fazendeirodeapartamento

Usuário Growroom
  • Total de itens

    33
  • Registro em

  • Última visita

  1. Sucesso na caminhada!!! Growbiarra é o que há! Prevejo lindas plantas. Vou acompanhar Abraço e boas colheitas!
  2. algum review de NL auto do seedsmman por favor.

  3. Por que é tão difícil que sua família entenda? Chega a dar ódio! Um dia sua mãe tá de boa e você explica como vai fazer um bom tratamento natural para ela e no outro dia só falta matar suas plantas! Que fobia! Haja preconceito pqp!!!

    1. Mostrar comentários anteriores  %s mais
    2. fazendeirodeapartamento

      fazendeirodeapartamento

      que assim seja! familia conservadora...já venho explicando e estudando há 8 anos. Jah bless

    3. Bud Weiser

      Bud Weiser

      Primeiro 1 alento > nos 80 Maconheiro era pior que fazendo uma correlação Aidetico .

      O amigão acordou no acampamento e pegou a galera na roda ... Catou 1 pau e saiu porrando geral >>> chorando !

      Primeiro tu tranquiliza (ou tenta ) pelo lado da policia ... Fala que cada planta tem o SEU cpf . 

      Ai tu mete aquele ko de que morre H sapiens na faixa dos 6 digitos todo ano só de Nicotina e Alcool .

      Na sequencia apela pelo medicinal  e vai no Ista no perfil do Dr. Hemp e da Apepi >>> 

      No youtube tb tem uns posts de chorar ... golpe baixo em prol da causa .

      Pode falar que over só se fumar 1 kg >>> + o CPF é meu ... repete sempre > 

      Outra > todo usuário de Maconha recreacional e medicinal sem saber >

      Agora  tem que ser cidadão responsável né ? Senão a culpa vai ser sempre da marofa ...

       

    4. fazendeirodeapartamento

      fazendeirodeapartamento

      muito obrigado!!! minha mãe já tá aceitandoooo

      auuuuuuu vamo q vamo

      vlwwww

  4. salveeee, valeeeeeeu irmão! obrigado pelas dicasssss...to voltando a cultivar...to afim de provar novas genéticas to com essas prenseed e umas mexican, tudo outdoor e vão pra guerrilha em breve a intenção é comprar automáticas hehe apressado eu né? poderíamos iniciar trocas de seeds, alguém concorda? pazzzz e boas colheitas a todos
  5. Salve galera! To voltando a ativa. Estou buscando uma strain automática bem resistente e produtora, para outdoor...pelo que li aqui o negócio é confiar no manganga do instagram. Qual auto deles vcs recomendam? Obrigado a todos pelo tópico, unidos somos mais fortes. Boas colheitas a todos.
  6. Não vi nada + tô te seguindo !

    1. fazendeirodeapartamento

      fazendeirodeapartamento

      valeeuuuu irmão! estou voltando a ativaaaaa

      um abraço de fumaça

  7. Até que enfim!!! Quase 3 meses depois recebo uma ligação de um número fixo dizendo ser do fórum, me indicando endereço e horário para comparecer a tal audiência. Não nego, no início até pensei que nem fosse verdade, pois nunca pensei que me intimariam por telefone, ainda mais depois do que o delegado disse: "não não, isso aí é por carta, alguém vai ir te entregar um papel tal etc". Desconfiei, cheguei a perguntar por que tal fato estava ocorrendo por telefone, que eu soubesse sempre recebe-se intimação por carta, pessoalmente, entre outros, mas lendo aqui há um tempo vi que em alguns locais a justiça está tão ocupada que intima assim por telefone, via casos vistos aqui. Bom, mas enfim, agora um pouco aliviado por saber que o que é pra rolar rolará, quem não deve não teme. Tamo junto e é isso aí growroom na veia, ativismo mesmo. Só espero que quem me julgue entenda que não passo de um universitário que comprou sementes para se desvincilhar desse maldito prensado fruto de sangue e arrogância. POSITIVAS VIBRAÇÕES A TODOS!
  8. Muito obrigado pela força Brave Heart, é assim que seguimos juntos e de cabeça erguida! LEGALIZE BRASIL 2014 Somos growers, corremos atrás daquilo que é nossa liberdade, a capacidade de cultivar e produzir seus próprios frutos sem afetar terceiros, assim como em qualquer outro tipo de cultivo, eu por exemplo sou auto-suficiente em pimentas e molhos. Infelizmente, graças a essas merdas de leis que só favorecem aos grandes tubarões, hoje não sou auto-suficiente cannabicamente, mas em breve nossa vitória não será em vão, não será por acaso! Desde já agradeço toda a grande quantidade de informação que há aqui no fórum, li muito, me informei bastante, acreditem, não é fácil quando alguém passa por essa situação. Espero ansiosamente a intimação pra resolver logo esse caso...gostaria de mais dicas para que eu procedesse de acordo e que nada de errado ocorresse futuramente. Obrigado a todos e em especial ao fórum jurídico do GR que aqui vem demonstrando sua afetividade a todos que aqui procuram esclarecer suas dúvidas. Boas vibrações e colheitas limpas do tráfico, tamo junto!
  9. Após ler muitos tópicos durante todo o dia e pesquisar e conversar com amigos advogados, venho aqui postar minhas dúvidas e contar minha história. Há mais ou menos 3 anos estudo e cultivo cannabis. Esse ano estava conseguindo a auto-suficiência e era bastante provável que não iria mais fumar prensado, pois bem, era. No ano de 2011 comprei sementes do sementemaconha e as recebi juntamente com um bong que comprei, foi rapidinho, enviei o dinheiro por via postal internacional e em menos de um mês recebi. Obviamente, a minha pouca experiência me fez perder boa parte das genéticas que havia comprado e como todos nós sabemos, sativas provenientes de sementes de prensado demoram muito a terminarem a flora, foi então que resolvi comprar novamente e, ansioso como sou, efetuei compra de 15 sementes. Algum tempo depois as mesmas ficaram como "retidas" no site dos Correios e eu pirei, logo pensei: "vão me investigar, vão me f****". O tempo passou, os cultivos evoluiram e confesso que ambas as vezes fiz a cagada de encomendar as sementes empolgadamente para o meu endereço de grow. A última vez que encomendei foi em abril de 2013, logo após as sementes ficaram retidas como dito no site dos correios e eu não dei muita bola, até então há 3 semanas, quando recebi dois agentes federais em meu apartamento. Em resumo, os dois agentes tocaram o interfone e como eu esperava por um amigo naquele momento, abri o portão e os mesmos subiram..obviamente havia maconha na mesa de casa e cheiro também, entretanto os dois foram super educados e não conseguiram enxergar bem o que era exatamente aquilo em potes de vidro em meio a comidas. Bom, até aí tudo bem, logo que eles chegaram eu pensei que seria isso das sementes mesmo...pediram meu cpf, rg, cnh tal, eu dei os dados e eles não souberam me dizer do que se tratava, porém, falaram que era uma AVERIGUAÇÃO DE ENDEREÇO! Na sequência meu amigo chegou e me disse que isso provavelmente se tratava de uma investigação e que eles voltariam. Graças a Jah todo o meu cultivo não estava em minha casa e eu havia mudado o grow para outdoor em outro local, porém haviam muitas pontas e aproximadamente uns 100g de prensado, porém já lavado e dichavado. Não demorou mais do que 2-3 horas e os policiais voltaram, porém dessa vez voltou apenas um policial que veio pra averiguação de endereço anteriormente e agora então com mais dois. Como sabemos, a PF é super bem educada e instruída, mas existem também os famosos "cuzão de plantão". Pois bem, os mesmos pediram para adentrar em minha casa, porém antes pediram para que eu assinasse um TERMO DE CONSENTIMENTO que dizia que eu dava liberdade a eles para revistarem minha casa com o meu consentimento e confissão, caso encontrassem algo. O que rolou foi que eu possuía todo o prensado em um pote de vidro e também havia um "rabo de raposa" que eu havia colhido secando no meu armário. Ao revistarem minha casa eu acompanhei tudo e ajudei a mostrar que não havia mais nada de entorpecente na casa. Troquei ideia gentilmente com os policiais e dos 3 que vieram, 2 querem a descriminalização das drogas, principalmente da maconha. Como eu já disse, estudo a cannabis há algum tempo e por meio disso, tive argumentos explicativos para falar para os PF's o porque eu fumo. Os mesmos fizeram várias perguntas de caráter policial e um deles chegou a dizer que eu fazia o certo em cultivar para consumir, pois assim não interferia nesse rio de sangue que é o combate ao tráfico. Honestamente, sem méritos, mais fui tão convincente aos policiais mostrando que sou um grower/usuário/independente que eles nem quiseram se quer pegar na mão a pequena porção que estava secando e acabei por levar apenas o prensado já dichavado. Após a revista, os mesmos pediram para que pegasse toda maconha que estava na mesa, até mesmo as pontas que eu disse que iriam para o lixo. Na delegacia fui super bem tratado e em nenhum momento foram mal educados comigo. Houveram algumas piadas do tipo "esse cheiro de maconha é de você cara?", mas bem humorado como sou tentei evitar estressar-me com o fato. Quando fui falar com o delegado para fazermos o TERMO CIRCUNSTANCIADO ele me fez várias perguntas, em vários momentos e partes do depoimento fui eu mesmo que falei, pois o delegado não sabia designar termos simples como "consumo inalado" e "consumo via oral". Em partes, houveram vários questionamentos sobre quanto tempo eu fumo, como consegui o prensado, de onde consegui, com quem, etc...porém na hora em que ficou claro que sou estudante universitário de faculdade particular renomeada na cidade e filho de produtor de soja as coisas mudaram. Incrível como a classe interfere em tudo nessa terra brazuca. Creio que eu tenha assinado o termo de usuário, pois foi o que o delegado falou em alguns momentos do depoimento para o escrivão, até aí tudo bem, mas o que me gerou raiva foi a falta de profissionalismo por parte de um policial fdp que gravei o nome, é claro. O mesmo disse em meu apartamento que não gostava de aliviar para usuário e eu entendi que ele queria partir pro lado pessoal. E foi isso que percebi, ao chegar na delegacia o mesmo queria comunicar meus pais, eu disse que não era necessário pois sou maior de idade, possuo 23 anos de idade, moro sozinho e por mais que dependa financeiramente dos meus pais, tenho maioridade penal e direito de escolha. Ele ficou nessa de que ia ligar e chegaram a ligar para meus pais após eu passar os números por pressão(acredito eu). O bom é que meus pais residem em zona rural, ou seja, não conseguiram conversar com meus pais, mas isso gerou um grande tumulto familiar que me faz até pensar em processá-los por erro, mas até aqui não sei o quanto estou certo ou erado. Ao indagar o delegado, perguntei sobre isso, e ele me disse que não cabe a eles fazer nada, pois sou maior de idade, então pedi porque tal policial estava fazendo isso...ele não me respondeu. Bacana, né? ¬¬ Acredito que o tal policial desgraçado não seja daqui e estivesse demonstrando pressão sobre minha pessoa para mostrar serviço ao delegado. Vale ressaltar que eu moro em cidade de interior, aqui é O MATO GROSSO DO SUL, 100km da fronteira com o PY, é complicado, eu sei...mas vou resumir, pois isso aqui se tornou um alívio para mim após ler tantos tópicos com grandes informações preciosas aqui do GR. Em resumo assinei os papéis, fui liberado, nada demorou muito. Porém, não me deram nem se quer uma cópia do Termo Circunstanciado que assinei e nem se quer me disseram o porque da averiguação de endereço que, por dúvidas de distinção entre usuário/traficante voltaram após a mesma com o Termo de Consentimento. Agora estou em dúvidas, pois após ler tanto sobre os casos aqui no GR fico com o cu na mão de quererem me jogar para o 33, pois a compra de sementes é vista como tráfico internacional. Certo? Estou esperando ansiosamente, nem fumar mais no meu próprio apê estou fumando, pois tenho medo desses merdas virem aqui me entregaram a intimação e eu estar fumando ¬¬ Bom, no mais tento seguir com menos medo e cabeça mais ativa, já conversei com alguns amigos, inclusive advogados que me indicaram a voltaram na PF e pedir uma cópia do Termo Circunstanciado que assinei. Sei que tudo isso só irá ocorrer mesmo quando chegar a intimação que me dirá onde e quando comparecer, porém quero estar 101% preparado, visto que uma vez que estudando aqui pelo GR me sobressaí muito bem ao conversar com os policiais, eles viram que eu sou um grower e que sou um estudante que é usuário e queria cultivar seu fumo, só isso. O que me intriga é que no depoimento prestado ao delegado fazendo o TC ele me perguntou se eu já havia comprado drogas pela internet e eu, com medo de mentir, falei que não, drogas eu nunca comprei, falei que apenas havia comprado sementes de maconha e que uma vez chegaram e eu as estraguei, perdi e na segunda ficaram retidas no Correio, ele escreveu exatamente isso, será que realmente há ligação de uma coisa com outra? Agora eu fico nessa saia-justa, pois não sei se a tal averiguação era real ou apenas um pressuposto para poderem vir até minha casa vasculharem para saber se eu era traficante ou usuário e ai uma vez provado que sou usuário eles me meteram essa audiência aí. Fico na espera dessa audiência e espero que nada de ruim aconteça. Quem não deve não teme, mas quem é brasileiro sabe o que é ser injustiçado...sou cidadão de bem, nunca cometi outras infrações, nunca nem se quer havia conversado com policiais, não tenho passagem, sou réu primário, quero apenas acabar logo com essa encheção de saco. Um abraço, energias positivas a todos! KEEP GROWING PORQUE CULTIVO PROIBIDO É TRAFICANTE AGRADECIDO!
  10. Aqui dedico um álbum aos amantes dos bons. Pretendo aperfeiçoar e com o tempo abrir um negócio próprio que mexa apenas com esse tipo de coisas: BONGS! Então vamos lá, aqui algumas fotos, um bong mais velho com copo roxo e outro novo que é o do copo verde. Qualquer dúvida, conselho, estamos aí, PEACE AND PLANTS!
  11. Aqui dedico um álbum aos amantes dos bons. Pretendo aperfeiçoar e com o tempo abrir um negócio próprio que mexa apenas com esse tipo de coisas: BONGS! Então vamos lá, aqui algumas fotos, um bong mais velho com copo roxo e outro novo que é o do copo verde. Qualquer dúvida, conselho, estamos aí, PEACE AND PLANTS!
  12. fazendeirodeapartamento

    ChongBong

    Neste álbum quero dedicar e mostrar mais a possibilidade que qualquer um tem para poder "engenhocar" algo como um bong, vaporizador, pipes, etc. Já fabriquei vários bongs artesanais, sempre partindo do mesmo ideal: cano de sucção, concha para o fumo, reservatório de fumaça e espaço para gelo em algum local estratégico e de preferência intermediário do bong. Bom, lá vamos, A BONGADA!!!
  13. Em 105 dias foi possível colher duas sativas deliciosas com gosto de mango. Incrível, foi um cultivo mix, onde utilizei 400W de HQI para vegetar as plantinhas por 14 dias, após isso eu utilizei o baixo fotoperíodo da época de inverno e as coloquei em período de transição/floração. Porém, percebi que o produto final foi pouco, graças a pouca incidência de luz solar. Neste próximo cultivo que iniciei dia 20 de julho pretendo fazer o mesmo esquema, entretanto serão no máximo 21 dias de 18/6 e depois já parto para o 12/12, visto que a Cannabis Sativa, dominante em clima tropical floresce de 2-4 meses após germinação, provavelmente a colheita será maior, pois haverá maior energia proveniente da seiva elaborada, energia essa armazenada pela planta durante o período vegetativo para poder iniciar a flora. Agora partindo da experiência do primeiro cultivo de prensado, parto para o próximo cultivo com mais mudas. O objetivo final é de 5 a 10 fêmeas, sendo que utilizarei potes de sorvete e espero que cada planta dê o dobro da carga que obtive de cada uma do primeiro cultivo de prensado. 100% SATISFAÇÃO. DIGA NÃO AO TRÁFICO! PARA ACABAR COM TRAFICANTE: NÃO COMPRE, PLANTE!!!
  14. nascidas no dia 16 de abril, permaneceram por 7 dias no vegetativo de 24horas luz com lâmpada de 400w hqi e ventilação, após uma semana passaram a receber 18horas luz e 6 horas escuridão total. Após uma semana de 18horas luz percebemos que o custo era muito alto e então decidimos passá-las ao cultivo de balcão, entretanto pode-se perceber que os caules estão estiolando bastante, ou seja, as plantas precisam de mais luminosidade, logicamente, sativas são de climas equatoriais e necessitam de muita luz. Bom, em breve fotos do nosso amado cultivo em algum mato por aí no nosso cultivo de prensadaines de guerilha!