Ir para conteúdo
Growroom

FlordeGreen

Usuário Growroom
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

    Nunca

Reputação

0 Neutral

Contact Methods

  • MSN
    Zael
  • Website URL
    http://www.ecohen.blogger.com.br
  • ICQ
    159505433

Profile Information

  • Location
    Rio de Janeiro
  • Interests
    cinema, musica, floresta,antropologia...
  1. Ano eleitoral nos EUA desencadeia militância hip-hop Por Janine Coveney NOVA YORK (Billboard) - Os artistas de hip-hop possuem hoje um acesso à mídia e um peso financeiro ainda maiores do que quando o Public Enemy aconselhou a geração hip-hop a "Fight the Power" (Combatam o Poder), em 1989. Desde então, os artistas de rap já falaram de violência de gangues, apartheid na África do Sul, drogas, violência policial e outros. Agora eles querem influir na eleição presidencial norte-americana deste ano. Diversos grupos políticos vêm fazendo gestos à comunidade hip-hop na tentativa de conquistar não apenas os jovens, mas também todas os negros marginalizados, na esperança de que seus votos impeçam a reeleição do presidente Bush. "A maioria dos seguidores do hip-hop está na luta. Existe uma pauta comum para todos os que estão marginalizados", diz Russell Simmons, presidente da Rede de Ação da Cúpula Hip-Hop (HSAN). "Talvez eles votem de maneira que ajude não apenas os jovens, mas também todos os que fazem parte da luta." A HSAN já cadastrou mais de 500 mil eleitores novos em sua série de cúpulas repletas de nomes famosos, que vem promovendo em grandes cidades norte-americanas desde 2001, e milhares de outros em seu Web site, hsan.org. A HSAN espera cadastrar 2 milhões até o final do ano. Em sua 19a cúpula, em Chicago, a rede atraiu 30 mil eleitores novos para seu projeto Hip-Hop Team Vote. Realizado em 27 de março, o evento convidava o público a participar de um debate com artistas como Kanye West, Ludacris, Twista e Common. Os temas discutidos abrangeram desde o voto e os retratos policiais de rappers até a Aids. "Em muitas comunidades, a maioria da população tem menos de 30 anos. Esse fato por si só já garante a possibilidade de um voto decisivo, anti-situação", observou o jornalista e ativista político Davey D, que escreve sobre hip-hop e política em seu site daveyd.com. A HSAN é a organização hip-hop de maior visibilidade. Seu presidente, Benjamin Chavis, trabalha com um conselho de direção que inclui Jay-Z, Damon Dash, Sean "P. Diddy" Combs e o reverendo Al Sharpton, que já foi candidato à presidência. O grupo também está mobilizando apoio à poeta Sarah Jones, que abriu processo contra a Comissão Federal de Comunicações depois que esta multou uma rádio de Portland que pôs no ar sua canção "Your Revolution", que critica a misoginia. Fonte: UOL Música Reuters Por Janine Coveney
  2. Para quem não foi á SELECTAh S.S.I.na Cinelandia dia 26 de março, sexta passada, veja o que perdeu. http://www.realhiphop.com.br/fotos/index.htm# http://www.selectah.blogger.com.br http://www.dnbonline.com.br/ http://www.realhiphop.com.br/selectah
  3. Antes frases feitas do que mal feitas.... Ai M_Pessoa, freestyle é pra levar na bôa nada pessoal...
  4. hei,hei,hei goldchillium e nosso rei
  5. Galera, que mundo é esse? onde heróis da guerra são indicados ao Nobel da Paz? o quê que é a paz então? FlordeGreen Bush, Blair e Papa são indicados para Nobel da Paz Reuters Bush e Blair foram indicados pela promoção da guerra no Iraque O que você acha das indicações? O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, estão entre os nominados ao Prêmio Nobel da Paz de 2004. Entre os outros indicados estão a União Européia, que receberá dez novos membros neste ano, o papa João Paulo II, o Exército da Salvação, o ex-presidente checo Vaclav Havel e dissidentes chineses. Opine aqui sobre as indicações "Bush e Blair definitivamente merecem o prêmio", afirmou Jan Simonsen, um deputado de direita da Noruega que indicou os dois dirigentes para o prêmio, pouco depois de os combates no Iraque terem terminado, em abril. "Mesmo que eles não tenham encontrado armas de destruição em massa, eles se livraram de um ditador e fizeram do mundo um lugar mais seguro", afirmou o deputado hoje. As supostas armas de destruição em massa do Iraque foram a principal justificativa usada pelos EUA e pela Grã-Bretanha para iniciar a guerra, mas nenhum armamento do tipo foi encontrado. Especialistas nas premiações do Nobel dizem que as chances de Blair e Bush ganharem o Prêmio Nobel da Paz são quase nulas. Em 2002, o ex-presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, que se mostrou contra a guerra no Iraque, ganhou o prêmio. No ano passado, o prêmio de US$ 1,35 milhão foi para a advogada iraniana, defensora dos direitos humanos, Shirin Ebadi. O prêmio é anunciado em outubro. O prazo para apresentar as indicações termina no domingo. O diretor do Instituto Norueguês do Nobel, Geir Lundestad, disse que chegam ao instituto várias cartas e até 1,5 mil e-mails por dia de pessoas criticando ou elogiando os candidatos. Reuters Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso. Fonte:site do terra. Reuters
  6. Drogado é esse cidadão que é viciado no sistema que é a pior droga... Que cara mais hipócrita e ignorante! nem dá pra responder...
  7. Adorei essa! li também no site da BBC Brasil... Substância trataria males como fobia e ansiedade Compostos químicos semelhantes ao canabis - o princípio ativo da maconha - têm um papel fundamental no cérebro para apagar memórias ruins. Cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha, descobriram que canabinóides produzidos naturalmente pelo cérebro ajudam as pessoas a administrar melhor o medo. Os pesquisadores acreditam que a ausência dessas substâncias pode explicar por que algumas pessoas têm mais dificuldades de esquecer eventos dolorosos e sofrer mais estresses pós-traumáticos, fobias e problemas de ansiedade. Para os cientistas, que realizaram testes em laboratórios, medicamentos que simulem no cérebro o papel dos canabinóides podem ajudar pacientes a esquecer memórias dolorosas. Diferenças Dois tipos de ratos foram preparados para o estudo. O primeiro para produzir mais canabinóides e o segundo para produzir menores quantidades da substância. Os ratos, então, foram submetidos a uma série de testes, que envolveram ouvir sons altos e levar choques nos pés. Os pesquisadores notaram que os ratos que produziam menos canabinóides simplesmente ficaram paralisados ao ouvir os sons que antecipavam o choque. Já os ratos com maiores quantidade de canabinóides aparentemente esqueceram de associar o som ao choque e não ficaram paralisados. O estudo foi publicado na revista Nature. Pankaj Sah, um neurocientista da Universidade de Canberra, na Austrália, disse que o estudo é importante porque além de poder tratar a ansiedade no futuro, pode ajudar médicos a entender por que pessoas ansiosas ou com problemas mentais muitas vezes tornam-se usuários de maconha. http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/02...aconhamtc.shtml <..><..><..><..><..><..> ^..^<..><..><..><..>
  8. Muito bôa essa matéria que acabei de ler no site da BBC Brasil.. Polícia montada combate o tráfico na Sibéria A polícia na República de Tyva, na Sibéria, está perdendo a guerra contra os plantadores de maconha. O cultivo da erva se espalhou pelos grandes campos que no tempo do comunismo eram usados como fazendas coletivas e dificulta a repressão policial. Segundo a televisão russa, o plantio de maconha nos campos provocou o alastramento natural da erva, e agora a lavoura parece estar fora do controle da polícia. A chegada do verão no hemisfério norte dá início ao período de crescimento da planta e a vastidão das planícies siberianas favorece o alastramento da maconha por áreas onde não houve plantio pela mão do homem. Nova Colômbia A matéria da emissora de TV disse que Tyva, que fica junto à fronteira com a Mongólia, já é chamada de "Colômbia Russa" em virtude da intensa atividade do narcotráfico. A população local acha que a iniciativa das autoridades russas para combater o plantio é infrutífera. Moradores de Tyvia - que complementam a renda familiar com o dinheiro obtido com a venda da droga - dizem na reportagem que "tentar erradicar o plantio de maconha é o mesmo que tentar descongelar a Antártida". A erva nasce por todos os lados, cresce nas terras de fazendas coletivas abandonadas com a queda do comunismo. Cerca de 70% de toda a terra que no passado foi cultivável, está coberta de maconha. Agentes químicos Fazendeiros locais dizem que algumas plantações têm donos, mas que as terras não têm sido cultivadas ativamente. Como as autoridades não têm recursos para erradicar o tráfico, os policiais usam agentes químicos para matar as plantas, ou utilizam soldados do exército para arrancar do solo os pés de maconha. Alguns moradores locais dizem que cultivam maconha para poder comprar alimentos suficientes para enfrentar o rigoroso inverno siberiano. E os jovens usam o dinheiro obtido com o tráfico para pagar os cursos universitários. Liberdade condicional A polícia, com o auxílio de policiais a cavalo, prende cinco ou seis pessoas por dia por envolvimento com o cultivo e/ou a venda de maconha. Mas as sentenças são brandas e normalmente se limitam a manter o condenado em liberdade condicional por três anos. Ninguém leva a sério, conclui a matéria da TV russa. A polícia já tentou arar os campos para que possam ser novamente utilizados em agricultura convencional, mas faltam recursos para incentivar e manter uma lavoura alternativa. No inverno, as sementes de maconha são levadas para longe pelos fortes ventos siberianos e acabam enterradas nos campos, dando início a um novo ciclo de plantio. Pesquisa na BBC Brasil
  9. Eu tenho a seda da bôa " Gizeh" extra fine...agora só falta marcarmos o local da reunião,mas acho bom todo mundo ir com uma idéia na cabeça pra no final votarmos na melhor e depois investirmos na concretização....é o que eu falei antes, se for uma reunião só pra fumá 1 e nada mais tô fora, fumá 1 também é lógico!, mas com conteúdo.... //////////////////=^..^=//////////////////////
  10. Nem fui ao show do Ponto de Equilibrio, preferi ir ao lançamento do livro das minhas amigas Jô Hallack, Rac Afonso e Nina Lemos, " Mulheres em Fúria" , lá na Argumento....
  11. Concordo com o Hinom...e acho que é bom a galera ficar ligada de ser uma parada mais séria e não uma reunião de maconheiros doidões simplesmente, passeatas tem todo dia feitas pela Viva Rio e não vejo nada de concreto acontecer, antes de organizar uma passeata ou uma reunião na floresta pra fumar 1 ou plantar, é bom pensar em idéias concretas para discutir e botar em prática, coisas como descriminalização, legalização, pensar num esquema do usúário plantar a sua própria maconha e não comprar etc. etc...e levar até quem faz as leis desse pais, senão ninguem nunca vai respeitar quem fuma, vai ficar pra sempre esse estigma de que maconheiro é irresponsável, vagabundo, sequelado, que só fuma e não tem atitude, não faz nada na vida e tal....o gorwroom é um espaço único pra trocar idéias sobre o assunto, é democrático, tem liberdade de expressão, imagina agente falando do que falamos aqui na TV, no Jornal ! já estariamos presos...o Growroom é foda! viva o Grow! mas tem gente aqui que eu conheço, que fala pra caramba que vai fazer e acontecer e na hora h, usa esse espaço somente pra marcar encontro privativo com hemenzinho ou mulherzinha...... Tô estudando umas idéias pra tentar revolucionar essa parada, assim que tiverem mais resolvidas vou perguntar o que vcs acham.... Jah é!
  12. Eu sei que esse tópico aqui é de freestyle por isso vou ser breve só quero dar um toque DE-LEVE o meu evento SELECTAH na Cinelandia é mo style dia 28 de novembro sexta-feira vai ter DJs, mcs, vjs, b-boys hip hop, dub, ragga, jungle e imagem espero que todo mundo do growroom marque presença e se possivel pra confirmar mensagem.... Jah é!
  13. A evento SELECTAH que não aconteceu dia 14/11 por causa da chuva, vai ser dia 28 / 11 nesta sexta-feira com vários DJs, MCs, VJs, Break, enfim, música bôa na rua de graça para quem quizer. Além do hip hop que abre a noite, sons derivados do reggae como dub, ragga, jungle e drum´n´bass fecham a noite.... Espero a galera do Growroom lá em peso. A Cinelândia fica no centro da Cidade entre a Rua Rio Branco e Senador Dantas e a Selectah será em frente ao teatromunicipal e Camara Municipal,é super fácil de achar.... Jah é !
  14. Quem fala aqui é FlordeGreen GOLDCHILLIUM, vamo fumá um? porque eu não sei rimá nem green com capim...
  15. SELECTAh,soundsystem [inclusão social da música eletrônica para o pôvo] 14 de novembro na Cinelândia, Rio de Janeiro Música sincronizada com imagens,dança de rua [break] e diversão ás praças, ruas e praias do Rio de Janeiro. Inspirada nos sound systems jamaicanos (equipes de som ambulantes), a Selectah se propõe a criar uma espécie de circuito carioca da música eletrônica brasileira [hip hop, dub, raggajungle, drum'n'bass], levando sua música e cultura para o público de graça. A intenção também é socializar, misturar pessoas de várias classes sociais, mas que tenham a mesma afinidade cultural. A Selectah quer democratizar o acesso a esse tipo de som, cada vez mais popular entre os jovens de todo o mundo. Quem vai tocar:!? 18:h Atari Funkerz x GBCR [breaking] 19:h MC 4T GOLDCHILLIUM 19:30h MC De Leve 20:h dj Pachú 21:30h DJs John Woo x Nepal [Apavoramento Soundsystem] 22:30h DJ Castro [dub e raggajungle] 00:h DJs Talma Pizelli x DJ Gelo [drum'n'bass] x MC Angelo B 2: h DJ Calbuque [Febre] drum'n' bass x VJ Jodele Larcher [Azóia Lab] 3: hs até as 4:hs freestyles/jam session com djs, mcs e vjs Dia 14.11.03 Local: Cinelândia [Praça] Das 18:hs ás 4:hs Ingresso: grátis ou 1 kilo de alimento não perecivel que serão doados á uma instituição que cuida de crianças e adolescentes entre 5 e 18 que vivem em situação de risco social. Contato: [email protected] [email protected] www.selectah.blogger.com.br
×
×
  • Criar Novo...