Ir para conteúdo
Growroom

Citral Mystik

Usuário Growroom
  • Total de itens

    53
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

20 Excellent

1 Seguidor

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Tranquilo mermão... sobre o ph estar ácido só fazendo a medição. Realmente é estranho morrerem todas no mesmo dia, ph geralmente é algo que atrapalha a absorção de nutrientes e não é pra matar assim tão rápido em 5 dias. Colocar húmus tende a abaixar ainda mais o ph então não sei se resolve, e no início do crescimento não tem necessidade de muitos nutrientes no solo. Se tiver como passar mais informações do seu cultivo a galera pode ajudar de forma mais precisa...
  2. Mano... está escrito nas 3 primeiras linhas do meu primeiro post deste tópico. Abraço
  3. Hauahuahuahu... exatamente, por telefone o pessoal nem consegue entender as palavras perlita e sphagnum. Mas é isso, vivendo e aprendendo, vou dar mais uma chance pra tentar um solo semi inerte com essa turfa mais clara com perlita comprada na net. Valeu irmão
  4. Esse foi meu erro, como na minha cidade não tem growshop e eu precisava com certa urgência fui numa loja de plantas grande e achei essa turfa pronta entrega. Mas me arrependi depois que achei na Internet muito mais barato do que paguei essa turfa mais clara e de ph não tão alto. As plantas estão indo até que razoável mas crescendo menos do que nos substratos orgânicos já adubados que sempre usei. Vou esperar colher essas plantas e na próxima vou tentar com a turfa clara ver se melhora o rendimento. e essas abaixo com meu substrato tradicional orgânico fertilizado:
  5. De boa moçada... minha dúvida é sobre tipos de turfa. Montei meu substrato com 45% turfa, 45% perlita e 10% hunos de minhoca. Não estou gostando dos resultados, em comparação com os antigos substratos orgânicos que sempre usei. Estou fertilizado com flowermind 3x por semana usando o limite máximo recomendado. No meu diário de uma Dinamed CBD fui alertado por um irmão do GR sobre a cor do meu substrato, muito escuro, e perguntou se eu estava usando turfa negra. Como é a primeira vez que uso substrato semi inerte com turfa comprei só como turfa na loja e creio que comprei a turfa negra e não a clara que dizem ser de spahgnum. Apesar que li em um fórum gringo e dizem que todas são sphagnum, só muda a espécie e ambiente de formação. Essa é uma foto do vaso: Fui pesquisar num site aqui do Brasil mesmo e encontrei isso: Que é a turfa? Turfa, uma das palavras mais usadas em jardinagem, é um material orgânico constituído por elementos procedentes da decomposição de vegetais. Este material é de cor castanha (escura ou clara, dependendo do tipo) e é muito rico em carvão. A sua natureza depende das condições ambientais presentes na sua formação. Usa-se principalmente em jardinagem formando parte do substrato. Relacionado com isto, as suas características principais são as seguintes: Porosidade: a turfa tem uma alta porosidade que permite a circulação do ar e a correta drenagem da água por parte das raízes da planta. Este material é ideal para as espécies que não toleram alagamentos. Permutador catiónico: o seu pH é variável e costuma-se encontrar entre 3 e 4 quando se trata da turfa loira e entre 7 e 8 quando é turfa negra (já vamos falar dos tipos de turfa mais à frente). Retenção da água: é um elemento capaz de conseguir a retenção da humidade, por isso usa-se em conjunto com outros compostos (perlite) para evitar os excessos e os temidos encharcamentos ou alagamentos. Nutrientes: tem poucos nutrientes, daí que seja muito habitual adubar com frequência para suprir a falta destas substâncias. Como se forma a turfa? A turfa é um material formado por espécies vegetais decompostas. A formação desta “substância” é o primeiro passo pelo que a vegetação se transforma em carvão mineral (tal como mencionado antes, a turfa é muito rica em carvão). Trata-se de um processo lento. Nas bacias em que se forma (terra turfosa) e na parte mais superficial destas, é onde os resíduos vegetais, através da decomposição anaeróbica, lenhina e celulose, se transformam em turfa. De acordo com o grau de decomposição e a zona, a turfa é de um tipo ou de outro. Tipos de turfa Como mencionado anteriormente, existem dois tipos de turfa, diferenciadas entre si pelas suas particularidades: Turfa loira Também chamada turfa alta, é a que se desenvolve nas regiões com climas suaves, onde as precipitações são abundantes, as temperaturas são suaves e nas que a radiação solar escasseia. Nestes lugares desenvolvem-se espécies pouco exigentes, difíceis de decompor pelo que a estrutura principal da vegetação que forma a turfa fica praticamente inalterada. Como consequência, a terra é pobre e o pH é baixo. Turfa negra A turfa negra, denominada assim pela cor escura que tem a vegetação que se decompôs quase por completo, desenvolve-se em zonas baixas, ricas em bases. Ao contrário da anterior, o seu pH é alto e é a mais adequada para cultivar praticamente todo o tipo de plantas. Pode-se dizer que é quase um “substrato universal”. Lido isso vêm as dúvidas, se minha turfa é essa turfa negra que tem Ph mais alto eu precisaria corrigir? Alguém já usou essa turfa negra e teve bons resultados? Será que se eu fizer uma cobertura com mais húmos de minhoca e farinha de osso melhoraria? É isso galera, valeu pelo espaço.
  6. Salve comunidade.... Após mais de 1 ano e duas tentativas frustradas de importar sementes finalmente elas chegaram!!!! Foram compradas diretamente do site do Dinafem e enviadas para um casal de amigos na Europa. Eles colocaram em uma caixa com umas roupas e me mandaram. Foi postado no começo desse mês e chegou ontem... As variedades que eu queria plantar ricas em CBD e não tinha acesso finalmente estão em minhas mãos, um sonho antigo se tornando realidade. São elas: CRÍTICAL+ CBD AUTO DINAMED CBD AUTO DINAMED KUSH CBD AUTO CHEESE CBD AUTO PURPLE ORANGE CBD FEM DINAMED CBD PLUS FEM CHEESE FEM brinde A idéia agora é colocar 3 variedades automaticas pra germinar e estressar um galho pequeno de cada para fazer polinização cruzada entre elas e não precisar passar por todo processo de uma nova compra angustiante. A pergunta que fica é sobre alguns relatos de bancos de sementes famosos como o Dinafem venderem sementes de baixa qualidade apesar do preço alto... isso procede com a Dinafem? E outra é saber quem já plantou algumas dessas variedades? Vou usar um solo semi inerte e fertilizar somente com Flowermind no outdoor. Recomendamos algum aditivo? Seguem as fotos das caixinhas e embalagem e logo abro um diário desse novo cultivo.
  7. Plantas: Chocolope e Blue Mystik da Royal King 6 semanas de flora
×
×
  • Criar Novo...