de forma decisiva o pensamento ocidental. Ocupa-se longamente em criticar a filosofia heraclitiana: ao "tudo flui" de Heraclito, contrapõe a improbilidade do ser. Para Parmenides é absurdo e impensavel considerarque uma coisa pode ser e não ser ao mesmo tempo. A contradição opões o principio segundo o qual "o ser é" e o "não-ser não é". Mais tarde, os logicos chamarão a isso principio de identidade, base de toda construção metafisica posterior.

Parmenides conclui, a partir do principio estabelecido, que o ser é unico, imultavel, infinito, e imovel. Entretanto, não ha como negar a existencia do movimento no mundo porque as coisas nascem e morrem, mudam de lugar e se espõem em infinita multiplicidade. Segundo Parmenides, porem, o movimento existe apenas no mundo sensivel, e a percepção pelos sentidos é ilusoria. So o mundo inteligivel é verdadeiro, pois esta submetido ao principio que hoje chamamos de identidade e não-contradição.

Uma das consequencias dessa teoria é a identidade entre o ser e o pensar. Ou seja, as coisas que existem fora de mim são identicas ao meu pensamento, e o que eu não conseguir pensar não pode ser realidade."

Tambem achei uma tese que da pra viajar muito se a pessoa for se aprofundar, inclusive a parte em que diz as coisas que estão ao redor do ser, fora dele, são o seu pensamento. Mas eu acho que a de Horaclito tem mais fundamento e logica, vai de ponto de vista.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

concordo mais com heraclito porque de uma forma ou de outra, tudo esta em constante mudança...

um exemplo bem bascio, e o exemplo da materia

no habitamos a superficie de um planeta, que gira em torno do seu próprio eixo e que gira em torno de uma estrela formando o sistema Solar

esse sitema por sua vez gira en torno do eixo da galáxia que por sua vez vaga "errante" pelo espaço (o errante fica por minha conta)

ou seja, de uma forma ou de outra, a mudança e a única constante no universo

e levando em conta o pensamento humano, quem aqui nunca mudou de a forma de pensar pelo menos uma vez na vida?

o fato é que nao existem verdades absolutas, apenas meias-verdades, e assim como a materia no universo, o pensamento humano esta sempre se modificando

a algumas centenas de anos atras acreditava-se que a terra era plana...

é como eu sempre falo: It´s evolution baby!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O mais chocante pre-socratico foi Zenäo, discipulo de Parmenides, como o mestre acreditava que o movimento näo existia. Criou 4 famosos paradoxos comprovando a inexistencia do movimento, paradoxos q ate hoje näo se consegue refutar.

Mas Sartre impressiona mais quando quebra toda a tradicäo essencialista da Metafisica classica, com mais de 2500 anos, quando afirma que A EXISTENCIA PRECEDE A ESSENCIA.

Eh lindo!! Visualiza tudo aquilo que Martin Heidegger sonha sobre o Ente do Ser.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

po naturalis, vc lembrou de uma frase aí com uma ironia sarcártisca mesmo sobre o cosmopolismo geral aí... mas não é muito o que penso não, é ironizar a situação mesmo.

é knox, há tempos por aqui já estamos em outra vendo o valor das coisas como vc disse, e não o preço. inevitavel estamos na prisão, na babilona, na matrix, no capitalismo defina como quiser, e para viver no mundo deles precisamos consumir,)

podemos abrir um tópico relacionado ao cosmopolismo tb que tanto prejudica nós usuarios de maconhaaaaaaaaaa

só discordo e tenho a falar sobre uma coisa aí que heráclito trata o presente como absoluto, o presente pelo presente. nesse sentido do destino, percebi que ele não acredita em destino mas eu acredito pelo seguinte,

existem energias interiores que exteriorizamos(sentimentos que compartilhamos) e as vezes os sentimentos e emoções não são compreendidos e assim não são resolvidos no presente, não acontece isso da mudança interior afetar o seu ambiente instantaneamente com a maioria das pessoas, fazendo sentimentos e emoçoes acumularem e viver uma vida só de acumulos de sentimentos.

to falando de karma

acumulamos muitos sentimentos a milhoes de anos e eles interferem em tudo que tá a nossa volta. o que se vive no presente é influencia do passado, de coisas acontecidas a milésimos de segundos ou milhoes de anos. o que se faz no presente as vezes não muda o presente a curto prazo, mas vai definindo situações e atitudes boas nos livram de consequencias indesejadas sejam a curto ou longo prazo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

lendo e relendo o topico vi uma parte que nao tinha visto ali, que diz que parmenides influenciou o pensamento ocidental.

isso é muito perceptivel nisso ai do cosmopolismo. parmenides desvaloriza os sentimentos, dizendo que a mutação e o movimento não estão no ser e sim fora dele e que surgem depois das emoçoes. as emoçoes e sentimentos que compoem nossa essencia tem tanto valor quanto o que é físico.

heraclito era espiritualizado mesmo, vendo que a alma tem energia pura.

parmenides desvaloriza a alma, e deixa claro mesmo que o que é mutável e o que deve ser mudado é o fisico.

o ocidental é isso!!!! essencialmente, os caras dominaram e mudaram quase o planeta todo e continuam com uma evolução espiritual préhistorica. construindo todo tipo de máquina pro conforto fisico e cultivando um pensamento elitizado e fútil que gera todo tipo de violencia.

heráclito mostrou que existe algo cheio de energia dentro de cada ser humano e parmenides complicou tudo e acabou com a alma

o vento vai dizer lento o que virá, existe o verde mas a gente vai saber claro de um trovão se alguém depois sorrir em paz

o vento los hermanos tocou agora e eu digitei

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

banzay, de forma alguma Parmênides "desvaloriza a alma" como você citou, muito menos os sentimentos

Ele fala claramente que nossa suposta "Realidade" é sujeita à crenças e dogmas resultadas de conflitos internos, é o nosso Não-Ser (exterior, corpo, "soma", consciente) tentando estabelecer um "equilibrio" com o Ser (interior, espírito, ALMA, essência, subconsciente) para que nossa Realidade seja ao menos suportavel.

Resultado dessa equação: Vir-a-Ser que é a Realidade, esse equilibrio estabelecido, é a própria negação do nosso consciente ao subconsciente.

A obra de Parmênides contem conceitos que hoje é muito impregado na psicologia, mas ele não faz referência direta a Consciente/Subconsciente.

Há ainda o Ser-Absoluto, mais fica para quem estiver mais interesado.

Heráclito sobre Deus e a alma

"Dentro do pensamento de Heráclito, Deus não tinha a aparência de um homem nem de outro animal qualquer. Deus não era nem criador, nem onipotente. Heráclito limitava-se a identificá-lo com os opostos, os quais persistem apesar de suas mudanças e assim são capazes de compreender sua própria unidade.

“O Deus é dia-noite, inverno-verão, guerra-paz, saciedade-fome; mas se alterna como o fogo, quando se mistura a incensos, e se denomina segundo o gosto de cada um.â€

Nesse argumento, podemos ver que Heráclito considerava as diversas divindades da mitologia grega, que eram adoradas pelos homens de seu tempo, como sendo apenas fogo misturado a diferentes tipos de incensos.

E a alma consiste apenas de mais uma rarefação do fogo e sofre as mesmas mudanças que todas as outras coisas também experimentam; E A MORTE TRAZ A COMPLETA EXTINÇÃO DA ALMA.

“Para almas é morte tornar-se água, e para água é morte tornar-se terra, e de terra nasce água, e de água alma.â€

Fonte Wikipedia

Me parece que Heráclito não acreditava muito em algo "cheio de energia".

"Eu Sou", são 3 Paradoxos de Zenão, e realmente é incrível como desafia a lógica, o movimento e o próprio tempo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
rs....pode cre....

mas...foi como o nosso broder banzay disse uma vez...num mi lembro mto bem...

''de q adianta tantas palavras construtivas e bem elaboradas sendo q nos final das contas sem grana no bolso tu num faz por*** nenhuma :P ''

é noix!

Nao nao... é por causa dessa mentalidade que o mundo esta essa merda...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Nao nao... é por causa dessa mentalidade que o mundo esta essa merda...

Exatamente. É isso que o capitalismo fez. Botou na cabeça das pessoas que o dinheiro é fundamental. Sem ele não se faz nada. O mundo gira por causa do dinhero. Vivemos por causa do dinhero. Veja os EUA e Bush: o dinhero sempre fala mais alto. É o que eles buscam em primeiro lugar. foda-se se o mundo tá acabndo, a agua tah virando preciosidade, as pessoas não vivem bem. "pelo menos eu tenho dinheiro". <_<

Sim, pra viver(comer, morar, etc) precisamos de dinhero para pagas essas coisas, mas na essência não. Há muitos anos atras, e como DEVERIA ser hoje, não precisava de dinhero para isso. Afinal o mundo tá aí, eh de todos. A comida eu planto(a erva tbm :hihihi: ), a agua eu tiro do rio, eu moro no cantinho que tiver. PArece um pensamento meio hippie, mas é a verdade.

É utópico dizer isso hoje em dia, e diria impossível as coisas voltarem a esse estado original, mas é "como tudo deve ser".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
Entre para seguir isso