Ir para conteúdo
Growroom

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'problemas relacionados com caretice'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 1 registro

  1. Oi amigos growers e simpatizantes, Estou em meio a um problemão e quis compartilhar com vocês. Pode até ser que tenham outros tópicos e tals que mostrem algum desenvolvimento envolvendo familiares e pessoas de convivência. Mas minha decepção é tão grande e profunda que tenho vergonha de me expressar para meus contatos de convívio íntimo. Eu gostaria de compartilhar com vcs aqui da casinha que acabei de formar uma família maior... Minha filhinha nasceu a alguns meses atrás. Foi um momento de estremecimento de tudo que vc acredita ou não. Um turbilhão. O maior desafio que já encarei: cuidar de um recém-nascido. Tudo está indo muito bem com meu cultivo, inclusive consegui belos buds. Os melhores. Acompanhem meu álbum, confiram pra ver. Tudo ia muito bem com minha esposa (que não fuma mas já fumou comigo algumas vezes quando éramos mais jovenzinhos), ela é uma pessoa extremamente justa e sincera. Sempre concordou com cultivar. Ela sabe, quer dizer, ela é inteligente o suficiente pra saber que não planto pra nada se não pelo justo. Eu ando pelo correto! E ela também, talvez até nos momentos que ninguém veja, anda também. Eu confesso que no começo da gravidez eu fiquei muito triste por ter que não mais plantar... Como eu iria conseguir aquela qualidade e aquela procedência com a santa ganja proibida?? Foi minha esposa que me apoiou e disse que poderíamos seguir. Ela não me achava errado e sabia que eu sou um homem justo e de procedência. O meu grow em meio aos filhos seria um grande desafio, mas seria possível, pois o nosso amor é maior. Poderíamos continuar o barco juntos... E verdade, já tínhamos superados coisas piores... Mas as coisas se modificaram depois do nascimento do bebê. Antes de entrar na análise comportamental eu preciso dizer que existe outro lado da história. Mas o fato de eu considerar que exista outra visão não faz de mim um mentiroso. Eu vou contar de forma tendenciosa, sim! Eu assumo... Prometo dizer a realidade, eu prometo não inventar nem aumentar nada. Esse tópico está sendo escrito depois de outra briga. Está sendo escrito de coração partido. Eu acho que em todas as relações em que hajam discordância, as relações humanas são o principal exemplo, serão classificadas em saudáveis, salutares ou doentias dependendo de como essas diferenças são mediadas. Aqui em casa as brigas se tornaram comuns... Eu parei de me comunicar com minha esposa. Depois que o baby nasceu ela achou que eu seria uma coisa e eu achei que ela seria outra. Meu casamento está arruinado. Estou em prantos... Ela ameaçou meu grow com palavras baixas e altom som pra vizinhos escutarem que eu amo minhas plantas... Que eu não veria meu bebê me visitando por que ela me entregaria... Que eu só penso nisso... No meu conforto... Isso me magoa muuuuuito. A pessoa brinca com seus sonhos e coloca sob risco a sua própria liberdade. Hoje... Logo nas datas do calendário da luta contra violência doméstica. Apanhei de novo... Uma surra com um mundo que está dentro de minha esposa. Ela jogou o peso do mundo em mim... Eu disse no auge da briga pra ela parar de pesar a minha vida com insultos. Com tantas ordens. Pra minha esposa, eu deveria fazer muito mais. Ela disse que agora que sou pai vou cair na labuta. Berrou que acabou a mamata. Que agora o bicho vai pegar. Durante todas as outras últimas discussões ela citou o grow pra me atacar num total de 14 vezes!!! Absurdo!!! Me ataca com uma faca porrrra!!! Moramos em apartamentos!!!#####!!!!!! #sessão desabafos Eu estou magoado. Decepcionado. Triste. meu casamento já era. A mulher morreu pra mim também... Estou ficando sozinho no mundo. Briguei outro dia até aqui... Kkkk Porra meninos... Não me liberto do machismo... Sou um idiota. Sei que sou. Vou fumar um. Vou ver se recebo alguma boa ideia por aqui. Eu preciso de vcs... Me ajudem por favor.... Estou desesperado. Estou me sentindo humilhado. Agora mesmo. Ela passou em um concurso. Nesse momento o nosso bebê foi ficar com uma avó. A minha esposa veio até meu escritório e perguntou se vou precisar de dinheiro amanhã pra trabalhar. Ela está no esculacho alto nível... Não entendo... Eu gostaria que ela se separasse pra eu viver na paz. Ela me perturba toda hora. Acabou o respeito (partiu pipe) Voltei do pipe... Mesma coisa...
×
×
  • Criar Novo...