Comissariado do Povo 4:20

Usuário Growroom
  • Total de itens

    155
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

100 Excellent

1 Seguidor

Últimos Visitantes

283 visualizações
  1. Sálvia, é a oitava vez que você me marca em poucas horas. Talvez tenha me excedido em classificar sua atitude de maneira tão direta, mas não recuo em minha interpretação da sua fala. De todo modo, vejo que a discussão contigo é e será estéril. Vamos tentar ser construtivos nas falas. Dito isso, encerro minha participação nesse tópico.
  2. Muito caro, camarada. A maioria desses vendedores do Mercado Livre compra no Aliexpress e vende com ágio. Nesse caso, é melhor você mesmo comprar por lá. Comprei um Led de 100W Cob, demorou 15 dias pra chegar.
  3. Comentário classista e de pretensa superioridade moral.
  4. Acho que a discussão está míope. Claro que é péssimo ficar na mão de um comerciante desonesto, mas acreditar que ele ser preso e/ou processado é a solução é apostar na mesma lógica da repressão que regula a cannabis no Brasil hoje. Mesma coisa pro raciocínio de "se ngm comprar, o cara do desonesto saí do jogo". Essa é a mesma falácia que sustenta a guerra as drogas no Brasil hoje, de que dá pra erradicar o tráfico suprimindo a oferta ou demanda. Enquanto for proibido, vai ter espaço pra esses coiotes. Entendo que é importante apontar que não são genéticas boas e que muito dessas figuras que vendem seeds são desonestas. Entretanto, não creio que seja uma solução apontar como alternativa comprar fora do país. Se rolar para você, ótimo e parabéns. Mas o Brasil tem hoje 13 milhões de desempregados e outros muitos milhões em subemprego. Enfim, acredito que tem gradações na qualidade dos seeds "brasileiros" e gringos, e o tópico melhoria se caminhasse em apontar esse quadro.
  5. Pessoal, acho que não podemos deixar a paranóia imperar. Boato é boato. Tudo o que fazemos na internet é rastreável, lembrem do Snowden. Até mesmo o Tor é rastreável, a questão é que esse rastreio fica mais difícil de ser feito se a gente tomar cuidados básicos. Enfim, ninguém vai parar em uma cadeia de segurança máxima por meia dúzia de plantas Isso não significa que não existe um proibicionismo cruel no país, mas ele tem um recorte claro de raça e classe.
  6. @shouk, acho que o mais importante você já fez, que é procurar ajuda profissional e entender a relação entre corpo e mente. Quanto ao uso, eu acho que vai muito de saber quando você está numa boa, relaxado, pra poder aproveitar numa boa. Na rua não consigo ficar assim, a paranoia consome, então evito f1 nas vias públicas, por exemplo.
  7. Pessoal, cada um sabe onde aperta seu calo. Difícil cagar regra na vida das pessoas, mas tenham uma coisa em mente: acredito que qualquer problema legal vindo de comprar seeds no exterior ocorre por conta de promotor/delegado querendo ser herói. E comprar seed no exterior é o que ele mais quer, porque pode tentar te enquadrar em tráfico internacional.
  8. Pessoal, alguém aí usa dimerizador, o famoso dimmer, no exaustor? Li em um fórum gringo que supostamente é perigoso do ponto de vista elétrico, pode causar incêndio... Alguém sabe esclarecer?
  9. Eu entendo que as chances de comprar gato por lebre são consideráveis, mas perguntei no sentido de quem entre os Seeds do Brasil tem um atendimento eficiência e sementes que germinam. Já comprei seed de gente que trouxe da Europa e nenhuma germinou. Enquanto não for legalizado, infelizmente a gente precisa se sujeitar a isso. E tem uma coisa pra pensar. No mini documentário "explicando" do Netflix sobre maconha, fala-se que há um controle genético muito impreciso sobre os diferentes tipos de cannabis. Então até mesmo os bancos europeus podem estar vendendo gato por lebre, sem saber o que realmente está lá. Ainda assim, Obrigado pela contribuição, F Punk. Se vc puder mandar suas dicas por MP, agradeço muito.
  10. E aí pessoal, o que temos de menos pior de seed nacional? Alguém pode compartilhar as experiências recententes que tiveram com os bancos daqui?
  11. Pessoal, estou planejando um grow de 0,5 metro quadrado com led. Pensei em comprar um exaustor 220v, ainda que minha rede elétrica seja 110v, porque ele funcionaria com a potência reduzida, o suficiente para meu pequeno espaço. Funcionaria? Ou usar um cooler de PC como exaustor, o que acham?