Ganjah Master

Usuário Growroom
  • Total de itens

    361
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

33 Excellent

1 Seguidor

Profile Information

  • Gender
    Male

Últimos Visitantes

829 visualizações
  1. http://m.g1.globo.com/mundo/noticia/2013/12/uruguai-vota-projeto-para-liberar-producao-e-venda-de-maconha.html O Senado uruguaio votará nesta terça-feira (10) um projeto de lei mundialmente inédito e que visa a regular a produção e a venda de maconha, uma experiência que o governo pretende fazer para tentar combater o narcotráfico. O texto - aprovado em julho pela Câmara de Deputados - tem sua sanção assegurada pelo apoio da governista coalizão esquerdista Frente Ampla, que controla as duas câmaras. A iniciativa foi apresentada há um ano e meio pelo governo do presidente José Mujica junto a uma série de medidas para frear o aumento da insegurança pública e desencorajar a violência associada ao narcotráfico. "Este é um experimento", admitiu Mujica em agosto passado, em entrevista à AFP. "Podemos fazer uma verdadeira contribuição à humanidade", disse. O projeto concede ao governo o controle e a regulamentação da importação, cultivo, colheita, distribuição e comercialização da maconha e de seus derivados. Depois de se registrar, os residentes maiores de 18 anos poderão cultivar até seis plantas, ter acesso à droga em clubes de usuários ou comprar até 40 gramas por mês nas farmácias. A experiência se soma à legalização recente do aborto e do casamento gay e mantém o Uruguai em uma posição de liderança no reconhecimento de direitos. A lei sobre a maconha desperta resistência entre os 3,3 milhões de uruguaios. Uma pesquisa feita em setembro apontou que 61% são contrários a ela. A legalização da maconha causou espanto nos vizinhos Brasil e Argentina, e despertou dúvidas sobre seu real efeito se for aplicada em países que sofrem com o narcotráfico, como Colômbia e México. "Não há muita criminalidade em torno do tema no Uruguai, então a mudança não é profunda. É basicamente um experimento, mas não é um experimento que possa ser replicado com facilidade" em países de tamanho maior, declarou à AFP Steven Dudley, codiretor do site Insightcrime, especializado em narcotráfico na América Latina. O Uruguai enquadra a iniciativa na postura da Comissão Global de Política de Drogas - integrada pelos ex-presidentes da Colômbia César Gaviria e do México Ernesto Zedillo, entre outros - que sustenta que a guerra contra as drogas fracassou. Mujica, um ex-guerrilheiro de 78 anos, calcula que o país gasta US$ 80 milhões anuais para combater o narcotráfico e manter os presos por crimes vinculados à droga. Atualmente, consumir drogas não é penalizado, mas apenas comercializá-las. O consumo de maconha é o mais estendido entre as drogas ilegais e duplicou nos últimos 10 anos. Segundo as autoridades, há 128.000 consumidores de maconha, embora as associações de consumidores calculem que este número alcance os 200.000. Melhor preço e qualidade O governo planeja atrair os consumidores com uma maconha mais barata e de melhor qualidade que a comprada hoje no mercado ilegal. "Vamos levar em conta os preços no mercado negro até começarmos a desestruturar o funcionamento deste mercado", declarou à AFP Julio Calzada, secretário-geral da Junta Nacional de Drogas. Mas o projeto divide os médicos uruguaios, que afirmam, por um lado, que diminuirá o consumo de drogas mais perigosas enquanto, por outro, que banaliza os efeitos nocivos da maconha. "Quando esta lei for aprovada, a mensagem que você enviará a toda a população é que é uma droga, mas é menos pior que outras drogas e, portanto, passível de ser consumida", afirmou à AFP o psiquiatra Pablo Trelles, que trabalha com jovens viciados. Já os legisladores da oposição advertem que a lei corre o risco de provocar um aumento do consumo. Os consumidores também não são unânimes. Alguns não veem com bons olhos o registro para ter acesso à droga. Calzada admite que o maior risco é que a regulação "possa disparar o consumo se não realizarmos bem os controles". Os olhos do mundo no Uruguai Os especialistas também têm opiniões diferentes. "O Uruguai pode impulsionar o discurso internacional, científico e político sobre como desenvolver um controle de drogas mais razoável e mais afetivo", declarou à AFP Hanz-Joerg Albrecht, diretor do instituto Max Planck para o direito penal. Albrechta acredita que os maiores riscos são de aumento do consumo e de que ocorram problemas de saúde na população, mas advertiu que é difícil determinar a causa-efeito deste tipo de casos. Já Arjan Roskam, dono da holandesa Green House, o maior banco de sementes de maconha do mundo, adverte que se a regulação ocorrer "de uma forma muito socialista não funcionará". Roskam, um dos especialistas consultados pelo governo uruguaio, comentou à AFP que se tudo depender do Estado e se não for permitida a venda a turistas "seguirá havendo comércio na rua, o que não soluciona o problema" do mercado negro. Enquanto o governo espera ter pronta a regulamentação da norma em abril de 2014 e o mundo observa, novas lojas especializadas em produtos para o cultivo de maconha ou um banco de sementes local que oferece grãos à espera da legalização mostram que a cultura da maconha é cada vez mais propagada.
  2. Isso ae! continua tirando água do mar em copinho de 200ml que uma hora vira deserto! floripa, sei, essa era da boa!
  3. e quem precisa deles na marcha da maconha? tomara que eles nem botem o bedelho msm, assim o incenso ta liberado
  4. Parabéns a atitude da polícia, foi la, garantiu a integridade da marcha pacificamente como tem que ser. se td policial entendesse que a decisão foi do STF de liberar a marcha e que eles nao tem que se meter nisso, a coisa andaria bem em tds as marchas, e com ctz tinha gente fumando maconha, mas eles entenderam que o STF ja sabia que isso aconteceria eventualmente, e que eles nao tao la pra decidir nd.
  5. Boa STF, agora tem que julgar inconstitucional a prisão de TODOS que foram enquadrados no 33 por plantio de maconha em pequena quantidade, pq se um cara com 5kg de coca pode responder em liberdade, pq um cara que planta maconha nao pode? LIBERDADE SATIVA LOVER!!!!
  6. eu nao quero nem saber se tao falando bem ou mal, eu quero é que falem de MACONHA MACONHA E MACONHA toda hora na mídia, quanto mais fatos, mais relatos, vejo td isso que vem acontecendo ultimamente como uma trilha que está sendo traçada a nosso favor, afinal, a marcha só ta liberada por causa da polemica que foi gerada no ano passado com a açao truculenta da policia (que por sinal eles ja repetiram e provavelmente repetirao em marchas futuras nesse ano), entao, aos senhores evangelicos alienados, o que terá fim será o tráfico de drogas, pq a liberaçao da planta está proxima, entao, vao ciscar em outro galinheiro, FLW!
  7. essa senhora deveria dar palestras pelas delegacias de td o brasil!!!! ela está centenas de anos luz mais informada do que a maioria dos delegados do brasil que sao os "responsaveis" por isso e deveriam saber melhor do que ngm sobre qqlqr assunto relacionado a colocar pessoas na cadeia
  8. galera que ja tomou ayahuasca, hj tomei pela primeira vez, mas nao senti os efeitos, e isso foi só cmg, eu fiquei só assistindo a pira dos outros durante 10h até eles liberarem td a galera, isso é normal?

    1. Mostrar comentários anteriores  %s mais
    2. dreadlocos

      dreadlocos

      nao nao e igual nao lirio e perigoso ! ayahuasca e DMT

    3. Ganjah Master

      Ganjah Master

      nao sei oq aconteceu, mas eu tomei as 3 doses que eles deram (uma a cada meia hora)e NADA! depois de umas 2h eles falaram que eu podia tomar mais se eu quisesse tentar, mas como eu vi um indio la que tava delirando com 3 doses, eu nao quis tomar mais nao, pq se batesse com CTZ ia bater da quantidade total que eu tomei, entao achei melhor tentar uma outra vez, achei que a pira ia bater a hora que eu fosse dormir ontem, mas nao aconteceu nada, dormi normal, e por isso quero tentar de novo,...

    4. Ganjah Master

      Ganjah Master

      achei que ia ficar com insonia ou com algum problema, mas esta td OK! quem tem vontade deveria ir conhecer, a vigem deles é transcendental, quem curte essas coisas, fica a dica

  9. seria bom ter alguem como lider, pra colocar no papel td que será feito pra marcha, e dps distribuir as tarefas conforme cada um puder ajudar
  10. http://www.youtube.com/watch?v=TrSWNvHD1R8
  11. fala galera de Curitiba, como estao os preparativos pra marcha? será no dia 19 de maio, 14h mesmo? quem estiver organizando, se precisar de ajuda me manda mp, é noisss! quem for ajuda vai se apresentando que a hora ta chegandoo!!!
  12. Parabéns aos que realmente contribuiram com essa causa, máximo respeito a todos... esse é o caso do 4seasons?