Ir para conteúdo
Growroom

Frp

Usuário Growroom
  • Total de itens

    2143
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    1

Tudo que Frp postou

  1. Frp

    Novas Notícias

    Manter cultivo de maconha medicinal proibido multiplicará ações na Justiça, diz presidente da Anvisa https://www.bbc.com/portuguese/brasil-50611878 Ótima entrevista. Segue uma parte....... BBC News Brasil - Quais foram as alegações dos seus colegas para rejeitar a regulamentação do plantio? Dib - (Risos) Você não prefere perguntar para eles? Eu teria dificuldade de explicar para você, pois eu mesmo não entendi as alegações deles. Tive dificuldade de entender. BBC News Brasil - Por quê? Dib - É igual procurar pelo em ovo. São ponderações que… É que não querem que tenha o projeto. Então, alega-se tudo. Disseram que precisaria consultar a polícia local. Como se faria isso se eu não sei qual local vai haver o plantio? São alegações difíceis de entender. BBC News Brasil - Na sessão, o senhor disse que achava muito curioso que para concessão de autorizações da Anvisa não haveria problemas. O que o senhor quis dizer? Dib - Meus colegas disseram que o Ministério da Agricultura afirma que as sementes de cannabis precisam ficar em quarentena, pois poderia conter vírus e fungos. Mas e o cara que tem autorização judicial para plantar? Ele compra a semente pelo correio, e ninguém sabe o que ele está plantando. E aí não tem problema nenhum? BBC News Brasil - Não tem problema por parte de quem? Dib - A Anvisa nem o Ministério da Agricultura não tem autorização judicial para questionar. Chega a semente, e ele planta. E aí? Aí, não tem importância, porque são milhares de pessoas? Quantas empresas iriam cultivar a cannabis no Brasil? Umas cinco ou seis, não mais que isso. Agora, com a decisão, essas seis não podem plantar, mas milhares de pessoas podem (risos). BBC News Brasil - Qual outro argumento o senhor acha incoerente? Dib - Como esse processo é muito velho, várias instâncias foram ouvidas. Mas se perderam no meio disso. Mas não ouvimos todo mundo que poderia ter sido ouvido. BBC News Brasil - O senhor acredita que isso teve influência no resultado? Dib - Olha, o resultado é esse. Então, agora vamos escrever por que o resultado é esse. Você faz uma equação em que o resultado é 8. Como você vai fazer? 4 + 4? 5 + 3? 7 + 1? O resultado é 8. Não importa como você vai escrever, o resultado é: não pode fazer o plantio. BBC News Brasil - Com isso o senhor quer dizer buscaram qualquer motivo para que esse fosse o resultado? Dib - Sim, vários motivos. E o final da entrevista , percebe-se o quanto ele está estafado com tudo: BBC News Brasil - Até quando o sr. fica na Anvisa? Dib - Hoje é dia 3? São mais 17 dias, estou contando um por um. BBC News Brasil - Por quê? Dib - Ah, porque está difícil (risos). BBC News Brasil - O que está difícil? Muita pressão do governo? Dib - Você imagina, essa questão da cannabis é fichinha, é só o troco. BBC News Brasil - Quais são as dificuldades o senhor tem enfrentado? Dib - Não, não. Não posso falar sobre isso com repórteres.
  2. Frp

    Novas Notícias

    Fala pessoal. Resumidamente rolou o seguinte. Existia duas RDC (que são normas/resoluções) . Uma para o cultivo medicinal (ou seja , para a produção da matéria prima) e outra para a fabricação do medicamento em si (óleo , extratos etc..) . O que foi aprovado foi a fabricação do medicamento (e este com alto valor de CBD e pouco para THC, salvo casos específicos que o médico irá determinar na receita e esta receita terá que ser refeita a cada 2 meses , independente se for para CBD ou THC). A matéria prima para a fabricação terá que ser importada (se a outra resolução fosse aceita , o do cultivo, a matéria prima sairia daqui do Brasil mesmo). Vejo com um pequeno avanço, pois a canabis vai se tornar mais popular no meio médico e isso é um avanço para forçar o cultivo caseiro futuramente. A RDC que foi vetada é a do plantio medicinal , pois alegaram que foi pouco debatida e vários órgãos federais foram contra , além da pressão do governo que era extremamente contra . Junto com isso , o Bozo já introduziu no colegiado da ANVISA , pessoa alinhado com o seu pensamento (que foi um dos 3 votos contrários). O único que votou a favor foi o atual presidente/diretor W.Dib , mas foi voto vencido. Ouvindo e analisando o parecer, parece que eles jogaram na mão do legislativo a matéria do cultivo. Enfim....o cultivo medicinal ainda tem muitos passos e o cultivo recreacional espero ainda estar vivo pra poder presenciar tal coisa.
  3. Como já falaram....nós que cultivamos em casa podemos ser presos e condenados por tráfico igual ao camarada que estava plantando mais de 6 mil pés. O que tem que mudar são as leis!! A proibição que é a culpada. Planto alguns pés, mas eu gostaria mesmo de plantar centenas de pés e vender as sobras , dando emprego e pagando impostos como qualquer comercio. Julgar quem planta para vender e ao mesmo tempo planta em casa , compra prensado de traficante ou passa um beck pra um amigo está sendo hipócrita ou de uma visão minuscula.
  4. Acho o THC um grande ativista. Pode ter dado mole ao divulgar tudo que faz, mas creio que iluminou muitas cabeças e disseminou o cultivo em várias casas. Só por isso temos que bater palmas. Não vejo problemas em fazer dinheiro com a canábis. Infelizmente aqui neste país é proibido, espero que um dia seja legalizado o cultivo e a venda da nossa amada erva. Eu seria uma das pessoas que iria entrar neste meio para empregar pessoas e tb para ganhar dinheiro. Meu sonho é ser um cultivador profissional.
×
×
  • Criar Novo...