Ir para conteúdo
Growroom

psicodelicia

Usuário Growroom
  • Total de itens

    18
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

13 Good

Sobre psicodelicia

  • Data de Nascimento 03/07/1980

Profile Information

  • Gender
    Male
  1. Galera, falei com os organizadores do evento no Chile, eles nos convidaram para nos unir ao evento Latino Americano. a dat é o dia 6 de outubro. cada cidade debe fazer seu percorrido e marcar um ponto de partida. o mensagem passado por aqui: Estimados companheiros ativistas e organizadores das bicicletadas nas suas cidades, como estamos todos organizando nossas bicicletadas, a gente gostaría que todos tivéramos o mesmo conceito sobre a mesma. O que nós pensamos aqui no Chile, é uma bicicletada centrada na qualidade de vida que está trás ser um consumidor de cannabis: não somos só usuarios, também somos pessoas saudáveis que gostamos das atividades recreacionais e familiares. O que nós queremos, é que vocês no contem se vocês querem se somar ao mesmo conceito, para assim fazer um só evento no facebook chamando à unidade Latinoamericana e nacional, e colocar no mesmo evento os links e uma breve descripção de cada atividade em cada cidade do mundo. Esperamos a sua resposta!! https://www.facebook.com/events/521644961185583/ Cicletada Cannabica Cultiva Medicina Santiago https://www.facebook.com/events/147868512020612/ - Cicletada Cannabica Porteña https://www.facebook.com/events/390953807639253/ Cicletada Cannabica Medellín https://www.facebook.com/events/349964961755731/ - Cicletada Cannabica Bogotá P.D: A gente tambén está fazendo um cartaz geral da bicicletada, e nós gostaríamos que fosse um cartaz latinoamericano... vocês gostarian de se somar a esse cartaz e quando estiver pronto a gente manda pra vocês? Assim fazemos um bloque latinoamericano cannábico!!! Atte. Cultiva Medicina Chile.
  2. Então Galera. vamos organizar!!!! 6 de outubro Primeira bicicletada Canábica!!! Coloquem as suas cidades horário 4:20 pm!!! Do Rio saí do Arpoador. As demais cidades têm que confirmar. Vamos todos juntos a bater ideias, percursos e lugar de saída.
  3. Então vaos crear o evento no FB e também lançar aqui no Growroom. alguém pode fazer o desenho?
  4. Pode ser com skate, patins, ciclos, e demais veículos não motorizados. A ideia é se manifestar pacificamente. Unir forças com os irmãos de Latino America neste cambio de paradigma na região sobre os usuários. Fortalecer a presença nas ruas e compartir um passeio alegre pero com compromisso ativista. Juntar as famílias e demostras para a escuridade proibicionista que somos da paz. mais que juntos somos fortes e conseguiremos mudanças importantes
  5. https://www.facebook.com/events/147868512020612/ https://www.facebook.com/photo.php?fbid=463914783648915&set=a.109131805793883.4792.100000911931637&type=1&theater
  6. Em muitas cidades de Latino America se estão organizando para o dia 6 de outubro a Primeira Passeata de Bicicleta Canábica Mundial, Vamos-nos juntar nessa atividade de ativismo sustentável. https://www.facebook...49964961755731/
  7. Em muitas cidades de Latino America se estão organizando para o dia 6 de outubro a Primeira Passeata de Bicicleta Canábica, Vamos;nos juntar nessa atividade de ativismo sustentável.
  8. Em muitas cidades de Latino America se estão organizando para o dia 6 de outubro a Primeira Passeata de Bicicleta Canábica, Vamos;nos juntar nessa atividade de ativismo sustentável.
  9. A iniciativa foi introduzida pelos senadores Fulvio Rossi e Ricardo Lagos Weber, que argumentaram , que desta forma você pode combater o tráfico de drogas, fechando seu mercado. Os Senadores Fulvio Rossi (PS) e Ricardo Lagos Weber (PPD) ingressaram na quarta-feira ao Congresso um projeto de lei para autorizar o cultivo caseiro da cannabis sativa e permite seu uso para consumo pessoal e terapêutico. No documento, ambos parlamentares argumentaram que, embora têm sido usados recursos consideráveis para combater os crimes associados ao tráfico, esses esforços não têm sido suficientes. Isso, explicou o documento, não foi por falta de preocupação das autoridades de turno, mas o problema das drogas tem aumentado, não só no Chile, mas também em países da América. No mesmo projeto observou-se que se enviou uma carta na Cúpula das Américas, em Cartagena das Índias (Colombia), ao presidente Piñera para apoiar a seu colega o Presidente Santos que está mudando o foco em seu país, dando um maior papel ao ponto de vista da saúde para resolver este problema. Fulvio Rossi disse: "Estamos propondo um auto-cultivo totalmente regulado e que veremos na discussão com regras claras. Aqui a questão é entender que quando você permite o auto-cultivo, você está atacando a compra ilegal, tráfico de drogas, pois você reduz o mercado de tráfico de drogas, porque com a mudança você poderá autoabastecer-se . " Dadas as preocupações de que esta iniciativa é a porta de entrada para drogas mais pesadas ou de criminalidade, o senador disse que "não há nada que mostra que é uma porta de entrada para outras drogas, o que eu quero dizer é que o que abre a porta para destruir vidas é o consumo de álcool no Chile. Então você tem que educar e advertir nossa juventude, mas nós sentimos que a porta de entrada está em outro lado para o crime, e não na maconha. " O projeto de lei de Lagos Weber e Rossi tem um único artigo que afirma: "Alterar o artigo 50 da Lei 20,000 de Entorpecentes, acrescentando o seguinte parágrafo final" Não obstante o disposto no presente artigo serão isentar de responsabilidade penal quem cultive em sua casa a especie de gênero cannabis sativa, mas apenas para uso pessoal e / ou uso terapêutico. Da mesma forma, ficam isentos de responsabilidade penal aqueles que carregam ou transportem, uma determinada quantidade de cannabis sativa. A regulamentação deve determinar que quantidade. " Fonte: http://elpinguino.com/noticias/128191/Ingresan-proyecto-de-ley-que-autoriza-autocultivo-de-marihuana-para-uso-personal-y-teraputico?utm_source=facebook&utm_medium=comments
  10. Da pele para dentro começa minha própria jurisdição

    1. diegrow

      diegrow

      eh isso ai...nao pode dar ibope pros q querem cuidar da vida alheia, mas isso eh coisa feiaa

  11. Site original: http://www.elobservador.com.uy/noticia/229956/legisladores-lidiaran-con-un-vago-proyecto-sobre-la-marihuana/ O governo enviou nesta quarta-feira ao parlamento um projeto de lei para legalizar a venda de maconha que consistem de um único item e 13 páginas de um preâmbulo em que os detalhes escassos da forma como o futuro sistema será implementada a venda de cannabis. A iniciativa prevê a "normalização e da inclusão plena" do uso da maconha "para que os usuários não sejam estigmatizados ou tratadas a partir da aplicação da lei penal, mas pode trabalhar com eles e da sociedade como um todo" em planos educacionais. "As políticas proibicionistas desenvolvidos em todo o mundo nos últimos cinqüenta anos têm-se mostrado não só comprovadamente ineficaz para reduzir riscos e danos individuais e sociais do consumo de várias substâncias psicoativas, mas também aumentar o dano de forma exponencial no campo da saúde, social, jurídico e econômico, resultando em bilionários negócios ilegais e os níveis sistêmicos de violência nunca visto antes ", diz a iniciativa. A este respeito, observa que a aceitação que tem a maconha e os danos que faz, muito menorese diferentes das outras drogas. "Em nosso país, a maconha tem sido por muitos anos a substância ilícita mais consumida com um elevado grau de legitimidade na sociedade uruguaia. Esta substância, cuja capacidade de produzir dependência física e psicológica é leve a moderada, é claramente diferente no risco de um outro conjunto de fármacos cuja toxicológica e viciante potencial é muito maior. Entre eles estão o crack, álcool, tabaco e drogas psicotrópicas ", diz. "Enquanto a grande maioria dos usuários de maconha no Uruguai, tem um relacionamento casual com a substância que não é de maiores problemas de saúde física, é importante notar que são freqüentemente expostos a riscos psicológicos, resultado social e legal da necessidade de ter que alcançar a droga ilegalmente ", O projeto toma como exemplo o caso da Holanda e Canadá, insiste que "a guerra global contra as drogas fracassou." O governo diz que esse "fracasso espetacular" da estratégia manifesta-se em "aspectos dramáticos", incluso o consumo expandiu-se, "O consumidor é denigrido ao comércio ilegal" e que o mercado está "obrigado a pagar pelas drogas preços absurdos deixando cada vez mais poderosas as máfias, com poder de rentabilidade e de acumulação, sem qualquer imposto que gera esses preços. " "Em suma, o remédio tem sido pior que a doença", conclui o texto de discussão que ingresso ao Parlamento, onde é conhecido que o debate será longo. PROJETO DE LEI Artigo -. Não obstante as disposições do Decreto-Lei n º 14.294 de 31 de outubro de 1974 e sua alteração, o Estado vai controlar e regular as atividades de importação, produção, aquisição, a qualquer título, armazenamento, comercialização e distribuição de maconha ou seus derivados nos termos e condições fixados pela regulamentação a esse respeito. O Estado deve exercer toda atividade material outro que seja necessário, anterior, concomitante ou posterior à execução das atividades referidas no parágrafo anterior, os termos e condições fixados pela regulamentação a esse respeito. As atividades referidas nos números anteriores deve ser realizada apenas no contexto de uma política de redução de danos e também alertar as pessoas sobre as consequências e os efeitos nocivos do uso de maconha, assim como uma minimização de riscos e danos da população potencialmente consumidora, nas condições fixados pela regulamentação a esse respeito.
  12. Oi Guerrero, embaixo na direita da tela tem una sigla CC, clicka ali dentro você procura português, embora sejam meias vagabundas as legendas hehehe.
  13. Não existe libre eleição, sem libre aceso á informação.

  14. Oi Hervagaox, sim o programa e da TV pública espanhola é Antonio Escohotado (quem conduze) é um dos investigadores mais reconhecidos do mundo em matéria de Drogas, ele escreveu o distinguido libro "Historia Geral das Drogas", um enorme volume de 1550 paginas. Tem legendas em português, procura em CC.
×
×
  • Criar Novo...