rherr

Usuário Growroom
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutral

Últimos Visitantes

32 visualizações
  1. Faço uso de um medicamento muito forte chamado Interferon. Meu médico não tem previsão de parar o tratamento, portanto, tomo de forma continua - semanalmente - uma injeção do interferon. Ele combate as células da tricoleucemia, uma doença crônica, diagnosticada há 6 anos. A única coisa que corta os efeitos colaterais - dores no corpo, na cabeça e depressão - é nossa amada planta. Eu fumava antes do tratamento, mas não era uso constante. Fumava com os amigos, normal. Na verdade, nunca gostei de ir atrás da erva. Sempre era uma noia. Se não fosse o interferon, eu provavelmente não fumaria hoje em dia. Acontece que me dei conta que sem a erva eu não consigo viver, pelo menos enquanto estiver tomando interferon. Caí novamente na sina de ter que conseguir erva de qualidade. Depois de alguns contatos consegui um fornecedor de flores, mas com preço alto. Percebi que eu deveria quebrar o tabu. Eu deveria assumir a responsabilidade de cultivar. Estou no primeiro cultivo. Tenho três plantas. Dois vasos com sementes de solto de pernambuco, e outro com uma semente que encontrei num bud de critical. Estão crescendo bem. Coloquei no vaso com terra do jardim mesmo. Esse é o meu primeiro cultivo então estou observando como a planta desenvolve. Estão com 40 dias. Ainda falta. Ainda nem sei se são fêmeas... talvez eu germine mais sementes, mas não quero ter muitas plantas. Calculo que umas 3 plantas em floração consigo tirar uma colheita para um tempo. Não sei bem ao certo o rendimento, mas meu objetivo seria suprir o consumo de 25g mensais por alguns meses. Para não ficar muito noiado nem muito ansioso, eu tento esquecer das plantas na varanda. Apenas vou lá de manhã conferir a umidade da terra, a coloração das folhas. Estão com um verde lindo por enquanto. Elas estão em um lugar discreto. Durante o período vegetativo elas não tem o risco de serem vistas. Fico mais preocupado com o tamanho que elas estarão daqui alguns meses. Por isso quero aprender a deixá-las compactas pela poda. Enfim, apenas gostaria de compartilhar aqui no fórum minha experiência. Eu sigo a risca a questão do segredo do cultivo. Não dá para sair dessa disciplina, ninguém pode saber. Então o growroom é praticamente o único lugar que eu posso conversar sobre isso. Eu cada dia mais amo essa planta que tanto me ajuda.
  2. sinto muito por isso ter acontecido. imagino a raiva que vc deve estar desse "amigo". ele poderia dizer 1000 coisas, rodar com um uma salva, mesmo sobre pressão dos policiais, dá para desenrolar. lendo daqui, o que ele fez foi cruel. ler essa história toda só me faz reforçar o mantra que repito diariamente: não dá para sair da disciplina do segredo. ninguém pode saber do cultivo.