Gabe

Usuário Growroom
  • Total de itens

    1782
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    1

Gabe last won the day on March 3 2012

Gabe had the most liked content!

Reputação

218 Excellent

Sobre Gabe

  • Rank
    Usuário do mês - Outubro de 2007

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Strawberry Fields

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. FIXA ESTE TÓPICO!!! Muita informação de qualidade, muito maneiro!
  2. Beleza... Perdi todas as plantas pra fungo :(

  3. Plantel renovado: Critical Kush, White Widow e Skunk #1 estão chegando pra reforçar o time em 2013!

    1. Nick104

      Nick104

      boas contrataçoes

    2. rsfan

      rsfan

      Reforços de peso!

    3. rsfan

      rsfan

      Esse skunk é goleiro né? hehehe

  4. Moçada, 75% dos entrevistados não apoiam... não quer dizer que 75% da população não apoie. O estudo aponta o uso de pouco mais de 4600 questionários. Dá pra correlacionar 190.000.000 de pessoas em 4.600? Eu acho BEM difícil (acho, não procurei nada sobre validade de amostras populacionais porém com certeza há consenso sobre isso). Pesquisador da UNIFESP foi no coração de Heliópolis pra preencher questionário? Duvido. Então não basta ver a quantidade, tem que ver a estratificação social COMPLETA, quebrada em faixas etárias, etnias, classes profissionais... cara, é tanta característica pra poder traçar um paralelo à população brasileira que somente a dispersão geográfica e as quantidades não dizem muita coisa. Engana o povo, iletrado, que segue pra onde a Globo aponta e acredita em tudo que é escrito/publicado. Duvido de qualquer estudo da UNIFESP (toda generalização é erro, mas tá foda)! Minha irmã é Terapeuta Ocupacional e faz uma pós na UNIFESP sobre saúde mental e nós tivemos uma conversa depois de umas aulas dela sobre drogas e saúde mental. Ela não conhecia, por exemplo, o sistema endocanabinóide e reforçou que nosso cérebro só possuía neuro-receptores para opiáceos. Dá pra acreditar? Posso até estar equivocado sobre os receptores, mas desconhecer anandamida e companhia, pera lá! Cadê a credibilidade? Resumindo: estatística e citações a estudos devem, sempre, vir seguidas de fontes e devemos analisá-la com critério antes de assumir como verdade. Tiremos nossas próprias conclusões... pesquisa tendenciosa, pra cima de mim, não! Abraz
  5. Salve, moçada! Como muitos que postaram aqui, tenho dúvidas quanto a como levar essa dupla: filhos e diamba. Foram postadas várias experiências pessoais, vários achismos. Porém, como cientista que sou (hehe), não consigo parar de me coçar até ver um estudo. Existe material, do ramo da psicologia ou pedagogia, a respeito? Porque como vários postaram, também trato com naturalidade a questão das plantas, da parafernália (bongs, vapes, sedas, etc.), porém nunca fumo na frente dos meus filhos. Nunca é forte, já aconteceu, mas evito a todo custo. A mais velha possui desenvolvimento pleno, é até avançada em vários aspectos, e o mais novinho não tenho como traçar nenhuma avaliação pois é muito novinho (7 meses), mas aparentemente segue normalíssimo. Dúvidas, dúvidas, dúvidas... mas acho que a paternidade é isso mesmo, né não? Abraz
  6. Não tinha visto esse do Brave! Belo discurso!!!!!!
  7. Exato... gostei do termo que o Denis Burgierman uso no livro dele, O Fim da Guerra: maravilhamento. As drogas trazem aquele maravilhamento da infância, de quando algo novo é admirado e visto pela primeira vez, para a vida adulta.
  8. Beleza.... meus boxes infestados com tripes :(

    1. Mostrar comentários anteriores  %s mais
    2. Gabe

      Gabe

      Insetos, alados, minúsculos, que sugam seiva e detonam as plantas: http://pt.wikipedia.org/wiki/Thysanoptera

    3. Tchumin

      Tchumin

      Aqui a coisa ficou feia tb.... uma semana neem dia sim dia não e dedada nas marditas! Boa sorte aí!

    4. Gabe

      Gabe

      Boa... aqui tá rolando mesmo esquema: neem dia sim, dia não, com limpeza das folhas diárias (solução alcool 50%)... VQV!

  9. Salve São João! Festa junina será verde esse ano!

    1. Neófito

      Neófito

      Boa Gabe! Mandou bem...gesta junina é o que há!Abraço e boa sorte.

    2. Rodrigo M
  10. Gabe

    Bong

    vale a pena total! melhor investimento, quase abandonei o vape....
  11. Respeito e confiança se ganham com atitude. Você vai ter que provar que não é viciado e que a maconha é coadjuvante na tua vida. Estude, arrume trabalho, prospere, construa uma vida e, acima de tudo, seja feliz e positivo. Teu pai tem essa atitude e acredito que mostrar pra ele que tu é homem, que assume responsabilidades e que a maconha não te atrapalha vai ser o único modo dele aceitar algo. De qualquer forma o convívio entre adultos é sempre complicado. Nossos pais surtam quando vêem que nós somos capazes de buscar informações, processá-las e tomar nossas próprias decisões, independente das idéias e valores deles. Essa incompreensão que gera o conflito, o medo do filho não se tornar o que eles querem, o que é muito bizarro. Resumindo: paz só vem com liberdade e em se tratando de pais e filhos adultos, a liberdade se conquista metendo o pé na estrada. Eu saí de casa aos 17 anos e, te falar, só aí que eu realmente pude me conhecer... Então segue esse script pra felicidade: 1) Estuda 2) Estuda mais 3) Trabalha 4) Sai de casa Abraz
  12. Gabe

    Diadema Em Chamas

    DO CARALHO! Toma reaça!