HEMPSM

Usuário Growroom
  • Total de itens

    771
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    2

Posts postados por HEMPSM


  1. Cara se isso é pra combater a dependeência a maconha, não ponhao essa porra na boca nem que me prendam, amo minha erva, e jamais vou deixar que me digam pra eu usar essa merda industrializada pra tratar o meu vício que ao meu ver é mais salutar que qualquer merda que o governo possa me oferecer enquanto eles não legalizarem e me apresentarem flores melhores que as minhas, fodan-se seus capitalistas malditos que querem idustrializar a natureza, eu quero é minha flor. :tongue0011:


  2. Policiais militares encontraram na noite de segunda-feira (2) um pé de maconha em um terreno baldio localizado na rua João Gilberto, jardim Silvino, em Cambé. A apreensão aconteceu depois de uma denúncia anônima.

    Segundo a PM, a planta media aproximadamente 1,30 metros e estava sendo bem cuidada. Os policiais realizaram buscas na tentativa de encontrar o proprietário da planta, mas ninguém foi localizado. A PM aguarda nova denúncia para que o traficante que plantou a erva possa ser detido

    http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-3--94-20120103&tit=policia+apreende+pe+de+maconha+em+terreno+de+cambe

    img_1_3_224.jpg

    GUERRILHA URBANA!!!


  3. a onda pesadona pode ser tudo, menos maconha, thc, cbd, dbn...

    vai de cada um. tem gente que prefere fumar um prensado mofado por achar que dá mais onda que um fresco plantado...

    viva a diversidade.

    só é bom saber que não é hash nem maconha. é alcatrão carbonizado. parecido com coletar material das paredes da churrasqueira e chaminé, após 300 kg de carne assados.

    é o restolho, o sub-produto... fumaça... rsrs

    aqui, recomendamos o contrário, a nossa saúde é o principal. A qualidade do fumo, época certa de colheita, uso de fertilizantes inofensivos, sem inseticidas, secagem e cura corretos e depois o armazenamento ideal para conservação das substâncias, sabores.

    E no final disso tudo, ainda achamos que o ideal é vaporizar, bongar, cozinhar, fazer o hash legítimo sem "batismos", por mais que um velho e bom baseado com colomy, seja tradicionalmente o que é, no growroom levamos em conta nossa saúde...

    REDUÇÃO DE DANOS é isso ai piano falou tudo.


  4. Certeza em irmão Mandaca! Já desenvolvendo esse raciocínio, a gente bem que poderia comparar a eficiência entre o tratamento com a cannabis e uma dessas clínicas privadas do Laranjeiras e cia, a pesquisa sobre maconha curar câncer citava algo como 68% livres do crack, e muitos deles ainda parando de utilizar maconha, já clínica eu e algumas pessoas daqui já ligaram pedindo informações, e eles próprios admitem uma taxa de cura menor que 10%, ou seja, menos de 10% vai deixar de usar, isso pagando milhares de reais na mão de psiquiatra, enfermeira e o escambau.

    Meu brother Dankai, essas clínicas são pessoas completamente despreparadas que talvez nunca tenham visto drogas na vida, como vão conseguir reabilitar alguém se não sabem do que estão falando.

    Quanto a comparar a eficiência do tratamento com cannabis e o das clínicas, se conseguirmos alguma intituição que apoie essa iniciativa conseguiremos de uma vez por todas acabar com a carreira do laranja.

    :335968164-hippy2:


  5. Só pra deixar a galera menos preocupada, segue informação relevante:

    (http://www.conjur.co...icados-usuarios)

    A Justiça paulista não aplica mais condenação por tráfico de entorpecentes quando é possível desclassificar o crime para uso desde a publicação da Lei 11.343, de 2006. É o caso do sujeito flagrado cultivando pés de maconha, em que fique comprovado que sua intenção não era o comércio da droga. A lei anterior era mais rigorosa para atender essa benesse. O acusado poderia pegar até cinco anos de prisão. Agora as penas são: advertência, prestação de serviço e obrigação de participar de um curso educativo sobre drogas.

    Quanto a posse de sementes:

    TJMA - APELAÇÃO CRIMINAL: APR 425452005 MA

    Apelação criminal. Tráfico. Denúncia inepta. Cumprimento dos requisitos legais. Posse de sementes. Atipicidade. Absolvição. Extensão dos efeitos aos outros acusados Apelação provida.A posse de sementes de maconha não se caracteriza como conduta típica, percebendo-se, numa melhor hipótese, tão-somente atos preparatórios, estes não passíveis de punição pelo ordenamento pátrio.Apelação provida..

    (425452005 MA , Relator: MÁRIO LIMA REIS, Data de Julgamento: 25/09/2006, PASSAGEM FRANCA)

    Essas decisões são recorrentes em vários Tribunais.

    O papel e as memórias de computador aceitam tudo que for escrito, o problema maior é colocar isso na cabeça dos senhores que aplicam a lei, dos que fiscalizam a lei e dos que executam a lei. :335968164-hippy2:

    • Like 3