Ir para conteúdo
Growroom

MaldororBR

Consultores Jurídicos GR
  • Total de itens

    2281
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

53 Excellent

Sobre MaldororBR

  • Rank
    Consultor Jurídico GR

Profile Information

  • Gender
    Male

Últimos Visitantes

1975 visualizações
  1. Onde compra sementes que entrega em casa? kkkkkkk! Sacanagem! Só bisbilhotando... Em breve novidades na área das canabaceaes, não necessariamente sativas e indicas... rsrs
  2. Apenas um alerta que obviamente já deve ter sido dado, mas que não custa lembrar: diante de um delegado ou de um magistrado, JAMAIS diga que você fuma com colegas. SEMPRE sozinho. Senão te botam no 33 §3º
  3. Bandido morto não produz dinheiro em cash pra polícia extorquir...
  4. Sakamoto: O Estado pode usar métodos de criminosos? Vale-tudo: o Estado pode usar métodos de criminosos? por Leonardo Sakamoto, no seu blog Um colega de um grande veículo de comunicação me perguntou, na manhã de hoje, qual minha posição sobre uma discussão que ganhou algumas redações: por que a polícia não metralhou os 200 traficantes da Vila Cruzeiro quando estes corriam em fuga após a entrada dos blindados da Marinha na comunidade. Segundo ele, parte das opiniões culpou a “turma dos direitos humanos”, que iria chiar internacionalmente quando a contagem de corpos terminasse, manc
  5. José Cláudio Alves: A reorganização da estrutura do crime 27/11/2010 Uma guerra pela regeografização do Rio de Janeiro. Entrevista especial com José Cláudio Alves do site do Instituto Humanitas Unisinos “O que está por trás desses conflitos urbanos é uma reconfiguração da geopolítica do crime na cidade”. Assim descreve o sociólogo José Cláudio Souza Alves a motivação principal dos conflitos que estão se dando entre traficantes e a polícia do Rio de Janeiro. Na entrevista a seguir, concedida à IHU On-Line por telefone, o professor analisa a composição geográfica do conflito e reflete
  6. Parabéns pelo texto! Vou aproveitar seu tópico para divulgar outros! Abraço! Locatelli e os estraga-prazeres de nossa sociedade “perfeita” por Roberto Locatelli, em comentário no blog Essa conversa de que “é preciso prender os bandidos” é cortina de fumaça. O que é preciso é combater o crime. Qual é a diferença? É uma diferença de visão entre esquerda e direita. Maluf passou décadas dizendo, com aquela voz anasalada: – No meu governo, os bandidos iam para a cadeia. Eu ponho a ROTA (1) na rua para prender os bandidos. Zé Bolinha de Papel e os seus pares vivem dizendo que vão aume
  7. As melhores White Widow que fumei foram do De Sjaman... Óbvio que existem maconhas nativas na amazônia... Teve uma série do chico mendes filmada lá que um certo ator da globo quase não filmava de tanto que aproveitava as landraces numerosas da área... Uma plantinha de baixa estatura, saborosíssima e com uma excelente potência! Nego desse e do cc já teve oportunidade de experimentar...
  8. Então... Esses periódicos desse site que coloquei aparecem no portal de periódicos da CAPES. A questão do post é que eles são pagos e estão sendo disponibilizados gratuitamente por alguns dias. Os livros continuam sendo pagos (o busca acha pdfs de periódicos e livros), mas os periódicos estão todos de graça. Normalmente temos acesso somente ao asbtract nesse portal. abs
  9. Sobre cannabis, vários em http://www.springerlink.com/content/?k=cannabis
  10. Muitos periódicos científicos nas seguintes áreas: Agriculture & Forestry, Animal Sciences, Cellular & Development Biology, Ecology, Microbiology e Plant Sciences. Em http://www.springer.com/life+sciences?SGWID=0-10027-12-773204-0 Aproveitem e baixem o que puderem pq isso não é gratuito e não ficará muito tempo disponível. Para quem não é da área da biologia, acessem em http://www.springer.com/?SGWID=0-102-0-0-0 e procurem periódicos na área de vocês.
  11. Eu dei uma resposta parecida com essa na área de cometários da matéria...
  12. O hábito de fumar maconha frequentemente, mesmo em pouca quantidade, pode danificar seriamente a área do cérebro responsável pela memória, segundo estudo feito na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Os resultados mostram que os déficits no armazenamento de informações e na evocação da memória nos usuários persistiram após um tempo médio de 14 dias de abstinência. A parte do cérebro mais atingida é a responsável pelo processamento da memória e pela execução de atividades complexas que requerem planejamento e gerenciamento das informações. Com o tempo, o usuário de maconha esquece at
  13. E o "traficante" nordestino ou paraguaio que colhe/prensa ainda vai demorar uns 50 anos p acessar Internet e pegar infos de cultivo... Mto dificil eles chegarem até essa info de "misturar amônia"... Até pq sem misturar amônia já dá cheiro de amônia e eles certamente sabem disso...
  14. É o que eu falo aqui em todo de grower preso injustamente... Conheço o modus operandi policial... Se eles fazem campana e realmente verificam tráfico, só prendem no flagrante... Se fosse verdade que os cultivadores do recreio estivessem vendendo, eles teriam sido presos no flagrante da venda e não da maneira como foi feita...
×
×
  • Criar Novo...