Toim do CB

Usuário Growroom
  • Total de itens

    48
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

8 Neutral

1 Seguidor

  1. O método do Rick Simpson evapora o álcool num banho maria demorado. Esse processo já providencia a descarboxilação, pelo que entendi. Quem deixar o alcool evaporar naturalmente - mas seguro na certa - precisa depois cozinhar o óleo. Vi, muito tempo atras, uma tabela aqui no fórum que indicava o tempo de descarboxilação em função da temperatura. Não lembro mais os detalhes mas deve ser fácil encontrar. Me parece que tem que deixar uns 20 min a 80°C ou 5 min a 105°C. Pode usar uma panela de pressão, com um copo de água dentro (+ ou - 200 ml). Colocar o óleo dentro de um recipiente estável, tipo xícara grande, e o recipiente no fundo da panela, como se quisesse fazer um banho maria clássico. Depois, tampar a panela e deixa subir a pressão. Acho que chega aos 120°C. Assim que sair o vapor pela válvula, tirar a panela do fogo, colocar na pia e fazer a pressão cair jogando água fria. Prontinho, descarboxilou legal.
  2. Toim do CB

    Jerimboca da Parafuseta

    Refletor e lampadas. Três refletores básicos para duas lampadas, comprados 25 reais cada um, reunidos por três varinhas de alumínio arrebitadas nos suportes das lampadas.
  3. É isso. Tirem suas próprias conclusões, debatam, falem sobre o assunto. Mas façam isso logo. Façam isso enquanto seus filhos ainda são crianças, não esperem o primeiro surto psicótico para admitir que a maconha existe e tá aí, livre, sem nem sequer ter sido liberada ainda... Que texto preconceituoso e cheio de mentiras! Esses números - entre tantas besteiras - são no mínimo estranhos, pois quem se dá o trabalho de ir no site do IDT encontra o seguinte: "Neste estudo, em 2007 e tal como em 2001, a cannabis foi a substância que registou as maiores prevalências de consumo na população total (15-64 anos) e na jovem adulta (15-34 anos). Entre 2001 e 2007, registou-se um aumento das prevalências de consumo ao longo da vida (de 7,6% para 11,7% na população total e de 12,4% para 17% na jovem adulta) e uma estabilização das prevalências nos últimos 30 dias (de 2,4% para 2,4% na população total e de 4,4% para 4,7% na jovem adulta). Verificou-se também uma descida das taxas de continuidade do consumo na população total (43,2% em 2001 e 30,5% em 2007) e na jovem adulta (50,3% em 2001 e 39,4% em 2007), sendo a terceira droga na população total e a segunda na jovem adulta, com maiores taxas de continuidade do consumo em 2007."..."Após o aumento dos consumos entre 1995 e 2003, os resultados dos estudos nacionais de 2006 e 2007 nas populações escolares, evidenciaram de forma consistente, descidas das prevalências do consumo de cannabis." Mais uma vez uma suposta "autoridade" vai semeando confusão com infos mentirosas. Essa Andrea Noli não é das mais esclarecidas.
  4. Obrigado, irmão. Por enquanto parou tudo, a espera de uma iluminação... Abraço,
  5. Puxa, Irmão Bigcunha, que aula magistral! O Tolowarez expressa uma preocupação um pouco parecida com a minha, pois eu também não queria envolver meu amigo, que já foi pego fumando uns 4 ou 5 anos atrás. Estamos numa fria, então, pois não posso assumir o cultivo na casa dele sem enquadrar os dois na associação para o tráfico. Imaginava ingenuamente um tipo de cooperativa informal, um CSC de dois membros, ilegal mas obviamente 'produção para consumo próprio'. Eu entrava com um pequeníssimo - mas crescente - know how, e ele entrava com o espaço, já que tem mais condições na casa dele do que na minha. E agora? Lembro agora do caso relatado pelo Dennis Burgierman, no "Fim da Guerra", onde aquele engenheiro e o filho dele conseguiram provar que o cultivo - mais de cem pés no telhado do prédio deles! - era apenas para consumo próprio. Como foi que fizeram? Será que um assumiu totalmente o cultivo e o outro negou? Desculpa, desanimei... Obrigado, mesmo assim. Grande abraço.
  6. Bom dia. Estou começando um grow indoor junto com um amigo, para nosso consumo pessoal. Registramos passo a passo os acontecimentos, com fotos e videos, e vamos publicar em breve no nosso primeiro diário no Growroom. Não encontrei nenhum diário parecido - associação de amigos montando um grow - nem vi ninguém abordar o assunto nesse tópico (para ser honesto, não li todas as 74 páginas, apenas umas 15). Apenas encontrei os relatos da prisão do Ras Geraldino. Me pergunto se juridicamente faz diferença ser um ou vários growers tocando um mesmo grow. A quantidade é pequena e assim ficará, entre 5 e 8 pés, no máximo. Se o tema estiver tratado em algum lugar, agradeço o link. Obrigado, abraço grande.
  7. Pronto, já consegui criar meu álbum! Em breve posto alguma coisa, meu primeiro diário. Obrigado pela atenção e parabéns pela dedicação, Autoridade Mofs, pô, 5145 posts! Inté, abs
  8. Toim do CB

    Refletor

    Três refletores básicos para duas lampadas, comprados 25 reais cada um, reunidos por três varinhas de alumínio arrebitadas nos suportes das lampadas.
  9. Oba, no menu Gallery apareceu na minha aba um link My Gallery! Vou explorar. Desculpa a INgnorância...
  10. Valeu a tentativa mas ficou na estaca zero: na minha aba Toim do CB tem uma janelinha dizendo What's on your mind, um botão Update, e sete links que são My Profile, My Settings, My Content, Content Follow, Manage Friends, Manage Ignore Prefs e Personal Messenger. Nada de Gallery, ou My Gallery. Do lado dela tem uma aba Notifications e uma Messenger. Tem outras abas? A única palavra Gallery que vejo é aquele da barra do Growroom, entre os botões Membros e Membros Premium GR. É por aí? Ele tem um botão Upload que vou apertar, pra ver onde vai. Até mais...
  11. Olá galera! Bom, tô começando mal, não tem My Gallery no meu Profile. Como faço para pegar minhas fotos, então? Obrigado
  12. postar fotos

    1. Cerveza

      Cerveza

      postar videos, compartilhar opiniões, noticias, comentar sobre sua vida particular com estrahos

      acorda brazil, vem pro face!

  13. Lindo demais! E que som gostoso! Valeu Bas! Abs,