JuniorSativa

Usuário Growroom
  • Total de itens

    340
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

30 Excellent

1 Seguidor

Últimos Visitantes

553 visualizações
  1. A partir de hoje, blitz da lei seca vai flagrar quem usa maconha e cocaína Inéditos no Brasil, equipamentos serão usados na capital sempre que policiais suspeitarem que motorista consumiu drogas ilícitas entre a noite desta sexta-feira e a terça-feira de carnaval, o governo do Estado vai testar nas ruas da capital um novo modelo de blitz para fiscalizar a lei seca. Além de novos equipamentos para flagrar motoristas bêbados, como câmeras de vídeo, policiais de São Paulo terão, pela primeira vez, aparelhos capazes de detectar se o motorista consumiu também maconha ou cocaína. Os equipamentos - inéditos no País - serão usados caso o policial suspeite do consumo de drogas. Para o teste, são coletadas gotas de saliva do condutor. Diferentemente do álcool, não é preciso aferir a quantidade de outras substâncias psicoativas no corpo: pelo artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), qualquer valor é suficiente para indiciar o motorista por crime de trânsito, que pode pegar pena de 6 meses a 3 anos de prisão, além de perder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por um ano e pagar multa de R$ 1.915,40. A ressalva, segundo o presidente da Comissão de Trânsito da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP), Maurício Januzzi, é que, assim como o bafômetro e o exame de sangue, o motorista não é obrigado por lei a fazer o novo teste antidrogas. Mudanças Os novos aparelhos são apenas uma das mudanças na blitz da lei seca. O governador Geraldo Alckmin vai assinar hoje um decreto que rebatiza a fiscalização como Operação Direção Segura. No lugar de uma operação conduzida basicamente por policiais militares, as novas blitze terão também delegado e escrivão da Polícia Civil, peritos do Instituto de Criminalística e agentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e de seis secretarias de Estado. Serão, ao todo, 17 pessoas por operação. "A diferença é que toda a operação estará concentrada em um lugar só. Hoje, a cada motorista flagrado, é preciso que três, quatro policiais o acompanhem até a delegacia. Com o tempo, a blitz acaba se desfazendo", explica o presidente do Detran, Daniel Annenberg. A ideia do Palácio dos Bandeirantes, conforme o Estado antecipou em novembro, é que o indiciamento do motorista infrator ocorra na mesma noite do flagrante da bebedeira. A documentação do motorista e a situação do veículo (em relação ao pagamento de IPVA e licenciamento) também serão fiscalizadas nas operações. Outra novidade é que os policiais vão usar câmeras de vídeo, cujas imagens passaram a ser aceitas como prova de embriaguez desde o fim do ano passado, e foram treinados para notar os sinais de embriaguez definidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Além disso, cadeirantes vítimas de acidentes de trânsito farão ações de conscientização sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool e outras drogas. Eles também vão atuar em bares, baladas e restaurantes. O piloto do novo programa só deverá ser implementado no resto do Estado após o carnaval. Annenberg diz que, em uma segunda etapa, ainda neste ano, as blitze terão vans com computadores da Secretaria de Estado da Fazenda para que motoristas que estejam sóbrios, mas tenham pendências financeiras com o veículo, possam acertar suas contas. "Às vezes, o cidadão que não é bandido e está com a família fica a pé à noite por causa disso." 2 perguntas para: Dirceu Rodrigues Alves Jr., médico especialista em trânsito 1. Há diferença, para a segurança do trânsito, se o motorista bebeu ou usou maconha ou cocaína? Todas as drogas alteram a capacidade cognitiva, motora e sensitiva. As três drogas atrapalham, mas as ilícitas podem causar até alucinações. As drogas são uma grande agressão ao corpo e a pessoa não tem nenhuma condição de dirigir sob efeito delas - e isso inclui o álcool. 2. Há estatísticas sobre consumo de drogas por motoristas? Sim. Há relatos sobre motoristas nas rodovias que antes bebiam e agora usam maconha, porque a droga não aparece no bafômetro. E o consumo é maior entre os jovens que vão para as festas de carnaval. E lá consomem também álcool. Também está na mira venda de álcool para adolescentes A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo vai fazer operação especial no carnaval para fiscalizar a proibição de venda de álcool a menores de idade, mesmo acompanhados dos pais ou responsáveis. As blitze vão de hoje a terça-feira. Agentes das Vigilâncias Sanitárias estadual e municipal e do Procon-SP, a maioria à paisana, vão fiscalizar bailes de carnaval, casas noturnas, bares e outros estabelecimentos que ficam em ruas por onde passam blocos, cordões e trios elétricos. O sambódromo do Anhembi e imediações também estão na mira. A vigilância será intensificada ainda no litoral, em quiosques de praia e estabelecimentos. Os fiscais também vão checar o cumprimento da lei antifumo. Os estabelecimentos infratores receberão multa de até R$ 96,8 mil, além de interdição e perda da inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. FONTE : http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,a-partir-de-hoje-blitz-da-lei-seca-vai-flagrar-quem-usa-maconha-e-cocaina-,994412,0.htm
  2. Cara pra mim isso é seu organismo metabolizando a droga, eu fumo todo dia, varias vezes ao dia, ja tentei não consigo ficar sem 1 diar se quer, nao como, nao durmo, e as vezes tenho problema com suor noturno tbm, acordo com a camisa molhada pesada mesmo mt suor, mais é geral em dias que estou fumando muitoo, ou usando algum medicamento que envolve o metabolismo, seus corpo metabolizando a droga pode estar gastando bastante energia e isso esta super aqueçendo, outra coisa que causa isso tbm é dormir profundamente e ficar na mesma posição imovel por mt horas, as vezes aconteçe isso com seu corpo, ae ele aqueçe, bom tudo que falei aqui é experiencia propria nada cientifico, eu aconselho esperar uns dias, beber bastante agua, e praticar algum esporte, pq o thc fica nos lipidos, e esporte ajuda mt na abstinencia, PAZ
  3. acho que sua informação sobre piramides e mumia está errada
  4. Neuronios a mil aqui, mais tarde posto aonde cheguei.
  5. é do dia 20/4 dia da maconha no pais do tio sam como fica ao contrario 4/20
  6. VOLTA FHC? alienação é foda mesmo, basta o cara fala uma coisinha que a pessoa quer ouvir e pronto. ENQUANTO O COMANDO DELTA TEM CADA VEZ MAIS MOTIVOS PRA PERMANECER, SORRINDO.
  7. Abstinencia 3 meses depois? IUSIUSHUISHISUH fuma um baseadinho rapaz, 3 meses sem fumar vai ser a maior onda da sua vida, se na bula do seu remedio não consta nada, mais voce deveria ter pgt pro medico, é de menor po?
  8. Mano quando eu vi a noticia acho que pensei o msm que todos aqui. vi na tv
  9. Galera alguem ae utiliza aquelas phillips twister de 42w, pode me dizer se ela esquenta mt? meu micro cultivo ta esquentando demais com a hqi de 150w, entao vou trocar por elas. E caso alguem tenha interesse na minha hqi, quem sabe nao rola uma troca pelas twister algo assim, abç paz.
  10. pareçe do verde mesmo, os verde daqui vem embalado nessa fita sempre, e prensado na mesma forma
  11. Se você fosse menos ignorante e observasse algumas coisas antes, iria ver que o cara posto o video na galeria de vídeos, e outra se é repetido a culpa não é do cara ele não viu todos os tópicos com todos os vídeos que existe, simplesmente não comentem ou tranquem o tópico, galera aqui cheio de querer pagar de corretinho, esses mané é tudo vai com as outras vê uns criticando quer criticar tbm...paz
  12. fumo cerca de 25g de pren por semana, e estou nisso de fumar todo dia mesmo a cerca de 1 ano, porem fumo a todo momento , fumo apago, fumo apago, mas sem trampo e sem fazer nd fico nisso o dia todo, estou com a tolerancia muito alto , ja nao sinto mais efeito nenhum por mais que fume muito, bong, o efeito nao vem, porem eu acho que 2, 3 dias sem fumar ja volta a sentir um brisa, e se eu conseguisse deixar o primeiro baseado do dia beeem anoite, a tolerancia fica menor, pq vc fico o dia todo sem fumar