beatnik

Usuário Growroom
  • Total de itens

    89
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

20 Excellent

Profile Information

  • Gender
    Male

Últimos Visitantes

520 visualizações
  1. Cara, tô nesse objetivo também. Tô querendo me organizar pra isso. Se tudo der certo, em 2016 fumo só das minhas colheitas, e não dou mais nem um centavo pro tráfico...
  2. Eu já fico logo irritado por uns dias, e no começo dá um pouco de insônia também, mas nada demais. Sempre quando tá acabando, eu fico pensando em dar um tempinho de 1 ou 2 semanas sem fumar, mas quando acaba mesmo eu já fico meio ansioso querendo comprar, e saio caçando pontas esquecidas pela casa. O pior são os primeiros dias, que eu fico na pilha mesmo de fumar, e se eu passo muito tempo em casa de bobeira então, bate uma vontade louca de fumar um. O esquema é o cara se ocupar bastante, estar sempre fazendo alguma coisa, que daí o tempo passa e vc esquece, e quando vê já é hora de dormir. E pra insônia, o bom é fazer bastante exercício físico, academia, sei lá, que aí à noite vc já tá mortão, pronto pra capotar na cama. Engraçado que, quando eu viajo, eu fico totalmente de boa. Um pouco irritado no começo, claro, mas se eu passar 1 mês viajando, é 1 mês que eu não fumo. Esse negócio de pegar fumo durante viagem, já fiz muito isso, mas hoje não faço mais, pq é sempre a maior furada, além de vc ter que lidar com gente de reputação bem duvidosa. Prefiro ficar na minha e aproveitar o detox forçado. E no final das contas, sempre que eu fico um tempinho sem fumar, eu acho bom...
  3. É isso mesmo. Esses amicus curae são aqueles que entraram de última hora e já falaram contra a descriminalização no primeiro dia. Não é ninguém novo não. Me lembro muito bem dos representantes da ABEAD e do Amor Exigente falando besteira lá...
  4. Cara, te aconselho parar de vez com o doce. 20 doces em três meses é muita coisa! E fica um tempo sem fumar um... sei lá, 1 mês sem fumar, ou mais tempo. Se fumar, fuma pouco. Fica um tempo careta, procura dar uma acalmada no organismo aí...
  5. Pessoal, vocês não lembram mesmo que há 3 anos atrás o Rafinha apoiou a Marcha da Maconha? Inclusive foi postado aqui no GR na época. Se liguem: Essa reportagem do R7 tá com nada. Eles foram lá investigar a vida dele pra saber disso, por acaso? O Rafinha deve fumar sim, e se não fuma, pelo menos apóia a causa. E não é de hoje.
  6. Mas esse juiz, além de ignorante e preconceituoso, é um debochado. Pois essa sentença é um deboche só. Como assim a liberdade religiosa é só pra alguns e pra outros não? A constituição não fala nada disso. É liberdade religiosa, ponto. Esse sujeitinho tá rasgando a constituição. Ninguém tem que ser obrigado a ir pra Jamaica ou pra outro país qualquer pra poder viver sua religião, justamente por conta da liberdade religiosa garantida pela constituição. Sinceramente, quando isso chegar no STF é certeza de vitória pro nosso lado.
  7. Porque "desempregado" e não "jovem", já que o cara tem só 19 anos?
  8. Affff, zé povinho se incomoda demais com besteira, ainda mais porque todo prédio tem no mínimo um maconheiro ocasional e o mundo não se acaba por isso... mas também, se tá incomodando os vizinhos, né... É só o cara largar a mão de ser paloso em excesso, fumar de janela fechada, com a boa e velha toalha debaixo da porta... Um tempinho depois de fumar abre a janela pra desmarofar e viaja na vista do apê, se quiser... Aí todo mundo fica feliz e acabou-se a encheção de saco
  9. É foda depender do Congresso. Esses idiotas pseudomoralistas (grande parte, infelizmente) vão enrolar ao máximo e fazer de tudo pra vetar. Mas acho e espero que os favoráveis a uma maior flexibilização das leis vão fazer barulho e promover o debate. Além do mais, isso tá sendo proposto por juristas "de notório saber", e isso dá um respaldo. Acho que a coisa só vai pra frente se o STF entrar junto, julgando a inconstitucionalidade e tal, e isso meio que dar um boom na discussão do Congresso, de repente virar até uma novela na mídia, igual o mensalão. UHAEHUAEHAUHEHAUIEAEH De qualquer maneira, temo que o negócio só vá pra frente DE VERDADE quando legalizarem no Uruguai, e em mais alguns estados americanos, alguns países latinoamericanos... quando eles verem que a coisa tá dando certo, vão sair correndo pra imitar a iniciativa e dizer que o Brasil tá na linha do "progresso".