kibeckbom

Usuário Growroom
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutral

1 Seguidor

Últimos Visitantes

101 visualizações
  1. Caro irmão bigcunha, Muito obrigado! Jah o abençoe!
  2. Foi isso mesmo, galera! Passamos por uma situação horrível onde o pior não foi nem o constrangimento, mas o sentimento de impotência perante a uma pessoa (não me sinto nem na obrigação de chamá-lo de cidadão) que SUPOSTAMENTE é policial e que tem por dever proteger bens jurídicos, não lesá-los. Como meu amigo falou, pensamos até em defender nossos direitos e proceder com a denúncia, quando ele ameaçou nos levar ao DPF, mas o cara estava completamente alterado e com uma arma na mão! Sabe-se lá o que ele poderia fazer... O medo, na hora, superou o senso de justiça, confesso. Pra mim, um policial (se é que ele o é) que aborda as pessoas daquela forma, agredindo gratuitamente física e verbalmente, nunca fez um teste psicotécnico na vida, nunca recebeu treinamento adequado, e, desta forma, não merece atuar na Polícia... Principalmente na Polícia Federal! Sou acadêmico de Direito também, trabalho, cumpro com minhas responsabilidades, não tenho antecedentes criminais. Reconheço que cometi ilícito penal, mas isso não justifica os delitos que ele cometeu também! Lesou minha integridade física e minha honra, capturou imagens minhas e do meu veículo sem minha autorização... E por aí vai! Sei que estou amparado pela lei, que o cara está completamente errado, mas, como foi amigo citou, temo que, ao proceder com a denúncia, isso manche a minha ficha criminal e comprometa o meu futuro como funcionário público, mas não quero me omitir e deixá-lo impune, pois estaria contribuindo para a continuidade dessa barbárie! Bem... É isso! Pedimos a ajuda de vocês, galera! Abraço!