Ir para conteúdo
Growroom

Thespecialist

Usuário Growroom
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Thespecialist postou

  1. Por experiência própria, não é porque você não comeu ou algo do gênero. A brisa torta é devido algum transtorno que está se desenvolvendo em você! E você tem que ficar atento a isso. Eu lembro quando tive minha primeira bad trip, porém eu tive crise de pânico, mesmo que fraca. Eu fui continuando fumando, e cada vez que vinha ela vinha mais forte, até que um dia eu fumei e fui parar no hospital achando que tava infartando por causa da crise de pânico. Respeite seu corpo, se você tá fumando e não está vindo brisa boa, não insista só vai piorar! Tente dar um tempo, colocar a cabeça no lugar, e volte a fumar depois de um tempo, se continuar a ter essas brisas erradas, infelizmente chegou o momento em que seu corpo não quer mais isso dentro do seu organismo e chegou o infeliz momento de você parar com a maconha definitivamente! um abs
  2. Thespecialist

    Ansiedade x Maconha

    Bom dia a todos, Sou novo aqui no fórum e venho aqui descrever o meu relato com a maconha para que pessoas que estejam sofrendo do mesmo transtorno consigam algumas respostas que procuram! Fumo maconha diariamente desde os 19 anos, hoje estou com 23. Eu nunca tive problema algum em fumar, sempre tive uma brisa muito boa e nada demais nunca aconteceu. Mas antes de falar disso, vou voltar no tempo. Em 2013, eu tomei um ecstasy e tive uma viagem muito ruim, muito ruim mesmo. No dia seguinte disso, fiquei mal, ruim da cabeça, tive transtornos de ansiedade que eu nunca tive e isso mudou minha vida. Procurei o auxilio de um profissional (Psicologo, psiquiatra) eu estava com crises de ansiedade e crises de pânico, devido ao uso do ecstasy, desencadeou tudo isso que descrevi, sendo que eu nunca tive. Foi uma fase ruim da minha vida. Mas tive um acompanhamento de 6 meses com esse psicologo, utilizando a medicação LexaPro (antidepressivo fraco) depois desses 6 meses, nunca mais tive uma crise ou algo parecido, fiquei bem. Porém, suspendi o uso de ecstasy ou sintéticos relacionados e não uso desde então. Nesse ano de 2017, fumando meu baseado de todo dia, aquele no final do dia, depois de trabalhar, ir pra faculdade, sempre fumo no final do dia, quando não tenho mais nada pra fazer. Nesse ano, comecei a ter alguns episódios de "Bad trips" em algumas vezes que fumei. Ex: Comecei a ter uma sensação de desmaio, sensação de que iria morrer, coração palpitando, mas nunca passou de algo preocupante, quando eu tinha, durava alguns minutos e logo passava. Resolvi então, depois de alguns relatos que li aqui no fórum, diminuir a dose, eu passei a fumar metade da quantidade que eu fumava por baseado, ocorreram algumas vezes o episódio e algumas vezes apenas tive uma brisa boa. Porém a 1 mês atrás, fui pra praia em final de semana, com meus amigos, namorada, puta final de semana gostoso e apenas pensamentos bons! Enquanto minha namorada dormia e meus amigos estavam bebendo, PS: eu não bebo. Eu resolvi fazer 1, com uma quantidade normal, a quantidade que eu fumava depois de ter esses episódios, consideravelmente pouco. Depois de fumar, fiquei numa brisa boa por algum tempo, porém depois de um tempo, desencadeou na maior crise de pânico que eu já tive. Eu jurava que eu ia morrer, eu sentia que eu ia apagar a qualquer momento, eu puxava o ar e não via, fica hiperventilando, com sensação de que alguma hora iria cortar o ar, meu coração estava saindo pela boca, eu jurava que era o fim. Esperei um tempo pra ver se ia passar, mas passou 1h e não passou e só foi piorando, então acordei minha namorada e falei que queria ir para o hospital, pois eu achava que estava infartando. Fui ao PS, chegando lá tiraram minha pressão que estava um pouco elevada (16 por alguma coisa) não lembro, e logo fizeram um eletrocardiograma. Que resultou em que? absolutamente nada, coração normal, apenas um pouco descompassado. Após isso, eu me tranquilizei e a sensação ruim, foi passando. Depois disso, no dia seguinte, resolvi não fumar, pois não queria passar por aquilo de novo. E mesmo assim, mesmo sóbrio, tive mais 2 crises de pânico naquele dia. Crises pequenas, fiquei apenas hiperventilando, com sensação de desmaio e com o ar curto. Depois disso, eu vi que a Maconha estava me trazendo de volta a minha ansiedade e desencadeando esses ataques. Mesmo que depois de muito tempo. Voltei no psicologo e estava diagnosticado com Crise de panico de novo. Voltei com a medicação e hoje estou há mais de um mês sem fumar e me medicando e nunca mais tive qualquer princípio de ansiedade. Infelizmente, eu acredito que vou parar definitivamente de fumar, ou pelo menos dar um grande tempo com isso, alguns anos e por aí vai. A maconha ou qualquer outro tipo de droga, se você tem pré disposição de ter alguns transtorno mental, ela vai desencadear isso, alguma hora ou outra. Não tem santo que te salve, ela VAI desencadear isso, é questão de tempo. E acredito que meu corpo transbordou e meu deu um aviso pra eu parar antes que algo pior aconteça, parei, me consultei e hoje estou bem. Sinto muita falta obvio, porque eu amo fumar e amava a brisa, fumar com minha namorada, o sexo chapado, as aventuras eram demais, mas eu tive que parar por conta disso e pretendo continuar assim, porque só quem já teve uma crise de panico pesada sabe o que é passar por isso, é a pior sensação do mundo, fora de controle. Eu espero que tenha esclarecido algumas dúvidas de algumas pessoas que estão passando por isso. Não tente achar que continuar fumando mesmo que pouco vai te dar certo porque não vai, pra algumas pessoas talvez sim porque cada organismo é diferente do outro, mas não conte com a sorte. Se você tiver sofrendo disso, antes que você chegue no auge da crise, pare, repense e fique um tempo sem, porque saúde é tudo, principalmente saúde mental que é tudo na nossa vida. Eu já conheci pessoas que passaram por isso e tiveram que parar. Obrigado a todos por me ouvirem! Espero que tenha ajudado alguém! Um grande abraço a todos amigos!
×
×
  • Criar Novo...