Ir para conteúdo
Growroom

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'maconha medicinal'.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 13 registros

  1. olá sou joão.v , comecei a fumar a 3 anos venho fumando todos os dias , compro um prensado de qualidade verde,com cheiro de manga,limão, pelo que andei lendo o prensado que venho pegando e de boa qualidade , infelizmente não tenho acesso a flor ,👵 minha vó tem cancer no estomago e esta passando por uma quimeoterapia pesado todas as noites ela fica gemendo de dor na cama ate amanhecer , ela nao dorme,nao come,e acho que cada dia que passa ela esta ficando pior, eu tenho medo de dar oleo de prensado mesmo eu lavando e sendo de uma qualidade "Boa" mais n agoente ver mais minha vo sofrendo , posso fazer o oleo ⚗️ com thc? existe algum risco por conta da idade ? ela te pressão alta e toma remedios ?
  2. Olá Familia Growroom Eu que sou portador de epilepsia, a alguns meses ja venho estudando como o canabidiol pode ser util em minhas convulsões e como pode ser util para que ela se extingua de uma vez por todas. Eu continuo tomando remédio normal e sem fé dos meus pais ou de meu médico eu procuro um tratamento alternativo que me fará voltar a uma rotina normal. Alguem pode me ajudar em como extrair o famoso CBD de forma caseira, já possuo duas bubble bags, e ja estou esperando a minha kaya crescer, precisava principalmente saber como separar as duas substancias principais, cbd e thc? o que posso usar de solvente? na realidade tudo que vcs possam me dizer ajudaria e muito. Obrigado a atenção e o espaço.
  3. Acompanho boa parte dos fóruns na growroom já um bom tempo, obtive ótimas dicas sobre a questão da importância da limpeza do prensado para eliminar fungos, bactérias, amonias, e pesticidas gerais que contém num quadradinho, que qualquer um pode comprar numa biqueira de um morro mais próximo, rsrsrs Mas o caso é que a maconha próxima da minha quebrada ultimamente tem demonstrado ter altos índices de THC exageradamemte demais da conta, e isso vem me gerando alguns prejuízos na vida cotidiana...(falta na coordenação motora, déficit de atenção, amnésia com frequência, e dificuldade pra fazer cálculos físicos, e matemáticos na universidade)... Já li num comentário em que após a lavagem do prensado dependendo da temperatura, o THC morre devido a ebolição da água quente na panela. Sei que aqui no Growroom há poucos especialistas da área de saúde estudados no tema Cannabis medicinal, e encontrarei muitos leigos no assunto, que creio que poderão me ajudar dependendo da resposta aonde estou querendo chegar, por terem infos que poderão me ajudar, conforme a última vez em que fiz uma lavagem da ganja misturando com erva cidreira, camomila, e boldo. O processo deu positivo, a brisa foi boa, mas prefiro vaporizar a maconha sem nenhum chá, ou calmantes. Quero um baseadinho puro, só que leve e não atrapalhe nos meus estudos na faculdade, e vida social... Na opinião de boa parte Qual é a melhor temperatura seria adequada para diminuir os altos níveis de THC, o tempo cronometrado para enfim deixar "meu Bud" semelhante à uma Ruderelis que é rica em CBD e tem baixas dosagens de THC?
  4. Benefícios do CBD 1. Alivia a dor e a inflamação 2. Tem efeitos antipsicóticos 3. Reduz Ansiedade 4. Ajuda a combater o câncer 5. Alivia Náusea 6. Pode tratar convulsões e outros distúrbios neurológicos 7. Diminui a incidência de diabetes 8. Promove a Saúde Cardiovascular Referência Benefícios do CBD Leia também: Cannabis e Obesidade – Consumo está relacionado a um menor IMC Sementes de cânhamo – Ricas em fibras, proteínas e gorduras saudáveis
  5. RESPOSTA DA ANVISA: Em resposta a sua solicitação, informamos que para dar início ao pedido excepcional de importação para uso pessoal, é necessário preencher os seguintes documentos: 1 – Formulário de Solicitação de Importação Excepcional de Medicamentos Sujeitos a Controle Especial 2 -Termo de Responsabilidade / Esclarecimento para a Utilização Excepcional de Medicamento Sujeito a Controle Especial Além dos documentos citados, a Anvisa poderá solicitar outras informações e documentações complementares se julgar necessário. Toda a documentação protocolizada deve ser destinada ao Diretor-Presidente da Anvisa e endereçada à: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) Coordenação de Produtos Controlados (CPCON) Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) Trecho 5, Área Especial 57 CEP: 71.205-050, Brasília, Distrito Federal Caso a solicitação atenda aos critérios definidos, a autorização excepcional para a importação será concedida pela Anvisa e enviada ao solicitante para o endereço informado no formulário, por correio. Dúvidas podem ser direcionadas ao e-mail: med.controlados@anvisa.gov.br O campo 1 deve conter informações do paciente que utilizará o medicamento a ser importado. O campo 2 deve ser preenchido pelo responsável legal pelo paciente, nos casos em que este for menor de idade ou incapaz. O campo 3 deve ser preenchido de acordo com as seguintes orientações: • Nome comercial: nome de marca definido pelo fabricante que consta na embalagem. • Nome e concentração do princípio ativo: nome da substância principal e quantidade contida na fórmula. • Fórmula: nome e quantidade de cada componente do medicamento. • Apresentação: descrição da forma farmacêutica (por exemplo: comprimido, cápsula, solução, xarope, suspensão, etc.) e quantidade por embalagem (por exemplo: nº de comprimidos, volume do líquido, etc.). • Quantidade a ser importada: quantidade de caixas ou unidades a serem importadas. • Nome e endereço da Empresa Fabricante: dados da empresa fabricante do medicamento. • Nome e endereço do Exportador: dados da empresa que exportará o medicamento, pois a exportação pode não ser realizada diretamente pela empresa fabricante. • Nome e endereço do Interveniente Comercial (se houver): dados da empresa que intermediará a exportação para o Brasil. • Número do licenciamento de importação (LI): número obtido por meio do registro do Licenciamento de Importação (LI) no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex Importação), gerenciado pela Receita Federal e utilizado pelos órgãos anuentes de importações, entre eles a Anvisa. Orientações gerais sobre o Siscomex Importação estão disponíveis no site da Receita Federal:http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/siscomex/Importacao/default.htm • Nome do ponto de entrada no Brasil (porto, aeroporto ou posto de fronteira): indicação do local aonde o medicamento chegará no Brasil. O campo 4 contém documentações originais obrigatórias a serem anexadas ao Formulário para a protocolização na Anvisa, conforme abaixo: Prescrição médica contendo obrigatoriamente o nome do paciente e do medicamento, a posologia, o quantitativo necessário, o tempo de tratamento, data, assinatura e carimbo do médico (com CRM). Laudo médico contendo o CID e o nome da patologia, a descrição do caso, justificativa para a utilização de medicamento não registrado no Brasil, em comparação com as alternativas terapêuticas já existentes registradas pela Anvisa. Termo de responsabilidade assinado pelo médico e paciente/responsável legal. Atenciosamente, Anvisa Atende Central de Atendimento Agência Nacional de Vigilância Sanitária 0800 642 9782 www.anvisa.gov.br Siga a Anvisa: www.twitter.com/anvisa_oficial
  6. SUGESTÃO nº 6, de 2016 Autoria: Externo - Rede Brasileira de Redução de Danos e Direitos Humanos (REDUC) Ementa e explicação da ementa Ementa: Propõe um padrão regulamentar abrangente para a maconha medicinal e o cânhamo industrial no Brasil. Situação AtualEm tramitação Último local: 12/04/2016 - Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (Secretaria de Apoio à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa) Último estado: 12/04/2016 - AGUARDANDO DESIGNAÇÃO DO RELATOR Acompanhar esta matéria Opine sobre esta matéria Imprimir Documentos Ordem cronológica Ordenado por tipo Ordenado por comissão Reordenar Data Tipo Comissão Ação legislativa Observação 13/04/2016 Texto inicial ( PDF ) http://www.senado.leg.br/atividade/rotinas/materia/getPDF.asp?t=191342&tp=1 Informações complementares Matérias relacionadas Eventos e prazos importantes Tramitação
  7. Este curso – desenvolvido originalmente pelo Alcohol & Drug Abuse Institute, da Universidade de Washington (Estados Unidos), com fundos do Escritório da Procuradoria Geral do Estado de Washington, e traduzido, com adaptações, para o português pelo Maconhabrás, grupo interdisciplinar de estudos sobre a maconha, do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID), Universidade Federal de São Paulo – busca preencher as lacunas da formação médico-científica em relação ao manejo da dor crônica e ao uso medicinal da maconha. http://www.cebrid.com.br/curso/
  8. Acompanhando os projetos de leis no link, teve um que me chamou a atenção, pois tem a intenção de Alterar o art. 2º da Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006, para viabilizar a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta Cannabis sativa em sua formulação. fonte Vale a pena acompanhar!!!
  9. Link da notícia: http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,maconha-para-cachorro-causa-polemica-nos-estados-unidos,171876,0.htm Link da notícia: http://thecompassionchronicles.com/2013/11/20/pot-for-pets-gets-cbs-coverage/
  10. Muito bem feito e com conteúdo. Vale a pena! Abraço comunidade.
  11. Fala moçada! Hoje a noite (terça dia 7, às 21h30) tem globonews saúde falando sobre maconha medicinal, é óbvio que não vai ser algo parcial a nosso favor, e provavelmente até Laranjeiras aparece como grande conhecedor do assunto! Acho válido assistir e opinar nas redes sociais! Assim que sair o vídeo no site da globo eu anexo ele nesse post, e se a moderação achar melhor, é só transferir para o tópico de vídeos! Sorte e Paz
  12. Eu realmente aprecio e agradeço grupo anônimo para fazer um trabalho maravilhoso. Em uma frente pessoal gostaria de dizer, eles realmente merecem ser Herói Nacional. Eles educar as pessoas sobre a maconha medicinal. Depois de conhecer todos os fatos corretos sobre a maconha medicinal, as pessoas podem decidir se quer ou não apoiar o movimento pró-legalização da maconha medicinal. Leia mais sobre eles aqui. 1) Exclusivo: hacktivistas Anônimos Para Batalha Maconha medicinal Proibição 2) Anônimo declara guerra à proibição da maconha
×
×
  • Criar Novo...