Mike Litoris

Usuário Growroom
  • Total de itens

    630
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    2

Mike Litoris last won the day on January 1 2015

Mike Litoris had the most liked content!

Reputação

343 Excellent

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Que gracinha mano, boa sorte na nova empreitada. Em 1m² quantos desse são necessários pra entregar uma flora com vigor ? Sem adição de co2 que por enquanto pra mim n é uma realidade. Futuramente quero ampliar meu grow de flora que hoje tem 0,36m² tenho fumado igual um animal selvagem preciso ampliar.
  2. A proibição é prato cheio pra vigarista, inclusive traficantes. No mercado legal as empresas (não só as de cannabis) já deitam e rolam em cima da gente imagina no mercado ilegal. É pó misturado, lsd amargo, mdma falsificado, erva prensada que as vezes o cara fala "essa ta mais cara pq é hidropônica" pessoal compra finge que acredita n vai arranjar treta com cara armado, e agora o mercado de maconha gourmet onde os traficas vivem enganando os playboy que pagam mais de 80 conto o grama num bud mal flushado que se quer foi curado e ainda os caras mentem na genética, dizem ser as famosas ganhadores das cannabis cup da vida pra cobrar mais caro. Já fumei aquele semi prensado colombiano melhor que muito " bud gourmet " inclusive prensados paraguaios melhor que muito bud por ai. Esse mercado ta forrado de pseudociência e enganação, desde os setups de luz até os fenótipos das grandes empresas sacanas legalizadas no exterior. Cada um faz oq quer com a grana, mas se quiser aprofundar no cultivo e trazer um pouco de verdade pra dentro do grow é parar de nadar na superfície e mergulhar no assunto sobre genética que inclusive é extremamente desconsiderado na maioria dos cultivos. Tem gente que escolhe fenótipo pela cor da planta, terpenos, produção mas esquece de pesquisar sobre resistência da planta, se a genética é forte contra pragas e virose, se tem fortes tendencias a hermar no processo e coisas do tipo, e por final desconsideram onde o fenótipo foi desenvolvido, escolhem um feno que foi selecionado e estabilizado no outdoor e jogam pra dentro do grow com outro setup de luz, outro tipo de solo, diferentes taxas de umidade e temperatura e no fim do cultivo culpam o fenótipo pela péssima produção e falta de vigor. Galera fica comparado luz, fert, qual melhor solo do mundo, qual melhor led do mundo e fecha os olhos pra genética.
  3. Concordo em gênero, numero e grau sobre ficar trocando nome e sobre genéticas. Estive no Uruguai e mesmo assim achei bem complicado achar genéticas sólidas. Claro que a viagem n teve as seeds como principal objetivo mas fui em algumas growshops que obviamente tinham seeds mas nada de seed regular feita por breeder de qualidade indicando da onde veio o feno. Muita growshop querendo te empurrar semente automática que eu particularmente fujo. Infelizmente não deu tempo de ficar por lá e sair caçando ótimos breeders uruguaios que com certeza deve ter, só encontrei empresas que a gente já conhece a má fama. Trouxe BSF e dinafem pq lá saiu relativamente barato e pq n encontrei a galera confiável tipo Karma genetics, Humboldt, ACE seeds, tinha growshop que nem conhecia essas marcas Pra quem costuma fazer viagem pra fora melhor esquema seria Europa ou EUA
  4. Reza lenda que a PF tem acesso as transações das growshops do Brasil, se alguém gasta muita grana numa única compra, tipo chega lá e gasta mais de 15 mil reais de uma vez dependendo de quem for a pessoa tem chance de começar a ser investigada. Real que se a PF estivesse afim de foder geral e apertar o calo estriamos todos fodidos.
  5. Acho que a pessoa pode comprar o pack de seeds mas sabendo que pode estar sendo enganada, agora a pergunta é a seguinte, se mesmo enviando de dentro do Brasil esses pedidos estão sendo apreendidos não compensa pedir de um banco de sementes confiável mesmo vindo de fora? Já que vai sair na chuva se molha de uma vez se for pra rodar pelo menos deixa na mão da PF genéticas de qualidade né galera! hahahaha Eu n sabia que andava caindo até pedido interno, se o interno anda rodando não valeria a pena importar? Eu to num momento bunda mole pra isso prefiro manter os fenos que já tenho do que arriscar seeds, mesmo sabendo da instabilidade na genética deles, gostaria muito de pelo menos ter 1 genética confiável mas por enquanto n vai rolar, ta me faltando grana e coragem. Bulk seeds é uma coisa e semente de prensado paraguaio é outra, obviamente tanto do bulk quanto dos prens vc pode achar ótimas genéticas e selecionar elas pra perpetuar. Já plantei pren e semente de bulk e comparando com as experiências que eu tive mesmo não sendo da genética que diz que deveria ser as de bulk tiveram um desempenho muito mais vigoroso que qualquer pren aqui já tive no indoor. Os prens que eu tive estavam muito bons de gosto mas com flora longa, planta mirrada cheia de folha, fluffy bud. Eu infelizmente nunca trombei com um pren de budzão pedrado com bastante produção de resina. Mas já vi alguns usuários felizardos no GR levando uns prens bem gordos na flora. Pra garantia de receber a genética que vc quer n tem jeito, tem que ser direto da fonte, breeders que entregam os detalhes das cruzas que fizeram.
  6. No mínimo do mínimo pra florir com vigor 250w de HPS, led não vou indicar pq tem tanto parâmetro no mercado atual que já n sei mais oq indicar, mas tem um pessoal que manja absurdo de led aqui no fórum, pode dar uma olhada se tiver interesse. Esse tb sobre led
  7. Vai depender das proporções, o assunto é longo eu recomendo essa leitura aqui pelo menos, ler esse tópico vai ser melhor pra vc do que eu ficar explicando coisas picadas. Esse tb irmão, bons estudos
  8. Boa ela não é, vc vai precisar de mais luz durante a flora, mas se é tudo oq vc pode ter no momento é a melhor pra vc. A hora que tiver uma grana sobrando deveria ser seu primeiro upgrade, trocar por um setup de luz melhor. O que seria terra convencional ? N tem material aerador no seu solo? Perlita, fibra de coco, etc.... Por exemplo se for 100% terra vegetal vai virar um bloco de pedra isso ai. Tem muita receita boa de terra no youtube da uma pesquisada, o problema pode ser seu solo, sem foto fica complicado, mas se n tiver material aerador já garanto que muito provavelmente vai ter problema com a cannabis.
  9. Tenho sensação que não é por mal, tem muito usuário antigo que provavelmente não acessa mais o fórum. Em partes acredito que a culpa seja do Instagram e a correria do dia a dia pra quem leva uma vida mais agitada, o Growroom começou em 2002 se não me engano, de lá pra cá cresceu demais o lance de redes sociais, vejo o Instagram forrado de growers inclusive growers que eram daqui e não atualizam mais o diário nem interagem mais com o fórum. Fora isso tem o Youtube que atualmente tem zilhões de vídeos sobre cultivo, tem muita comunidade no facebook tb, acho que tudo isso deu uma contribuída pra diminuir as atividades do fórum.
  10. Ai que mora o problema, pessoal no growroom tem horror a preguiça. Esse tópico ensina a postar foto no GR sem ter que redimensionar, agora n tem mais desculpa pra n criar diário Boa sorte nos cultivos
  11. Eu não faria isso, n tem tanta folha assim pra sofrer desfolhação, n vejo necessidade de estressar a planta
  12. Então irmão respeitosamente discordo dessa parte, não acho que a ciência está em batalha com a natureza apesar do ser humano não conseguir viver em harmonia com o planeta Terra, inclusive por meio da ciência a gente consegue estudar mais afundo e entender a complexidade de diversos processos naturais, inclusive o planeta está entrando em níveis alarmantes justamente por autoridades estarem cagando pros cientistas que estão alertando faz tempo. Essa ciência que nos proporcionou a tecnologia pra criação do indoor, no Brasil não vejo vantagem no indoor pra diversas regiões, mas o indoor é fundamental em várias partes do mundo não só pela ilegalidade da planta mas tb pelo clima do local como por exemplo o Canada onde vc n tem saída a n ser o indoor, tem regiões que atingem -20cº. Mas se tiver que optar por led vs luz solar tendo possibilidade de usar a luz solar não pensaria nem 1x. É colocar uma lampadinha pra competir com complexidade do Sol que nos entrega uma luz absurda através de fusões nucleares, fora isso as plantas crescem sob o Sol a milhões de anos. Bastar olhar aqui no GR, pessoal do outdoor que sabe oq ta fazendo ta sempre forrado de flor até o talo, é tanta flor que a galera faz mil extrações e ainda sobra ganja pra fumar a vontade. Infelizmente eu nunca tive oportunidade de cultivar outdoor mas se legalizar mando as plantas pro outdoor sem nem pensar. Ou no mínimo faria um mix de indoor/outdoor
  13. Eu particularmente iria de outdoor com certeza se estivesse liberada. A energia solar é grátis e vejo colheita de quilos dessa galera do out.
  14. @Resinaldo É o tal do "bulk seeds" que o pessoal comentou aqui, quando a gente compra dessas empresas que a gente não sabe a procedência muito provavelmente vai levar balão na genética. Os caras não são breeders, compram uma porrada de semente a granel da Europa, cada uma valendo uma merreca por conta da quantidade, empacota com um apelo visual estético no pacote e revende por 50 reais uma única seed, não precisam se preocupar com o strain, só com o marketing e o design de pacotinho, genética instável e germinação duvidável. Dá muito trabalho ser um breeder sério para empresas que estão com pressa absurda de ganhar dinheiro e mercado nem que tenham que sacrificar ao máximo a qualidade do produto pra isso. Resumindo o Black Flag tem razão, melhor um dedo verde breeder menos famoso fazendo oq sabe do que esse monte de empresa fajuta comprando "bulk seeds" que pipocou no mercado da cannabis. ps. problema não é nem ser ou não ser breeder, mas empresas distribuidoras que agem de ma fé na hora de comprar as seeds. A empresa que revende não precisa necessariamente manjar 100% de genética, mas poderia ao menos trabalhar com breeders confiáveis e nem todas empresas fazem isso.