Ir para conteúdo
Growroom

Mago Belota

Usuário Growroom
  • Total de itens

    94
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

101 Excellent

4 Seguidores

Últimos Visitantes

894 visualizações
  1. Fala galera, tudo beleza? Então, tô aqui com uma dúvida sobre genéticas um tanto intrigante: qual a árvore genealógica da cannabis aqui no NE??! Uns amigos e eu, cada um numa iniciativa particular, separamos algumas sementes de fumo solto que sempre rolam (do sertão pernambucano) e ao plantar tão aparecendo umas surpresas de variedade: em tamanho, sabor, potência, tem de feno puxado pro roxo (lembrando de longe umas haze antigas (?)) a verdinhas cor de limão, de sativonas clássicas e outras nem tanto. Aí me veio a dúvida, já que não se se havia espécie nativa, a literatura especiali
  2. Bom dia senhoras e senhores. Falando em strains, cruzas e afins, venho por meio desse posto anunciar minha experiência de cruza. Comprei Zamaldelica regular (ACE) e estou muito feliz de ter conseguido um macho e fêmeas. Estou com: Zamaldelica x Zamaldelica Zamaldelica (macho) x GG4 (fêmea) Agora levei pra terra com o pool aberto e vou ver no que dá. Tomara que saia algo de bom, pq a Zamaldelica é uma das strains mais interessantes que já fumei.
  3. Fala mano, valeu pela resposta. Zamaldelica é uma maravilha, valeu cada uma das 13 semanas de flora (outdoor, NKF). A Nepalope não é lá tão Fast-flowering assim, ao menos não pro meu perfil de cultivo, mas também vale a espera: rendeu muito bem, num vaso de 15l (clorofila garden); deliciosa (gosto meio doce e pungente lembra umas haze que já fumei); muito resistente a pragas; treinei de boa, não estressou; a lombra, também importante, bate forte o tambor! Pra quem curte sativas e tem paciência no ciclo, recomendo. Paralelamente a essas cruzas, estou na peleja da cor - moro no N
  4. Fala galera, finalmente consegui fazer umas cruzas de umas genéticas que plantei nos últimos meses, mas sou ruim de biologia e péssimo bem matemática (pra entender os F's tudo). Tô com a tela do notebook aberta em páginas atrás desse tópico aqui e não consigo fazer a porra... Cruzei: Zamaldelica_ACE (macho regular) x Zamaldelica_ACE (fêmea regular) Zamaldelica_ACE (macho regular) x Nepalope Haze_Cannabiorganic (feminilizada) Alguém me dá uma luz no que pode dar disso tudo? Vou jogar na terra agora uma automáticas da BSF (Red Kush) e uma SLH deles tb. Tô pensando no que
  5. Eu tenho uma Somango deles na cura, mas tomei a liberdade de experimentar. O gosto é muito bom, mas muito bom mesmo, puxou pra parte mais skunk. Botei um no trampo e a galera foi ao delírio, sem contar no efeito, potente, dá criatividade e uma lombra que demora mais que o comum - definitivamente não é um efeito pra cabeças pequenas. Tô no começo da flora de uma Nepalope Haze deles, outdoor, demora do caralho, ficando gigante.
  6. Uma dúvida recentíssima: se eu pegar uma fêmea e polinizo parte de um bud com um pólen de um macho e outro bud com pólen de outro macho, vai dar sementes de duas cruzas diferentes nos respectivos buds?
  7. Cara, estive lá no Uruguay (na Expo), tem alguns outros seedbanks lá TB, vide Delicious Seeds. Eu não tenho como responder com clareza pq cada seedbank desse tem uma enorme variedade de genéticas (que é mais o caso da discussão aqui nesse board), mas vou tentar ajudar no que posso, fazendo meu report: Ripper - comprei Washing Machine (exodus cheese x Bubba Kush), cheiro de terra, Diesel e queijo amarelo curado (sou ruim em descrever isso, mas não foge dessas características) e uma lombra que (definitivamente) não é pra cabeça fraca, bate forte no corpo. BSF - tá a rolando uma
  8. Tô indo pra expocannabis mês que vem. Inspirado por esse board, tô na caça de algo exótico de cor/sabor/cheiro pra trazer algumas seeds. O foda é que a maioria das strains fica mais púrpura, etc, em temperaturas mais frias e eu moro no NE. Cês sabem de umas espécies que adquirem cores (que não verde) mesmo em temperaturas altas como no NE? Um parada roxa, vermelha...
  9. Opa. Saindo um grupo de PE, minha namorada, um casal amigo nosso e eu. Decidindo ainda se ficamos em hotel ou Air BNB, de 3 a 11. Ingresso comprado, passagem paga...
  10. Tô indo pra expocannabis, procurar saber das coisas lá, conversar com as pessoas. Pensando em 'fugir" pra lá ano que vem.
  11. Fala galera, fala Black, acompanho aqui essas aulas incríveis e adoraria saber a opinião de vossas senhorias. Adoro o efeito cerebral das sativas, mas também curto cheiros e sabores exóticos; aí adquiri umas seeds, prata coloidal e tô com umas lãs pra clonar - o foda é que levo tudo outdoor (5h de sol direto e 12h30 de luz, NE do BR). Não curto Auto, mas quero ver no que dá, se colho antes e não roubo das regulares e feminizadas. As strains: - Gorilla #4 feminizada - Somango feminizada _ plantada - Destroyer feminizada _ plantada - California Love OG regular _ pla
  12. Melhor falar a verdade, sempre. Tu dizes que não há como ferragem o cara porque a compra não foi feita por ele, correto? E se os caras alegam que ele quem usou um laranja pra comprar as sementes pra ele? Em tese (nessa tese), seria muito simples comprar sementes na gringa - bastava botar a compra em nome de outra pessoa r se a casa caísse negar... Bastar ler todos posts desse board para vermos que essa tese não se sustenta, nem se recomenda. ABS e boa sorte aí.
  13. Quando eu leio gente que deveria prestar solidariedade passando o discurso do "Quem não sabia que ia ser assim"; "agora não adianta chorar" - parece que eu to lendo "Ah, você sabe do risco que é descobrir que você cultiva costumes judaicos em casa, afinal estamos no século XVI - podem entrar na sua casa e acabar com sua vida, só porque você botou esse costume na frente de sua liberdade".
  14. Eu mesmo faço a minha fibra há dois cultivos, sem pro.
  15. São seguros? Não ao ponto de nunca serem detectados, mas o suficiente pra muita gebrw se sentie segura em pedir. Pessoaa intimadas? Sim, basta ler o board um pouquinho.
×
×
  • Criar Novo...