Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'baseado'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 13 registros

  1. Salve rapaziada 💨 Bom galera, vou tentar ser menos falador. Ultimamente estou enjoado das minhas vibes. Escuto música, assisto tv, jogo etc Já pesquisei coisas pra fazer chapado e já testei várias ideias mas até agora nada demais. Eu curto a brisa, consigo curtir mesmo Mas tô afim de curtir momentos mais legais e satisfatórios Afim de ficar doidão e fazer algo que seja simples mas maneiro. Eu gosto de gastar tempo na internet então queria ideias de o que fazer, sites (por mais inugeis) pra navegar, coisas legais pra ver, estou em busca de uma brisa diferente e gostaria de ideias, além do mais preciso me distrair mais, pois ando exagerando na larica ultimamente, só quero comer comer comer e minha brisa vai embora pq sempre ando comendo demais. Me ajudem. Quero me distrair e tirar da cabeça a rotina e a mesmice
  2. Salve rapaziada Então, eu tenho 21 anos, fumo a uns 2 anos entre idas e voltas, tive uma fase dominante que não conseguia pensar em mais nada além de maconha, fumava pra tudo, provavelmente vocês devem entender. Hoje em dia fumo em torno de 3 baseados por dia, e aos finais de semana as vezes fumo maior quantidade, até ai ok. Eu sempre fui muito de boa pra fumar tanto quando estou feliz ou triste sem entrar em bad e tal, mas atualmente estou tendo umas piras estranhas. Tipo, parece que vejo muito meus defeitos e vejo, não digo que "defeitos" nas outras pessoas mas acabo vendo muitas atitudes que me irritam facilmente, mas eu seguro a onda e fico na minha. Mas não é algo que consigo controlar, eu observo e é inevitável, minha namorada por exemplo, as vezes fumo com ela e começo a pensar muito sobre nosso futuro, sobre se realmente vamos dar certo apesar de estarmos a muitos anos juntos, começo a ficar confuso sobre minha vida, sei que sou novo e tenho muito pela frente, tomo remédios pra ansiedade e uso a erva pra melhorar também, mas antes não tinha essas piras, queria saber o que vocês fazem pra não entrar em piras desse tipo, coisas que de pânico. Me sinto meio inútil e vazio as vezes, pensando que estou muito sem foco, quero conseguir me controlar e valorizar as pessoas mas não quero deixar de fumar meu baseado, acho que quando fumo vejo mais a realidade, mas sei que não posso viver pensando assim pq ngm é perfeito, enfim não sei se ficou muito confuso esse texto, estou muito doidao agora kkkkkkkkkkkk
  3. Edu.jpg420

    ?

    salve rapziada Estou a uns dias analisando minhas brisas e mesmo já tendo passado por uma fase parecida, nunca sei muito bem como agir, eu fumo pouco comparado a antes, mas parece que ultimamente estou meio enjoado, mas nao consigo parar de fumar e pra ser sincero nem quero, mas acho que estou precisando de um time, pra dar uma acalmada nos neurônios, focar um pouco mais e todas as outras coisas que vcs devem entender né. Mas não sei se realmente é esse o problema, fumo uns 2 3 baseados por dia, pq atualmente como moro com meus coroas é embaçado, parece que não ando sentindo efeito REALMENTE, que só fumo por fumar, os efeitos são muito leves ultimamente, ando confuso se o problema está na minha cabeça ou se tá em fumar, gostaria de saber se alguém aqui consegue compreender essa fase de achar que precisa parar um pouco (mas não consegue parar) e o que fez pra lidar, se parar ajuda ou não, enfim...
  4. Salve rapaziada Eu tenho essa dúvida a tempos e nunca parei pra pesquisar sobre, mas gostaria de saber a opinião dos maconheiros. Eu não sei com vocês, mas comigo sim, pq a gente fuma com algumas pessoas e ficamos normais, E outras parece que 3 tragos são 3 puxadas num bong do snoop dog? Fumo com algumas pessoas e praticamente.nem me sinto chapado, apesar de gostar mais de fumar sozinho, tem pessoas que fumo pouco até e já fico doidão, risonho, tipo pira do primeiro beck. Pq isso acontece?
  5. MGS

    secagem da maconha

    Aí galera na maconha, um aparelho de secagem criado por mim. Curtam aí e inscrevam-se no canal do Jack Baura!
  6. Gente, fico em dúvida de quantas gramas vão em um baseado, cerca de 1g ou menos?
  7. Olá, amigos Eu encontrei um baseado de um prensado no fundo da minha mochila escondido dentro de uma caneta (rs). Parece estar em bom estado, com o odor característico e tudo mais. Mas já fazem uns 3 meses aproximadamente que eu deixei o baseado ali. Queria saber de vcs se já aconteceu algo parecido. Fumarem um velho. Se faz mal e tals... Abç rapazeada
  8. marijuannita

    oculto

    experimentando depois de um mês de cura.
  9. ValleyRec420 faz sucesso no Instagram bolando os mais incríveis cigarros de maconha já vistos pela humanidade O sujeito é candidato automático a ser o cara mais legal da festa. Confira o seu trabalho: (Crédito: Reprodução/Instagram) (Crédito: Reprodução/Instagram) (Crédito: Reprodução/Instagram) (Crédito: Reprodução/Instagram) fonte: http://vip.abril.com.br/conheca-o-mais-talentoso-artesao-de-baseados-do-planeta/ instagram: https://instagram.com/valleyrec420/
  10. Campanha contra legalização da maconha repercute no Senado http://www.cenariomt.com.br/noticia/387552/campanha-contra-legalizacao-da-maconha-repercute-no-senado.html Publicado Quinta-Feira, 11 de Setembro de 2014, às 21:40 | CenárioMT com Agência Senado Uma campanha do movimento Brasil sem Drogas, contra o uso recreativo da maconha, repercutiu na segunda-feira (8), na quarta audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) sobre a regulamentação da substância. A série de anúncios foi veiculada em jornais de grande circulação do Ceará . “Você teria coragem de ser operado por um médico que acabou de fumar um baseado?”, diz uma das peças. “Você entraria num avião cujo piloto acabou de fumar um bagulho?”, questiona outra. As mensagens terminam com a resposta “se a maconha for legalizada, isso será normal”. Os anúncios acabaram virando meme nas redes sociais. Meme refere-se a uma parodia ou ideia bem-humorada que se espalha pela web. O primeiro a comentar a campanha foi o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que é relator de sugestão popular neste sentido (SUG 8/2014). - Eu vi uma página no jornal do Ceará que pergunta se você gostaria de ser operado por um médico que tenha fumado maconha. Acho que deveria colocar também por um médico que tenha tomado uísque – disse Cristovam. O senador, aliás, cogitou a possibilidade de propor uma espécie de “exame antidoping” para médicos, pilotos e outros profissionais. - Será que não deveríamos colocar uma lei antidroga, medindo se o médico, quando for entrar na sala de operações, fumou ou bebeu? Os jogadores de futebol não fazem exame antidoping? Deveriam fazer com médicos. Deviam fazer com pilotos. Deviam fazer com professores. Deviam fazer com profissionais de todas as áreas – teorizou Cristovam. Preocupação Moradora de Fortaleza, Diva Araripe, mãe de ex-usuário de drogas, manifestou preocupação com a possibilidade de pilotos atuarem sob efeito de maconha. - Já imaginou chegarmos agora ao aeroporto, pegarmos um avião e o piloto, por algum motivo- ou de frustração ou de alegria - faz uso da maconha. Qual é o risco? – questionou. Em resposta, Cristovam Buarque sustentou que o uso de qualquer substância pode acarretar riscos à segurança de passageiros e de pacientes, no caso de cirurgias. - Com o piloto bêbado, a senhora subiria no avião? – indagou o senador. Para o promotor público Sérgio Harfouche, diferentemente do álcool, os efeitos da maconha seriam menos “visíveis” nesse caso. - No argumento 'Você seria operado por um médico que estivesse usando maconha?`, o senador perguntou 'E o uso do álcool?`. Bom, quem usa álcool, na primeira golada tem um bafo que dá para saber. A maconha não tem o mesmo efeito. A maconha não tem a mesma visibilidade que o álcool, vamos ser honestos – disse. Próximo debate O próximo debate da CDH sobre o tema deve ocorrer no dia 22 de setembro e reunir o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ayres Britto; o diretor da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas, Joaquim Falcão; a subprocuradora-geral da República Rachel Dodge; e a pesquisadora Maria Gorete Marques de Jesus, do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP).
  11. Olá galera do growroom sou novo por aqui e estou com um problemão,fumo há uns 2 anos e gosto sempre de andar com um baseado pra aquelas horas, mais eu tenho medo de tomar uma dura, e em em casa minha familia é careta , resumindo queria dicas de como esconder a massa na rua e em casa pf ajudem. Um abraço e agradeço!
  12. Pessoal, a muito tempo tenho essa duvida e finalmente resolvi esclarece-la e procurei por ai e não achei a resposta especifica que queria Há o mito que diz que aquela "resina" marrom que fica no papel durante o uso e também acumula-se em bongs e etc... O mito afirma que nesta resina a concentração de THC é maior do que na maconha propriamente dita. Eu sei que na resina extraída diretamente da planta isto é um fato, e dela é feita o haxixe inclusive. Mas na cannabis prensada, de modo geral de baixa qualidade e comumente comecializada, há um alto acumulo de uma pasta marrom que vai se acumulando no papel e em qualquer recipiente em que voce fume. Seguindo esta teoria muita gente gosta de formar seus cigarros com as pontas dos anteriores, estando elas "resinadas" e por tanto tendo mais concentração de thc, aumentando a onda.. minha duvida é se realmente há uma concentração maior de thc nesta "resina" especifica. tenho a impressão de que não é verdade o mito pelo mal cheiro e gosto desta resina, me parece ter mais amonia e outras coisas do que propriedades psicoativas. se não fui claro, me ajudem a esclarecer melhor minha pergunta. desde já agradeço a ajuda.