Ir para conteúdo
Growroom

lemmykilmster

Usuário Growroom
  • Total de itens

    100
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

43 Excellent

2 Seguidores

Últimos Visitantes

441 visualizações
  1. Cara desculpa a dúvida, mas vou fazer a primeira compra e é um valor considerável, o Hipersemillas é confiável mesmo? Ta chegando?
  2. Galera, quero fazer uma compra de sementes no Hipersemillas, do Royal Queen Seeds. Pessoal sabe se ta chegando? A compra é meio grande e é a primeira vez que faço então fico preocupado.
  3. lemmykilmster

    Indoor do Lemmy

    Primeiro indoor, organico e medicinal
  4. Cara, isso depende e MUITO do uso para o qual se destina. Na sua forma crua, o THCA não é facilmente assimilado pelo corpo, ele precisa passar por um aquecimento para descarboxilar e se tornar biodisponível para o sistema endocanabinóide. Quando você ingere, o THCA é processado no fígado e se transforma em THCV que dura mais tempo e é mais forte. O rick simpson oil nada mais é do que uma extração dos terpenos e canabinóides presentes nos tricomas da planta em forma de óleo. Então não necessariamente o ideal é ingerir. Para as fibras e para alguns nutrientes de fato é melhor, mas para efeitos mais ligados ao sistema endocanabinóide a absorção sub-lingual de óleos e tinturas ou inalar é o melhor método. No caso de náuseas, fumar um baseado pode ser muito mais interessante do que comer um bud, porque o efeito é imediato. Para dificuldade de sono, o interessante é ingerir oralmente, uma vez que a pancada é mais forte e dura mais tempo, então come antes de dormir e capota. A pessoa precisa pesquisar acerca da sua doença e verificar quais terpenos ou canabinóides podem ajudar e qual o melhor método de entrega do medicamento. Se em farmácias vemos xaropes, cápsulas, comprimidos, soluções líquidas e toda sorte de formas de entrega de medicamentos é porque cada doença e cada condição têm a sua forma eficaz de aporte. Pesquisa é sempre o melhor caminho. E busque LIVROS. A internet é maravilhosa mas nada substitui um trabalho acadêmico bem feito e bem compilado na forma de um livro. Abraço
  5. cara ventilação é tudo! Nao sei como funciona esse esquema de evaporar naturalmente pois nunca fiz, mas acho que o ideal é voce aquecer ele de leve, nem que coloque num vidrao de conserva e depois na cafeteira..
  6. Cara, pelo que li a doença do teu velho é semelhante a uma artrite, então te mando o material que tenho. Artrite e fibromialgia talvez... Da uma olhada, é uma ajuda http://www.growroom.net/board/gallery/image/336778-artrite-1/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336779-artrite-2/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336780-artrite-3/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336781-artrite-4/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336782-artrite-5/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336767-fibromialgia-1/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336768-fibromialgia-2/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336769-fibromialgia-3/
  7. Algumas páginas do livro conforme o pessoal precisar!
  8. http://www.growroom.net/board/gallery/album/12454-conteúdos-livro-cannabis-pharmacy/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336767-fibromialgia-1/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336768-fibromialgia-2/ http://www.growroom.net/board/gallery/image/336769-fibromialgia-3/ Cara, sou novato aqui e nao sei se deu certo o upload, mas ta ai
  9. Cara, muito obrigado pela ajuda! Sou novato no GR e apesar de ter lido no tópico as regras, alguma coisa nos escapa! Vou abrir o tópico lá. Valeu!
  10. O óleo alegadamente pode restabelecer a apoptose das células cancerígenas e matar o tumor. Mas os resultados das pesquisas ainda são preliminares e não são conclusivos. O câncer de cérebro parece ser o mais promissor. Mas de qualquer maneira, o óleo é uma alternativa interessante se você tiver como produzi-lo. Se você for tomar, para câncer o mais indicado é o sub-lingual, deixa o óleo embaixo da lingua uns 5 minutos que ele absorve mais rápido os princípios ativos. Sou usuário a cerca de dez anos, a principio recreacionalmente, mas aos poucos fui conhecendo melhor essa planta e percebi o potencial curativo dela. Atualmente a utilizo pra tratar ansiedade, insônia e stress. Minha mãe está se tratando de câncer no cérebro e estamos usando o Hemp-oil, ainda que de qualidade muito inferior porque não tive colheita e precisei recorrer ao prensado (ainda que seja um bom prensado, será sempre prensado) e o vaporizador para conter as náuseas da quimioterapia. Por enquanto não pude avaliar o hemp-oil pois não realizamos nenhum exame que possa mostrar o resultado, mas para a náusea o resultado foi impressionante e imediato. De dias vomitando após a sessão, sem comer nada e indo parar no hospital algumas vezes, passamos a zero náusea, uma larica saudável e uma melhora na qualidade do sono. Realmente impressionante o benefício da cannabis para o paciente de quimioterapia. Estou fazendo uma empreitada: tenho o arquivo digital do Cannabis Pharmacy - A Practical Guide do Medical Marijuana do Michael Bakes, que é um excelente livro, extremamente completo e explicativo. Vou traduzi-lo para o portugues, em versão digital, e disponibilizar, porém o livro é extenso e se outros colegas puderem ajudar, seria um projeto interessante. Podemos entrar em contato com o autor pra evitar problemas, e explicar nosso intuito. Bom, eu vou traduzir o livro com ou sem ajuda, mas claro que o tempo que isso vai levar vai depender de quantas mãos estiverem no projeto. Quem tiver interesse em ajudar, manda um MP
  11. Cara, Realmente o THCA ele tem propriedades antiinflamatórias, mas ele é convertido em THC pelo calor da queima do fumo. Talvez existam maneiras mais tranquilas de administrar, importante você ler sobre isso. Cada condição tem sua maneira eficaz de ingestão e precisa ler a respeito disso. Pelo que eu entendi a doença do teu pai é semelhante a outras inflamatórias crônicas, então o mecanismo de tratamento deve ser igual. Da uma olhada nesse livro http://www.saraiva.com.br/cannabis-pharmacy-the-practical-guide-to-medical-marijuana-8103103.html Ele custa 65 reais, nao é um grande investimento, e como paciente e filho de paciente de cannabis eu posso afirmar: vale a pena. Você talvez encontre o E-book dele na net pra baixar tb, lá tem um catálogo de doenças onde o cara descreve a doença, histórico do tratamento dela com cannabis, eficácia (se vale a pena, se tem remédio melhor, diferenças entre cannabis e os remédios tradicionais), mecanismo de ação da cannabis no corpo, método de ingestão adequado, dosagem, quemótipos indicados e por fim as variedades populares indicadas pro tratamento. Da uma conferida, pode te ajudar!
  12. Cara, chegando em casa posto, tirei a foto ontem. No livro que tenho existe um catálogo de doenças e nesse catálogo ele explica o que é a doença, qual a eficácia da cannabis no tratamento (se é bom, se não é tanto, se tem remédio melhor, se não tem, qual a diferença entre cannabis e as medicinas convencionais), qual o mecanismo de ação da cannabis no tratamento da doença (de forma ela age no teu corpo), dosagem, métodos de ingestão mais indicados (se é oral, vaporizado, óleo, etc), quemótipos indicados (composição de uma strain para que ela sirva pra essa doença) e as variedades mais populares que servem pra tratar aquela doença. Peguei a parte de fibromialgia e vou te mandar, único problema é que ta em inglês.
  13. Idem do Ereima, também estou tratando câncer com cannabis e tenho bastante informação! Pode mandar mp ou perguntar aqui que to à disposição! E quem ler em inglês bem, o livro do Bakes é realmente espetacular, vale o investimento. Até aprendi a fumar no Pipe direito, estava fazendo errado a vida toda! HAHAHAHA descobri que nao pode queimar a erva, só aquecer ela com o isqueiro. Essa eu não sabia! hahaha
  14. Cara, se você lê bem em inglês eu te disponibilizo um material que tenho sensacional, que vai te explicar tudo que você precisa saber.
  15. Galera, eu tenho feito o óleo já tem algum tempo e os resultados com alcool isopropílico são ótimos, compro em farmácia de manipulação a R$ 36,00/l. Panela elétrica, essas de arroz, é o que há. Uso mais ou menos 20ml/g de cannabis em duas lavagens. Dichavo bem, coloco em um pote plastico com alcool (metade do alcool, no caso), misturo bem por uns 5 - 10 minutos, passo pelo filtro de café, coloco novamente a erva no pote e faço a segunda lavagem, misturando por outros 5 - 10 minutos, novamente no filtro de café. Isso vai te dar um alcool com cor verde forte. Esse alcool vai pra panela elétrica e ferve até evaporar quase por completo. Quando estiver no finalzinho, adicione um pouco de água (uma colher de sopa) e continue fervendo. Pra finalizar tem que descarboxilar ele (pra deixar mais biodisponível - ou seja, mais fácil pro corpo absorver). Eu coloco num pote de conserva de vidro e coloco na cafeteira ligada por uns 45 minutos a uma hora (foi o tempo ideal que vi em vários artigos científicos), depois recolho o óleo com seringa e guardo na geladeira (se for fazer um monte, guarde no congelador as seringas que levarem mais tempo pra serem usadas). Agora as dicas master de quem já se fodeu: Mais é mais nesse caso. O óleo é extremamente grudento e difícil de manusear, você acaba perdendo um pouco pois ele gruda no recipiente de uma forma absurda, e nos talheres / instrumentos que vc usar pra manusear. O ideal é você fazer bastante óleo, cada 15g de fumo faz 1g de óleo mais ou menos, mas isso depende muito do fumo que vc tem à disposição (já fiz com fumo TOP colhido e com prensado e dá bastante diferença). Então aconselho a fazer sempre com boas quantidades de fumo, pelo menos umas 100g, pois você minimiza a perda (se vc fizer 3g de óleo e perder 1, vc perdeu 30%, se vc fizer 30g de óleo e perder 1, vc perdeu 3%, a perda é a mesma normalmente pra qualquer quantidade, é o tanto que gruda no fundo e não sai mesmo) O óleo quente é mais fácil manusear. Então não tente coletar ele frio, vc não vai conseguir direito e vai perder muito óleo. Se já estiver na seringa, deixe ela tapada (algumas seringas vem com uma tampinha, isso é fundamental pois enquanto o óleo aquece ele expande e se estiver sem tampa e vai sair pela seringa e vai cair na água, e o óleo é precioso demais pra ser desperdiçado) e coloque em um copo de água quente por alguns minutos que ele vai sair fácil. Se estiver em um vidro ou algo do gênero vc pode aquecer em banho maria ou no fogo mesmo, mas tome cuidado pra não aquecer demais. O importante é que ele quente tem uma viscosidade melhor, fica mais liquido e fácil de manusear / misturar. Se você for ingerir ele oralmente, saibam que o método mais eficiente de absorção é sub-lingual, isso já está amplamente documentado em artigos científicos, porém o gosto não é agradável, tende a ser picante um pouco e gruda muito nos dentes ou contenção. Leva tempo até aprender a aplicar sublingual sem incomodar muito o paciente (apanhei e MUITO até aprender a dar). Porém eu obtive o melhor resultado misturando ele em mel de abelha. Aqueça o mel levemente e o óleo também (seringa na água quente), misture os dois em uma colher de sopa (proporção de 3g mel / 1g óleo, mas isso depende do gosto do paciente, pode ter mais mel, mas só tome cuidado com o tamanho da dose, a quantidade de óleo deve ser controlada) e dê pro paciente ingerir. Importante os dois estarem aquecidos pra facilitar a mistura e o óleo não grudar na colher. No caso, pra minha mãe depois de um certo tempo foi a única maneira de administrar o óleo e deu bastante certo pra disfarçar o gosto ruim. Também pode ser aplicado na pele, ingerido junto com alimentos, diluído em alcool e administrado como homeopatia, mas depende muito de cada doença, cada uma tem um método ideal de administração, importante pesquisar isso antes. O óleo é extremamente potente, ele é concentrado e CHAPA ANIMAL!!!!!!!! Se o paciente não for habituado a usar cannabis o ideal é ir progressivamente aumentando a dose e administrando ela mais próximo do horário de dormir (caso a chapaceira passe do ponto, a pessoa dorme e no outro dia tá zero bala). Eu comecei com metade de um grão de arroz, dobrando a cada 4 - 5 dias até chegar em 1g/dia (1g é aproximadamente 1ml). Pra não dar 1g de uma vez (cara, CHAPA MESMO!!!) eu divido em doses menores, sempre um pouco antes dos horários de soneca / sono noturno, pra diminuir o efeito colateral da chapaceira, alguns pacientes (principalmente quem nunca usou ou mais idosos) não gostam muito do borrão mental que nós amamos hahahaha E o mais importante: o local onde você vai fazer o óleo deve ser MUITO ventilado. O alcool evapora muito rápido, tem um cheiro forte (pode dar dor de cabeça) e é extremamente inflamável. POR FAVOR NÃO FAÇAM O ÓLEO PRÓXIMO DE CHAMAS ACESAS, EM LOCAIS FECHADOS E NÃO FUME UM DURANTE O PROCESSO!!!!!!!!!´Isso é serio, pode causar graves acidentes. Se você não tem panela elétrica, faça em banho maria, trocando a água sempre que esfriar, mas de maneira alguma use chama pra aquecer a mistura, sério mesmo!!!!! Se você for dar pra um paciente criança ou que esteja tomando medicamentos que interferem na atividade cerebral (antidepressivos, calmantes, indutores de sono) o médico deve ser avisado!!!!!!!!! Por mais que muitos médicos não sejam a favor do uso, eles não vão te proibir de dar e a informação de que o paciente está com o sistema endocanabinoide sendo solicitado pelo óleo pode ser fundamental na administração de medicamentos! As vezes você pode se surpreender com teu medico e ele pode se tornar um aliado importante. Não negligencie isso, a cannabis é um medicamento potente e seu uso PODE SIM trazer riscos dependendo da condição geral do paciente! Bom pessoal, o texto já está imenso mas isso é o que eu posso disponibilizar com base na minha experiencia. Se tiverem dúvidas pode perguntar! Se eu puder ajudar outra família a reduzir o sofrimento que uma doença grave traz todo o nosso esforço de pesquisa já terá valido a pena! grande abraço e parabens pros moderadores pelo trabalho no GR, vocês são a linha de frente máxima contra essa guerra imbecil! Respect!!!!
×
×
  • Criar Novo...