Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'bad trip'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 18 registros

  1. E ai galera. Já fumei maconha ja faz um tempo e foi bem poucas vezes. Ontem resolvi experimentar com a minha amiga em casa e bolei um la pelas 19:00 da noite. No começo foi tudo normal, aquela sensaçao boa, muitas risadas, via a minha amiga viajando com as piras delas e me acabava de tanto rir. Mas de repente as coisas começaram a mudar. Começou a me dar muita dor na barriga e uma queimaçao extremamente forte. Eu comecei a andar em circulos, saia da sala e ia pra cozinha e ficava ando em volta do sofá. nisso foi umas 3 vezes segundo relato da minha amiga. Depois fui pro meu quarto e deitei na cama, ai o negocio ficou pior, achei que estava em um mundo paralelo de eternas repetiçoes e estava preso naquele pesadelo, tentava dormir pra ver se eu conseguia acordar e sair daquilo, tudo estava em loop, meu gestos eram todos repetitivos, eu nao controlava, levantei, e fui andar denovo, deitei no meio da cozinha, pedia pra Deus me tirar daquilo, tinha certeza que tinha morrido e aquele era o inferno, que seria viver eternamente com os sentimentos, dores, e pensamentos do momento que eu morri, sentia ancea de vomitar, meu peito pegava fogo, meu coraçao estava muito acelerado, minha cabeça estava tao quente que nao parava de passar a mao, fui tomar banho, voltei e deitei na cama novamente. Tudo começou novamente como se fosse um ciclo repetindo novamente, meu corpo tremia demais, via minhas pernas enquietas, eu queria sossego e paz mas nao conseguia, comecei a andar pelo quarto, tinha momento que vinha mais forte, o radio estava ligado mas o que eu ouvia era o eterno refrao da musica, aquilo era doido, comecei a pensar que eu tinha enlouquecido, o que iria pensar de mim? meus planos? minha vida? Em alguns estagios Deus comecou a falar comigo? eu clamava por Ele, pedia ajuda pra sair daquele inferno, eu abri uma biblia na cabeceira da cama e procurava palavras pra poder chamar Deus, liguei a tv em um programa evangelico como se isso pudesse me ajudar, aos poucos Deus foi falando na minha mente e explicando o que estava acontecendo comigo. Em partes ele falou que eu tinha morrido com um ataque cardiaco de aceleraçao do meu coraçao devido a maconha, que aquilo que eu estava vivendo era o inferno, de que todas as piores lembrancas da minha vida iria me acompanhar no inferno, eu tentava lembrar de coisas boas mas nao conseguia, essa era a forma de eu pagar, viver eternamente repetindo o meu leito de morte, Eu bati no quarto da minha amiga que tinha fumado mas estava bem, eu estava desesperado, contando o que Deus me falou, de que tinha recebido uma segunda chance de viver, ela falou que eu ficava serio denovo e dizia que eu tinha que voltar pro quarto pra continuar o "ciclo de repetiçoes" ,eu fui no quarto dela umas 4 vezes falando destas coisas, sempre falava e voltava pro meu quarto, durante a pira eu tomei uns remedios (nao sei porque) só sei que tinha que tomar, senti que queria me matar pra sair daquele pesadelo, escrevi umas coisas estranhas em uma papel. Segundo minha amiga eu tomei entre 5 e 7 banhos. A BT iniciou as 19:30 e acabou as 3:00 da manha, foram longos periodos de terror, mesmo quando ela estava mais fraca eu tinha medo de dormir e voltar para o pesadelo. acordei meio encabulado. isso foi tudo alucinaçao mesmo?, eu acredito nessas coisas de vida espiritual, será que foi um sinal ou que os pensamentos tomaram conta de mim e isso piorou a BT ? Aconteceu muito mais coisas mas eu nem consigo explicar. Alguem ja teve algo parecido? Eu só de tentar lembrar ja me deixa com medo. Foi algo absurdamente surreal e aterrorizante. desculpe pelos erros gramaticais, escrevi conforme ia lembrando das coisas.
  2. Boas pessoal, sou novo por aqui.. Bem.. Vim aqui falar porque à 7 meses eu andava a dar uns "bafos" numas ganzas com uns amigos e nunca me tinha batido.. a sensação era boa e só fumei umas 8 vezes(nunca fumei muito).. até que um dia fui fumar com os amigos na escola e fumei mais do que devia.. Começei a tremer todo, taquicardia, muito medo, e vomito(não tive alucinações nem dada parecido). Fui para casa e não consegui fumar mais no dia seguinte começei a tremer todo.. Talvez por crise de absistência.. De à 4 meses para cá que não me sinto o mesmo.. Tive muitos sintomas físicos e desde ai começei a inventar doenças, parece que ando meio lerdo e falo isto para os meus amigos e eles não acham que estou bom da cabeça.. Fui ao médico para ver o que se passava comigo.. A médica me diagonisticou ansiedade e me receito ansioliticos benzo mas eu não queria passar pela absistência e preferi calmante natural( desde ai tomo livetan). Já não aguento mais.. Já fui falar com a psicóloga e ela diz q isto é tudo psicológico q nao criou nenhum disturbio na minha cabeça e me mandou não pesquisar mais coisas na net q é o q faço para ver o q é isto de Bad trips, mandou fazer exercicio físico e dormir bem que isto passava. O que é certo é que eu estou ficando desesperado quero voltar ao que era antes, me sinto muito triste com remorsos de ter fumado.. Depois da trip voltei a fumar e a sensaçao foi musculos relaxados, por um momento pensei que estava a entrar outra vez num ataque de pânico, não aconteceu a bad trip.. Por dois dias depois de ter fumado parecia que tinha voltado a ser o mesmo, a ansiedade desapareceu mas apareceu numa tarde quando começei a estudar.. Mas prometi a mim mesmo não fumar mais nada. Estou limpo à 1 mês e umas semanas. de barriga, acho que criei uma gastrite, é muito chato alguem sabe algum chá ou tratamento bom para isto? Alguém ai já passou por isto e melhorou? Deixem a vossa expriência por favor.. Já agora tenho 16 anos..
  3. Oi gente Bem eu vou explicar o que aconteceu / está a acontecer comigo Já fumei erva há uns tempos e tive uma reação parecida, mas que durou apenas 3 dias no máximo. Fiquei um pouco lesada mas depois passou. O problema é o que aconteceu comigo desta vez. Fumei maconha, pouca até, e aconteceu isto: Comecei a sentir que estava a ver tudo “por fotos”, os meus olhos não acompanhavam o que estava a acontecer e parecia tudo em um sonho. O meu corpo ficou dormente e com formigueiro, como se estivesse anestesiada. Não sentia bem os movimentos. Coisas pequenas não as sinto, nem tenho bem noção da realidade. Por exemplo, não pressinto quando alguém se está a aproximar ou assim. Mas por outro lado sinto muito o toque, quando me encosto a alguma coisa ou assim. Não tenho os olhos vermelhos. Quando estou em ambientes de muito calor e apertados, tudo piora. Parece que estou a ter uma crise de pânico. Isto assim durou uns 4/5 dias. Estou muito assustada. Hoje, é sábado. Amanhã faz uma semana que fumei. Se tiver de dizer, estou 20% lesada ainda. Bem melhor, mas confusa. A minha mente pensa em coisas estranhas, tal como se tudo isto fosse um sonho ainda. Ainda tenho o corpo com sensações que não consigo compreender, e tenho muitas dores de cabeça. O que será que aconteceu comigo? Como posso ficar bem de vez? Obrigada gente..
  4. entao pessoal desculpe pelo texto que vou fazer agr mas eu preciso muito de ajuda, nao aguento mais viver assim, nem as coisas do dia a dia consigo fazer mas enfim eu um fds fui em uma rave, sempre usei doce, bala, md lanca enfim, nunca tinha ficado desse jeito, a 1 mes e meio, aconteceu essa rave, um dia antes eu fui pra uma tabacaria bebi e acordei de ressaca pra ir pra rave, nao conseguia comer por conta da ressaca, (sei que foi errado, deveria ter comido, mas blz) ate entao, fui, cheguei la, na madruga tomei um quarto do doce, tupa, foi uma brisa maravilhosa, ri dms, a madrugada toda, enfim foi dhr, dormi e acordei de manha p aproveita a festa, eu comi umas bolacha pela manha, mas nada que sustente, enfim tomei 1;4 dodoce o melancia, blz, umas 40 minutos dps um amigo meu me deu mais uma metade, e eu tomei um relinho de uma bala, iphone x, (gente sei que foi errado que exagerei)mas blz, ate entao de boa, tudo comeco quando eu baforei, depois de uns 15 minutos que eu ja tinha parado de baforar, eu comecei a ver a boca das pessoas verde, de todo mundo, ate entao p min era brisa, so que as coisas comeco a ficar feia dms, tava td mundo derretendo e ao mesmo tempo parecia que na minha visao a velocidade tinha triplicado demais,tava tuddo muito rapido, eu comecei a ficar mole, e desmaiando, meu amigo me levou pro ambulatorio, estava com a pressao 9,6, diz o pessoal que foi por conta da desidratacao, q eu n tinha comida,blz, vim p casa, me recuperei da loucura, suave, so qe ja se passaram 1 mes e meio e eu nao consigo viver em paz, eu tento focar e outras coisa pq meus amigos dizem que isso e psicologico do trauma que eu tive mas nao da, nao posso ir pra nenhum lugar que nao seja minha casa, ou ate mesmo tormar uma cerveja com colegas que tudo volta, meu coracao acelera, as coisas em velocidade rapida volta, minha visao n ta norma, parece que estou tendo visual, e isso me deixa e panico, ai eu me desespero e parece que vou morrer de enfarto, desmaiar, e comeco a entra em panico, vou passar no psicologo daqui dois dias, mas queria saber se ja aconteceu isso com alguem, se isso passa, pq eu nao aguento mais isso, quero ter minha vida de volta ao normal, ja fiz ate promessa pra deus que nunca mais vou usar droga, pq isso e horrive, vc ter uma brisa que voce nao esta buscando e parece que eu vou viver isso pra sempre
  5. Olá, sou novo no fórum e resolvi contar minhas viagens. Experimentei maconha aos 15 anos, depois disso eu raramente fumava, só em festinhas ou em ocasiões diferentes mesmo. Aos 18 anos comecei a fumar com mais frequencia. Hoje, aos 22, fumo maconha quase todos os dias, mas com controle total do meu consumo, pra não entrar no exagero. No meio do ano de 2012, comecei a ter fortes ondas com a maconha, comecei a ter uma espécie de "desconhecimento do mundo", junto a uma sensação incrível de desapego material e imaterial. Até então era controlável a situação, foi aí que numa tarde de domingo eu tive minha primeira bad trip com transtorno dissociativo, me bateu um vazio tremendo e do nada parei de reconhecer todo mundo que eu conhecia. No meu transtorno mental, as pessoas estavam perdendo suas personalidades, gente que eu conhecia há muito tempo, não fazia sentido mais pra mim. Eu não reconhecia meus amigos, nem meus pais. Olhava para minha própria namorada e não conseguia me lembrar da personalidade dela. Até mesmo os lugares em que eu sempre iam foram perdendo totalmente a identidade pra mim. Tudo foi ficando muito vazio, e foi então que resolvi pensar se era eu quem estava ficando vazio. Com muito medo, me mergulhei na psicologia e comecei a ler sobre transtornos dissociativos, inclusive bipolaridade. Talvez esse tenha sido um de meus erros, toda vez que eu fumava, a percepção do transtorno ficava ainda maior, e isso me fazia perceber ainda mais como eu estava com um sério problema. Havia pensado em procurar um psicólogo, mas resolvi esperar mais um pouco. Ficava horas pensando se a maconha havia me dado uma dádiva ou uma desgraça. Ao mesmo tempo que eu desconhecia as pessoas, eu passava a vê-las de uma forma totalmente diferente. A maconha havia me dado faculdades mentais maravilhosas, mas não era normal. Fiquei meses com essa nóia. Passei a tentar me controlar, mas era praticamente impossível controlar meus pensamentos, porque eram prazerosos. Comecei a me isolar, me afastei dos meus pais, dos meus amigos e até da minha namorada, que também fuma. No final de 2012 resolvi dar um upgrade na minha vida com a maconha. Criei horários pra fumar, também passei escolher bastante com quem e onde iria fumar, e isso me ajudou bastante. Passei a fumar em casa, e depois relaxar bastante ouvindo um pouco de Pink Floyd, que é o que eu adoro fazer. Hoje me sinto super bem, comecei a ter outras viagens com a maconha, mas ainda com vestígios do meu pequeno transtorno. Gostaria de agradecer o fórum por dar essa possibilidade de cada um contar seu problema, porque isso colabora muito com cada um. A vida é feita de experiências, e se cada um contar a sua, chegaremos a um compêndio final. Agradeço a atenção, um bom começo de ano pra galera do growroom, e prometo participar mais do fórum porque estou adorando. Há braços! :*
  6. Olá pessoal, tudo na paz? Meu nome é Pedro, e eu tenho 17 anos, eu uso a erva tem um bom tempo, mais de 1 ano, e eu na maioria das vezes fumava o prensadão, agora estou migrando pra "natura". A questão é que, muitas vezes quando eu fumo, eu sinto algumas coisas muito estranhas, eu acho que eu vou morrer, ou que eu vou surtar, que eu vou desmaiar, é como se as coisas viessem na minha cabeça como flashes, mas o meu maior medo que fica na minha cabeça é o de ataque cardíaco, fica na minha cabeça que meu coração está super acelerado e que eu vou ter uma parada cardíaca a qualquer momento se eu não me acalmar, e isso prejudica muito as minhas "ondas". Algumas vezes tenho trips maravilhosas, de rir muito, de ficar super inspirado e de uma percepção enorme das coisas, porém, quando tenho essas "bad trips" ou seja lá o que for, eu penso seriamente na continuidade no uso da erva. Para controlar meu uso eu havia comprado um pipe, e estava realmente ajudando pois eu usava muito menos, e conseguia controlar melhor a trip, porém me desfiz do Pipe. Eu não sou um usuário desinformado, eu pesquiso muito, me informo muito, vejo vídeos e leio textos, mas essa dúvida fica na minha cabeça. Será que apenas sou mais "sensível" a erva e tenho essas paranoias pelo uso grande ou será que eu tenho uma propensão para a esquizofrenia?
  7. Queria saber a opinião de vocês sobre algumas ondas que eu tenho sobre a cannabis, a primeira vez que eu senti efeito da cannabis foi a 3 vez que fumei, tinha comido eu começei a fumar dentro do carro indo pra praia, vidro fechado, depois de umas 3 tragadas eu decidi dar mais umas 3 fortes e prensar a fumaça, pra ver que onda batia, e depois de uns 10 minutos começei a ficar mole tudo ficou em câmera lenta e não conseguia concentrar nas coisas foi muito loko, ficava olhando pras arvores como se elas tivessem vida, e do nada começei a ficar paranóico, vinha muita coisa na minha cabeça, e me sentia que estava fora do corpo, como se estive na parte de fora apenas olhando meus movimentos, não conseguia mais falar estava eu e meu amigo, começei a suar frio meu coração disparou, e quando desci do carro vomitei tudo o que tinha comido o dia inteiro, fiquei imóvel, deitei no carro e começei a ouvir vozes, luzes no céu com ose fossem arco íris se movimentando em forma de onda, eu estava na praia olhava pro mar e via monstros em cima que foi muito loko, foi horrível fiquei nessa até que começei a enxergar tudo branco e meus olhos viraram, e acordei na casa do meu amigo, fiquei lesado e meio paranóico ainda no outro dia, me sentia estranho falei que ia parar mas quando meus amigos fumavam batia uma vibe boa riam de tudo a conversa fluía e eu ficava travado, e esses dias fui tentar fumar outra vez, mas dessa vez, colocamos no narguilé junto com essência, foi a quantidade de uns 3 becks mais ou menos, fumemos em 3, a brisa bateu fraca de começo mas depois estava começando a paranóia de novo, então eu deitei e não conseguia me concentrar meu coração acelerou de novo, e me senti fora do corpo mas de forma mais suave, então alevantei começei a assistir tv junto com meu irmão e viaja demais, via as pessoas falando pareciam que entravam na minha mente e me deixavam com medo, como se fossem me matar ou algo do tipo, mas depois de 1 hora passou isso e curti uma brisa boa a primeira que tive, tive altos papos, a conversa fluia que nem agua, mas não quero esse efeito ruim, não sei se era da maconha ruim ou sla, por que sou muito ansioso, não tolero frustações e tentei relaxar coma erva e acabou aumentando isso considerávelmente, não sei se tenho algum problema pscicologico, tenho tendências a pscicopatia, desde um laudo de uma pscicologa quando eu era criança, e quando eu faço o uso de mdma ou cocaína o efeito é ótimo, me sinto vivo, tenho medo de me viciar faço o uso a cada 2 semanas, por que quando eu estou no efeito me sinto disposto e criativo e é uma sensação única, escutei relatos que pessoas com problemas pscicologicos não podem usar nada do tipo, então o erro pode ser da erva? ou do meu stress
  8. Eae galera blz!? Eu sou novata e gostaria de uma ajuda de vcs: Fui experimentar com meu namorado (ele já havia fumado antes a alguns anos atras) e no entanto a coisa saiu fora do comum. Eu tive taquicardia bem alta, 140bpm, meu corpo ficou bem quente e relaxado, a brisa foi boa pra mim (tirando a taquicardia q me incomodou um pouco) Porem meu namorado foi diferente: Ele suava frio, não conseguia abrir os olhos, não conseguia falar direito, ficou gelado. Primeira coisa q pensei era medir a pressão cardíaca dele, e eles estava com 8/4 e 150bpm, teve alguns breves desmaios e só depois de 1 hora mais ou menos eu tentando ajuda-lo, ele conseguiu abrir os olhos e falar o q tava sentindo. Teve sonhos bem cabulosos, foi meio assustador! Horas depois da "brisa" sentiu muita dor no corpo, enjoo, fraqueza e uma bad inexplicavel. Eu senti essa dor no corpo junto da bad 2 dias depois, mas fiquei bem. Queria saber de vcs o q pode ter acontecido nesse caso... Foi prensada.
  9. Bom momento a todos nós, pessoal. De antemão peço perdão pelo texto. Meu problema se extende por quase dois anos, achei que dividir com vocês ajudaria na compreensão. Agradeço demais desde já qualquer atenção dada ao tópico, de verdade. Acompanho o fórum há algum tempo e só agora tomei coragem de me inscrever e postar aqui. Me sinto angustiado demais por meu problema não ter sido causado por excesso em demasia e por soar como "fraqueza", mas infeliz e vergonhosamente é uma questão que eu não consegui lidar sozinho. Vou fazer 24 anos. Uso a cannabis há cerca de quatro anos de forma esporádica, mas só há dois fiz disso um hábito. A história é familiar: tudo corria maravilhosamente bem até que uma noite sozinho em casa (depois de uma semana fumando muito e ter acabado de fumar um prensado de pessima qualidade) tive um ataque de pânico terrível. A paranoia pra mim foi tamanha que perdi o senso do que era ou não real, e caí numa espiral que ia desde brisa com demônios e afins até pensamentos instrusivos dos mais desnecessários possíveis. Dormi com aquilo na cabeça, na esperança de acordar melhor. Negativo, passei o domingo com medo, e naquela mesma noite, não fumei, mas bebi e tive o mesmo episódio de taquicardia, tremores e paranoia. A coisa se repetiu e se extendeu a situações sociais, mas nada tão péssimo a ponto de me constranger demais. Desenvolvi sudorose compulsiva (algo psicossomático pelo visto), tive insônia por alguns meses e os pensamentos intrusivos continuaram por um bom tempo. Fiquei um tempo sem usar nada e tentando lidar com essas questões sozinho. Até que voltei a fumar e, mesmo eu não "sendo o mesmo", acreditei que o melhor era desencanar, que o uso me "amadureceria" pra aprender a lida com aquilo. Isso foi no final do ano passado. Estava trabalhando, frequentava a academia e fumando cada vez mais. Acabei deixando o stress do trabalho e de algumas mudanças da vida influenciarem no quanto eu fumava (normalmente eu sequer me estressaria tanto, nunca fui cabeça quente e sempre prezei saber lidar com as emoções), cada vez mais eu ia aumentando a dose, ficando mais irritadíço e estressado e fumando ainda mais... Chegou a um ponto em que o stress, a falta de estímulo mental da rotina e o excesso de maconha (não sei ao certo se foi isso, mas passei a fumar pra olhar pro nada) fizeram minha cabeça entrar num estado alterado quase que constante. Perdi totalmente o trato social com os outros (sempre me comuniquei muito bem e tive vários amigos), passei por situações extremamente constrangedoras, minha auto-estima foi lá embaixo, não conseguia escrever uma mensagem de texto sem que me viesse um pico de ansiedade e eu passasse a pensar mil coisas além de absorver tudo de ruim emocionalmente. Tinha medo de LITERALMENTE tudo, o que se traduziu num comportamento fechado e naturalmente agressivo/enérgico, eu nunca, nunca fui desse jeito, não é minha natureza. Estou há meses mal saindo de casa, infelizmente não estou trabalhando pois mal consigo me comunicar normalmente com estranhos, ganhei muito peso e a depressão pegou forte. Me tornei uma pessoa que, francamente, não sou eu. Afastei praticamente todos os amigos e conhecidos por medo de me julgarem mal (não consigo concatenar um raciocínio sem ficar disperso ou demonstrar comportamento anormal no geral, parecendo meio "sequelado" ao falar). Cheio de amargura, sensação de não pertencimento e sentimentos ruins na cabeça, nunca fui esse tipo de pessoa. Sem que parece tudo uma frescura do caçete, tenho total noção. Estou morrendo de vergonha, mas infelizmente não soube lidar com isso tentando "deixar pra lá", acho que tem algo bem alterado, porém simples de resolver. Estou aos poucos melhorando, tentando meditar, voltar a fazer exercícios físicos e resgatar a vida, sei que fora essa confusão toda nada em mim mudou de fato, já consegui interagir tranquilamente em algumas poucas ocasiões. Mas em comparação a como eu era, minha situação ainda é precária. Alguém poderia auxiliar na compreensão desse fenômeno? Estou com muitas dúvidas sobre o que foi tudo isso e até hoje creio que a confusão e o não saber seja a causa de eu não conseguir me ajudar direito. Me perdoem nocamente pelo tamanho do texto. Obrigado de verdade por parar pra dar uma lida. Qualquer palavra ou insight açerca disso será de extremo auxílio, estou aberto a quaisquer sugestões. Abraço à todos!!!
  10. Olá, uhn, eu tenho 14 anos e fumei cannabis pela primeira vez recentemente, então tenho algumas dúvidas sobre isso. Me perdoem se coloquei no fórum errado, não sei usar esse site direito. Enfim, tive a experiência com meus amigos numa noite ok: tinha bebido cerveja antes e fumado alguns cigarros normais e estava bem de boa, até que eles decidiram bolar um porque tinham "pontas" sobrando. Já tive muitas oportunidades e minhas próprias primas já tinham fumado em minha frente várias vezes, mas dessa vez eu decidi provar. Dei uns dez tragos fundos no beck e não senti nada, exceto que não conseguia parar de sorrir. Depois de um tempo, começou a piorar de uma forma estranha. Eu sentia uma lentidão absurda e não controlava meus movimentos, apenas algumas vezes; havia alguns picos em que tudo ficava lento e vago e eu não conseguia falar algo com coerência e, outras vezes, eu percebia que estava realmente ali e sentia que poderia finalmente ter controle, mas, logo após, tudo voltava e eu falava lentamente, embora meus amigos relatassem que eu estava falando muito rápido e andando da mesma maneira, por mais que eu sentisse totalmente ao contrário em minha mente. Tinha apagões e tonturas frequentes, porém, que duravam apenas alguns segundos. Sentia que estava suando e tremendo, com meu coração batendo muito rápido, mas minha outra amiga disse que eu estava perfeitamente normal. Comecei a pensar que estava ficando maluca e vendo coisas que só eu via, além de achar diversas vezes que iria morrer, pois não passava logo, e eu queria que passasse imediatamente. Eu meio que tinha consciência do que fazia, tanto que contei para meus amigos o que sentia, mas eles estavam tão loucos quanto eu e quase não entendiam nada. Depois de umas duas horas sofridas, eu fui para casa e dormi, mas não foi um sono tranquilo como todos relatam ter depois de fumar a "erva". Acordei várias vezes durante a noite e sentia bastante falta de ar, mas quando realmente acordei no dia seguinte, pela manhã, sentia tudo normal. Provavelmente, já tinha passado. Queria saber se é possível ter "bad trip" com a maconha na primeira vez usando, pois fielmente acho que foi isso que piorou minhas experiências. Até jurei que nunca mais iria fumar de tão ruim que foi, risos. Agradeço para quem me ajudar nisso. Obrigada xx.
  11. Venomx5

    Galera da paranóia

    Bom, criei esse tópico pra galera que sofre algum tipo de "cisma" ou até mesmo acha que tem algum "transtorno" se orientar perante o uso da maconha, tópico com o intuito de compartilhar positividade exclusivamente, pra pessoas sensíveis que querem continuar a fazer uso, mas precisam de apoio psicológico por conta das malezas do mundo, você que é ansioso, que tem cisma com bad trip, ou outras coisas, sinta-se a vontade para esclarecer e encontrar pessoas com "piras" semelhantes, somos cheio delas, mas somos normais, quando estiver em uma cisma sinta-se a vontade para compartilhar e ser apoiado/ajudado.
  12. Salve! Esse é meu primeiro tópico, preciso mais um pouco de informação sobre esse assunto e sempre achei vocês do GR foda, bom, galera eu tenho sérios problemas com as viagens mais pesadas, quando f1 daqueles com o thc bem concentrado eu não consigo assimilar aquela viagem forte como algo bom e por fim entro em pânico, eu fico achando que vou morrer, sinto uma pressão no peito, o pensamento fica embaralhado, fico agitado, sinto frio, fico tremendo e etc... Bem, nessas horas, o que posso fazer pra que a bad baixe?
  13. Queria saber se existe alguem aqui no forum que tenha esse mesmo problema (sindrome do panico) e que fuma. Tipo, eu nunca fumei, mas queria. E devido a esse problema to com medo de fumar e me dar uma bad trip terrivel. Pois já tive varios ataques de panico medonhos sem mesmo ter fumado. Existe algum tipo de maconha específica que não desencadearia um ataque de panico em mim?
  14. Salve galera da growroom. Acompanho o fórum faz um tempinho, mas comecei a fumar faz muito pouco. Vou dar uma contextualizada rápida pra vocês. Primeira vez que fumei não senti nada, nem mesmo leseira e fome, segunda vez a mesma coisa. Na terceira senti um pouco, senti fome, pesamentos desordenados e euforia... Mas passou com o tempo e quando acordei no outro dia eu estava completamente normal. O problema foi da quarta vez. Com medo de não dar efeitos novamente eu fumei muito e exagerei (para alguns pode não ser exagero a quantidade, mas pra mim foi). Tive uma bad trip muito forte, percebia as coisas fora de dimensão, taquicardia muito pesada, medo de ficar louco para sempre, sentimento de culpa, não sabia diferenciar se aquilo era realidade ou sonho e tato diferente (meus toques pareciam mais sensíveis). A galera que acendeu comigo todos ficaram tranquilos e nenhum aparentou as mesmas coisas e 2 deles inclusive não tiveram brisa nenhuma. Por esse motivo sei com certeza que era apenas maconha. A bad passou e fiquei tranquilo, fui dormir e já estava bem melhor. No outro dia fiquei o dia todo meio lerdo e com o tato diferente novamente. A noite quando estava em casa a bad trip voltou mas bem mais tranquila. Eu conseguia controlar, mas as coisas voltaram a ficar sem dimensão, muita confusão visual, tato diferente e taquicardia aparente mas não verdadeira. Depois de um tempo passou novamente. Terceiro dia exatamente a mesma coisa. O dia todo tranquilo, a noite as ondas voltaram com os mesmos sintomas do segundo dia... Fui dormir pra ver se melhorava, acordei várias vezes a noite e sabia que estava meio louco. A dificuldade para dormir bem era grande. Acordei no quarto dia e NÃO melhorei! Fiquei vendo as coisas em dimensões confusas (pareciam estar em 2D e depois 3D, algo muito confuso) e meu tato continua sensível. Tive que desmarcar compromissos pois tenho medo de sentir essas coisas lá ou não ter passado até o horário. Li algumas coisas na internet sobre esquizofrenia, sequelas e flashback e gostaria de saber. Alguém de vocês já teve isso? Quanto tempo passa? O que fazer nos momentos de crise alucinatória? Obrigado e jah bless!!
  15. Bom pessoal, tenho 18 anos fumo maconha faz 1 ano ja ... Todos os dias tenho que estourar aquele danado , todos mesmos um cedo, um depois do almoço,e denoite é de lei ... , mais ultimamente não sei o que está acontecendo, pois acho que estou com essa chamada Bad Trip, mais nao na hora que eu fumo , é depois uns pensamentos estranhos, ultimamente estou com muito medo das coisas, tenho ansiedade , tremedeira, sempre preocupado , as vezes acho que vou ficar loco , as vezes choro , e depois de 20 minutos estou feliz denovo, o que ta acontecendo comigo ? São sensações muito estranhas ! Sempre preocupado tipo , fico me colocando em pontos de vistas, o que aquela pessoa pensa quando olha pra mim sabe, não to me conhecendo, não sei quem sou mais eu , estou perdido , não sei oque ta acontecendo , e sempre tive um pensamento fixo !!!!!!! Sera q é a danada mesmo pessoal o que será que é isso, to sempre preocupado , sempre pensando o que eles estão énsando de mim, me coloco em varios pontos de vistas, Esta meio estranho ... oque é isso ???? Sinto um frio dentro de mim, de tanto medo, ou " ANSIEDADE " todo dia varias vezes, é muito ruim ... Valeu pessoal !!!
  16. ganja.gab

    Dúvida: Sativa X Indica

    Galera, to com uma dúvida. A Cannabis Sativa te deixa mais agitado e panz... A Cannabis Indica é aquela que te "prende no sofá" certo ? Diversas vezes vi a galera aqui indicando pra pessoas que tem bad trip tipo com umas paranóias e panico a fumar indica. Mas... Se ela ficar hiper chapada com uma Indica presa no sofá... Ela não teria uma bad trip maior por ela ficar bem mais devagar ? Se eu estiver errado me corrijam por favor. Jah Bless
  17. Chico da maconha

    Bad Trip ?

    Seguinte galera, ontem eu fui fumar um, e pa... Local meio tenso, parece q estava escutando alguns passos d vizinhos na casa ao lado mas fumei la mesmo, e sempre tenso olhando pra ver se ninguem estava me observando, dai comessei a ver coisas caindo do céu (?) dai fui pra dentro, fui pro pc, dai senti uma 'dor' no meu coração (eu sou gordo e fico pensando mt em ataques cardiacos,etc) . dai sai correndo, tomei uma agua, de repente meus braços comessaram a ficar estranhos (a dor no coração ja havia parado), tipo, eu mechia eles e parece q n tava mexendo sla... E minha esposa colocou a mao em cima do meu coração e ele estava acelerado. Eu comessei a imaginar q estava passando mal e acabei ficando. dai tomei um banho de agua fria, e tudo parou... seria isso uma bad trip ?? (ps, nesse dia decidi fumar so a noite e de dia estava a fumar tabaco.) ps. isso aconteceu uma vez, assim que eu comessei a fumar maria