Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'Tomando o efeito pela causa.'.



More search options

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Avisos
    • Avisos
    • Bem Vindo ao Growroom
    • Blog
  • Cultivo
    • Informações Básicas
    • Solos e Substratos
  • Outros temas relacionados
    • Notícias
    • Ativismo - Cannabis Livre
    • Segurança e Leis
    • Eventos e Competições
    • Cannabis e a Saúde
    • Cannabis Medicinal
    • Comportamento
    • Culinária
    • Artes, Filosofia, etc
  • Multimidia Cannabica
    • Galeria de Fotos
    • Galeria de Vídeos
  • Cultivo Medicinal
    • APEPI

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Encontrado 1 registro

  1. Ae, não sei quem assistiu o Jornal da Cultura de ontem (08/08), mas vou postar o link que exibe uma matéria sobre o crack e entrevista no estúdio um dos viciados que aparece na reportagem. O curioso é o cara afirmando, com ar de autoridade, que a maconha é a porta de entrada para outras drogas. Ele esquece de duas coisas: primeiro o óbvio que é o álcool e o tabaco. Segundo, que ele comete o erro de tomar o efeito pela causa, i.e, o vício aguça a curiosidade e não o contrário. Assim, o depoente acha que quando se vicia em uma droga você quer mais ou outros tipos, quando na verdade, se quiser outras drogas para experimentar. Quem não ouviu ou já foi vítima do famoso "beba/fume um gole/trago só pra experimentar". Cabe notar a intervenção do participante Airton Soares na mesa do jornal com relação ao álcool. Enfim, a questão é que o cara falou algumas verdades (todas) sobre o crack e algumas mentiras (todas sobre a maconha, claro). Assistam e dêem suas opiniões. Link para o vídeo: http://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura/jc20110808bl1