Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'maconha'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 272 registros

  1. Sempre fumei com um amigo q o irmão descolava a ganja em quantidade, mas esse amigo se mudou Nunca fui numa boca e nem sei onde tem uma, n conheço mais ngm q fuma tem algum jeito de eu descobrir onde ficam as biqueiras da minha cidade? PS: n moro perto de favela ou algum lugar q seja muito obvio, oq mais se aproxima são as praias
  2. Boa tarde growers! Estava morando no Canadá, e comecei a fumar erva lá, mas lá em cima só encontrava bud das boas. Voltando para o Brasil, me encontro num cenário onde o mercado gira entorno do prensado. Odeio comprar de traficantes, mas por enquanto é o que há, pois ainda não tenho condições (entenda-se lugar e investimento) para plantar minha própria medicina. Tenho um equipamento relativamente bom, um bong de 20cm mais ou menos e um dichavador com camara para coletar kief. Porém, fiquei sabendo que o melhor jeito de fumar o prensado era "curando-o" (eu fervo a água a uns 80 graus, deixo a maconha de molho por um tempo, e algumas budzinhas saem de lá, tiro a água suja e deixo a erva secando para só depois fumar) notei porém que os cristais somem, e não sei se estou secando ela da menor maneira (se alguém fizer esse processo me avisem a melhor forma de seca-la). Sempre tentando dichavá-la, eu percebi que não estava me dando kief algum. Semana passada experimentei fumar o prensado direto, sem curar ela dessa maneira que estava fazendo. Notei que ela começou a me dar algum kief, ainda não acumulei o suficiente, mas com certeza estou vendo alguns pólens na camara de baixo de grinder. Também ela queimou muito melhor, mas o tapa doeu bem mais também (suspeito que isso não seja muito favoravel a minha saúde), foi bem menos suave. Sobre a brisa, senti mais euforia, curando eu só me sinto chapado, muito relaxado e bem sonolento. Gostaria de então pedir a opinião a vocês que devem ter mais experiencia do que eu nesse ramo. Se vocês fumam do prensado, como fazem? Vocês curam ela? Fumam do jeito que vem? Me deem dicas para aproveitar o máximo a erva que é vendida aqui no Brasil. É duro ter esse contraste, fumando do bom e do melhor no Canadá e chegar aqui ter que fumar essa porcaria sem qualidade que contém aditivos suspeitos... Mas é o que eu tenho por enquanto. Paz!
  3. Eae meus camaradas Estava me perguntando, sei que a água fria e muitas vezes com gelo que colocamos no nosso amado bong serve pra resfriar a fumaça e assim menos danos no trato respiratório, além daquele aliviado refrescante . Mas tava pensando com a água quente por conhecimento químico as substâncias hidrossolúveis que não interessam solubilizam muitooo mais fácil, aumentando então o poder de filtragem do bong contra as sujeiras, além que deve subir um vaporzinho de água quente pra nois tbm, deve ser bom pra umidificar a parada seca que fumamos. Enfim, alguem ai já testou fumar bong na água quente e viu diferença, compartilhem experiências...
  4. Boa noite pessoal, preciso que me tirem uma dúvida, então comecei meu primeiro cultivo agora e reparei nessas folhas novas na minha planta, imaginei que fossem os pestilos dela, mas aqui no Brasil ainda nem estamos no verão, será que ela está já está florescendo ? Ela já tem pré flores ? Obrigado a todos e boas vibes
  5. Galera, to indo pra expo no Uruguai e queria levar 10g pra não chegar lá na saga... só que to em choque por ser voo internacional e não saber qual o melhor jeito de levar.. vcs podem me ajudar? Obrigada 😊
  6. ianhippiebong

    OLEO DE COCO E MACONHA

    Oi galera, eu estive pesquisando mas nao achei, uma receita prontinha dada de mão beijada, então como um bom maconheiro, fiz minhas pesquisas e vou disponibiliza-la aqui para vocês, testei ontem a alquimia, e hoje comi no cafe da manha, a cerca de 30 minutos, ainda no effects haha, mas o cheiro e a cara estao maravilhosos, entao acho que vai dar certo! A ''receita'' foi escrita por mim, mas todas as valiosas informações já estavam aqui no Growroom, apenas fiz o compilation..... Segura: Receita Óleo De Cocanabbico Colocar 1/4 de Cannabis para 1/1 de Óleo de Coco (10g dichavado /40g- aprox. 3 colheres de sopa- é uma boa medida) em uma panela cheia de água e deixar ferver por 2h 30min. A água em ebulição não passa dos 100“c, assim não se perde o Δ-9-tetrahidrocanabinol (THC) cujo ponto de ebulição é 157ºC / 314.6ºF, e também atinge a temperatura e tempo necessárias para descarboxilação do THCA em THC. (Tabela Descarboxilação: https://www.growroom.net/board/uploads/gallery_80863_11393_134856.jpg) Deixar a mistura esfriar um pouco para fazer a coagem. Jogue o liquido através de uma peneira para separar o resto da maconha do extrato de óleo de coco misturado com água. Esprema a maconha o máximo que puder, até sair a última gota de o líquido amarelo-esverdeado. Coloque no freezer o conteúdo filtrado em um recipiente, de preferência em um pote comprido e fino, para que facilite a separação quando estiver congelado. O óleo de coco canabico estará no topo grudado com a água congelada. Utilize uma faca se preciso, com cuidado, para separar o óleo do gelo. Leve seu óleo de coco canabico para a geladeira. Utilize quando desejar
  7. Olá a todos, hoje vou passar uma pequena receita cannabica para todos vocês. Bolo de Caneca Cannabico • Ingredientes -1 Ovo -4 Colheres de Leite -3 Colheres de Açúcar -1 Colher de Manteiga/Margarina -Maconha -3 Colheres de Achocolatado -4 Colheres de Farinha de Trigo -1/2 Colher de Chá de Fermento em Pó -1 Barrinha de Chocolate em Barras (opcional) • Modo de preparo Primeiramente, leve a manteiga/margarina ao fogo junto com a maconha no banho maria, depois de que extrair toda a maconha, pegue tudo e coe em algum recipiente. Pegue sua caneca e coloque o ovo, bater nele com o garfo até ficar tudo "amarelo", jogue o leite e depois a manteiga com maconha, misturar bem, jogue os ingredientes secos, açúcar, achocolatado, farinha de trigo e o fermento, misture bem até ficar em ponto de bolo. Pegue a barrinha de chocolate e coloque no dentro da caneca (opcional). Pegue a caneca com tudo pronto e leve ao microondas por 3 minutos. OBS¹: A quantidade de maconha varia de acordo com a experiencia requerida, pode colocar de 5cão até o quanto preferir. OBS²: Se estiver muito grosso a massa coloque um pouco de leite, se estiver muito "molhado" coloque mais farinha. OBS³: Use canecas acima de 350ml A foto é um exemplo da colherzinha de fermento, caso alguém n entenda!!!
  8. Olá, amigos. Após anos lendo informações quase que unânimes em fóruns em inglês, espanhol, francês e português sobre o que fazer com as plantas macho, resolvi eu mesmo fazer uma experiência nesse outono. Explico: há anos venho plantando de forma despretensiosa algumas sementes de prensado mesmo toda vez que dá. Como não tenho grana nem espaço pra montar uma tenda de cultivo indoor, vou no híbrido maluco que os gringos chamam de WINDOWSILL GROW, que basicamente é o "cultivo de parapeito." Na real o que rola é o seguinte: moro num andar bem alto, num apartamento virando pro noroeste, com uma janela bem grande na sala que pega sol mais ou menos das 11h até umas 17h no outono/inverno e mais ou menos das 13h às 19h na primavera/verão, o que dá uma média de 6h de sol DIRETA sobre as plantas. Eu tinha lido que com 5h de sol direto era possível cultivar, então resolvi testar. Na primeira vez foi tudo no improviso, e deu tudo meio errado. Joguei quatro sementes num vaso com uma jaboticabeira, três brotaram, duas vingaram e cresceram loucamente por quase um ano, chegando a bater no TETO (literalmente) um pouco antes de florir de forma muito esquisita, com os cálices todos separados no galho em vez de concentrados num bud (como acontece com algumas variedades de sativa equatorial tipo a Dr. Grinspoon (joguem isso no Google pra ver que viagem). Pra piorar, a floração foi toda irregular e as plantas hermaram, mas mesmo assim aprendi bastante coisa nesse ciclo - como, por exemplo, o fato de que era possível ficar chapado fumando folhas, muito embora o efeito fosse diferente, mais mental, suave e breve. Depois disso cultivei mais algumas vezes, em vasos menores, que me permitiam transportar a planta para um quarto fechado (uma despensa sem janelas), onde pude forçar a floração com sucessos excelentes em todas as tentativas. Sempre usei terra comum e reguei apenas com água. Não tomei nenhum cuidado especial, fora ter feito alguns testes com LST, TOPPING e FIMMING (sempre com resultados fantásticos). Aprendi nesses experimentos que a cannabis é uma planta extremamente forte, que aguenta muito castigo, e que responde bem às mudanças. Também aprendi a prestar atenção nos sinais da planta (quando quer mais água, quando está sendo atacada por pragas) e me diverti muito no processo. Pois bem. Esse verão agora resolvi plantar quatro sementes de um prensado muito bom que eu tinha pegado e, como de costume, as quatro sementes germinaram rapidamente (usando o processo do copinho de água durante a noite e direto na terra no dia seguinte, sem esperar sair a primeira raiz) e cresceram lindamente, duas por vaso, sem maiores intervenções. Aí resolvi fazer uma experiência, e comprei um fertilizante organomineral chamado BIOBLOOM, que todo mundo deve conhecer bem. Fui usando nas plantas e elas só cresciam cada vez mais, ramificavam cada vez mais, e emitiam um cheiro muito delicioso. Quando fechou três meses, resolvi botá-las para florir. Dez dias depois, o resultado: eram certamente plantas macho. De acordo com os posts em fóruns e vários livros que havia lido, meu primeiro impulso foi de matar as plantas. Não apenas por acreditar que não seriam fortes o suficiente para dar nenhum efeito, mas também por uma questão ética: pólen viaja com o vento, e se alguém estivesse cultivando fêmeas num raio de até 1km (segundo li), eu poderia arruinar seus esforços de produzir uma sensemilla. Por outro lado, aquelas plantas estavam tão saudáveis e bonitas que me deu pena. Então comecei a ler e pesquisar mais sobre o assunto e encontrei diversas informações que subvertiam completamente tudo que eu havia lido sobre o tema até então. Livros como o MARIJUANA GROWING BIBLE, do Mel Frank e do Ed Rosenthal, por exemplo, falam que o macho contém, sim, THC e CBD suficientes para te deixar chapado - e em algumas cepas de boa qualidade podem até mesmo serem mais potentes do que as fêmeas. Além do mais, em vários fóruns gringos se lê que plantas macho podem ser usadas tranquilamente pra fazer hash de boa qualidade, de modo que decidi manter as plantas amadurecendo enquanto ia aprendendo mais sobre as possibilidades. Tomei o cuidado de não abrir mais a janela da sala (o que foi um pouco complicado) e limpar todos os dias as plantas e a sala com um pano úmido para minimizar os riscos de espalhar pólen pela vizinhança. Foi bem difícil encontrar informações específicas sobre o ponto de maturidade do macho, por exemplo, mas descobri que é bem mais curto que o das fêmeas: assim que as primeiras flores se abrem, liberando o pólen, a planta já pode ser colhida. Isso leva de 20 a 35 dias, em média. Deixei florindo um mês. No dia da colheita, separei as folhas assim: 1) grandes, que provavelmente não teriam concentrações significativas de canabinoides, para fazer compostagem; 2) médias, que pretendia testar para efeitos; 3) pequenas, que sabidamente são as que contém mais canabinoides numa planta fêmea e, segundo livros e posts em fóruns, costumam ser a parte mais potente em plantas macho - às vezes até mais que as próprias flores masculinas; 4) flores masculinas. Botei tudo pra secar separadamente em caixas de papelão por duas semanas e então comecei os testes. O que descobri foi o seguinte: 1) As folhas grandes realmente não servem pra nada além de compostagem; 2) As folhas médias já tem um certo efeito, embora seja bem sutil. Seu sabor é um tanto adocicado e mentolado, e também um pouco herbal. 3) As folhas pequenas são bastante fortes, com um efeito intensamente mental. É ótimo fumo para o dia, que acelera os pensamentos, te deixa mais disposto e ligado, sem aquela tradicional lombra que quase sempre acompanha a maconha. Seu sabor é muito doce e mentolado. Não parece maconha, sobretudo o cheiro. Outra coisa curiosa é que o efeito (assim como a das folhas médias) não é perceptível tão rapidamente quanto o do prensado, ou mesmo das flores normais. Leva entre 3 e 5 minutos após ter fumado pra começar a bater. Só que aí quando bate o cara tem certeza de que fez efeito. Os olhos ficam MUITO vermelhos, a boca bem seca, e atividades como lavar a louça ou varrer a casa ficam extremamente prazerosas. Comer e ouvir música também passa a ser muito bom, e dar uma caminhada pelo bairro mostra que as cores, os sonos e os cheiros estão todos ressaltados. 4) As flores não são muito saborosas, embora provoquem efeito muito similar às folhas pequenas. Tudo isso pra dizer o seguinte: se você estiver cultivando maconha e, por algum motivo, sair um macho: caso você não tenha outra alternativa, eu sugiro deixar florando por pelo menos um mês (ou até as primeiras flores abrirem), colher, secar e fazer seu próprio teste. Já li também que a genética tem muito a ver com o resultado final - e essa semente que plantei veio de um prensado muito bom - então pode ser que você tenha um resultado bem diferente. Mas como eu li a vida inteira que machos não serviam pra nada, fiz um teste e descobri que isso nem sempre é o caso, achei que valia dar essa visão pra rapaziada. Certo? Resumindo: DÁ PRA FUMAR O MACHO SIM. DÁ PRA FICAR BEM CHAPADINHO SIM. Agora, o gosto não é muito bom (mas com certeza dá pra ir melhorando com alguns meses de cura), o cheiro é de folha queimada (que também vai melhorar com alguma cura) e na média o prensado ainda vai bater mais forte. Mas se você quiser PARAR de fumar prensado e não tiver outra opção, dá totalmente pra fumar as folhas pequenas e as flores de uma planta macho de maconha (ou, se preferir, fazer um concentrado - óleo ou hash) com resultados BEM satisfatórios. Paz!
  9. salve galera, então to com uma manga rosa aqui e ela começou a apresentar manchas brancas depois da flora nos últimos dias mas o que mais ta me incomodando é que ela já entrou na floração a 1 mes e n aparenta crescimento, ela continua com o mesmo tamanho do primeiro dia de floração, exatamente igual, achei que em 1 mes já ia apresentar um crescimento e nd, acho que ela travou, estou usando substrato carolina em um vaso de 12 litros, regando somente quando a terra seca num grow de 40x40x120 em um painel de led de 200w, não sei mais o que vazer ajudaaa plsss
  10. OI AMORESSSS essa é minha primeira vez postando algo no fórum do growroom mas eu sempre li as coisas por aqui pra me informar rsrsrs a questão galera é a seguinte: sou mulher, branca, tenho 19 anos e todos os anos costumo viajar para a argentina (pq sou de lá mas moro aqui) e sempre levo uma de 5 ou 10 ( o suficiente pra fazer 3 ou 4 beckzinhos), maaaas a última vez que viajei foi no ano de 2017, passei pela colombia, aruba e argentina em janeiro e não pegaram nada (eu levava na calcinha, embaixo do absorvente -que obviamente eu n estava menstruada-). Eu era menor de idade (burra) e me recordo que pelo menos no galeão e em ezeiza o procedimento de segurança era o seguinte: passar pelo detector de metal, deixar a bolsa de mão pra passar pelo raio-x, aí as vezes eles passavam aquele detector que apita também. Tem uma cabine de raio-x corporal mas que nunca vi ninguém passando nela mas sei que as pessoas são selecionadas de forma aleatória. (Isso em ambos os aeroportos) Então, minha dúvida é: vocês sabem se o procedimento de segurança se expandiu pro raio-x corporal pra todos ao invés de aleatoriamente???. Vocês acham que não devo levar nem umazinha de 5???? Preciso de uma orientação kkkkkk desde já agradeço vcs anjos maconheiros ❤️😍❤️
  11. BOM SOU VERDADEIRAMENTE UM MARINHEIRO DE PRIMEIRA VIAGEM, ESTOU INICIANDO O CULTIVO DE CANABBIS COMO SOU BEM POBRE TUDO QUE FIZ FOI MESMO COM QUE TINHA EM CASA EXCETO VASOS E LAMPADAS , NAO SEI SE TOMEI OS CAMINHOS MAIS CORRETOS POIS EXITE MUITAS DIVERGENCIAS INCLUSIVE AQUI NO GROWROOM EXISTE INUMERAS RECEITAS QUE DAO CERTO PRA UM E NAO DAO CERTO PRA OUTRO ENTAO RESOLVI PESQUISAR BASTANTE SOBRE O ASSUNTO E ACHEI ALGUNS LIVROS E MUITO CONTEUDO DE INTERNET "FORUM E VIDEOS" . ENTAO RESOLVI ARRISCAR ! MORO EM UMA COMUNIDADE EM UMA CIDADE DO INTERIOR PAULISTA AONDE TENHO UMA LOJA DE PRESSADO EM FRENTE DE CASA , COMO EU ERA ADQUITO DA COCAINA A MAIS DE 20ANOS VI QUE ESTAVA JOGANDO TUDO PRO AR DEVIDO O USO PERCISTENTE DE UMA DROGA QUE SO ME FEZ MAL, COMECEI A FAZER TRATAMENTO PELO SUS NO "CAPS" E CONVERSANDO "INFORMALMENTE" COM O MEU PSICOLOGO E ELE ME ORIENTO A ESTAR FUMANDO CANABBIS POIS EU TINHA A CHANCE DE SAIR DO VICIO DA COCA E IR PARA UM VICIO MUITO MENOS PREJUDICIAL E DANOSO A SAUDE ,SEGUNDO "PESQUISAS". ENTAO HOJE COM AJUDA DE ALGUNS VENDEDORES DA LOJA DAQUI DE FRENTE DE CASA CONSEGUI MAIS DE 100 CEMENTES DE PRENSSADO E COLOQUEI COMO O PESSOAL DISSE PRA GERMINAR NO PAPEL TOALHA POIS DE INICIO UMAS 30 CEMENTE E NASCERAM APENAS 2 CEMENTES , NAO ME CONFORMEI E FUI VER SE EU TINHA ERRADO ALGUMA COISA MAIS VI TAMBEM QUE NAO E SO O PAPEL E A AGUA E O RECIPINTE ESTAR EM UM LOCAL ESCURO TINHA MAIS COISAS ENVOLIDA QUE AINDA NAO TINHA CONHECIMENTO E TAMBEM SE TRATAVA DE SEMENTES DE PRENSSADO QUE JA ESTAVA MALTRATADA PELA PRENSA ,E HOJE QUERO QUE TODOS VCS INCLUSIVE OS MAIS VELHOS DO CANAL VCS ME AJUDARAM MUITO E FAZ JA 8 MESE QUE SO FACO USO DE APENAS UMA DROGA O PRENSSADO NUNCA TIVE A APORTUNIDADE DE FUMAR UMA FLOR ATE TER CONHECIMENTO NO SITE IMAGINAVA QUE ,MACONHA ERA SO O PRENSSADO , JA ESTOU COM UMA PLANTA DE 45 DIAS E VARIAS MUDINHAS DE 10 DIAS E NAO E SO PELO PRAZER DE FUMAR ELAS NO FUTURO E SIM DE TER A BRIGACAO DE CUIDAR ISSO E REALMENTE UMA TERAPIA PRA MIM E ATE AGORA ESTA FUNCIONANDO , LEMBRANDO UTILIZEI APENAS PRODUTOS DE CASA QUE NAO GASTEI PRATICAMENTE NADA POIS SOU MESMO MUITO POBRE TENHO UMA RENDA FAMILIAR DE APENAS 1600 REAIS E COM ESPOSA E 3 FILHOS ATE O CONSUMO DE PRENSSADO E MUITO CARO PRA MIM VIVO APENAS DO QUE GANHO PRA FUMAR, FOI POR ESSE MOTIVO QUE RESOLVI PLANTAR. SEGUE ENTAO A FAMILIA DE PRENSSADO
  12. Bom dia rapaziada! Vim discutir sobre quão prejudicial pode ser usar cigarros como filtro do baseado, sei que em alguns lugares falam "Cigarronha" e por aqui no Rj geralmente se fala "Balão". Não gosto muito de fumar o tal balão, mas as vezes acabo fumando porque sinto a onda mais suave. Será que isso faz mal ou não? Para os que não sabem é um baseado que tem como "piteira" um cigarro, não fumamos o cigarro, só a maconha.
  13. Eai pessoal, alguém sabe me dizer se é proibido vender sementes de maconha internamente no Brasil? Estive procurando na internet e encontrei apenas trexos como, "se não há thc não existe droga" e coisas mais puxadas para a importação de sementes que é legal segundo vi na internet
  14. LuckHusk

    Inciando um amigo

    Bom, já fumo a algum tempo, fazendo parte da minha rotina e nunca tive nenhum problema relacionado a maconha que muitas pessoas sentem, por exemplo, pressão baixar (teto preto). Tenho um amigo que tem muita curiosidade de fumar, que já teve uma experiência e não sentiu absolutamente nada. O que passou pela minha cabeça é que talvez ele não saiba tragar direito. Além disso, esse meu amigo tem muito medo dos efeitos da maconha, que embora eu diga para ele não se preocupar, ele continua meio com medo, principalmente de perder o controle. A minha dúvida é: como posso ensinar ele a tragar, para que ele sinta o efeito? como que eu controlo a quantidade que ele ta fumando para ele não "perder o controle"? Iremos fumar em um ambiente calmo, tranquilo, mas mesmo assim ele continua nervoso. O nervosismo pode causar esse "bloqueio" do efeito?
  15. Bom estou atras de sementes e n sei onde comprar alguém por favor me indique sites q entregue no Brasil??? ]desde já obrigado
  16. Oi gente Bem eu vou explicar o que aconteceu / está a acontecer comigo Já fumei erva há uns tempos e tive uma reação parecida, mas que durou apenas 3 dias no máximo. Fiquei um pouco lesada mas depois passou. O problema é o que aconteceu comigo desta vez. Fumei maconha, pouca até, e aconteceu isto: Comecei a sentir que estava a ver tudo “por fotos”, os meus olhos não acompanhavam o que estava a acontecer e parecia tudo em um sonho. O meu corpo ficou dormente e com formigueiro, como se estivesse anestesiada. Não sentia bem os movimentos. Coisas pequenas não as sinto, nem tenho bem noção da realidade. Por exemplo, não pressinto quando alguém se está a aproximar ou assim. Mas por outro lado sinto muito o toque, quando me encosto a alguma coisa ou assim. Não tenho os olhos vermelhos. Quando estou em ambientes de muito calor e apertados, tudo piora. Parece que estou a ter uma crise de pânico. Isto assim durou uns 4/5 dias. Estou muito assustada. Hoje, é sábado. Amanhã faz uma semana que fumei. Se tiver de dizer, estou 20% lesada ainda. Bem melhor, mas confusa. A minha mente pensa em coisas estranhas, tal como se tudo isto fosse um sonho ainda. Ainda tenho o corpo com sensações que não consigo compreender, e tenho muitas dores de cabeça. O que será que aconteceu comigo? Como posso ficar bem de vez? Obrigada gente..
  17. Salve galera Irei para o Uruguai daqui 1 mês, e como bom amante da erva, estou fazendo o planejamento pra n passar vontade. Alguém sabe indicar aonde/como conseguir a erva em Montevidéu?? Valeu
  18. Tei_

    Cannabis em Portugal

    Boa noite pra todos Me mudei pra Portugal recentemente, antes morava no Rio de Janeiro, e conhecia todos os meus direitos como usuário por lá. Como acabei de chegar em portugal, queria saber até onde vão meus direitos como usuário e se eu posso plantar em casa ou conseguir algum tipo de receita médica. como ainda não tenho amigos que também fumam aqui em almada não tenho muita fonte de informação sobre esses assuntos por aqui. Sem falar que aqui todo mundo fuma mas tem uma galera meio cabeça fechada. é isto galera, obrigado
  19. Galera, to pensando em ficar um tempo sem fumar um pois é uma coisa que quero testar e também espero sentir aquela onda foda do caralho de novo. Não fumo com frequência mas aquela primeira onda a gente não esquece. Alguém já pensou sobre isso, já tentaram, o que acharam?
  20. Resolvi fazer o teste aqui em casa, misturando a ganja com erva cidreira, camomila, e boldo. Após o fumo o efeito fora bem positivo, fiquei relaxado pra krlhw, e ao mesmo tempo na vibe da onda, após o efeito da onda passar bateu aquele sono pesado que faz com que qualquer um caia que nem pedra na cama, e após acordar veio aquela larica do porra... Alguém além de mim já misturou a maconha com outras ervas em algum momento da vida? Tiveram as mesmas reações a qual eu descrevi acima? Recomendam aos maconhistas do Brasil a ousarem um dia misturar a maconha com d+ ervas calmantes que agreguem um efeito mais relaxante que o normal?
  21. boas, dia 6 tenho análises ao sangue e à urina, mas são análises daquelas supostas para ver se tem alguma doença e por aí fora, mas não tenho a certeza se nessas análises acusa droga ou se não, e ando meio amedrontado porque não me posso dar ao luxo que acuse algo. pelo que vi, para quem é fumador moderado bastam apenas 4 dias para sair da urina, mas mesmo assim ainda está presente o medo. se alguém puder ajudar ficarei agradecido!
  22. Galera, boa noite. Primeiramente, sei exatamente os objetivos do fórum, e sei também que o objetivo principal é cultivar e não dar apoio ao tráfico, lembrando que não é tráfico, apenas um prensado que um amigo me deu, e não dispenso mesmo... Só que ele me deu bastante, fumei alguns becks com o verde que me passou... Acontece que comecei a fumar maconha não tem nem duas semanas, então mal entendo do assunto... E sobrou mais uma quantidade um pouco menor que uma palma de mão, em um plástico. Como eu conseguiria conservar pra não estragar, mofar, ou até mesmo perder? Pretendo fumar só pela Segunda-Feira, Terça-Feira. Não preciso de lição de moral, só quero a ajuda e ideia de como guardar isso. Valeu!
  23. Galera,sou novo em cultivo moro no Piauí,e aqui facilita muito por causa do sol o dia inteiro e temperaturas altas, tô com um pe de um mês e ele tá bem bonito,queria algumas dicas de vocês pra mim conseguir colher, ele tá em cima da casa e todo dia vou colocar água e olhar se não tem pragas.valeu abraços.
  24. Post com intuito de ajudar, caso precise de ajuda/conselho não exite em me chamar por mensagem privada. Bom esse é meu primeiro post, resolvi criar uma conta especificamente para criar esse post e dar um alerta pra galera ou até mesmo ajudar quem tem/teve problemas similares. Acompanho o fórum a algum tempo e estou vendo muitos casos de problemas psíquicos, no qual eu também obtive por conta do uso da maconha, que serviu como gatilho. Bom, se você está com problemas, sentindo que a onda não passa, se sentido fora de si, angustia, medo constante (pânico), confusões mentais, paranoias, recomendo primeiramente que pare de ler tudo relacionado a isso na internet, pois isso só ira piorar e também que procure um psiquiatra o mais rápido possível, aceite que você precisa de ajuda, não espere ficar pior.. Quanto mais cedo você tratar disso, mais rápido sairá dessa. Hoje infelizmente não posso mais fumar, ultima vez que tentei fumar (a 3 dias atras) com apenas 2 tragos em 1 beck, tive uma crise que pensei que fosse a ultima(pensei que iria morrer), senti Despersonalização, Pânico e Ansiedade novamente; Vou contar a história pra que tudo fique mais claro. Fumo macohna des dos 15 anos, hoje com 17, no começo era só trip boa, risada, bem estar e tudo que atribui a uma good vibe. Porem, nos últimos tempos, estava tendo umas brisas bem "pesadas" apesar de fumar pouco, no máximo 1 fino,já conseguia viajar legal, ou melhor dizendo, bem mal... As brisas não eram como antes, quando fumava sentia que entrava em um filme, me tornava espectador da minha pessoa, havia dificuldade grande de raciocínio e motora também, quando misturava alchool e maconha era bad trip na certa,só pensava em coisas ruins, o quanto era imprestável, pensamentos do tipo " Para que tudo isso, se no final a gente morre?" Meu erro foi insistir em fumar, com pensamento de voltar ter as velhas e boas brisas do começo, porem, a coisa foi ficando cada vez pior, cada vez eu ia tendo brisas mais pesadas, era como isso fosse um sinal/aviso, mas só entendi quando já era tarde de mais. Fui em um festa, bebi, fumei, voltei me sentindo meio fora de si,foi ai que tudo começou, 2 dias depois a onda ainda não havia passado, me sentia estranho e eu pensei,"deve ser só algo da minha cabeça, ta tudo normal" e la vai eu fumar de novo... Encontrei uns amigos e acendemos um, de começo foi só risada, mas sentia que minha cabeça estava destorcendo tudo, foi a brisa mais louca e ruim que tive na minha vida, era como se tudo fosse mentira e estivesse em um filme e alguém tivesse dando play e pause no mesmo. Só percebi o quanto nada disso era engraçado quando cheguei em casa e vi que a brisa que não passava e havia se intensificado, minha cabeça estava rodando, eu sentia angustia, despersonalização e medo, muito medo com medo de ficar daquele jeito para sempre. Tive a ideia de tentar dormir para ver se isso passava, tudo que eu mais queria era acordar no outro dia normal, mas isso só piorou, ao deitar,minha cabeça começou a rodar em sentimentos e pensamentos horríveis, foi ai que surtei, tive minha primeira crise de pânico, sai correndo pro banheiro lavei meu rosto e tentei me acalmar, comecei a ler coisas na internet e fiquei pior ainda, com medo de ser algo ruim permanente, por isso recomendo que não leiam essas bostas, só serviu para intensificar os pensamentos ruins. Depois desse dia não conseguia mais dormir, entrei em conflito com o tempo e comecei a agonizar mentalmente, só conseguia ter pensamentos ruins, fiquei 5 dias sem dormir pensando em merda, minha mente não me deixava em paz sequer 1 segundo, ficava o dia todo deitado chorando, não ia pra escola, nem trabalho e tambem nem tinha contado para minha familia, até que eles perceberam que havia algo de errado comigo e conseguiram me levar ao um psicologo que me encaminhou a um psiquiatra, logo então fui diagnosticado com tudo que contem no titulo, sim, Despersonalização,Ansiedade,Depressão Aguda e Síndrome do Pânico, foda né? Fiquei aproximadamente 2 meses nessa "onda" ruim, até me sentir um pouco melhor, hoje faço terapia psicológica e estou sendo medicado com Paroxetina, consigo dormir e ter mais controle do meu pensamento ( coisa que havia se tornado impossível). As vezes sinto sensações ruins, como agora enquanto escrevo esse texto, mas é algo que estou aprendendo a lidar, aos poucos vou tomando controle de mim, já vejo uma boa melhora mas acabei regredindo um pouco como dito acima quando decidi fumar novamente e senti tudo novamente, me arrependo profundamente. Infelizmente isso foi o que a maconha despertou em mim, até então nunca tinha dando sinais de loucura, pânico, depressão, era uma pessoa normal feliz que, infelizmente não teve sorte com o psicoativo.Nunca imaginaria que a maconha pudesse fazer isso comigo e até mesmo tirava sarro de quem falava que ela podia sim, trazer efeitos negativos em pessoas com pré-disposição a transtornos mentais, mas também eu nem imaginava que eu era vulnerável, em toda minha vida a erva foi a unica coisa que usei, nunca cheguei perto de doce nem nada semelhante. Se você passa/passou por isso, saiba que nenhuma dor é eterna, tudo é fase, tudo passa, esteja ciente disso sempre, eu mesmo no ápice da depressão, pensei em me suicidar, não por ser fraco, mas por ser algo realmente insuportável. Tudo isso aconteceu a pouco mais de 5 meses. Que isso sirva de ajuda para alguém e de conhecimento para outros. Que Jah os abençoe
  25. Salve, galera, tudo bem? Se tiver posto o tópico em lugar errado, peço desculpas, sou novo aqui e ainda estou me habituando. Minha dúvida sobre temperaturas no vaporizador é a seguinte: É sabido que diferentes canabinóides são liberados em diferentes temperaturas, de forma que é possível dosar o seu uso de acordo com a vontade, escolhendo o tipo de brisa (mais Thc ou Cbd). Na erva, cada temperatura evapora determinado canabinoide, mas e nos concentrados, também é possível fazer esse controle ou sempre irá evaporar todos os canabinoides juntos? Não sei se funcionaria da mesma forma ou se há alguma uma tabela específica pra concentrados, como existe para as ervas: Alguém sabe me dizer, ou também tem essa mesma dúvida?