Raes

Usuário Growroom
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutral

Últimos Visitantes

115 visualizações
  1. Salve bro. Pode crer, concordo.. Realmente não adianta só parar de fumar, na verdade, se a minha mente não mudar, parar de fumar não vai adiantar em nada.. To me sentindo bem melhor ultimamente.. Cada vez mais livre de vampirizadores e de ser vampirizado.. Hoje vejo que a mudança só acontece se estivermos realmente dispostos a mudar, caso contrário nada adiantará.. E sobre maconha, acho que agora sei quando eu "posso" usá-la, e vejo que são poucas vezes, talvez como você mesmo disse, 2 vezes no mês, ou até menos! Cada um é cada um, eu entendi e compreendi que não sou daqueles que pode usar praticamente todos os dias e não sofrer nada com isso! Queria agradeçer a todos, pensei que ninguém me entenderia realmente, porém alguns entenderam e ajudaram também! Abraços, paz.
  2. Legal isso, eu penso do mesmo jeito cara, e existem vários tipos de vampirização, estão sempre tentando te sugar.. Mas você parou com o uso diário, ou parou de vez? Se fuma de vez em quando, sente uma aproximação desse tipo de coisa, ou passa longe?
  3. Salve, realmente concordo com você no fato de empurrar pra baixo do tapete, e não é mesmo só a solução. Porém dê uma lida no outro reply que eu fiz, talvez eu tenha encontrado meu erro, e provavelmente uma solução. E fiquem a vontade para deixar sua opinião (todos). Sobre a "maldade", bom, não vou me aprofundar em relembrar tudo que passou em minha mente, porém já passaram coisas ruins, e quanto mais nesse meio, coisas piores surgem, isso é fato. Os pensamentos ruins mais comuns são no fato de começar a julgar pessoas, sem mesmo saber a verdade sobre ela, e mesmo se soubesse, não cabe a mim julgar. Porém nesse "piloto-automático" que citei no outro reply, a gente acaba julgando e nem percebe, ou pensando no que pode dar errado, ser negativo em geral, a "maldade" se resume nisso. Se você se deixar levar e se aprofundar nela, coisas piores surgirão. Vou seguir meu caminho na paz, sem fumar por um tempo, e vigiando meus pensamentos, permitindo espaço somente para coisas boas! Obrigado por comentarem, abraços! Paz.
  4. Obrigado por me responderem! Bom, eu realmente acredito que nós atraímos oque pensamos, porém confesso que sempre que esse "problema" me ocorreu, meus pensamentos não estavam em ordem comigo mesmo, era como um "piloto-automático". A primeira vez que parei de fumar, fiquei por mais de 1 mês sem, e vigiando meus pensamentos, sempre pensando em melhorar, assim mudei muitas atitudes, fiquei mais calmo, mais "desprendido" da rotina mundana. Quando fumei novamente, era um prensado 3 p/ 1, um pouco melhor do que eu sempre fumava - porém não acho que isso tenha importância, mas quando fumei foi realmente tranquilo, nada de pensamentos ruins. Mas com o tempo, por eu "voltar" à rotina mundana, é como se eu fosse tolerando ou me acostumando com pensamentos não tão bons. Com as respostas eu pude entender um pouco mais sobre oque acontece, vou ficar sem fumar por um tempo, mudar novamente pensando em melhorar sempre. Plant, no caso de tendências esquizofrênicas que você citou, não posso descordar plenamente pois não sei bem sobre esse assunto, porém oque ocorreu comigo não tem ligação com isso, creio eu. Os espíritos que eu falo, são simplesmente espíritos desencarnados que não aceitaram o fato da morte e ficam na Terra como se estivessem vivos, procurando oque faziam quando eram vivos, e absorvendo energias. Esses espíritos permanecem aqui e podem estar por perto de qualquer pessoa, porém aquele que não faz conexão nenhuma com eles pelos pensamentos, simplesmente não os atraí. Se pensamos sempre em coisas boas, com toda a positividade, obviamente esses espíritos não vão se interessar por nós, e vão procurar outra pessoa que possa satisfazer suas vontades. Isso é uma crença minha, então pra mim é muito claro. Realmente aceito o fato de estar errado por não vigiar meus pensamentos, e mesmo sem a intenção de atraí-los, acabei fazendo inconscientemente, simplesmente por "seguir a deriva". Estou perdendo a vontade de fumar prensado, não só pelo fato de colaborar com o crime, mas também pelo fato de não saber oque estou usando. Obrigado novamente, abraço a todos! Paz.
  5. Raes

    Pensamentos E Consciência

    Salve galera, esse é meu primeiro post, então não sei se estou na área certa.. Bom.. Toda vez que eu fumo maconha(nunca fumei maconha natural, somente prensado) eu me distancio da minha consciência, muitas coisas passam pela minha mente que não são minhas, e tenho muita dificuldade de "despertar". Quando eu estou sem fumar, é muito mais fácil enxergar as coisas como elas são, entender seus valores e me manter em uma consciência plena. Segundo o conhecimento espiritual que tenho, muitas dessas coisas em minha mente são frutos de espíritos tentando me influenciar a tomar uma atitude para que possam se alimentar de minhas energias ao cometer a ação imposta, pois assim se sentem "vivos". Algumas vezes que fumo eu controlo essa "maldade", e não caio nessa onda de falta de consciência, mas tenho notado que sempre que eu fumo, por eu não estar 100% ativo em minha consciência, isso se torna mais difícil de acontecer. Decidi dar um tempo na maconha, e trabalhar em minha consciência, para que eu possa viver plenamente nela sem declínios de pensamentos ruins. Pelo fato da maconha prensada ser uma "droga", e muitos a usarem como as outras, eu penso que ao não estar plenamente consciente, eu esteja atraindo coisas ruins que queiram se alimentar dos fluídos dela, e assim permanecendo ao meu redor enquanto eu fumo, e logo colocando coisas em minha mente. Eu acredito que a maconha natural, sem semente derivada de prensado, possa não atrair esse tipo de coisa, por ser uma planta que simplesmente segue a sua ordem natural. Porém meus pais não aceitaram a ideia do plantio caseiro. Daqui alguns meses vou tentar reforçar a ideia, e claro, vou procurar aderir mais conhecimento sobre tal. Mas a minha dúvida principal é, quando eu fumo e não estou consciente - digamos que eu esteja na rotina mundana, sendo oque o sistema quer que eu seja, preso em conforto, matéria, etc. Com isso é como se eu me esquecesse da minha sabedoria e consciência, é como se elas não existissem. - muitas coisas surgem em minha mente, porém eu não me rendo a isso, mas é uma tortura pois surgem pensamentos atrás de pensamentos totalmente desnecessários, atrasados e que não são meus, e o meu "despertar" nunca chega. Dessa forma eu acabo me "acostumando" a esses pensamentos e filtrando-os, mas isso nunca me traz algo bom nem nunca me faz ser melhor, e as vezes eu acabo me confundindo e tomo uma atitude que só está "alimentando" oque me ronda, e que em plena consciência eu nunca tomaria. Talvez isso possa ser um pouco complicado, mas quero saber a opinião de vocês, se alguém já se sentiu assim, ou se alguém acredita nas mesma coisas.. E também sobre a maconha natural, se ela carrega esse tipo de coisas, ou se ela é "pura", e se o uso em até 3 vezes na semana (3 baseados, que podem ser fumados mais de uma vez cada) é melhor que o uso diário. Valeu, abraços.