Scrollock

Usuário Growroom
  • Total de itens

    771
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

9 Neutral

Sobre Scrollock

  • Data de Nascimento 08/15/1915

Profile Information

  • Location
    RIO BRANCO - ACRE

Últimos Visitantes

1158 visualizações
  1. Eu nem tinha idade pra votar quando o THC foi presidente, e na época não teria votado nele. Entretanto, hoje eu apostaria meu voto nele, primeiro, pela possibilidade de regulamentação do mercado da Cannabis, segundo, para ver se esse cara tem caráter.
  2. Considerado referência ética no Congresso, denúncias sobre conduta de Demóstenes surpreendem parlamentares Diálogos telefônicos revelam proximidade entre o senador e o empresário Carlinhos Cachoeira, preso após investigação sobre exploração ilegal de jogos de azar Sob o fogo cerrado das gravações que sugerem o uso de seu cargo para troca de favores com o empresário Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres poderá ser afastado do DEM. A revelação sobre a conduta do senador, até então considerado uma referência no Congresso, surpreendeu parlamentares e analistas políticos. Na mitologia romana, o deus Jano – uma figura com dois rostos virados para lados opostos – representa o contraditório. Não é uma referência tão distante de nós. Seu nome batizou o mês de janeiro, quando olhamos para trás para contemplar o ano que passou e, ao mesmo tempo, para frente, aguardando o inesperado. Foi assim com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que se posicionou no cenário político nacional como uma das vozes mais contundentes na defesa da ética e da moral. Diálogos telefônicos divulgados nos últimos dias, no entanto, mostram uma proximidade entre o parlamentar e o empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, preso no final de fevereiro em uma investigação sobre a exploração ilegal de jogos de azar. Trata-se de uma surpresa ou do tradicional feijão com arroz da política nacional? O senador Pedro Simon (PMDB), 82 anos, considera a revelação sobre Demóstenes Torres, 51 anos, “um choque muito violento”: — Antes de mais nada, é um caso de psiquiatria. Ele tem duas personalidades. Não pode estar conosco durante anos, mostrando ser uma pessoa, e de repente aparecer um outro lado que revela ser outra pessoa — afirma o parlamentar gaúcho, acrescentando: — Esse rapaz é uma das pessoas pelas quais eu tinha maior respeito e carinho. Torci por ele, mas os fatos que apareceram são tão brutais, as gravações, a voz. O que ele podia fazer é renunciar antes de ser desfiliado do Democratas. Analistas, por outro lado, minimizam a surpresa em torno de mais uma notícia de irregularidade. — O episódio não significa nada. Várias pessoas em Brasília foram eleitas com a mesma plataforma (da ética). Todos dizem que estão preocupadíssimos com o assunto, só que alguns defendem com mais vigor e outros com menos – observa o cientista político Ricardo Caldas, professor da Universidade de Brasília (UnB), para quem a notícia é “mais uma confirmação de que a política brasileira precisa de reforma”. Episódio “trivial” da cena política O que explica o tempo relativamente longo em que Demóstenes conseguiu mostrar publicamente apenas uma das faces de Jano? — Ele talvez tenha concentrado suas fichas em um só patrocinador. Se você tem vários doadores ilegais, você se expõe muito. Se tem um só, talvez a exposição seja menor — analisa Caldas. O cientista político salienta que os parlamentares devem se pautar, acima de tudo, pelo decoro: — Cumprir a lei é necessário, mas não é suficiente. O decoro vai além da legalidade. Só o fato de estar tão associado a um empresário de um setor ilegal já é suficiente para descaracterizá-lo como representante. Antropólogo e professor da PUC-Rio, Roberto DaMatta considera o episódio mais uma mostra do “trivial da política brasileira”. — O que vai me surpreender é se aparecer um partido que tenha consistência, que seja a favor de pagar muito aos professores e pouco aos ministros, que seja absolutamente transparente em relação a obras públicas — exemplifica. Que Demóstenes tenha mantido a imagem de paladino da ética por tanto tempo tampouco deveria causar surpresa, segundo DaMatta: — Todos nós somos muitos. É o princípio básico da psicologia humana. A consistência é um ideal que tem de ser procurado todos os dias. FÁBIO PRIKLADNICKI - [email protected] FONTE: http://zerohora.clic...es-3713934.html -- Iae Growers! Esclareço que estou ciente de que a notícia não tem ligação direta com a nossa planta. Entretanto, fiquei tão feliz que esse maldito caiu, que tive que postar essa notícia, por mostrar o contraste entre o moral e imoral. Esse Demônio que ocupou os cargos mais responsáveis no poder legislativo, mostrou sua verdadeira face. A muito tempo Demóstenes Torres é assunto no fórum, seus projetos, como a possibilidade de prisão do usuário, em caso de descumprimento das medidas alternetivas, mostra que a moral e a ética desse indivíduo são deturpadas, ambíguas e desprovidas de lógica. E AGORA, TODOS VÃO VER ISSO, NÃO SOMENTE NÓS, ATIVISTAS, GROWERS E AFILIADOS, MAS TODOS. Jogo de azar e tráfico estão diretamente ligados, tudo farinha do mesmo saco! Diferente dos usuários que lutam pelo direito de não ter que dar dinheiro pra traficante, podendo plantar sua própria maconha. Agora está tudo explicado! Abraços!
  3. Essa história de cannabis ser dopping (acredito q seja isso q n tenha nada haver com o título)é uma esquizofrenia causada pelo proibicionismo... eles nem sabem dizer se a maconha está na lista de dopping por ser prejudicial ou por ser benéfica, acho q a nicotina deveria estar nessa lista de substâncias proibidas tb! A final ela estimula (isso sim é comprovado) o sistema neurológico de um dependente... o atleta dependente de nicotina, quando fuma, tem uma vantagem química sobre o não fumante... ou seja se vamos impor o moralismo nos esportes que seja da maneira correta, é proibido cannabis assim como tabaco! é questão de igualdade! pq eu "dependente", apreciador ou devoto da cannabis, n posso me estimular com ela, mas um dependente de nicotina pode fuma um crivo antes da corrida? muitos aqui praticam o surf e fumam, tanto cigarro quanto maconha, e acredito que quem seja dependente de nicotina se sente melhor pegando onda depois de fuma um crivo, ou no mínimo, rema mais depois que fuma um crivo! isso acontece cmg e acredito q aconteça com varios aqui! Acho q nenhuma droga deveria ser proibida, o problema é de quem usa, mas em uma competição, feita por algum grupo que tem interesse, quem quer entrar deve seguir as regras, assim como nós, n fumamos em qualquer lugar, qualquer pub, ou bar, seguimos as regras.... fumamos em praças, parques e etc. mas acho q enquanto a nicotina for aceita, ou cafeína ou qualquer outro estimulante.... a cannabis tb deve ser aceita!!!! O Phelps q diga quanto ela é boa ^^ rendeu muitas medalhas pra ele ! hehehehehehe
  4. Scrollock

    Diversas

    Viajens diversas...heheheh
  5. Cara, imagina quantas pessoas no Brasil que tem câncer e NEM FAZEM IDÉIA que a maconha pode amenizar as dores nos ossos causada pela quimioterapia.... na moral da um aperto no coração, enquanto nos, fumamos para viajar e relaxar, outros fumam pra não sentir dor... pior é os que nem sabem que possui essa alternativa... podem até proibir pra mim, que fumo por prazer, mas para quem possuem uma enfermidade que pode ser amenizada ou curada com a maconha, isso é totalmente inaceitável e desumano... =/
  6. 240 mil milhões seria 240 bilhões ??? O.o se for isso, n so salvou o sistema financeiro atual, como lavou MUUUUITA grana essa crise... conveniente heheheh
  7. na moral, quanto mais forte, menos o cara fuma... eu pelo menos sou assim....
  8. Cannabis forte consumida diariamente aumenta até seis vezes risco de esquizofrenia - estudo Lisboa, 01 Dez (Lusa) - O consumo de cannabis de alta potência e numa frequência diária aumenta até seis vezes o risco de doença psicótica, como a esquizofrenia, conclui um artigo científico publicado hoje, do qual o português Tiago Reis Marques é co-autor. "O uso diário de uma cannabis mais potente aumenta até seis vezes o risco de uma doença psicótica, como esquizofrenia ou outras semelhantes", explicou à agência Lusa o médico psiquiatra dos Hospitais da Universidade de Coimbra, a fazer doutoramento em Londres. No Instituto de Psiquiatria de Londres, o português participa no estudo GAP (Genetics and Psychosis/Genética e Psicoses), cujos resultados são parcialmente publicados hoje na edição de Dezembro do British Journal of Psychiatry (Jornal Britânico de Psiquiatria). © 2009 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A. http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5g0dtIGOGJ3PXRpA0UG4UmqprGc1Q ---- Mais um motivo pra regulamentar a erva...
  9. Realmente Maldoror, mas acho q doze tiros é exagero, pelo menos, eu se fosse disparar 12 tiros contra alguém n teria esperaça q ela sobrevivesse! diferente de tu dar 1 tiro, cessar a violência e o cara morrer de hemorragia a caminho do hospital... sei lah, o porco vai se incomodar pra explicar 12 tiros! Mas como disse, n acho q ele estava errado, n totalmente pelo menos... Mas tb n acho q chamar a polícia para matar os viciados resolva alguma coisa, só mostra a merda q estamos!
  10. Crack é foda... mas acho q esse fato mostrou a ineficácia do sistema de saúde em cuidar de viciados... e também comprovou que drogas não é assunto de policial! nem da pra culpa os policiais (a não ser pelos 12, doooze, tiros!) mas tudo bem, vamos supor que o cara se transformou em assassino de filme trash, e depois de tomar 3, 4, 5 balas, ainda tava esfaqueando o porco... acho q eu tb ia criva o loco de bala se ele viesse pra cima de mim....mas o fato é que a polícia não deveria estar ali! Sei lá o cara passou 6x por clinicas, pra que servem essas merdas de clinicas então? só pra rouba grana de quem jah tah na merda, dopar os caras e devolver eles mais viciados ainda!!
  11. "Tenho vergonha de uma pessoa pública que faz esse tipo de declaração. É por causa de declarações dessas que a ousadia desses marginais que vendem drogas e dos bandidos que as consomem, aumenta. Fico muito triste de ver o governador do meu estado fazendo esse tipo de comentário", atacou Bolsonaro. Porra! Tem que fumar muita Maconha pra aguentar esses FDP!
  12. Proibição deixa a sociedade mais burra! Agora sabemos pq!
  13. Pior q é bem assim mesmo! u.u A maioria quando fala em legalização lembra do crack! Essa pedra incomoda até quem não usa! ¬¬
  14. Scrollock

    3º Cultivo

    2 Hawaiian Skunk Seedsman 1 Power Skunk G13 Labs - Inicio dia 19/02/09