Ir para conteúdo
Growroom

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'terapia'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 1 registro

  1. Caros amigos cultivadores, andei tendo alguns problemas aqui com uso de sativas e como sou adepto do amor à planta, espero que só comentem quem puder agregar alguma informação ou ajuda. Não sou nenhum bebê como a maioria que geralmente reclama de "bads" aqui no fórum, também não sou nenhum novato no uso. Fumo maconha há mais de 10 anos diariamente, e sempre passei informações positivas à respeito da planta, já que por anos havia melhorado muito minha qualidade de vida, melhorou meu apetite, acabou com meu stress, com minhas dores, inclusive me ajudou muito com minha timidez e salvou minha relação dentre outros dos inúmeros benefícios que todos vocês usuários graduados conhecem. É justamente por isso que abro este tópico e peço humildemente a ajuda de vocês, eu pensei muito antes de abrir o tópico e relatar meu problema, mas a verdade é que já não tenho a quem recorrer. Eu tentei fechar meu diário, e meu grow está desativado faz alguns meses em função de uma crise que desencadeou um problema em minha vida e infelizmente sinto que somente aqui posso encontrar apoio e quem sabe alguma motivação. Eu fumo um verde regularmente, fumo prensado também mas só coisa que eu busco pro meu próprio consumo e conheço a procedência e o produtor. Então mesmo quando não cultivo sempre tenho alguma coisa boa pra fumar. Como viajo muito acabo nem sempre podendo cuidar e etc, porém já cultivo antes de conhecer o growroom, fazia guerrilhas antes de saber que outras pessoas faziam, é claro que sem informações nunca tive uma colheita abundante como alguns membros aqui costumam ter com facilidade. Quando encontrei o growroom me identifiquei com o fórum, olhei, li, acompanhei por meses antes de resolver participar. Tentei levar um cultivo no diário que inclusive foi interrompido por esses problemas e outros problemas rotineiros. Vamos lá. Um tempo atrás eu estava jogando um game sozinho aqui em minha casa, minha esposa e meu filho estavam dormindo. Fiz um e fui bater aquele game pra descontrair. Como de costume, pelo menos uma sexta-feira por mês passo a noite na frente da tv fazendo um verde, jogando e laricando. Eu sou tabagista infelizmente, porém faz tempo que não bebo, então a maconha é realmente o meu happy hour. Antes do dia amanhecer (6,7h) fui dar uma cagada, tomar um banho pra ir pra cama, é um ritual. Deitei na cama e nada de dormir, mesmo tendo fumado pelo menos uns 3 king-size e dado umas boas vaporizadas. O engraçado é que havia parado de fumar lá pelas 3 da madruga, e vinha chapado desde então. Tentei, tentei, tentei dormir e nada, refiz meu ritual do banho e nada, pensei em fumar outro mas me bateu um receio de meu filho acordar. Quando me dei por conta, parece que tinha algo entalado na garganta, um nó pra ser sincero. Ficava com esse arroto preso e o danado não saia, mas na verdade não havia arroto nenhum era apenas pira preta minha. Não conseguia comer, mal conseguia beber água sem ter a sensação de que iria engasgar. Minha esposa acordou, eu disse que estava passando mal e tal, eu não queria pagar de apavorado mas eu estava me sentindo realmente muito mal, a ansiedade já apertava meu peito de tal forma que só quem já teve crise de ansiedade conhece. Quando me dei por conta não conseguia mais controlar minha respiração, meu corpo adormeceu eu literalmente não sentia as pernas, os braços e fiquei literalmente cego por pelo menos 10 minutos, mesmo com olhos abertos tudo que conseguia ver era um clarão. Algo empurrava meu adomem pro peito com uma força extremamente insana, eu mantive a respiração e foi tudo que consegui fazer, respirar 200 vezes por segundo até o peito doer. Chegando no médico me carregaram, mesmo eu não estando desmaiado eu ouvia o que se passava em volta com tom de "eco" e me colocaram numa cama, fizeram os exames básicos, mediram a pressão que foi baixando, mediram a oxigenação no sangue estava normal e por fim fui diagnosticado com "crise nervosa aguda" a enfermeira disse que quase todos os dias alguém aparece com crise nervosa, mas é raro quando os dedos torcem tanto pra cima como aconteceu comigo, então ela correu chamar o médico mesmo sabendo que não era nada grave, depois me mandaram de volta pra casa sem nenhuma informação além disso. Não venham me dizer que foi bad de palpitação de maconha, que já passei por inúmeras piras com maconha, de todos os tipos e mesmo quando tomava 1 litro de nesconha feito com kief e caia duro no chão sem conseguir me mexer, nunca senti algo tão forte e estranho. Nós fumantes por vezes encontramos alguém que fuma e dá um pire-paque, começa a suar frio, falar que vai morrer, mas nada que um copo de água, uma barra de chocolate e algumas horas não resolvam. O fato é que fiquei muito assustado, não sou problemático, nunca fui depressivo, nunca fui mau-humorado, nunca tive manias de doença, pelo contrário não tomo remédio nenhum, acredito que à saúde está na mente e nos hábitos saudáveis e não em ir ao médico e ficar procurando doenças pra qualquer coisa que apareça. Quando cheguei aqui como de costume comecei minhas inúmeras pesquisas porque eu não queria admitir que o problema havia tido como causa o uso da maconha em si, até porque usei por anos e nunca vi nada parecido mesmo quando era mais jovem e realmente abusava das bongadas no hash. Desde então perdi 9 kg, não consigo comer praticamente nada, fico ameaçando engasgar com tudo. Já fiz exames na garganta, na laringe, não tenho problema nenhum, é puramente psicológico. Então procurando alguns médicos do ramo "psicólogos e psiquiatras" fui em pelo menos 4, os melhores aqui na minha cidade, gastei fortunas com exames esses últimos dias, e como sei que a medicina hoje é um comércio acabo ficando com o pé atrás com todos os veredictos. O problema é que os 3 aparentemente não eram caretas e todos me disseram que o que causou a crise de ansiedade generalizada foi o uso de maconha. Cada um explicou de uma forma, cada um veio com um lero lero, mas todos me disseram que a causa é a maconha, já que aparentemente não tenho outros fatores de risco, não tenho histórico, nem problemas na família, não sou um cara estressado, não passei por nenhum problema ou acidente anteriormente, não tive traumas conhecidos nem passei por pressão psicológica. A verdade que digo pra vocês é que eu realmente não tive nenhum outro motivo aparente, e mesmo sabendo que a cabeça é uma caixinha de surpresas, infelizmente não consigo mais fumar um verde, e isso me incomoda mais que tudo. Não estou comendo, porque ando me recusando a tomar os remédios receitados, o médico que pegou mais leve receitou Prozac e Valium. Porém não consigo nem sequer meditar, não consigo tirar a crise da cabeça por mais positivo que fui minha vida inteira, a experiência foi tão intensa que se tornou uma barreira em minha mente. Esses dias estava até me sentindo bem, peguei um skank que estava na cura à dias, só pra dar um tapinha pra ver se me sentia bem, e a verdade é que após 1 hora na boa a ansiedade volta com uma pressão tão grande que nem o diazepam consegue controlar. Não consigo dormir, e estou tentando ao máximo me manter em pé, me manter confiante, me manter aqui dentro de mim sem pensar em depressão ou ansiedade, sem pensar em enlouquecer. Estou correndo, forçando sucos e alimentação mesmo sem fome, estou lendo, estou pensando em voltar com o grafitti, mas infelizmente tive de aceitar a medicação, e agora fico dopado literalmente todo o dia, tenho q tomar 60 gotas de prozac que é considerado uma dose alta do remédio, mas ele não me incomoda, porém também piorou a insônia que eu já vinha tendo e agora to tendo de tomar o valium pra ver se durmo e é horrivel que meus olhos se abrem durante a noite e meu corpo está desligado, acabo ficando olhando pra cima tendo todo tipo de sensação ruim que um ser humano pode ter. Por favor não achem que estou fazendo do problema algo maior que realmente é, que eu to tentando levar ao máximo na esportiva, mas já fazem algumas semanas (meses) e nada de melhorar. Preciso de conselhos, e para os conhecedores de genéticas quero cultivar meu remédio então preciso saber qual a genética com maiores propriedades ansiolíticas. Obrigado de coração pra quem leu. Um abraço! Que jah esteja conosco!
×
×
  • Criar Novo...