Ir para conteúdo
Growroom

felco

Usuário Growroom
  • Total de itens

    158
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

46 Excellent

1 Seguidor

Sobre felco

  • Data de Nascimento 05/08/1984

Contact Methods

  • Website URL
    fweno.onefour.com.br

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo/SP

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Pode me chamar de paranoico, mas na minha cabeça a "conta" é muito simples: Lava jato reduziu a receita de uma organização criminosa, e diante da possibilidade da descriminalização da maconha e até, legalização, a gente ta observando indiretamente esses atores buscando manter o statue quo, já que trafico de drogas não é contabilizado, lava qualquer quantia de dinheiro, e gera lucros absurdos. A maconha é facilmente a droga ilícita mais consumida no Brasil e no mundo. Se ela for legalizada, um mercado negro EXTRAMAMENTE lucrativo, vai ter que vir a luz. Arrisco dizer que os Bancos americanos ainda não receberam carta branca pra movimentar o mercado LEGAL lá, por que isso vai foder a diferenciação entre dinheiro que vem do mercado negro e é lavado, e o dinheiro que vem do agora mercado legal. Deixa tudo ilegal, só pra não complicar o trampo dos Bancos de cozinhar tanto livro contabil!
  2. https://en.wikipedia.org/wiki/Legality_of_cannabis_by_country#/media/File:World-cannabis-laws.png
  3. Acho que se a questão do uso recreativo for pra Plebiscito, nós vamos perder. Tem uma onda moralista no País... e é estranho porque, não sei vocês, eu cresci num mundo muito menos preconceituoso. Eu cresci assistindo os Trapalhões se vestirem de mulher e fazer piada, e todo mundo dava risada! Me sinto desconfortavel de ter que notar que grande parte desse movimento vem de grupos Religiosos.. algo que também acho bizarro. Não me lembro de quando era jovem, de ver noticia de gente invadindo terreiro de umbanda pra tacar fogo, ano passado aconteceu pelo menos duas vezes que eu fiquei sabendo! Enquanto nós tivermos essa galera que acredita que tem que estabelecer a santidade na Terra, vai ser muito dificil. Respeito a religiosidade das pessoas mas acho essa postura sem noção. E como se o individuo estivesse dizendo por um lado "deus pode tudo, ele não precisa de nada" e por outro lado "nos temos que fazer algo", então não entendo essa fé... há fé ou não há fé ai? Acho que é razovel dizer que há, com certeza, muita dúvida! Talves o foco agora devesse ser na Liberdade Individual, uma garantia que todo cidadão tem. As pessoas se esqueceram disso, completamente. Antigamente a ideia era assim "Cara se fulano é gay, o problema e dele". Ninguem se importava, porque justamente o problema é do Fulano! Hoje não, hoje é como se tudo que se faz tem que ser explicado... "Porque vc toma isso(Coca-cola)?" "Po gosto demais" "Credo isso faz um mal..."; Que desagravel não? Deselegante! Cada dia que passa parece que cada um pode ser menos o que pretende ser e tem que ser mais o que a "Torre de Vigia" quer que você seja. Lastimavel.
  4. BBC Brasil- E a legalização do consumo e comércio de drogas. O senhor tem posição sobre isso? Fux - Essa é uma questão que o Supremo está prestes a decidir. Já tem uma sombra de que essa matéria vai ser chancelada pelo Supremo. Pelo menos a descriminalização do uso da maconha o Supremo vai chancelar. A questão da comercialização também é importante, porque, segundo cientistas políticos e sociólogos afirmam, isso seria um golpe certeiro contra o tráfico, que é uma das tragédias da nossa sociedade. Por enquanto estamos debatendo a descriminalização do uso e posteriormente vamos debater a possibilidade do comércio regular da droga, assim como acontece no Uruguai e em outros países. Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-42058113
  5. Reportagem do Fantástico foi muito fraca. Diria até tendenciosa, o maior peso foi o Barroso mantendo sua posição. Pra mim demonstra que ainda há uma demonização do usuário de Cannabis, como se falar de algo positivo fosse dar 'Amém pra coisa do Capeta', ou algo desse tipo... Não se falou da CANNABIS, se falou da 'droguinha maconha', sou a favor de falar Maconha, mas nesse caso não era o caso. Era o caso de falar sobre as propriedades da planta, seus diversos usos e se não quisesse trazer esse esclarecimento porque são covardes, poderia ao menos ter falado da experiencia de Portugal. Não ter falado o que todo mundo sabe que o Uruguai fez e falar dos resultados.. falando em resultados, nenhuma palavra sobre os diversos Estados Americanos que modificaram suas Leis? Nossa, ai eu me volto a pensar sobre a crise política e reflito de que maneira um Jornalismo mediocre desse poderia contribuir com qualquer debate. Abrem o Programa falando da matéria e so no final do programa exibem aquilo, que pra mim foi só pra dizer como no Chile(Porque qualquer País é melhor que o Brasil), eles conseguem tratar o cara que curte fuma um Basiado, olha só! Era isso que estávamos procurando, a Cura dos Maconheiros! Ah na boa vá pá p... Pra mim o cara da OAB falando que o crime vai 'migrar' e como dizer 'Nós temos que manter isso! Nós temos que manter o trafico, porque se não vão começar invadir minha a sua casa, no Morumbi!'. Ridículo... aonde pede dispensa, acho que cai na realidade errada. Edit: Nesse País rabo-preso é mato. Pessoas que tem como suas convicções e entendimento, os entendimento e convicções de outras mentes, ideias essas que não são refletidas antes de serem tomadas como verdades. Difícil algo mudar quando todo mundo parece já saber tudo. Não se debate, não se tem tolerância com ideias opostas, não existe respeito a uma posição diferente. Enquanto nós tivermos esses líderes ignorantes que são apenas marionetes sem cérebro, esse País não vai melhorar.. tenho mais de 30 anos e desde que sou criança eu sei o que vai ser falado no horário politico, porque e sempre o mesmo discurso: - "Temos que resolver o problema da Educação!", "Temos que resolver o problema da Saúde Pública!", "Eu vou fazer e vou acontecer, porque eu sou diferente daquele candidato!". No fim, o discurso é só uma repetição e não existe nenhum plano pra realmente resolver essas questões. Gosto de fazer uma analogia com Desenvolvimento de Software(Ciência da Computação): Quando um determinado software, presumidamente antigo, já sofreu muitas 'correções paliativas', em algum momento muito embora o software funcione ainda, ele se torna ineficiente, e chegada a hora de uma nova abordagem, uma reestruturação total do software removendo todo tipo de código ineficiente ou simplesmente inútil, sendo reescrito então para um novo ciclo de desenvolvimento, agora com base sólida e de extrema eficiência. Enquanto tivermos esse comodismo de: "E só eleger fulano", "E só mudar esse paragrafo", vai funcionar, mas como num software altamente remendado, na hora que ele der pau, você só vai ter uma coisa a fazer: Sentar e chorar o leite derramado!
  6. Sera que ainda vai demorar pra ele terminar de florir? Abraços.
  7. Quando plantei elas serio que achei que iam ser iguais haha nao tenho experiencia e acho que os prensado sao todas iguais as plantas. Mas da pra ver logo nas primeiras folhas a diferenca de uma pra outra, se puderem comentar ai =D
  8. Fui la thumbs down em todos choraozinhu 'ai ki meda di dorgas' kkkkkkk A galera acha que se legalizar alguma outra droga, vai ser uma Pandemia das Drogas.. isso e como dizer 'Todo mundo vai-com-as-outras e se legalizar todo mundo vai querer usar', e um pensamento bem infantil.. meus amigos que nunca fumaram maconha desde moleque, ate nao fumam maconha entende? nao é o hype que faz o cara querer fumar, alguns ate provaram mas ate o cara virar maconheiro como nos comos maconheiros e outros 500. E como tu pegar um senhor de 40 anos que sempre bebeu Wisky, e um cara de 35 que nao bebe Wisky, bebe sei la cerveja.. ele nao aguenta saca. Porra, mesmo caras que ja fumaram muita maconha comigo, pega hoje vai dar um tapa comigo fica Locao saca, nao é assim! Ah vou ser maconheiro agora! Ate porque na minha experiencia, tipo a maioria das pessoas nao vira maconheiro, curte dar um tapa saca.. mas fumar fumar dia a dia, meu isso ai e so pras almas de Jah!! SALVE SALVE GROWROOM LEGALIZANDO NA CARA DELES!! PROXIMA VEZ QUE FALAREM PRA TI QUE TEM QUE PROIBIR A MACONHA MESMO FALEM 'VOU PROIBIR MINHA MAO NA SUA CARA MANÉ' 'Nossa vitoria não será por acidente'
  9. BOMBA! BOMBA! Justiça manda Anvisa legalizar THC para uso medicinal Publicado em 10 de novembro de 2015por tarsoaraujo Decisão de ontem da Justiça Federal do DF deu prazo de dez dias para a Agência de Vigilância Sanitária, que regula os medicamentos no país, retirar o THC da lista negra das substâncias proibidas. Isso já foi feito com o Canabidiol (CBD), em janeiro de 2015, por iniciativa da própria Anvisa. Mas o THC, princípio ativo responsável pelo barato da maconha, continua banido. A outra boa nova é que, pela sentença, estão autorizadas a prescrição e a importação deCannabis sativa L., a planta in natura. A decisão é uma tutela antecipada: ou seja, o juiz ainda não proferiu sua decisão final sobre todos os pontos da ação. Mas antecipou a decisão sobre pontos que considera urgentes. Que são: Reclassificar o THC. “Transferir, em dez dias, o THC da lista F2 do anexo da lei de drogas, que contém as substâncias psicoativas banidas, para uma lista de substâncias sujeitas à notificação de receita” – ou seja, ele passa a ser autorizado mediante prescrição médica. Mudar, em dez dias, a portaria 344/98 para “permitir, por ora, a importação, exclusivamente para fins medicinais, de medicamentos e produtos que possuam como princípios ativos os componentes THC (TETRAHIDROCANNABINOL) e CDB (CANNABIDIOL), mediante apresentação de prescrição médica e assinatura de termo de esclarecimento e responsabilidade pelo paciente”. Permitir a pesquisa e a prescrição “da Cannabis sativa L. e de quaisquer outras espécies ou variedades de cannabis, bem como dos produtos obtidos a partir destas plantas, desde que haja prévia notificação à ANVISA e ao Ministério da Saúde”. A ação do MPF também pediu a autorização de importação de sementes e do cultivo pessoal para uso medicinal. Essas demandas estão entre as que ainda não foram julgadas pelo juiz Marcelo Rebello, da 16a Vara de Justiça Federal do DF. Leia a decisão na íntegra. Decisão liminar ACP cannabis. ttp://almanaquedasdrogas.com/2015/11/10/bomba-bomba-justica-manda-anvisa-legalizar-thc-para-uso-medicinal/
  10. 08/11/2015 - Galera ta dando ate briga! São muitas associações propondo vias diferentes! Aqui uma lista que acredito ilustra essa variedade: 2016 California Marijuana Legalization Initiatives A comparison of the various proposed marijuana ballot issues Initiative Title and Sponsors Taxation and Use of Revenue Communities Allowed to Ban Marijuana Businesses? Business Rules Personal Possession Limits Legal Relief For Previous Marijuana Convictions? The Adult Use of Marijuana Act [Michael Sutton and Donald Lyman] 15% excise tax on retail sales. Revenues would be used to investigate legalization outcomes, develop marijuana DUI protocols, support communities harmed by past drug policies, sponsor marijuana research and fund various social programs. Yes Recreational licenses would only be granted to California residents, with existing medical marijuana businesses receiving priority. Delivery services would be permitted and local governments could allow marijuana consumption at marijuana shops. Rules would be established for appellations of origin and organic labels. Up to 1 ounce of marijuana, 4 grams of marijuana concentrates and six marijuana plants. Yes Cannabis Control and Taxation Act [George Mull, California Cannabis Association] 5% excise tax on retail sales. Revenues would go to marijuana research, state preschool programs, environmental protection and cleanup programs and pediatric medical research. No Recreational licenses would only be granted to California residents. Those associated with alcohol and tobacco companies could not receive licenses. Up to six marijuana plants and up to 1 ounce of marijuana and 4 grams of marijuana concentrates on a highway or in a public space. Not specified The Control, Regulate and Tax Cannabis Act of 2016 [ReformCA] 15% retail tax on edibles and concentrates; 10% tax on all other marijuana products. Revenues would go to local governments and various statewide social, safety, environmental and research initiatives. Yes Marijuana would be regulated similarly to alcohol. Recreational licenses would only be granted to California residents, with existing medical marijuana businesses receiving priority. Up to 1 ounce of marijuana and 100 square feet of garden space. Yes The 2016 California Bipartisan Decriminalization of Cannabis Act [Jason and Lara Collinsworth, founders of Love Genetics] 15% excise tax, plus 5% implementation tax. Half of all revenues would go to public schools. Yes Medical dispensaries would become recreational shops on Jan. 1, 2017. Concentrates made with dangerous solvents and delivery services would be prohibited. Up to 5 pounds of dried marijuana, 1 pound of extracts, 3 gallons of liquid extracts and 500 square feet of garden space. Yes The Safe Communities, Parks and Schools Act of 2016 [SaferCA, founded by Chad and Marinda Hanes] Purchases would be taxed at 50 cents per gram of dry product, $3.30 per gallon of liquid-infused products and $2 per gram of concentrate. Revenues would be distributed to drug abuse programs, public land funds and medical marijuana research. No Existing medical marijuana businesses would not face penalties until recreational licenses are issued. Delivery services would be permitted. Up to 30 grams of dried marijuana and either six mature plants or 25 square feet of garden space, whichever is greater. Yes The California Cannabis Hemp Initiative [Berton Duzy] Excise taxes would not exceed 10% of the retail price. Half of all revenues would fund development of hemp businesses. No Operators would be regulated similarly to alcohol businesses and would follow health and safety rules established for the herbal products industry. Up to 12 pounds of dried marijuana and 99 flowering female plants. Yes The California Craft Cannabis Initiative [Heather Burke and Omar Figueroa] Total taxes would not exceed 30% of a product’s retail value. No California residents and dispensaries operating for at least a year could operate in the recreational market. Rules would be established for trademarks, appellations, craft cultivator licenses and organic labels. Up to six marijuana plants. Not specified The Marijuana Control, Legalization and Revenue Act of 2016 [Americans for Policy Reform] Excise taxes would not exceed 15% of a product’s retail value. Revenues would go to education, conservation, drug abuse programs, public safety, marijuana research, minority organizations and local government general funds. Yes California residents and medical marijuana businesses operating for at least a year would have priority for commercial cultivation licenses. Rules would be established for appellations, artisan cultivator licenses and organic labels. Personal cultivation limits could be set by local neighborhood standards. Not specified Community Act to Regulate, Control and Tax Cannabis of 2016 [Alice Huffman, president of the California NAACP] 10% cannabis tax. No Delivery services would be permitted. Up to 1 ounce of marijuana and 25 square feet of garden space. Not specified The Cannabis Legalization Act of 2016 [Sam Clauder, California Cannabis Unity Campaign] Revenues would go to education, substance abuse programs and marijuana research. No In the absence of local regulations, marijuana consumption by those 21 and older would conform to tobacco regulations. Not specified Not specified Fonte: http://www.ibtimes.com/california-marijuana-legalization-2016-10-legalization-efforts-afoot-golden-state-2166983 Planilha: https://drive.google.com/file/d/0B6aehw7qCTO_SXQ4WFFHRTBVVWM/view?usp=sharing Ps.: Simplismente não consegui formatar isso melhor! ---- 08/10/2015 - Antigos: "Big Marijuana Reforms Included in Senate Spending Package" Fonte: http://lawprofessors.typepad.com/marijuana_law/federal-marijuana-laws-policies-and-practices/ -- 12/10/2015 http://www.usatoday.com/story/news/nation/2015/10/11/voices-ore-legalizes-pot-and-nobody-cares/73646658/ -- Indiana Senate Announces Bill to Legalize Marijuana and Hemp Production http://nationalreport.net/indiana-senate-announces-bill-legalize-marijuana-hemp-production/ -- Colorado monthly marijuana sales eclipse $100 million mark http://www.denverpost.com/news/ci_28947869/colorado-monthly-pot-sales-pass-100-million-mark ** O movimento em torno da legalização da Cannabis está muito forte, todos estamos vendo a inevitabilidade da Legalização. O argumento de que a Proibição não funciona está ganhando espaço diante de FATOS. Agora é possivel expor a verdadeira 'Porta de Entrada' que é na verdade o Trafico Ilegal de drogas, agora vemos possoas fazendo essa associação já vendo TAMBÉM o exemplo FENOMENAL do TABACO. Hoje socialmente desencorajado, socialmente tolerado e eficientemente afastado dos JOVENS, lembro que na minha idade todo mundo fumava em toda rodinha(tenho 30) e hoje a mulecada fuma ainda cigarro, mas já não tem aquele apelo. A VERDADE está do nosso lado, são MILHARES de anos de USO e se tá na pista é porque é COISA BOA! SAAAAAALLLLLVVEEEEE GROOOOWWWWWROOOOOOMM TU TA ESCRITO NESSA HISTORIA!!!! ****
  11. /claps ao GROWROOM! Conheci essa CASA em meados de 2007 e pra mim é lei: Trombei com um maconheiro, 'tu não conhece o GROWROOM?' 'tio procura la no Google!' '' Nossa Vitória Não Será Por Acidente '' '' São Milhares De Anos De Uso Sem Nenhuma Vitima '' '' Consumida In Natura É Uma Planta '' '' Medicina Anciã De Diversos Povos '' '' Largamente Descrita Ao Longo Da Historia Da Humanidade '' '' Proibida Não Obstante Resguardada Por Seus Conhecedores ''
  12. Ministros do STF defendem liberação só de maconha; julgamento é adiado MÁRCIO FALCÃO FLÁVIA FOREQUE NATÁLIA CANCIAN DE BRASÍLIA 10/09/2015 17h45 - Atualizado às 18h06 Os ministros do STF Luiz Edson Fachin e Luís Roberto Barroso disseram nesta quinta-feira (10) que são favoráveis a descriminalização do porte apenas de maconha, sem incluir outras drogas. Após o voto deles, o ministro Teori Zavascki pediu vista do processo, adiando o julgamento. Não há previsão para a retomada, segundo Fachin disse à Folha. Outros oito ministros ainda devem votar sobre a liberação do porte de drogas para uso pessoal. Primeiro a falar, Fachin votou pela descriminalização do porte da maconha para consumo pessoal, mas defendeu a manutenção das regras atuais para as demais drogas, como cocaína e crack. Ele propôs ainda que o Congresso deve aprovar uma lei para distinguir usuário e traficante, estabelecendo, por exemplo, quantidades mínimas para essa caracterização. O ministro também defendeu que a produção e comercialização da maconha continuem a ser classificadas como crime. Após o voto de Fachin, Gilmar Mendes, relator do processo, defendeu seu voto. "Eu reafirmo a minha posição nessa visão mais abrangente. Não me limitando portanto ao que diz respeito ao uso apenas da maconha. Tendo em vista inclusive repercussão que decisão tem". Ele votou pela inconstitucionalidade da lei em relação a todas as drogas, sem distinção. Na sequência, em um voto recheado de frases de efeito, o ministro Luís Roberto Barroso defendeu que o STF (Supremo Tribunal Federal) determine a descriminalização do porte de maconha para consumo pessoal. Em seu voto, no entanto, Barroso avançou e se mostrou favorável à liberação do plantio para consumo próprio, o que não foi aprovado por Fachin, e sugeriu uma quantidade mínima para diferenciar o consumidor do traficante: o usuário teria um limite de até 25 gramas e a autorização para plantio de "seis plantas fêmeas" –modelos semelhantes aos adotados em Portugual e no Uruguai, respectivamente. Essa definição estaria em vigor até a definição de novos parâmetros pelo Congresso Nacional. Barroso ainda questionou a fala de Fachin, que defendeu que a produção e comercialização da maconha permaneçam como crime. Sobre esse aspecto, Barroso fez uma ressalva: para ele, fica uma "solução relativamente capenga" descriminalizar o consumo, mas punir a obtenção da droga. Em seu voto, Barroso apontou a falência de uma política pública repressiva em relação às drogas, destacando o fato de que o cigarro, de consumo legalizado, teve sua venda reduzida nos últimos anos. Diz ainda que a criminalização impede que usuários de drogas busquem tratamento no sistema de saúde, por receio de serem punidos. "A criminalização não protege, mas antes compromete a saúde pública", diz. O ministro afirmou ser necessário não confundir "moral com direito". Há coisas que a sociedade pode achar ruins, mas elas não são ilícitas. () Se o indivíduo fumar meia carteira de cigarros entre o jantar e a hora de dormir, isso parece ruim, mas não é ilícito. O mesmo deve valer se ele fumar um baseado entre o jantar e a hora de ir dormir", afirmou. AJUSTE NO VOTO Ao tomar a palavra, o ministro Gilmar Mendes fez um ajuste em seu voto. Ele retirou a previsão de prestação de serviço à comunidade como punição para o porte de uso pessoal. Com isso, o voto do relator prevê como penalidades a advertência, palestras e cursos educativos. "Fazendo uma corrigenda no meu voto, eu devo aqui declarar a inconstitucionalidade, com redução de texto, da norma referente às medidas restritivas de direito. Porque ali elas são realmente medidas de caráter penal e portanto inadequadas para os propósitos que nós colocamos", disse Mendes. -- Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/09/1680070-barroso-defende-liberacao-do-plantio-e-porte-de-ate-25-g-de-maconha-para-uso-pessoal.shtml
  13. Essa ideia de que 'X é muito' ou que 'alguem que usa normalmente usaria Y', isso é besteira. Cada um tem seu uso, e sim como o CanhamoMAN falou, as vezes tem familiares. Se tem de se definir uma quantidade que seja alta. Possivelmente pensando no periodo de floração da planta. Se queremos ser auto-suficientes e não se utilizar do Trafico, então temos que ser auto-suficientes a valer! Uma matematica aqui é necessaria, mas ela tem que ser com folga e não com essa ideia de 'Putz isso é muito'. Talvez tenhamos essa postura, por termos sido reprimidos a decadas. Então tem essa ideia de que 'temos que pegar leva pra nao rodar'. 20 Femeas? 1Kg em estoque? Algo nessa linha. Positive Vibrations! 'Nossa vitoria não será por acidente' felco
  14. Galera a ansiedade e grande! Mas não podemos perder a paciência e principalmente a compostura. Tenho visto comentários pró mas com algum nível de agressividade. Vamos nos munir de argumentos e defender a verdade: Oque fazemos com nosso corpo não está em discussão!
×
×
  • Criar Novo...