jpw

Usuário Growroom
  • Total de itens

    265
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

407 Excellent

Sobre jpw

  • Data de Nascimento 10/31/1990

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Santa Catarina

Últimos Visitantes

1299 visualizações
  1. jpw

    Importando Sementes

    Importação de semente de cannabis ainda é proibido por Lei. Existe uma tese jurídica onde tentamos anular os processos por tráfico(ou uso) no caso das importações de sementes, uma vez que a mesma não possui o princípio ativo proibido pela ANVISA (THC). Como a Lei de Drogas não trata nenhuma droga em específico, e sim remete à lista da ANVISA, a tese vem sendo confirmada por vários tribunais e inclusive por Ministros do STF, porém NÃO É UMA DECISÃO UNÂNIME DO STF, isso é, NÃO É VALIDO PARA TODOS OS CASOS! Importação é por sua conta e risco. Depois de semear, não esqueçam de clonar para não passarem o aperto de ficar sem semente! Bless!
  2. Use a ferramenta de busca do fórum que encontrará discussões sobre Transação Penal. Eu jamais deixei cliente assinar Transação Penal por uso de droga (artigo 28) por vários motivos: a) Dificilmente ocorre condenação, uma vez que o processo prescreve; b) Mesmo com condenação no 28, não gera reincidência (você não perde o réu primário); c) Há discussão no STF sobre a inconstitucionalidade desse artigo (e diversas decisões de magistrados nesse sentido); d) Você não pode assinar outra Transação Penal nos próximos 5 anos. Mas isso muda de advogado para advogado, de processo para processo. É a estratégia utilizada em cada caso. Transação Penal, se concluída corretamente, "some" depois dos 5 anos. Não haverá efeitos negativos. Bless! Existe referida decisão, porém ela é para o caso concreto, e não para todos os casos. A tese de que a semente não contém THC é, para além de verdade, aceita nos tribunais hoje em dia (mas não em sua maioria). Importar semente ainda é ilegal e pode configurar crime. Mas quem ama, planta!
  3. Hoje existem algumas pesquisas. Creio que buscar alguma ONGs que preste auxílio aos pacientes medicinal seria o seu caminho ideal. Acredito que hoje, em quase todos os Estados, já possuímos ONGs voltadas ao estudo da Cannabis Medicinal. Bless!
  4. Salve salve mano @Ilex p. I - advertência sobre os efeitos das drogas; II - prestação de serviços à comunidade; III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo. Em tese, são essas suas três possíveis penalidades. Porém, você vai receber a proposta de uma Transação Penal (se você pesquisar o termo na nossa ferramenta de busca, você vai encontrar debates interessantes ao tema). Em resumo: Hoje em dia, não há porque assinar Transação Penal (na minha humilde opinião) por 3 motivos: a) Usualmente prescrevem. b) Mesmo que haja condenação pelo artigo 28 (o que vai sumir com o julgamento do STF que, algum dia, vai ocorrer), condenações pelo artigo 28 NÃO GERAM REINCIDÊNCIA! c) Você só pode assinar uma transação penal a cada 5 anos. Vá acompanhado com um advogado ou de Defensor Público, mas vá acompanhado. Qualquer dúvida só chamar! Bless!
  5. Salve salve @Joaozinho528 Então, não há penalidade para a falta na audiência, uma vez que você só pode sofrer "consequências" até o grau de sua pena. Como a pena para o uso é, no máximo, advertência (etc...), você está tranquilo! Vá acompanhado com um advogado ou de Defensor Público, mas vá acompanhado. Normalmente eles tentam te empurrar uma Transação Penal (se você pesquisar o termo na nossa ferramenta de busca, você vai encontrar debates interessantes ao tema). Em resumo: Hoje em dia, não há porque assinar Transação Penal por 3 motivos: a) Usualmente prescreve. b) Mesmo que haja condenação pelo artigo 28 (o que vai sumir com o julgamento do STF que, algum dia, vai ocorrer), condenações pelo artigo 28 NÃO GERAM REINCIDÊNCIA! c) Você só pode assinar uma transação penal a cada 5 anos. Jahbless!
  6. jpw

    rodei em casa

    Primeiro, todo mundo é bobão em algum momento da vida ou com relação à alguma coisa; Segundo, aqui é uma comunidade para trocar idéias sobre qualquer assunto relacionado à Maconha/Cannabis, e para isso, há divisão do fórum por assunto/tema; Terceiro, educação e amor ao próximo; JahBless! Eu acho que ela só está esperando você perguntar...
  7. [email protected] Passa teu caso e os detalhes por ali! Se tivermos algum profissional da área jurídica próxima, podemos - ao menos - auxiliar. Bless!
  8. Concordo plenamente. Inclusive, os estudos clínicos mais recentes sobre dependência química no uso de drogas, apontam como as que menos causam referida adição. Informação é sempre importante antes de lançarem qualquer tipo de (pré)conceito sobre outras drogas que fazemos - ou não - o uso. Jahbless!
  9. Boa noite Mayombe! Você veio procurar ajuda no lugar certo!! O Growroom é a casa dos cultivadores há alguns anos já! Todos nós estamos aqui para apreender e ensinar, uns aos outros! O seu caso se assemelha à milhares de casos que recebemos regularmente. A apreensão de seeds importadas é mais comum que se pensa. Já te adianto que, como você mandou para outro endereço, não vejo risco algum! Juntamente com o seu "perfil": Professor, aposentado, paciente de cannabis, etc... não vejo motivos que levariam à uma possível prisão, ainda que na hipótese do amigo vir a responder em um super-ultra-mega-hipotético caso de tráfico de droga. Sobre a quantidade, 14 é ainda considerado um número baixíssimo! Provavelmente vai morrer na delegacia isso aí, ainda mais que hoje temos 1 turma do STF e 1 turma do STJ julgando favorável o entendimento - correto - de que semente de cannabis não se enquadra na Lei de Drogas por não ter a substância THC (a Lei é taxativa na lista de substâncias). Sendo que o valor de 14 sementes é muito baixo para responder por um possível crime de contrabando, o processo é julgado improcedente pelo princípio da insignificância. Então é, basicamente, isso! Qualquer coisa não esqueça que temos o [email protected] Bless! E bom cultivo
  10. Difícil, mas pode acontecer. É que, até onde eu saiba, o exame de análise da queratina tem um custo altíííssimo mesmo! Então não acredito que usariam esse tipo de exame toxicológico em um Concurso Público! Nos deixe informado, se possível!
  11. Fica tranquilo amigo, na pior das hipóteses, você assume tudo! Bless!
  12. Independentemente de quanto tempo a maconha fica no organismo (existem várias divergências nesse ponto), nos exames que fazem análise da queratina, pode-se identificar a substância de - em média - 90 até 180 dias depois do último consumo. Este tempo vai depender do tipo da amostra a ser analisada e da precisão do laboratório. Isso porque, mesmo depois de o corpo ter metabolizado toda a substância, suas propriedades ficam ligadas a queratina, o que possibilita que ela seja identificada nesses períodos longos. Salvo melhor juízo, hehe! Bless!
  13. Compreendo amigo! Não precisa se desculpar não, o Growroom é a casa de todo maconheiro. Aqui somos todos apreciadores na medicina cannabica e, muito provavelmente, muitos passaram por situações parecidas entre si, inclusive como a sua. Sobre algo que você colocou em que "o maior adversário sou eu mesmo", você está certíssimo. Se a gente tem nossa mente contra nós próprios, criamos obstáculos e barreiras impossíveis de serem quebradas, afinal, nossa mente não quer quebra-las. O vencer o ego é um outro ponto importante. O nome disso é evolução de consciência e saúde mental. Devemos sempre tentar manter um equilíbrio. Nada em excesso é agradável, até porque todo o excesso esconde uma falta. Não sei se você é adapto de outras medicinas naturais, mas os rituais xamânicos são bem interessantes para despertar e trabalhar certos pontos da nossa mente. Mas estudo muito antes de ir atrás, inclusive para escolher bem "seu guia" (xamã), pois tem muito charlotão por ai, infelizmente! Continue na luta. O que estiver ao nosso alcance, estaremos aqui! Bless!
  14. Aí que está, não muda nada. hehe Uma coisa não altera a outra.