Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'impostos'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 2 registros

  1. Uruguai planeja isentar maconha de impostos para derrubar narcotráfico Ideia é garantir que os preços continuem baixos o suficiente para minar a concorrência do produto contrabandeado do Paraguai 19 de maio de 2014 | 18h 43 MONTEVIDÉU - O Uruguai planeja isentar de impostos a produção e venda de maconha para tentar assegurar que os preços continuem baixos o suficiente para minar a concorrência do produto contrabandeado por traficantes desde o Paraguai, de acordo com consultores que aconselham o governo no plano de legalização. O Congresso uruguaio aprovou em dezembro uma lei que permite o cultivo e a venda de maconha no país, com o objetivo de tirar o negócio das mãos dos criminosos. "O objetivo principal não é a arrecadação de impostos. Tudo tem que ser voltado para enfraquecer o mercado negro", disse Felix Abadi, um consultor que está desenvolvendo a estrutura tributária para a maconha no Uruguai. "Então, nós temos que ter certeza de que o preço será baixo." O Uruguai vai conceder até seis licenças para a produção de cannabis legalmente nas próximas semanas. O governo também está considerando o cultivo de maconha em um terreno controlado pelos militares para evitar o tráfico ilegal da planta. Enquanto cigarros e bebidas alcoólicas são tributados pesadamente no Uruguai, o comércio oficial da maconha irá operar virtualmente livre de impostos, disse Abadi. No Uruguai não há necessidade de um decreto ou lei para isentar um produto de impostos. O presidente José Mujica assinou um decreto que define os detalhes da nova política neste mês. Segundo o documento, os uruguaios poderão comprar até 10 gramas de maconha por semana em farmácias, por preços que variam entre 85 centavos e 1 dólar o grama, preço comparável ao do praticado no mercado negro. País agrícola de 3,3 milhões de pessoas, o Uruguai ganhou destaque com a lei de maconha defendida por Mujica, um ex-guerrilheiro marxista de 78 anos cujo estilo de vida modesto e reflexões filosóficas fizeram dele uma estrela da mídia internacional. / REUTERS O Estado de São Paulo - Internacional - 19/05/14 - http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,uruguai-planeja-isentar-maconha-de-impostos-para-derrubar-narcotrafico,1168775,0.htm
  2. Pouco tempo depois este mesmo homem foi demitido, alegam que ele disse: Qualquer miserável hoje em dia tem um carro. Mas foi confirmado pelo própio que foi demitido por ter falado a verdade sobre esse caso dos deputados. e o que ele disse em questão do "qualquer miserável hoje em dia tem um carro" foi porque as pessoas não tem condições de comprar um carro, mas compram e depois falta dinheiro pra pagar as contas ou por comida na mesa. enfim, não vou ser babaca e dizer apenas os pontos negativos, o tópico abaixo fala dos pontos positivos do brasil. http://www.growroom.net/board/topic/43586-o-que-uma-holandesa-falou-do-brasil-vale-parar-e-ler%26-8207%3B/ agora imaginem se todos os brasileiros fizéssemos o que Luiz Carlos Prates disse no vídeo, como seria o Brasil?