Ir para conteúdo
Growroom

Serth

Usuário Growroom
  • Total de itens

    2691
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    4

Serth last won the day on September 7 2017

Serth had the most liked content!

Reputação

1020 Excellent

Sobre Serth

  • Rank
    cultivando a serenidade

Contact Methods

  • Website URL
    https://www.instagram.com/anandavidacultivos

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Nas Montanhas
  • Interests
    Que o munda tenha mais pé de maconha do que de capim.

Últimos Visitantes

5226 visualizações
  1. Não li tudo, então acho que tem algumas incorreções. pH é uma medida para qualquer cultivo, falar de complexo de troca (CTC) e falar de pH de solução são coisas diferentes. Mas, afirmar que o pH da solução nao interfere no cultivo é muito incoerente. Mesmo num orgânico ou num solo com alta CTC o pH da solução de entrada irá contar. Realmente a depender da CTC de alguns solos, o pH da solução de rega pouco influenciará no cultivo, visto que alguns solos tem uma força tampão muito grande, mas não é o caso comum. O que eu percebo hoje em dia, é que muitas misturas de substratos não tem o tempo correto de descanso, ocasionando num decréscimo de alguns nutrientes devido a fermentação. Com o tempo o problema se corrige. Mas, como a ganha envolve tempo, o grower pra corrigir o problema acaba gerando mais problemas... aí é que vai tudo por água abaixo.
  2. Micorriza, vale lembrar novamente, é o nome da associação entre o fungo e a raiz. Tipo, se a pessoa usar fungos micorrízicos sem a presença do hospedeiro (planta), os fungos irão entrar em estado de hibernação, esperando a resposta química do meio para poderem esporular novamente. A não ser que o meio tenha um predador do fungo e do esporo, é que não poderá se utilizar. Como os EM's, são em sua maioria simbiontes aos fungos micorrízicos, eu acredito que misturar uma cultura de raiz com micorriza num bokashi possa ser que preserve a vida e quando se encontrar novamente com a raiz da planta, o fungo volte a infectar e se multiplique.
  3. Utilizando-se de certos compostos fenólicos é possível misturar esporos de fungos micorrízicos com EM e substâncias húmicas. Tanto que os melhores inoculantes líquidos são basicamente feitos disso e de algumas giberelinas. Um bom inoculante com esporos de fungos micorrízicos garante uma taxa maior de germinação do esporo, já que condiciona o meio de cultivo para o ambiente ideal de germinação dos esporos. Agora, se por vezes, já tem esporos no solo de origem natural, um inoculante desses de EM auxilia também a simbiose, como foi citado acima.
  4. Serth

    250x.jpg

    Esse livro é bom demais!
  5. Que lindos os cogumelos... Rapaz, não sei se é micorrizico... independente disso ele é benéfico... FIquei na dúvida se é um cantarelo ou se é um leucoprinus... ou então algum outro hehehe... cogu é foda de identificar ... então, eu não me preocuparia, esses cogus são aliados do cultivo, combatem doenças e são beneficos aos microorganismos do solo, independente se faz organico ou não, existem microorganismos no seu solo e o equilibrio entre eles é que vai sustentar a saúde de sua planta... Se a saúde dela estiver boa eu ainda guardaria uns esporos pra inocular nos outros ciclos
  6. Eu afirmo que tem muita coisa incorreta e que isso tem prejudicado bastante o fórum, não estou julgando ninguém, estou julgando o conhecimento que está sendo passado Não apontei o erro de ninguém, nem tão pouco insultei alguém. Disse que todos precisam estudar mais e buscar informação de verdade. Depois que o entusiasmado em ensinar se sentiu insultado e veio falar diretamente, até afirmando que eu não o conhecia para julgá-lo, eu queria saber em que momento eu julguei ele... apenas apontei que estava incorreto o que estava sendo passado e continuo dizendo que está incorreto. Depois eu decide expor e qualificar o que acho sobre os ensinamentos dele, já que não o tinha feito e mesmo assim ele se doeu, decide fazer uma qualificação para ver qual seria a reação. (essa eu concordo, é desnecessária) Aí os ignorantes (não estou insultando apenas constatando), ao invés de buscar o conhecimento ou debater o mérito do que eu disse, preferem fazer um sofisma que é me atacar, como se o problema fosse eu. Estou contribuindo dizendo que o que está sendo passado está incorreto e continuo dizendo, está MUITO INCORRETO, ainda disse qual seria o problema e que procurasse estudar sobre e novamente salientei que tinha coisa incorreta sobre reações envolvendo calmag e calcário dolomítico. E não quis contribuir aqui porque já existem mais de 10 tópicos onde isso é ensinado. No mais é isso mesmo, senta pau no magnésio!!! (isso é uma piada)
  7. Isso tá errado. Tem uma afirmação correta e todo o resto é lixo. Achar que ensinar coisa errada é tentar ajudar...
  8. Bom, se voce se doeu tanto assim, estude mais um pouco mesmo porque deve tá precisando. Sendo bem sincero, se voce se sentiu insultado, é porque provavelmente nao tem experiencia suficiente, pois sentiu que se encaixava no que eu estava falando. E sim, de fato, tem muita informação errada e o growroom tá foda, a prova disso é que só porque eu falei que tá tudo errado e disse que 90% da informação estava incorreta as pessoas já se sentem afetadas ao invés de estudarem. E se eu não te conheço, digo o mesmo. Aquela coisa né mano a carapuça só encaixa em algumas pessoas mesmo
  9. Essa parte aqui de cima tá certa. A cor roxa vem de um composto que a planta libera, chamado antocianina, esse composto vem através da síntese de açúcares oriundos da fotossíntese. Se tem açúcar sendo disponibilizado para a síntese da antocianina é porque alguma coisa não está certa na solução do solo e algum nutriente está em falta ou não está sendo assimilado devido ao pH da solução do solo. Minha opinião é que o problema está no pH, e daí vem outra coisa, CalMag e Calcário dolomítico não reagem da mesma forma no solo. ( E já tem muita explicação sobre isso no fórum). Aconselho estudo para todos, o cultivador que perguntou e todos os demais que responderam. Estava passeando pelo fórum e basicamente 90% da informação que tá sendo passada atualmente está incorreta e por vezes chega a ser absurdo... Não sei se isso é proposital, se realmente querem ensinar errado ou se estão propagando o que já aprenderam errado... Nessa atualidade, cheio dos gurus do cultivo, o que eu aconselho é ir atrás dos experimentos dos growers, da situação prática do dia a dia, ação/resultado, métodos confiáveis... Ler material que é embasado sobre cultivo de cannabis, sobre fisiologia e nutrição vegetal, fertilidade dos solos, etc... Antigamente no growroom não era raro um tópico ser respondido com citações, trazendo um debate amplo e por vezes científico de todo o processo em questão... Hoje as pessoas afirmam aquilo que "ouviram falar" como se fossem verdades bem sólidas... Isso é muito ruim Leitura sugerida; http://www.fisiologiavegetal.ufc.br/APOSTILA/NUTRICAO_MINERAL.pdf
  10. Só os discípulos do "maionésio" ... Tá tudo errado... Growroom tá foda... Aconselho a todos estudarem mais
  11. Bom dia... O melhor caminho mesmo é estudar. Ir nos tópicos, ver as experiências práticas. Ficar lendo as coisas por aí, sem ter certeza de o que está lendo é muito arriscado, inclusive aqui no Growroom, é importante saber filtrar o conhecimento, ver o que é conhecimento teórico e o que é conhecimento prático ... Boa sorte!
  12. Com certeza, pode borrifar água. Voce vai perceber que ela cresce mais rapido se borrifar água
  13. Parece falta de água. voce tem borrifador de água ? Pode ficar borrifando água nela, mudinhas adoram umidade.
  14. Serth

    Ph Manifesto

    Tem certeza que é pH baixo ? Porque geralmente um solo desses comprados vem com regulagem tampão de pH .... Se ele tá dizendo 6.1, deve ser esse o pH mesmo. Voce colocou o que ? Ou esses 20% de humus, voce que colocou ?
  15. Opa! Assim, uma dica boa e fácil é colocar num copo com água mesmo como citado acima, só irei corrigir alguns detalhes. O que geralmente impede que uma semente germine e tenha sucesso de vida, são fungos. Então nesse ponto eu aconselho colocar as sementes num copo com água, mas pra cada 200ml de água colocar uma tampa de água oxigenada (3% V/VOL). Assim que perceber que a semente abriu, você troca ela pra um copo com água normal (use água filtrada ou mineral, garante mais limpeza na água). Deixa ela abrir mais um pouco e então coloca na terra, a terra do seu quintal provavelmente é a melhor opção mesmo, porque o solo tá estável. Assim que colocar a semente na terra, coloca a parte da raiz que saiu pra dentro da terra e deixa a cabecinha da semente pra fora e vai completando com terra a medida que ela cresce o caule. Não tem relação com sementes que boiam ou afundam, ambas podem germinar. Só descarte uma semente caso ela tenha perdido a parte interna, ou então tenha sofrido alguma ruptura na casca que tenha danificado a parte interna dela. A rega é muito importante, regue com gotas ou então borrifando. No mais é isso, qualquer dúvida estamos aí, abração e sucesso aí na empreitada.
×
×
  • Criar Novo...