Ir para conteúdo
Growroom

silvaw

Usuário Growroom
  • Total de itens

    1226
  • Registro em

  • Última visita

Sobre silvaw

  • Data de Nascimento 02/03/1986

Profile Information

  • Gender
    Male

Últimos Visitantes

1430 visualizações

silvaw's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

479

Reputação

  1. Procure um advogado ou defensor público. Será preciso uma ação na justiça para obtenção da autorização. Ou planta no peito e apresenta caso seja pego.
  2. Galerinha, vamos pensar. Esqueçam quem ganhou pra presidente. Muitos focam nisso, e ao meu ver perdem tempo e energia raciocinando pelo ponto de vista equivocado. A polícia federal (quem investiga) e a justiça federal (quem julga, decide) tem aliviado as importações. De igual modo o STF tem sido, em regra, favorável ao usuário. O PODER JUDICIÁRIO É DE CARREIRA, NÃO SOFRE INFLUÊNCIA POLÍTICA. Entra e sai presidente e os juízes são os mesmos. Com o Moro na PF (que investiga, não decide) a tendência, ao meu ver, é isso só se consolidar. Ele é estudado, morou na América, sabe que nós, usuários, combatemos o tráfico. O STF deve julgar ano que vem se usuário deve ser considerado criminoso, INDEPENDENTE da política que o governo implemente. Estamos longe sem dúvida da legalização em virtude da bancada evangélica, católica, farmacêutica e outras. Nossa legalização não está na mão da política, pois ninguém tem c#$ pra defender nossa causa, nossa chance Está Na mão da justiça, em específico, do STF. EU SUGERI LÁ ATRÁS ESSE HABEAS CORPUS preventivo e parece que alguém leu ou pensou igual. Mas antes de eu falar ninguém havia postado. Volto a sugerir que alguma empresa, associação ou loja tente HC para vender sementes, já que há um sem número de decisões dizendo que semente não tem thc, logo não sendo droga. E se não é droga não há impedimento.
  3. Bom dia casinha! Lá atrás eu levantei essa possibilidade do HC preventivo e logo depois (coincidência ou não) começaram as notícias do HC preventivo concedido. Não sei se leram minha dúvida e alguém tentou a sorte ou se coincidência mesmo. A nova pergunta é : não seria possível que alguma associação ou loja tentasse alguma medida legal para vender sementes legalmente, uma vez que decisões recentes tem afirmado que sementes de maconha não são maconha por não conter THC?
  4. Obrigado pela resposta irmão! Mas vamos lá. Para quem cultiva há risco de ser preso, correto? Não caberia um hc preventivo? Desculpa a ignorância, mas vislumbro esse risco. Ainda que ao final possamos ser encarados como usuário e sermos livres ou inocentados. É que é foda meter o louco, ninguém quer dar as caras, mas sei lá. O judiciário não pode se negar a apreciar uma pretensão, e na medida que um eventual flagrante baterá as portas do judiciário não vejo como muita aberração Antecipar se para se declarar usuário. Sobretudo se você interpretar que usuário não é punido com prisão não seria de tudo uma aberração buscar uma declaração judicial sobre essa condição. Assim caso a polícia chegasse tu teria um documento neste sentido. SE ESSA TESE FUNCIONASSE seria nossa salvação. Foda é encontrar um juiz com coragem pois certamente seria notícia de jornal nacional.
  5. Alguém sabe se é possível de alguma forma se declarar usuário para pedir autorização para cultivo? Meio doido mas se algum juiz autorizasse o usuário ele poderia cultivar sossegado.
  6. Assinado. Só acho o exemplo do Ras complicado. Tinha menor na parada, enfim....
  7. Hoje eu procuro de alguma forma "documentar" tudo. O cemitério de pontas (cada bituca com meu DNA) que sou obrigado a fumar quando não tenho fumo, fotografo as colheitas verdes, o material seco, os problemas etc. Tenho um diário fotografico de cada cultivo pra eventualmente demonstrar que sou usuário. Plantação de maconha é plantação de maconha, nem se compara com cultivo caseiro. VAI DAR TUDO CERTO IRMÃO!
  8. Explique também a ABSURDA diferença entre erva seca e verde, que se reduz a 25% do peso original, se conseguir fotos de buds verdes e buds secos. Se precisar irmão envia uma MP que lhe ajudo. VAI DAR TUDO CERTO!
  9. Tbm acho que não tem nada a ver. Podem ter te parado por loteria (denuncia alguma) e você foi sincero. Se falasse que não, seria não e não daria nada. Tu só foi pra delegacia pq confessou portar um baseado. O baseado e a delegacia são uma coisa autônoma, independente, será desenrolado no juizado especial, Ter a planta em casa, ainda mais UMA, çao confirma que você é traficante (segundo a suposta denuncia), apenas corrobora que tu é usuário, usuário confesso inclusive. Você já tem opinião contra e a favor rsss, agora é contigo!
  10. 1- Não achei tópico semelhante e perdoem se postei no local inadequado. Estava assistindo uns vídeos de cultivo indoor com narrativa pro liberação e tive uma idéia: que tal publicarmos em sites, growroom inclusive, frases como: JUIZ, CULTIVADOR NÃO É TRAFICANTE! E substituir por PROMOTORES, POLÍCIA, ANVISA, DELEGADOS, DEPUTADOS, SENADORES, SOCIEDADE, DONAS DE CASA etc. Acredito que seja uma mensagem de massa mais direta em cada vocábulo empregado. Acredito que psicologicamente seja mais profunda e pessoal. Acho legal também usar, sempre que possível, faixas com dizeres do gênero nas audiências públicas, marchas da maconha ou outras situações. 2 - Outra idéia também, talvez surreal, seria tentarmos sugerir aos canais de tv que reproduzam de alguma forma a vida de um grower na tv. Me parece bastante difícil, mas não impossível que algum autor aceite a proposta. É fato que os temas polêmicos lá tratados (drogas, câncer, homossexualidade etc) caem em discussão mais ampla. Temos tido avanços significativos nas mídias mas de uma parcela mais culta, interessada, e portanto menor em nosso pais. O preconceito dos mais velhos (geração da minha mãe) não vê debate sobre drogas, já muda de canal. Enfim, talvez seja muito difícil, mas fica a sugestão.
  11. Vai resolver bosta nenhuma essa lei. Policial vai levar pra delegacia do mesmo modo SE REALMENTE QUISER LEVAR (vai falar que não tem como pesar) e vai liberar na boa ou após um tapa ou propina quem ele QUISER LIBERAR. Enquanto não liberarem ou regulamentarem estaremos refens da boa ou má-fé dos agente da lei. Se a casa cair os homens da lei não querem saber se tu cultiva pra pessoal ou trafico, tu vai rodar, suas plantas, de repente materiais, e até você explicar que é usuário já passou uma puta vergonha, humilhação, tomou tapa, foi preso e o car/*&*. Essa lei não muda nada na pratica. Os abusos continuarão a ocorrer. Eu não conheço ninguem que a casa caiu. Não sei como cai. Pq o só fato de cultivar, mesmo com denuncias e tal, não justificaria, ao meu ver, a expedição de mandado de busca e tal. Tu vai usar da força, truculência pra findar em uma advertência? Tão de sacanagem. Só deveria ser possivel invadir uma casa para INVESTIGAÇÃO de trafico após vários indicios, movimentação suspeita e tal. Agora o só cultivo? muita babaquice Quem cultiva não o faz pra cinco dias. Faz pra um ciclo. Querem o que? que voltemos pras mãos do trafico? Fazer lei com achismo é foda. Tem de ouvir quem consome, quem planta, dar oportunidade do contraditorio, democracia. Fazer mais uma lei injusta, sem senso prático.
    1. Mitocondria

      Mitocondria

      basicamente querem que voce tenha uma rotatividade com o traficante.. so pode... o cultivo caseiro pra uso proprio é algo que devia ser venerado e nao preso.

    2. silvaw

      silvaw

      Moralismo burro. Só olhar pros nossos pais, avós que vemos isso aqui perto. Lá em Brasília não seria diferente. Só tem múmia e pastor fanático (mas ladrão)

  12. As vezes penso que o tráfico tem de tocar o terror para verem que estamos do mesmo lado. Que somos parte considerável, senão integral da solução. Mas como não desejo mal a quase ninguém logo esqueço que tive esse pensamento rsss
  13. Oi Vikkk tudo bem? Continuamos na torcida, tudo vai dar certo, mantenha-se tranqüila! Hoje o que existe é um inquérito. Ou seja, está apenas no âmbito policial. Portanto alguma consulta que possa ser feita se dará no site da pf, se houver. Acredito que só encontre no site do mpf inquéritos promovidos pelo mpf, geralmente inquérito civil. Somente poderá consultar no site do trf (tribunal regional federal) de sua região, veja no Google qual trf abrange seu estado, quando o inquérito chegar nas mãos do juiz. Não sei se em caso de arquivamento (certamente seu caso) apareceria o seu nome tbm, ou se só no caso de o promotor oferecer denuncia (pedir que o processo siga, e você terá oportunidade de se defender, recursos, etc). Importante que mantenha seu endereço atualizado para saber que fim deu o inquérito. Melhores respostas virão! Boa sorte
×
×
  • Criar Novo...