WhiteWidow

Usuário Growroom
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutral
  1. Sim, teve uma situação parecida comigo, até larica tive! A mente é incrivel mesmo.
  2. Banda Natiruts é presa em Goiânia 13/03/2006 08:25 Diário da Manhã - 13/03/2006 Wanda Oliveira Da editoria de Cidades Banda Natiruts, de Brasília, foi parar na delegacia após show de reggae em Goiânia. Quatro integrantes do grupo e dois da equipe técnica foram presos na manhã de ontem com pequenas porções de maconha para o uso. Autuados em flagrante, os músicos foram encaminhados para a Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc). Por mais de quatro horas, eles prestaram depoimentos à delegada Renata Cheim e confessaram o crime. A banda estava na Capital desde a tarde de sábado. Durante a noite, apresentou-se no festival de música Cerrado Mix, na chácara Aldeia das Flores, km 7, saída para Inhumas. A Polícia Civil fazia trabalho de rotina na festa, quando um dos agentes encontrou entorpecentes no camarim dos artistas. O show continuou até o encerramento, por volta das 4h30. Assim que os integrantes voltavam para o hotel, localizado no Setor Oeste, o ônibus foi abordado pela polícia na Avenida Anhangüera. Apenas três integrantes estavam no veículo. Segundo Renata Cheim, eles fumavam cigarros de maconha no momento da prisão. O restante do grupo foi surpreendido no hotel. O vocalista Alexandre Carlo, 32, acordou com a ordem policial. O baterista Juninho e um assistente da banda, quando tomavam café da manhã. Algemados, deixaram o local em uma viatura da polícia. De acordo com a delegada, nenhum deles ofereceu resistência aos mandados e foram levados para a Denarc. Nos quartos do hotel, também foram encontradas pequenas quantidades de maconha prensada e já em formato de cigarro. (...) Renata Cheim diz o vocalista avisou os participantes da festa de que a polícia estava no local. Segundo ela, durante a apresentação, Alexandre disse que os usuários de drogas não deveriam ser detidos, mas sim outros indivíduos. A delegada define o comunicado como uma estratégia inteligente. “Antes, ele parabenizou a ação da polícia; depois, fez a advertência. Entendo isso como apoio ao crime”, disse a delegada. Segundo Renata, o grupo foi autuado por porte de entorpecentes para uso. Além de pequenas porções de maconha e cigarros da mesma erva , foram apreendidos ainda LSD, pílulas (provavelmente anfetaminas) e uma pequena porção de cocaína. A delegada diz que o material apreendido pertence aos integrantes da Natiruts, que trouxeram da capital da Federal. De acordo com o Código Penal Brasileiro, a pena neste caso varia de dois meses a dois anos de prisão. Os integrantes da banda retornarão a Goiânia no 2 de abril para audiência no Juizado Criminal. A banda tem show marcado para o dia 18 próximo no Credicard Hall, em São Paulo. Mais 26 pessoas foram presas durante o festival na madrugada deste domingo. Destas, quatro eram adolescentes. Todos usavam entorpecentes quando abordados pela polícia. Eles foram detidos ainda na chácara, onde prestaram depoimentos e foram liberados na seqüência. Uma equipe de 17 policiais participou da ação. “Nosso objetivo é coibir o uso de drogas ilícitas pelos participantes deste tipo de festa”, avisa Cheim. A delegada destaca que esta é a terceira operação realizada pela Denarc este ano em Goiás. A média de prisões nestes eventos é de 20 a 30 pessoas. só não achei o link pq só achei a noticia no orkut.. já que o material do site do jornal é somente pra assinantes e o autor do topico não revelou a fonte, mais de qualquer forma.. Abraços!
  3. Thomas, esse show foi na minha cidade, mais vi num jornal local, que os caras denunciaram os policiais que tavam a paisana no show, e a delegada grilada foi fazer uma busca no onibus e no hotel, onde acharam alem de muita maconha, lsd ou ecstasy. Jornalismo né.. Não creio que seja verdade, mais de toda forma vou tentar achar o link na net e posto aqui.
  4. Cresce a receita Literalmente uma cadeia alimentar..
  5. WhiteWidow

    Filme

    Pica-Pau Bicho de sete cabeças é muito bom mesmo..
  6. WhiteWidow

    Visão

    Eu vejo as cores mais vibrantes. ;D
  7. Com certeza Maria Fumaça! Acho que não faço parte do seleto grupo da inspiração cannabica, ao menos acompanho a velocidade do meu proprio pensamento.. Mais dá pra tirar alguma coisinha né..? hehehe
  8. Eu ja ouvi falar de uma loja chamada Chanvre-roupas de canhamo, os preços são bem mais em conta e eu gostei dos produtos, quando der eu coloco o link do site deles aqui. Tem uma camiseta que eu me amarrei, com a seguinte mensagem: "Don't smoke this T-shirt!"
  9. O pior de tudo isto, é pensar que o nosso growroom tbm corre risco..
  10. nemmeviu, é revoltante mesmo, da pra ver que vc desistiu de seus propósitos facil por nao obter uma resposta rápida, não estou dizendo que vc nao tem persistencia ou algo do tipo, pelo contrario, vc foi o primeiro a se movimentar e tomar uma atitude, mandando a carta. Mas vc ja pensou se realmente essa carta/e-mail foi entregue à pessoa certa, todos nós sabemos que centenas de e-mails chega todos os dias em redações e partidos, na minha opinião deveria ser feito um contato direto, o que não vai ser possivel sem fazer um "pré-contato" como era a intençao da sua carta. Outra coisa, será que pensamos no preço a ser pago nos expondo dessa maneira (principalmente falando de mídia que é a mais absurda forma de deturpção de fatos e alienação possivel)? Vivemos num mundo totalmente "underground" livres desse tipo de exposição, pagariamos um preço por isso... Como alguem disse anteriiormente, antes de nos expor assim, vamos ver a opinião dos moderadores e ter a permissão pra isso. Mais ficar como ta, nao da pra ficar! Desculpa se de alguma maneira passei pessimismo ou desânimo no neste post, não pretendia isso, minhas intençoes sao as melhores. []'s