PAULO HARTUNG

Usuário Growroom
  • Total de itens

    320
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutral

8 Seguidores

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Manda um email corrigindo as informaçoes erroneas, defendendo o fato de nao haver um estudo imparcial que associe cannabis a cancer, ou a perda da memoria, ou explicando o processo de extração de haxixe. Particularmente gostei da materia, enviei o email por isso. Vc nao gostou, entao envie um email por isso. Enfim, faça alguma coisa util. Porque o seu VAI TOMAR NO CÚ, não acrescenta em nada.
  2. Pow entendi. Bom, eu malho faz uns 6 anos. Sou grower faz 6 anos tambem. Entao ou seja, mais de 6 anos fumando cannabis com os mais altos indices de THC, CDB e tantos outros canabinoides. Meu biceps quando comecei a malhar media 37cm e hj mede 44cm com o braço esticado sem forçar, coxa 72 cm. Enfim, ficar nessa pala de marombeiro aqui nao, que eu nem gosto dessas palas nao. Mas o que to querendo dizer é que tive um crescimento muscular muito bom ao longo desse tempo. Engraçado, muita coisa mudou ao longo desse tempo. Com o meu porte fisico aumentando, mudou toda uma postura de corpo, de comportamento, de alimentaçao. Minhas pernas tinham outro formato, panturrilha, trapezio. Bom pratico musculaçao com algum conhecimento,tenho livros sobre o tema e malho pesado. E vale a pena salientar que, nunca tomei veneno nenhum, nunca tomei bomba, detesto a ideia. Sou muito saudavel, bebo pouco, so fumo cannabis de primeira. Acho que a cannabis me auxilia no treinamento. Me mantem mais calmo, mais concentrado, com o sono mais em dia. E segura a minha ansiedade que é enorme desde criança, entao tem todo um efeito terapeutico. Acho que cannabis combina e muito com esporte, com qualquer um.
  3. Claro!!! Atuaçao firme nos bastidores. Agora exercendo uma manipulaçao cannabica dos meios de comunicação.
  4. Andei sim. Quando chegou por aqui me ligaram pra vender um, e fui la fazer o test drive. Nao me agradou muito nao... Abraço
  5. Maconha e criatividade, quem veio primeiro... rsrsrs boa, ficou bom
  6. Eu tenho um carve board. Verdadeiro surf no asfalto, mando altas rasgadas. Da pra pular obstaculo, passa por cima de pedra. E nao tem freio, freio é manobra. A remada é muito, cansativa. Longboard é melhor pra usar como meio de locomoçao, bem mais leve. Mas a radicalidade do carve é demais. Quedas rolam mesmo. Um ano atras tomei uma que fui parar no hospital, achei que ia morrer. Depois desses susto, fiquei mais prudente. Eletrico acho que perde toda a graça. Nao tem a flexibilidade do movimento, nao tem o esforço da remada. É igual bicicleta eletrica, tipo mobilete, muito sem graça. Esforço fisico é subir a ladeira na remada... Olha noix rumo ao topo...rsrs
  7. Se for por ai...eu sou um dano ambiental...como pra caraleo desde novo
  8. Sim tem toda uma vantagem coletiva socio-ambiental. Mas pra mim uma das vantagens da imigração é poder ter um puta possante por ai. Carros que aqui no Brasil sao intangiveis as vezes. Com certeza, morando fora eu ia ter uma carreta.
  9. Nao tem carro nao (interrogaçao) E no inverno, nao neva ai...como que faz
  10. Rapaz, concordo com vc. Mas por aqui nao tem dessa de risada nao, as capixabadas sao umas das mais exigentes, tanto que uma vez teve uma materia na tv que de um modelo chegando em mulheres em boate em todo pais. Em vitoria foi onde ele mais tomou toco, seguido Floripa. E em vitoria nao basta ser bonito, se a gata nao te conhecer dificilmente vai te pegar numa boate na frente de todo mundo. É um estado pequeno, formam-se turminhas, um conhece o outro e por ai vai. Mas elas podem porque aqui tem cada gostosa, mulher aqui a maioria das gatas malha pra caramba. Depois dos cariocas somos os que mais malham, no pais. A quantidade de academias per capita aqui so perde pro Rio. Claro que tem que ter assunto, diria nem rir nao. Tem mulher que detesta homem palhacinho, geralmente as melhores sao assim. O cara tem que ter uma identidade, um estilo. No meu caso é uma identidade de esportista. Isso atrai. Tipo quando vc ve uma gata patricinha e acha maneira, ai depois ve uma gata mais descolada, mais solta e acha maneiro tambem. O problema é aquela sem graça, que passa despercebida. Mas meu irmao é ate bom de papo, o problema que é sem graça mesmo. Se estragou com o tempo comendo porcaria, sem esportes nenhum. Agora ta querendo correr atras, me disse que quer começar a surfar comigo, a lutar jiu jitsu, a malhar. rsrsrs Ta querendo sair daquele corpim de pera madura dele. Quando a gente era mais novo eu tentava convencer dele ser diferente, mas depois de um tempo desisti. Eu nao consigo me ver sem esportes. Se ficar mais do que uma semana sem me exercitar minha ansiedade fica tao grande, que parece que o mundo vai acabar.