Ir para conteúdo
Growroom

Euphoria

Usuário Growroom
  • Total de itens

    23
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

12 Good

Últimos Visitantes

672 visualizações
  1. Aíi que tá mano, grande maioria que começa no químico desanda, mas tem que ser cabeça e força de vontade pra conseguir larga. Aprendeu com os erros. Salve
  2. Ba mano, ja se passou uns meses mas nao vou mais esquecer kkk.. depois do atrack da pm, fiquei horas tentando vomitar a paranga que tava enrolada, mas subia ate a garganta e trancava, machucava mais ainda kkk.. uma semana depois coloquei pra fora no vazo, mas sem condições de fumar
  3. Euphoria

    Cannabis e Circulo Social

    Acompanho o forum a um bom tempo, fumo há tres anos, tenho 18. Moro em uma cidade composta na maioria por imigrantes alemaes, me mudei pra ca quando era menor mas nao sou descendente. Como bom apreciador da erva, as vezes temos epifanias e num desses dias me deparei com essa. Todos sabem o quanto a maconha ajuda quando queremos ter ideias diferentes, viajar longe, e outra, é melhor ainda pra desenrola um papo com quem a gente curte por perto, seja tua mina ou amigos. A cidade onde moro, por ter gente alemã, vem de suas raízes o preconceito com a maconha, pelo lance dos escravos negros fumarem e te verem como marginal. To cagando e andando pro que acham ou nao de mim por fumar, afinal aqui em casa é legalize e tenho minha responsa. Vem de berço esse preconceito na cidade com quem fuma um verdin, muita gente se afasto de mim depois que comecei a fumar, conheci outras pessoas tambem, mas queria compartilha isso aqui. Muita gente deixa de te conhecer por algo que tu faz que consideram errado, sem ao menos conhece quem tu é, teu caráter. Nao me incomoda cabeças fechada terem esse tipo de atitude, pelo contrario, queria que eles tivessem mais conhecimento e maturidade pra expandi a mente sobre o certo e errado. Deixem ai como é com vcs, podcre.
  4. Euphoria

    CIrculo social x Maconha

    Acompanho o forum a um bom tempo, fumo há tres anos, tenho 18. Moro em uma cidade composta na maioria por imigrantes alemaes, me mudei pra ca quando era menor mas nao sou descendente. Como bom apreciador da erva, as vezes temos epifanias e num desses dias me deparei com essa. Todos sabem o quanto a maconha ajuda quando queremos ter ideias diferentes, viajar longe, e outra, é melhor ainda pra desenrola um papo com quem a gente curte por perto, seja tua mina ou amigos. A cidade onde moro, por ter gente alemã, vem de suas raízes o preconceito com a maconha, pelo lance dos escravos negros fumarem e te verem como marginal. To cagando e andando pro que acham ou nao de mim por fumar, afinal aqui em casa é legalize e tenho minha responsa. Vem de berço esse preconceito na cidade com quem fuma um verdin, muita gente se afasto de mim depois que comecei a fumar, conheci outras pessoas tambem, mas queria compartilha isso aqui. Muita gente deixa de te conhecer por algo que tu faz que consideram errado, sem ao menos conhece quem tu é, teu caráter. Nao me incomoda cabeças fechada terem esse tipo de atitude, pelo contrario, queria que eles tivessem mais conhecimento e maturidade pra expandi a mente sobre o certo e errado. Deixem ai como é com vcs, podcre..
  5. Fumo a um bom tempo ja, apesar de fuma prensado é só de qualidade. Ultimamente, em algumas das vezes que fumo parece que bate uma depre. Depois do trampo chego na baia e fico fumando um no quarto sozinho, escrevendo uma letra de som e tal e as vezes saio durante a semana, mas em fim de semana sempre saio. Tenho me sentido meio solitario nos ultimos tempos e moro em uma cidade pequena com muita gente careta, o fato de fumar cannabis diminuiu de certa forma meu circulo social, por estar rodeado de preconceito mas isso nao me abala de forma alguma. Voltando ao assunto, a cannabis me deixa muito bem e relaxado. Sei que é normal ter dias que nao estamos bem e tal e fumar pode intensificar, e tenho tentado evita fumar quando to assim, e mesmo chapado me sinto bloqueado mentalmente . Como voces curtem a lombra??? E alguem ja passou por isso ou sabe o que pode ser?? nao acredito que seja uma bad...
  6. Sexta tava na rua com mais um parceiro, de repente saí duma rua escura os home, tava com tudo apagado. Daí nem deu tempo de eh joga e tive q Engoli, tava enrolada num plastico daqueles que têm por fora da caixa de crivo, machuco minha garganta, deu ate febre, mas ainda n botei pra fora, no médico não vou ir... alguém já passou alguma coisa parecida ?
  7. Moro em uma cidade pequena e com muita gente de cabeça fechada. Estudo em uma escola publica e estou no ultimo ano do ensino medio. A maioria das pessoas aqui se conhecem, pela cidade ser pequena e há muita gente que sabe que fumo cannabis. Nunca fiz questão de expor isso mas tambem nunca vi como se fosse algo que deveria esconder. A cidade é composta em sua maioria por imigrantes alemães e talvez seja esse um dos motivos de tanto preconceito, veem um maconheiro com os mesmos olhos que veem um bandido, etc. Voltando ao assunto da escola, por ter muita gente com pais de cabeça fechada e falta de informaçao, isso foi passado para os filhos. Por causa disso, não tenho muitos amigos na escola. troco ideia com muitos mas na hora do intervalo etc, muitas vezes fico de canto. Meus parceiros, muitos pararam de estudar e uns que ainda estudam tão na noite, e como estudo de manha dai fica embaçado. Mando todo mundo toma no cu e continuo fazendo a minha de canto ou tento fazer amizade com alguns?
  8. Como sou jovem, nao tenho problemas de saude e raramente fico doente. Esse fim de semana comi algo que me fez mal e fiquei mal do estomago. Dores fortes, pco de febre, diarreia. Tava ate perdendo um pouco a vontade de fumar por causa do enjoo e nausea. Mas eu tava numa bad imensa, ficar em casa mal e de cara nao ia rola. Bolei um, fumei e depois de um tempo, quando comecei a fica chapado, a dor diminuiu em 90%, a nausea passou e fiquei de boa, ate bateu a larica kk. Depois que o efeito começo a passa, fiquei meio mal denovo, ainda to me recuperando... Contem aqui as de vcs
  9. Eai seus maconheiro kk , a uns dias atras fiz um relato de tudo o que ja tinha acontecido aqui em casa devido a maconha. Muitas brigas aconteceram, desentendimentos, até mesmo agressões e mesmo assim nao cedi e continuei lutando pelo que eu acredito. Prometi a mim mesmo que quando meus pais aceitassem o fato de eu fumar ia contar aqui, e só quem ja passou por isso sabe a alegria que da depois tantas de passar por tantas coisas ruins. ( tenho 17 anos ) Meus pais sempre viram a maconha como porta de entrada, por terem amigos e parentes que começaram por ela, um dos seus medos era eu ir para outras drogas. No inicio eu nao podia argumentar pois ela achava que eu era um viciado e que logo estaria usando outras drogas, mas a unica porta que abriu foi a da geladeira . Depois que ela viu que nao adiantava mais brigar foi cedendo aos poucos e ai que eu comecei a argumentar com ela. Ela achou que eu deixaria meus estudos, e iria me tornar um maconheiro inconsequente, que fuma o dia todo e nao quer saber de mais nada, mas nao foi bem assim, queria mostrar que ela esta errada. Trabalho e estudo, inclusive peguei meu boletim ontem e fui aprovado para o terceiro ano( nunca reprovei). Aos poucos ela foi vendo que continuo o mesmo, porem agora mais maduro, responsavel, e nunca precisei pedir dinheiro pra ela pra comprar minha erva. No natal veio uns parentes nossos que fumam maconha aqui pra casa, saimos de noite num barzinho, e antes de sair, fui com meu tio dar uns pegas, avisei ela antes de ir e ela ficou super de boa, disse pra mim por um colirio e tal. A noite foi muito boa, bebemos umas cervejas e ficamos tudo bebados kk, ao voltar de la, ja que era um carro só, primeiro voltou minha mae, tia e minha prima junto com o cara que tava dirigindo para casa. Enquanto esperavamos o carro voltar para buscar nos, dei uns pegas com meu tio no centro ( na frente do meu pai), e pra minha surpresa ele que ja tava meio bebado falou ''da essa porcaria aqui'' e começou a fumar uma baga kkkkk, ele achou que era uma palha mas era o massa, ja no carro, acendemos outro, mas ele nao fumou, o carro virou uma sauna e ele por nao estar acostumado ao misturar o alcool com a maconha ficou loucao e dormir muito rapido. Depois que descemos ele começou a vomitar kkkk e depois foi dormir. Minha tia me contou que no carro minha mae tambem havia fumado (mas ela nao fuma), ao perguntar, ela negou. Minha mae chegou em mim dois dias depois e conversou comigo, disse pra mim nao ir pra outras drogas, pois seu medo era esse, e que nao queria que eu fumasse nas ruas, entao era pra mim fumar nos fundos de casa quando eu quisesse. Fumo todos os dias, mas ela nao sabe disso acha q é umas 3, 4 vezes por semana, kk duas vezes ja na hora de ir dormir, disse a ela que ia ali atras fumar e ela ficou super de boa, muito bom nao ser mais visto como um indelinquente por adorar uma planta com milhares de beneficios. A todos que sofrem repressao em casa, lutem por aquilo acreditam, nao de motivos para eles culparem a erva por suas más atitudes, pois irá atrasar mais ainda. Daqui um tempinho, vou propor a ideia de cultivar em casa, o unico problema é que um brigadiano mora ao lado kkkk Salve !!
  10. Bom, é o seguinte, tenho 17 anos e comecei a fumar na metade dos 15. Rodei a primeira vez em casa em fevereiro e de lá pra cá muita coisa mudou. Minha mae é a unica careta no meio de 5 irmãos, todos eles começaram com a maconha e depois foram para o crack e para ela TODO MUNDO começa pela maconha. Depois de muita guerra aqui em casa por conta da bendita erva, ja perdi as contas de quantas vezes rodei, por ela nao aceitar de maneira alguma o fato de eu fumar, sempre menti que ia parar, para ela parar de pegar no meu pé e evitar brigas. Meu pai tabagista e adorador do alcool sempre com ideias contras, chorava toda vez que ocorria brigas aqui em casa devido a maconha. Vai fazer 1 ano que trabalho e nunca precisei pedir dinheiro a eles para fumar ou coisas do tipo. Estudo de manha, mas estou a uma semana sem ir a aula pois ja estou aprovado para o terceiro ano. Sou um bom filho e se não fosse por causa da erva, não iria ocorrer brigas aqui. Me distanciei muito dos meus pais desde que comecei a fumar por eles serem muito preconceituosos em relaçao ao que se considera "droga" e ver a maconha como um bicho de sete cabeças. Rolaram muitas desconfianças desde a primeira vez que ela descobriu, e quiseram me proibir de sair a muitos lugares tambem, tive de me distanciar de muitos amigos em questao disso. Semana passada minha mae sentiu o cheiro enquanto eu fumava na janela a noite e veio no meu quarto, acordou o meu pai e brigamos bastante, perguntou se eu ia continuar fumando e nao respondi mas ela entendeu como um sim. Após a briga toda, no outro dia ela saiu com meu pai e uns amigos e ficou sabendo mais coisas sobre mim em relaçao a maconha e quando chegou em casa veio falar comigo e disse que se eu quisesse continuar fumando podia continuar pois se ter ''me quebrado a pau'' nao resolveu entao nao tinha o que fazer e disse para mim nao entrar em outras drogas. Expliquei para ela sobre a erva e disse que nao tenho curiosidade nenhuma em usar outras drogas e tudo mais, e que tirando o fato de eu fumar, sou um otimo filho, nao sou vagabundo, faço curso de ingles e academia ( que eu mesmo pago ). Hoje ela veio com umas ideias meio contra a cannabis de novo, mas ela sabe que vou continuar fumando. Ela sabe que sou um cara direito, mas muita coisa mudou desde a primeira vez, antes eu nao podia nem argumentar sobre isso, aos poucos ela esta sedendo. Nao vejo a hora de poder fumar em paz no meu quarto e acabar com esse esteriotipo de que a maconha é a porta de entrada para outras drogas e que eu continuar fumando nao me tornará nenhum vagabundo. Desde já obrigado a todos que puderem ajudar de alguma forma e tambem de ter este forum para poder desabafar. Salve. Sei que o forum é para maiores de 18, mas grande parte dos integrantes sao menores, então nao vale a pena mentir.
×
×
  • Criar Novo...