Cosmogenesis

Usuário Growroom
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutral
  1. Fala rapazeada. Tenho 17 anos e curti meu primeiro hemp há poucos meses atrás. Foi amor na primeira tragada. Das primeiras vezes, eu fumei no conforto da laje de um parceiro meu, super de boa. Mas, como vocês devem saber, fumar maconha em público é embaçado pra caralho aqui no Brasil. Mas quando a gente gosta, a gente dá um jeito, né? Juntei 4 cara da minha escola que também são apreciadores da natureza e rachamos uma paranguinha de 40 conto, de um amigo de infância meu que comercializa. Acontece o seguinte. Somos todos menores de idade e não existe a chance da gente poder fazer isso em casa. Simplesmente não rola, afinal, nossas famílias condenam o uso de "drogas". Então o que nos resta? Ir numa praça meio deserta e torcer pra não passar uma barca da PM e nos flagrar. Caso pegasse, aí não teria nem o que falar. 5 caras com um total de 9 baseados? Ia dar merda, com certeza. Aí que tá o problema desse rolê. A PM. Andei lendo uns bagulhos a respeito e fiquei meio paranoico com essa porra. Li que o procedimento padrão da polícia nesse caso é levar os menores pra delegacia e chamar os pais para retirá-los, mediante a assinatura de um termo. Não me importaria de levar umas coronhadas, foda-se. Mas chamar os pais? Os pais mano. OS PAIS. É covardia, tá ligado? Não tem a menor chance dos meus pais descobrirem que eu fumo maconha e não me castrarem, no mínimo. É foda, mano. Não podem saber de jeito nenhum. O que eu queria saber é se essa fita aí de chamar os pais na delegacia é séria. E também umas dicas de como não transformar um simples enquadro numa ida à delegacia com a presença dos guardiões legais. Valeu aí.