Ir para conteúdo
Growroom

Kephas ben Penvensie

Usuário Growroom
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutral

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Resolvi fazer o teste aqui em casa, misturando a ganja com erva cidreira, camomila, e boldo. Após o fumo o efeito fora bem positivo, fiquei relaxado pra krlhw, e ao mesmo tempo na vibe da onda, após o efeito da onda passar bateu aquele sono pesado que faz com que qualquer um caia que nem pedra na cama, e após acordar veio aquela larica do porra... Alguém além de mim já misturou a maconha com outras ervas em algum momento da vida? Tiveram as mesmas reações a qual eu descrevi acima? Recomendam aos maconhistas do Brasil a ousarem um dia misturar a maconha com d+ ervas calmantes que agreguem um efeito mais relaxante que o normal?
  2. Aham, é um prensado bem Paraguayo, e lhe garanto q não é da melhor qualidade por conta da cor escura... por isso optei em fazer o processo de limpeza, e secagem pra ter menos prejuízo na saúde. Então se o THC é destruído numa temperatura de acima de 80°, outros canabinoides do prensado "incluindo o CBD" tbm se destroem após a ebolição na água quente, correto?
  3. Gostaria de saber sobre um site confiável, onde possa brevemente comprar sementes da espécie Ruderelis, alguém tem uma sugestão de sites de confiáveis?
  4. Boa tarde, vms lá irei responder as perguntas do seu comentário. Primeira sobre você questionou sobre os altos índices de THC, sim cara na biqueira próxima a minha quebrada a maconha é uma hidroponica (os efeitos psicoativos dela se assemelham a de uma skunk muito forte "no meu organismo" Sim por eu ser leigo tbm no assunto sobre os princípios ativos da maconha, posso estar sim confundindo, a lerdeza que me ocorre pode estar sendo causa de outro princípio ativo, logo após a "vaporização" sim consumo a ganja por meio de um vaporizador por questão de saúde respiratória... Obrigado pela info sobre o o fato do THC ser hiposolúvel, desse detalhe não sabia. Apenas li em um comentário de um membro do fórum que os altos índices de ebolição matam o THC, já que essa informação não é verídica, descarto essa crença. E sim rapaz eu vaporizo, tenho um vapper da linha SnoopDog linha G-Pro Sim já estudei sobre a Ruderelis, lhe mostro essa fonte confiável que mostra que ela vem sendo usada pra fabricar medicamentos por ela ter um teor alto de CBD e baixa dosagem de THC: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Cannabis_ruderalis?wprov=sfla1 Se a Wikipédia está errada me mostre um site de fonte confiável que me mostre q uma Ruderelis não possua alto teor de CBD.
  5. Sim concordo, com o ponto de vista de diversos membros do fórum, é melhor plantar doq sustentar o tráfico, o lance é que nem todos tem essa oportunidade, um exemplo sou eu, que sou de família Judaica ortodoxa e há o preconceito contra os benefícios da erva. Quando sim eu tiver minha casa, tenho planos de plantar minha própria espécie, fazer minha própria colheita, e usufruir de um camarão puro. Mas por enquanto busco alternativas de consumir o prensado de maneira segura, com que não me prejudique em determinadas áreas da minha vida. A limpeza com água morna, e mistura com chás e calmantes(conforme um usuário em um fórum sugeriu) surtiu sim um efeito positivo, fiquei mais relaxado, controlei a brisa tranquilamente, e teve um efeito sedativo aprovado! Mas o gosto no vaporizador não foi nada dos bons, por isso opto em usufruir de uma ganja sem mistura, com o gosto único, e uma brisa leve e não muito pesada
  6. Acompanho boa parte dos fóruns na growroom já um bom tempo, obtive ótimas dicas sobre a questão da importância da limpeza do prensado para eliminar fungos, bactérias, amonias, e pesticidas gerais que contém num quadradinho, que qualquer um pode comprar numa biqueira de um morro mais próximo, rsrsrs Mas o caso é que a maconha próxima da minha quebrada ultimamente tem demonstrado ter altos índices de THC exageradamemte demais da conta, e isso vem me gerando alguns prejuízos na vida cotidiana...(falta na coordenação motora, déficit de atenção, amnésia com frequência, e dificuldade pra fazer cálculos físicos, e matemáticos na universidade)... Já li num comentário em que após a lavagem do prensado dependendo da temperatura, o THC morre devido a ebolição da água quente na panela. Sei que aqui no Growroom há poucos especialistas da área de saúde estudados no tema Cannabis medicinal, e encontrarei muitos leigos no assunto, que creio que poderão me ajudar dependendo da resposta aonde estou querendo chegar, por terem infos que poderão me ajudar, conforme a última vez em que fiz uma lavagem da ganja misturando com erva cidreira, camomila, e boldo. O processo deu positivo, a brisa foi boa, mas prefiro vaporizar a maconha sem nenhum chá, ou calmantes. Quero um baseadinho puro, só que leve e não atrapalhe nos meus estudos na faculdade, e vida social... Na opinião de boa parte Qual é a melhor temperatura seria adequada para diminuir os altos níveis de THC, o tempo cronometrado para enfim deixar "meu Bud" semelhante à uma Ruderelis que é rica em CBD e tem baixas dosagens de THC?
×
×
  • Criar Novo...