Cannabispe

Usuário Growroom
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutral

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Location
    USA
  1. Cannabispe

    Mudei

    Welcome to the jungle!!!
  2. Existem centenas de artigos na internet sobre a relacao da maconha e o coracao entao vamos leer um pouco mais ne minha gente. Nao sei oque dizem os medicos Brasileiros a respeito erva mas tenho certeza que sao um pouco ignorantes sobre o topico. Como o colega falou acham que se fuma a folha :'> Agora que realmente o uso da maconha pode aumentar as chances de um ataque do coracao eu acredito que sim. Aqui vai um artigo feito pela universidade de Harvad a respeito dessa discucao: http://www.hno.harvard.edu/gazette/2000/03.02/marijuana.html Pelo menos os medicos americanos dizem que maconha nao deve ser utilizada se vc tem um caso serio de coracao que nem sequer pode fazer exercicios moderados. Se vc e saudavel e pode realizar exercicos amigo nao vai ter ataque de coracao possivelmente. Mas antes de tudo pessoal vamos estudar todos os efeitos possiveis da maconha para saber indentificar o normal e o anormal para nao se desesperar com besteira. Nao sou um expert mas antes de entrar na maravilhosa erva peguei meu tempo e fui ler artigos medicos e cientificos a respeito da cannabis e selecionei os pros e cons. Fui pelo lado dos pros e estou aqui! Long live cannabis !
  3. Um estudo liderado pelo professor David Nutt, da Universidade de Bristol, no sudeste da Inglaterra, analisou 20 drogas ilícitas e lícitas e as classificou numa escala do nível de dependência, efeitos no organismo e interação social. Confira as dez piores drogas: 1º. Heroína: A heroína, ou diacetilmorfina, é uma droga opióide natural ou sintética, produzida e derivada do ópio, que é extraído da cápsula (fruto) de algumas espécies de papoula. Foi usada enquanto fármaco de 1898 até 1910, ironicamente (uma vez que é muito mais aditiva), no tratamento de dependentes de ópio e também como antitússico para crianças. A heroína foi proibida nos países ocidentais no início do século XX devido aos comportamentos violentos que estimulava nos seus consumidores. Em forma líquida, ela é usada com uma seringa, que injeta a droga direto nas veias, mas também pode ser inalada. 2º. Cocaína: É classificada uma droga alcalóide, derivada do arbusto Erythroxylum coca Lamarck, estimulante com alto poder de causar dependência. Seu uso continuado, pode levar a dependência, hipertensão arterial e distúrbios psiquiátricos. Em forma de pó, a droga pode ser consumida de várias formas, mas o modo mais comum é pela aspiração. Em 1863, o químico Angelo Mariani desenvolveu o vinho Mariani, uma infusão alcoólica de folhas de coca, que chegou a ser muito apreciado pelo Papa Leão XIII, que inclusive premiou Mariani com uma medalha. A Coca-Cola seria inventada em parte como tentativa de competição dos comerciantes americanos com o vinho Mariani importado da Itália. Segundo rumores, o refrigerante continuaria desde a sua invenção até 1903 a incluír cocaína nos seus ingredientes, e os seus efeitos foram sem dúvida determinantes do poder atrativo inicial da bebida. Em 1885 a companhia americana Park Davis vendia livremente cocaína em cigarros, pó ou liquido injetável sob o lema de "substituir a comida; tornar os covardes corajosos, os silenciosos eloqüentes e os sofredores insensíveis à dor". Apesar do entusiasmo, os efeitos negativos da cocaína acabaram por ser descobertos. 3º. Barbitúricos: Barbitúricos são sedativos e calmantes. São usados em remédios para dor de cabeça, para hipnose, para epilepsia, controle de úlceras pépticas, pressão sanguínea alta, para dormir. Nos primeiros anos de uso dos barbitúricos não se sabia que poderia causar dependência, mas já havia inúmeras pessoas dependentes. Hoje há normas e leis que dificultam uma pessoa a obter esse composto. Os barbitúricos provocam dependência física e psicológica, diminuição em várias áreas do cérebro, depressão na respiração e no sistema nervoso central, depressão na medula, depressão do centro do hipotálamo, vertigem, redução da urina, espasmo da laringe, crise de soluço, sedação, alteração motora. 4º. Metadona (Ópio): O ópio (do grego ópion, "suco de papoula", pelo latim opiu) é um suco espesso que se extrai dos frutos imaturos (cápsulas) de várias espécies de papoulas soníferas, e que é utilizada como narcótico. O uso do ópio mascado ou fumado, que se espalhou no Oriente, provoca euforia, seguida de um sono onírico; o uso repetido conduz ao hábito, à dependência química, e a seguir a uma decadência física e intelectual, uma vez que é efetivamente uma droga destruidora do organismo. Para se fumar o ópio, utiliza-se um cachimbo especial, com uma haste de bambu e um fornilho de barro, e os seus adeptos seguem um verdadeiro ritual. Pode ser utilizado ainda, como comprimido, supositórios, etc. 5º. Álcool: A bebida alcoólica pode ser considerada como a droga mais vendida no planeta, e o alcoolismo, dela decorrente, é um sério problema de saúde pública mundial. Pesquisas recentes sobre os efeitos do álcool no cérebro de adolescentes mostram que essa substância, consumida num padrão considerado nocivo, afeta as regiões responsáveis por habilidades como memória, aprendizado, autocontrole e principalmente a motivação. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estudos apontam que o "consumo baixo ou moderado de álcool" resulta em uma redução no risco de doenças coronárias. Porém, a OMS adverte que "outros riscos para a saúde e o coração associados ao álcool não favorecem uma recomendação geral de seu uso". Foi comprovado que o consumo moderado de álcool está associado a um maior risco de doença de Alzheimer e outras doenças senis, angina no peito, fraturas e osteoporose, diabetes, úlcera duodenal, cálculo biliar, hepatite A, linfomas, pedras nos rins, síndrome metabólica, câncer no pâncreas, doença de Parkinson, artrite reumática e gastrite. 6º. Cetamina: O cloridrato de cetamina é uma droga dissociativa usada para fins de anestesia, com efeito hipnótico e características analgésicas. Conhecido remédio para cavalo, é consumida por conter efeitos psicotrópicos, os quais vão de um estado de leve embriaguez até a sensação de desprendimento da alma em relação ao corpo. Pode ser inalada, engolida ou injetada direto nas veias sanguíneas. Essa droga aumenta a resistência vascular pulmonar que em pessoas com DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), comum em fumantes e bronquíticos, e se utilizado por essas pessoas pode precipitar uma insuficiência cardíaca direita. Também aumenta a pressão arterial e o consumo de oxigênio pelo coração, podendo levar a um infarto fulminante do miocárdio. 7º. Benzodiazepinas: Pertencente ao grupo de fármacos ansiolíticos, esta droga é usada no tratamento sintomático da ansiedade e insônia. A benzodiazepina vem em forma de comprimido e seu uso causa dependência psicológica e física, dependente da dosagem e duração do tratamento. A dependência física estabelece-se após 6 semanas de uso, mesmo que moderado. Os problemas de dependência e abstinência são comparáveis aos de outras substâncias que causam depêndencia, tendo-se transformado, nos países aonde há um uso mais generalizado, num problema de saúde pública, que só agora começa a ser reconhecido na sua verdadeira escala. 8º. Anfetamina: Em estado puro, as anfetaminas têm a forma de cristais amarelados, com sabor intragavelmente amargo. Geralmente ingeridas por via oral em cápsulas ou comprimidos de cinco miligramas, as anfetaminas também podem ser consumidas por via intravenosa (diluídas em água destilada) ou ainda aspiradas na forma de pó, igual a cocaína. Nas últimas décadas, a anfetamina tem sido usada em massa em tratamentos para emagrecer, já que a droga é temporariamente eficaz na supressão do apetite. No entanto, conforme o tempo passa, o organismo desenvolve tolerância à anfetamina e torna-se necessário aumentar cada vez mais as doses para se conseguir os mesmos efeitos, o que pode fazer com que o apetite desapareça e torne o usuário anoréxico. Ao contrário do que os médicos pensavam quando se começou a utilizar a anfetamina, a droga não causa dependência física, mas psicológica, podendo chegar a tal ponto em que o abandono de seu uso torna-se praticamente impossível. 9º. Tabaco: O tabaco é nome comum dado às plantas do género Nicotiana L. (Solanaceae), em particular a N. tabacum, originárias da América do Sul da qual é extraída a substância chamada nicotina. O usuário da nicotina, presente no cigarro, charuto, cachimbo e rapé, aumenta a probabilidade de ocorrência de algumas doenças, como por exemplo infarto do miocárdio, bronquite crônica, infisema pulmonar, derrame cerebral , úlcera digestiva, etc. Após uma tragada, a nicotina é absorvida pelos pulmões chegando ao cérebro geralmente em 9 segundos. Os efeitos são uma leve estimulação do cérebro e diminuição do apetite. Não há, na realidade nenhum efeito mais intenso ou importante. No entanto, o cigarro tem um potencial muito grande de provocar câncer, já que o fumo contém cerca de 80 substâncias cancerígenas. Há também estudos mostrando que as pessoas que fumam entre um e dois maços de cigarros por dia vivem cerca de 8 anos menos do que aqueles que não fumam. 10º. Buprenorfina: A droga é derivada da heroína e serve como substituta para os usuários de ópio e heroína que já estão viciados e completamente destruídos pela droga. Vem fazer com que o adicto não sinta a ressaca da abstinência tão violentamente e que, a médio prazo, lide de forma mais saudável com o fim do vício pelo ópio ou por heroína. Este medicamento de substituição tem revelado bons resultados e funciona da seguinte maneira: no começo usa-se uma dosagem de acordo com os consumos do viciado em heroína, que vai sendo vigiada e reduzida lentamente até 0 miligramas, conforme o paciente não sinta mais a necessidade dos opiácios (morfina e heroína). http://br.noticias.yahoo.com/s/23032009/48...ogas-mundo.html
  4. Cannabispe

    Mudei

    Bem Vindo ao forum amigo! esse lugar e realmente dez e parece ate que vicia heahaehea.
  5. Gente boa pra caramba e tirou pra mim altas duvidas!

  6. Acabei de encontrar uma explicacao em um site medico : http://www.doctorslounge.com/psychiatry/fo...topic-4225.html E pelo oque a medica fala voce nao necessariamente pode ter um disturbio ate porque nunca sentiu nada, apenas sente quando fuma. A medica fala que a maconha pode "Imitar" um ataque de panico. como tambem alcool e ate cafeina podem se associar a esse problema. Mas lembre que tambem como postei anteriormente na lista de efeitos da Cannabis um dos efeitos negativos e que a maconha tem e precipitar e favorecer ao aparecimento de sintomas de problemas psicologicos ja existentes. Digamos que voce era propicio a ter esse problema entao oque a cannabis fez foi fazer esse problema "florar".
  7. Pessoal antes te tudo e reconhecer os efeitos completos da cannabis e se lembrar que as vezes nao e um mar de rosas. Olha pelo que andei lendo tem gente que realmente toda vez que fuma tem crises ou alguns disturbios psicologicos e nao existe absolutamente nada que pode ser feito. Se voce e uma dessas pessoas amigo que a cannabis te causa esses problemas entao o unica coisa que te aconselho e esquecer a maconha. Va a um especialista para realmente saber oque anda de errado e nao ficar escutando tanto papo na internet. E cara e extremamente importante reconhecer bem a erva e saber de absolutamente todos os efeitos que podem ocorrer para nao se desesperar caso ocorra algum efeito nunca experenciado antes. Olhando em um site medico peguei a lista dos sintomas de um possivel ataque de panico mas repare tambem que muitos desses sintomas sao apenas o efeito da erva. Sintomas de um ataque de panico: Freqüência cardíaca acelerada ou palpitações. * Transpiração. * Dores no peito. * Tontura, náusea. * Formigamento ou falta de sensibilidade nas mãos, face ou boca. * Sensação de estar sonhando ou distorções de percepção. * Percepção de que não está conectado ao corpo. * Terror, sensação de que algo inimaginavelmente horrível está prestes a acontecer e que não tem poder para prevenir. * Medo de perder o controle e fazer algo embaraçador ou ficar louco. * Medo de morrer. * Tremores. * Choro. * Sensação de peso. * Diálogo interno alto. * Exaustão.
  8. Efeitos Da Cannabis: POSITIVE mood lift, euphoria laughter relaxation, stress reduction creative, philosophical or deep thinking : ideas flow more easily increased appreciation of music. More aware of, deeper connection to music. increased awareness of senses. (eating, drinking, smell) change in experience of muscle fatigue. Pleasant body feel. Increase in body/mind connection. pain relief (headaches, cramps) reduced nausea, increased appetite (used medically for this) boring tasks or entertainment can become more interesting or funny NEUTRAL general change in consciousness (as with many psychoactives) increased appetite, snacky-ness slowness (slow driving, talking) change in vision such as sharpened colors or lights closed-eye visuals (somewhat uncommon) tiredness, sleepiness, lethargy stimulation, inability to sleep (less common) blood shot eyes (more common with certain varieties of cannabis and inexperienced users) mouth dryness, sticky-mouth (varies with strain) interrupts linear memory. Difficulty following a train of thought. cheek, jaw, facial tension / numbness (less commonly reported) racing thoughts (especially at high doses) increased emotional impact of music Time sense altered: cars seem like they are moving too fast, time dilation and compression are common at higher doses NEGATIVE difficulty with short term memory during effects and during periods of frequent use (Ranganathan M, D'Souza DC, Psychopharmacology, 2006) racing heart, agitation, feeling tense=coracao disparado,agitacao e se sentindo tenso mild to severe anxiety : Ansiedade panic attacks in sensitive users or with very high doses : Ataques de panico em usuarios sensiveis ou em altas doses. headaches dizziness, confusion lightheadedness or fainting (in cases of lowered blood pressure) paranoid & anxious thoughts more frequent = Paranoia possible psychological dependence on cannabis clumsiness, loss of coordination at high doses can precipitate or exacerbate latent or existing mental disorders Fonte:http://www.erowid.org/plants/cannabis/cannabis_effects.shtml
  9. Infelizmente esse e o lado ruim da cannabis...
  10. Ola BonaxD o Avolokiteshvara esta certo, procure ir a um psicologo primeiro e de uma pausa na erva. Quando se sentir pronto ai entao procure descubrir e plantar a strain que pode tratar sua ansiedade. Ja tem medico aqui nos EUA sugerindo o pessoal a substituirem os remedios quimicos pela erva para tratar problemas de ansiedade. Mas como Avolokiteshvara falou e preciso ser o STRAIN apropriado.
  11. Cara procure um Hobby e muito importante! ja me senti como voce e ja tive muitos hobbies mas o hobby que realmente eu me apeguei e que me fez melhorar foi o mergulho autonomo. Eu pessoalmente sugiro Mergulho Autonomo pelo fato de ser simplesmente fora da realidade e simplesmente uma "trip" . cara o tempo em que voce passa la dentro voce esquece de absolutamente tudo la fora e como eu ate costumo dizer " podem ta te esperando la fora pra te darem uma surra mas enquanto voce mergulha voce nao pensa em nada a nao ser o mergulho" Imagine nadar com uma tartaruga ou entrar em um naufragio ! Por fato de ser um esporte radical e de risco sao muitas emocoes sem contar que ainda vc faz amizade com gente 10 ! Amigo se voce tiver qualquer interesse e so me avisar que ficarei muito feliz de te passar as informacoes para comecar no esporte !
  12. Parabens a todos que fazem tudo isso aqui possivel !! Nota 10 a todos !! :Maria: :pulafuma: :Maria: :base: Parabens growroom !!
  13. Cannabispe

    Mudei

    Por sinal tenho fumado a erva quase todo dia da ultima semana pra ca :'> :'> Estou voltando de vez para o Brasil em Maio e ai so deus sabe quando vou ter a chance de arranjar a erva denovo no Brasil porque nao conheco ninguem e tambem nao quero prensado de bandido. Estava planejando em plantar mas pelo menos nos primeiros 6 meses em que chegar nao vai dar :/ Vou sentir falta da minha Ak
  14. Cannabispe

    Mudei

    To de volta na area Meu micro deu merda passei uns dias sem net