Ir para conteúdo
Growroom

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'efeito'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 9 registros

  1. Oi gente... Já tinha fumado antes uma duas vezes Mas fazia cerca de 5 anos atrás e nestas duas já tinha tido uma experiência péssima, onde me sentia fora do corpo e como se tudo fosse um sonho e o mundo não existisse de verdade. Fora das noções do tempo (para mim se passavam horas e não havia passado nem 5 minutos no relógio). Decidi novamente tentar dar uma chance para a maconha, fumei foi no final de novembro e novamente voltou a mesma bad trip. Eu gritava, chorava e não me sentia no corpo.. como se tudo não passasse de um sonho e por horas como se não significasse nada. Me esquecendo de quem sou e da vida que levo. Pois bem, este sábado sem fumar, sem consumir e sequer cheirar a maconha... novamente tive o efeito da mesma. Comecei a me sentir fora do corpo, como se estivesse sonhando, como se nada daquilo que estava vivendo no momento, fosse real e comecei a chorar sem sentir minhas lágrimas. Mas não usei, sequer pensei em maconha neste dia. Alguém sabe dizer se é normal? Ou já passou por isso?
  2. Fumei meu primeiro beck em maio desse ano, foi a melhor droga que já usei. Fumei de novo uma semana depois, não deu nada, mas um cara que tava comigo ficou muito chapado. Depois de tudo isso comecei um tratamento com sertralina e comecei a fumar cigarro, ou seja, aprendi a tragar. Daí fumei um ontem, nada. Fumei outro hoje, e nada. Bom, pesquisei sobre isso e não achei justificativa, alguém sabe se o motivo de eu não chapar é não fumar direito ou tem algo de errado comigo ou são os remédios? Uma resposta iria me ajudar muito.
  3. E aí pessoal, tranquilidade? Bom pessoal, muito prazer sou novo aqui no forum, e venho pedir a opinião de vocês sobre o que aconteceu comigo ontem! Comecei a fumar faz 4 semanas, e logo na 2 semana fumando de boas, estou todo os dias fumando de 1 a 2 vezes ao dia, e ontem eu bolei um pra fumar de boas, e aí eu fiquei muito ruim mesmo, meio que eu comecei a focar nas batidas do meu coração, e meio que ele parecia está batendo muito forte e ai minhas costas começou a ficar muito quente, e meu braço esquerdo ficou todo gelado com a mão formigando e com os pés suando entre os dedos..fiquei muito apavorado e eu não consegui ficar calmo, fiquei pensando que iria morrer que iria ter um enfarto, e isso me deixava muito preocupado e acabava ficando com falta de ar, aí eu meio que sentava e tentava respirar com calma..e passava ou melhorava um pouco, mais logo depois de um tempo curto isso voltava e eu ficava de novo preocupado com as batidas do peito... Fui no medico, mais cheguei lá já estava melhor, e muito calmo..e os exames que fizeram diz está tudo normal, pressão 11.8 e o batimento estava 99... Pessoal, antes de fumar eu estava muito mal também, eu terminei brigando com minha namorada, e terminamos...não sei se isso tem alguma coisa a ver eu ficar pensando nessas coisas, mais ontem foi a primeira vez que fiquei nessa bad e com essa sensação que iria morrer, o que vocês acham?
  4. E ai galera, só de boa? Seguinte, acompanho o fórum tem uma semana e tô com umas dúvidas quanto à nossa erva querida e resolvi pedir a ajuda de vocês. Semana passada eu fumei maconha pela primeira vez com uns amigos, tudo tranquilo, tava bem animado, nada de preocupação com bad trip. Set e setting 100%. Acontece que essa foi minha primeira vez fumando e eu não senti efeito nenhum (muitos amigos meus falaram que na primeira vez não dá msm). Eu acho que também não traguei direito. A única coisa estranha que me deu foi que depois que fui embora pra casa sentia cheiro da erva em carros passando na rua e até quando fui jantar (umas 5h dps) peguei meu prato, cheirei, e senti o cheiro da erva. Mais tarde quando fui dormir já tinha passado. Estou com vontade de fumar maconha novamente porque acho que vai ser uma experiência interessante. Mas estou com receio por algumas razões. Espero não sentir o preconceito de vocês quanto às coisas que vou falar, mas lá vai: Eu sou muito medroso, não quero fumar num beco como fazem uns amigos meus, eu almejo uma carreira em que não posso ter TCO assinado. Eu tenho alguns transtornos psicológicos (não diagnosticados por profissionais), eu me sinto muito triste, infeliz, às vezes. Acho que tenho um pouco de depressão e tenho um pouco de medo quanto a erva piorar esses sintomas. Porém, isso pra mim é uma faca de dois gumes pois tenho mais vontade ainda de fumar pra ver se melhoro meu estado psicológico. A maconha pode ajudar a melhorar meu psicológico? Outra dúvida que tenho é quanto aos variados efeitos da erva. Quais são eles? Pode me descrevê-los? E aí, que que vocês acham? Já se sentiram de forma parecida? Espero que todos tenham a mente aberta! Qualquer ajuda e sugestão é bem vinda! Muito obrigado e viva a maconha!
  5. Nicotina muda o efeito da maconha no cérebro, diz estudo http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/nicotina-muda-o-efeito-da-maconha-no-cerebro-diz-estudo 19/08/2015 Maconha: indicavam que usuários da droga têm um hipocampo menor Marina Demartini Marina Demartini, de EXAME.com São Paulo – Um estudo norte-americano pode revolucionar tudo que se sabe sobre o efeito da maconha e da nicotina no cérebro. Cientistas da Universidade do Texas, na cidade de Dallas, descobriram que há uma relação bizarra entre a memória e o uso destas substâncias. A memória e o aprendizado são regulados por uma região do cérebro chamada hipocampo. Geralmente, pessoas que têm essa área cerebral menor, também apresentam um mau funcionamento da memória. Estudos anteriores indicavam que pessoas que usam maconha têm hipocampo menor e, consequentemente, uma memória pior. No entanto, segundo a pesquisa norte-americana, quando os usuários combinam a nicotina com a cannabis, esta relação é diferente. Mesmo com a diminuição do hipocampo, a memória de quem usa as duas drogas não sofre piora. Além disso, os pesquisadores também descobriram que quanto maior for o número de cigarros de maconha e nicotina fumados por dia, menor o volume do hipocampo e melhor o desempenho da memória. De acordo com a pesquisa, não houve associação significativa entre o tamanho do hipocampo e a melhora da memória em pessoas que só usam nicotina ou fumam apenas a cannabis. Os participantes foram divididos em quatro grupos: pessoas que não usaram maconha ou nicotina nos últimos três meses; usuários que fumam maconha pelo menos quatro vezes por semana; indivíduos que usam nicotina dez ou mais vezes por dia; e usuários que fumam cannabis quatro vezes por semana e também nicotina dez vezes por dia. Para realizar a pesquisa, os cientistas fizeram ressonâncias magnéticas nos cérebros dos participantes. Eles completaram uma avaliação sobre histórico de uso de drogas e testes neuropsicológicos três dias antes do exame. De acordo com Francesca Filbey, líder do estudo, ela decidiu fazer esta pesquisa pois 70% das pessoas que usam maconha também são usuários de nicotina. “A maioria dos estudos sobre a cannabis não analisam o uso da nicotina”, disse a pesquisadora ao site da universidade. “Nós precisamos compreender como o uso combinado destas substâncias altera o funcionamento do cérebro para realmente entender seus efeitos na memória e no comportamento”, finalizou Filbey. O estudo foi publicado no jornal "Behavioural Brain Research".
  6. E aí galera, tudo fmz? Seguinte, eu fumei maconha pela primeira vez semana passada e não tive efeito nenhum, igual a muitos maconheiros de primeira viagem. Quero fumar maconha de novo mas quero ir preparado pros efeitos que podem vir. Quais são os efeitos da erva? Quais são ons bons e os ruins? Isso existe? Obrigado pela ajuda! É nóis.
  7. Research Examines THC’s Effects Based on Gender http://www.hcplive.com/articles/Research-Examines-THCs-Effects-Based-on-Gender By Jacquelyn Gray | September 06, 2014 In one of the first studies analyzing delta-9-tetrahydroabinol (THC)'s tolerance based on gender, Washington State University researchers found that women develop a tolerance more quickly and are 30% more sensitive to the drug. Despite growing evidence indicating women are more likely to abuse and become dependent on THC, previous research on the substance’s effects have mainly been done using male participants, according to researchers. With a greater need for research since recreational marijuana was legalized in Washington and Colorado, researchers observed THC’s pain-relieving effects in male and female mice models. Since their previous research showed increases in estrogen make women more sensitive to THC, the investigators administered 30% less THC to female rats. Despite female rats being given the “lowest dose anyone has ever used to induce tolerance,” they still developed a significantly stronger tolerance to THC than their male counterparts. “These results demonstrate that — even when sex differences in acute THC potency are controlled — females develop more antinociceptive tolerance to THC than males,” the investigators wrote. Tolerance, which the researchers were analyzing, is when the rats requires larger amounts of the substance to replicate its original affects, the WSU release pointed out. Furthermore, the researchers noted the drug did not influence the mice’s reproduction cycle. However, the study’s contributor Rebecca Craft of WSU said this aspect of their study has been widely debated and needs more investigation. “Given the importance of drug tolerance in the development of drug dependence, these results suggest that females may be more vulnerable than males to developing dependence after chronic cannabinoid exposure,” the authors wrote. Moving forward, the team of researchers plan to look at the effects of THC and marijuana among people who suffer from debilitating back or joint pain, cancer, Crohn’s disease, multiple sclerosis (MS), severe muscle spasms, and other conditions that are increasingly being treated with medical marijuana - See more at: http://www.hcplive.com/articles/Research-Examines-THCs-Effects-Based-on-Gender#sthash.wqiHDlJX.dpuf GOOGLE TRADUTOR Pesquisa examina os efeitos do THC com base no género Jacquelyn Gray | 06 de setembro de 2014 Em um dos primeiros estudos analisando delta-9-tetrahydroabinol (THC) é a tolerância com base no sexo, os pesquisadores da Universidade Estadual de Washington descobriram que as mulheres desenvolvem uma tolerância mais rapidamente e são 30% mais sensíveis à droga. Apesar da crescente evidência que indicam as mulheres são mais propensos a abusar e tornar-se dependente de THC, pesquisas anteriores sobre os efeitos da substância, principalmente, têm sido realizadas utilizando participantes do sexo masculino, de acordo com pesquisadores. Com uma maior necessidade de pesquisa desde maconha recreativa foi legalizado em Washington e Colorado, os pesquisadores observaram os efeitos de alívio da dor de THC em ratos modelos masculinos e femininos. Desde a sua pesquisa anterior mostrou aumento de estrogênio tornam as mulheres mais sensíveis ao THC, os investigadores administrado menos 30% de THC a ratos fêmea. Apesar de ratas que está sendo dado a "dose mais baixa que alguém já utilizado para induzir tolerância," eles ainda desenvolvido uma tolerância significativamente mais forte para THC do que os seus homólogos masculinos. "Estes resultados demonstram que - mesmo quando diferenças sexuais na potência THC aguda são controlados - fêmeas desenvolvem tolerância mais antinociceptivo de THC do que os homens", escreveram os investigadores. Tolerância, que os pesquisadores estavam analisando, é quando os ratos requer quantidades maiores da substância para replicar seu original afeta a liberação WSU apontou. Além disso, os pesquisadores observaram a droga não influenciou ciclo de reprodução dos ratos. No entanto, colaborador do estudo Rebecca Artesanato da WSU disse este aspecto do seu estudo tem sido amplamente debatido e precisa de mais investigação. "Dada a importância da tolerância à droga no desenvolvimento da dependência de drogas, estes resultados sugerem que as mulheres podem ser mais vulneráveis ​​do que os homens para desenvolver dependência após exposição a canabinoide crônica", escreveram os autores. Seguindo em frente, a equipe de pesquisadores pretendem analisar os efeitos do THC e maconha entre as pessoas que sofrem de debilitante costas ou dor nas articulações, câncer, doença de Crohn, esclerose múltipla (MS), espasmos musculares graves, e outras condições que são cada vez mais tratado com maconha medicinal - Veja mais em: http://www.hcplive.com/articles/Research-Examina-de hidrocarbonetos totais-Effects-Based-on-Gender#sthash.wqiHDlJX.dpuf
  8. THC: manga pode prolongar o efeito da maconha Brasil Post | De Cauê Marques http://www.brasilpost.com.br/2014/07/09/manga-prolongar-efeito-da_n_5572685.html Publicado: 09/07/2014 22:30 BRT Atualizado: 09/07/2014 22:34 BRT Print Article Foto: Flickr | Mahesh Telkar | Flickr O lance é o seguinte: manga pode prolongar o barato de um baseado. Pelo menos é o que diz um artigo publicado na última terça-feira em um site americano. O artigo conta que uma substância encontrada na manga, chamada, mirceno, pode ajudar a tornar o efeito do tetra hidro cabaninol, o THC, a se tornar mais prolongado e até mais intenso. Diz o artigo: Segundo apurado pelo site Dangerous Minds, "o mirceno é definitivamente sinérgico com o THC. A má notícia é que quando ingerido via oral, o mirceno não atinge a corrente sanguínea tão facilmente, uma vez que não é facilmente absorvido pelo intestino e não sobrevive ao fígado". Mas, segundo a mesma reportagem, é possível conseguir absorver com sucesso o mirceno se deixá-lo em contato com a mucosa de algumas partes do corpo. Ou seja, se você tiver sempre por perto um pedaço de manga para colocar embaixo da língua... Resolvido.
  9. Bom, eu sou novo no fórum e tal, mas é o seguinte, há exatamente 6 dias atrás, começou uma dor desconfortável na garganta e fui no médico e ele me passou Amoxilina e Nimesulida, até ai tudo bem, só que eu não parei de fumar e tal, uso todo dia e então ate ai nada de melhora. Ai, na quarta-feira eu dei uma parada nos tragos e dei uma melhorada, só que na quinta eu voltei a usufruir da cannabis, e a dor voltou pior e até agora continua mal, e continuo tomando antibióticos e nada de melhoras. Então eu estou com uma dúvida, a ''massa'' corta efeito de antibiótico? Devo dar um tempo nos tragos para ter uma relativa melhora na minha infecção na garganta? Oque vocês acham?
×
×
  • Criar Novo...