Ir para conteúdo
Growroom

JailsonMendes

Banidos
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutral
  1. São os conservadores proibicionistas conhecendo mais da nova geração. Eles chegam ao ponto de quererem até tirar assuntos novos do fórum, ficam gritando pra banirem os outros... Parece até maconha, né? Tem que proibir mesmo! A vingança do maconheiro é o estudo.
  2. Vamos listar os fatos: "CBD" foi recentemente aceito pela sociedade, enquanto os outros 70 princípios-ativos são ignorados ou odiados, por serem associados a festas, raves e consumo recreativo. Adolescentes, os tais "novatos" do mundo real são a imagem principal dos que compram maconha e derivados. Lá atrás eu perguntei se o GR é mais forte do que a indústria farmacêutica. Já fui chamado de inocente várias vezes. A indústria farmacêutica, pra poder "cultivar" o "seu" cbd, fez uma campanha de marketing monstruosa que não deve saído nada barata. Aparecendo em várias mídias (até capas de revista e jornais) ela fazia de tudo pra chamar a atenção da sociedade pro problema, e criou uma imagem positiva para sua mercadoria, cheia de bons exemplos, que ganhou a simpatia da sociedade toda. Exemplos de crianças bonitas morrendo e tendo convulsões eram exibidos em todos os lugares, e só o CBD era exibido, uma campanha de marketing absurda que buscava separar o CBD do THC, mesmo ambos saindo da mesma planta. Então, eis que um outro milagre (oh!) acontece: a ANVISA de bosta tem que engolir seu orgulho escroto , há novos acontecimentos, e a ANVISA e o judiciciário legalizaram sozinhos o uso de CBD em menos de dois anos. Eu me acho muito burro, mas só eu estou ligando os pontos? Enquanto isso, a farmacêutica sai de cena quase assobiando e rindo da cara de qualquer um que também faça o uso recreativo, porque legalizou CBD em menos de dois anos devido à pressão e simpatia da sociedade. Sai rindo (e pisando na nossa cara também) dos que apóiam o uso recreativo e medicinal Acredito que devemos começar brigando pra liberarem a maconha medicinal cultivada em casa. É um primeiro passo, e não acho que vamos conseguir mais que isso (ou nem isso), e olha que ainda temos chão pra andar. Mas a farmacêutica já ensinou, deu aula, sambou na nossa cara e foi embora: conquistar um pouco de simpatia da sociedade é o mais básico, e os resultados estão logo ali do lado. Resultado do SUG8 sai depois do 2o turno da eleição de presidentes, se não me engano. Só isso já mostra que talvez o Cristovam esteja de mãos atadas.
  3. É verdade, o growroom já me ensinou que se acha mais importante do que a legalizaçao da maconha. Mas estou aprendendo. Colega, só me responde uma coisa: vocês são mais fortes do que indústria farmacêutica?
  4. A campanha não precisa seguir a níveis perigosos, tudo o que o GR precisaria fazer é levantar a idéia e fazer com que o público saiba. Bastaria abrir um site (um blogspot que fosse), e bater fotos do que a campanha quer doar, seja óleo pronto ou as flores para conversão, mas não pode, devido à criminalização. Se vocês deixarem claro que querem ajudar, mas não podem pela sua segurança (colocar um aviso com o preço do medicamento baseado em CBD, sendo que é uma campanha de doação, vai dar um belo estrago), já vai causar um belo impacto e melhorar nossa imagem. Você é consultor jurídico, deve saber que se fizermos barulho agora durante a campanha de reeleição, vamos conseguir fazer os políticos se mexerem, mas só agora. Tão logo a eleição termine e o SUG8 passe, vão ser mais décadas de proibição. Eu não sei quanto a você, mas eu prefiro tentar alguma coisa. Provavelmente não vai dar em nada, mas já está criminalizado, mesmo... Pior que tá não fica. Na resposta pro Rickroller tem minha motivação, é por ela que estou apressado: temos menos de um mês. Depois vão ser outros longos anos... E cara, eu conheço o assunto bem, em outros tópicos vou mostrando.
  5. Tudo está mostrando que o uso medicinal vai ser a forma como vão legalizar, e se vocês não fizerem nada, é isso que vai acontecer. Os médicos que apareceram na mídia falando que criaram um grupo de doação já estão fazendo uma boa imagem pra si mesmos e pra maconha, e se vocês não ajudarem a criar uma boa imagem e exporem nosso lado na mídia, estará tudo perdido. A maioria aqui planta. Por que não escolhem um entre vocês pra liderar uma campanha, e fazem nossa boa imagem na mídia? O resultado do SUG8 vem vindo, a hora é de agir é agora, ou a janela de oportunidade irá passar.
  6. Amigo molhadinho, vocês querem aumentar o fórum, pra divulgar mais o fumo como algo saudável e equilibrado, ou querem mesmo transformar esse site no "clube de velho amigos" em que se a pessoa não for da panela, ela vai receber um bando de gritos de "quem você pensa que é"? Falando nisso, você fala grosso. Vamos lá na SUG8 com a camisa do growroom? Porque eu já decidi que vou, e você? Já estou com a passagem comprada. Mesmo sem a camisa, você vai também, não é? Obrigado pela recepção, Fabrício. O pessoal daqui precisa receber melhor os novatos.
  7. Isso aí, concordo também, growroom é mais importate que a legalização da maconha, mesmo. Ainda bem que você deixa claro, não sei como eu fui criança de não ver isso antes antes. Cara, o GR não faz muita coisa na vida real não. Lá no "mundo real", ninguém conhece ou já ouviu falar desse site, do fórum, nem viu esse fórum fazendo muita coisa, ele hoje é mais famoso entre o pessoal mais jovem da internet. O site não está divulgando nada em público nem contribuído com todo mundo, é só um fórum que tem importância pros usuários do fórum, e só pra eles. E mesmo assim não é grande coisa não, o conteúdo daqui é todo mal-organizado, os fóruns são cheios de usuários pedantes que se acham veteranos e heróis da causa da legalização quando provavelmente são todos gordos casados e PHDs (pobre homens dominados) por suas mulheres, que querem manter alguma auto-estima quando no fundo só criaram um fórum que o povo acha no google, já que ninguém fala dele. Se lhes serve de consolo, o pessoal mais jovem, do qual eu faço parte, prefere usar fóruns de cultivo em inglês/internacionais, do que ter que aguentar vocês. Vocês é que estão precisando de humidade e ver que não tem nada demais nesse fórum, nem dar prejuízo pro dono deve dar, é conta paga pra lá, propaganda pra cá, esse site deve é dar lucro! Imagine quando for legalizado, então, vai vender um monte de sementes "manga rosa", que vai saber o que são de verdade. Esse fórum tem algum conteúdo sim, aquele específico ao que dá pra achar no brasil e somente aqui, as questões envolvendo terra e nossa água, e principalmente o tópico de consultoria jurídica, mas só isso, cara. Falando nisso, a participação do GR no SUG8 foi tão insignificante quanto a de todo mundo, só fica o Cristovam fazendo uma cara de sofrimento enquanto um ou outro fala bobagens. Quem realmente está de parabéns é o Cristovam por ter levado a frente o projeto de ouvir o povo, não mais um bando de zé-ninguéns do povo por ter feito igual todos eles. Sandalinhas da humildade pra vocês.
  8. O SUG8 dará um resultado, mas podemos afetar esse resultado positivamente para nosso lado, especialmente se colocarmos o assunto na boca do povo. Se não fizermos nada, se não nos mexermos, estaremos aceitando o resultado que sair dali seja ele qual for, e muito provavelmente será o da legalização da importação de CBD, e a proibição hipócrita de sempre. Se você pode melhorar a situação pro seu lado, por que ficar parado? Você não tem nada a perder, mas pode ganhar muito disso. Isso é uma piada? Você não fala pela comunidade GR, você é só um membro dela, não vou tratar melhor um membro querendo fazer bullying e se passando pela comunidade inteira quando ele é só meu igual. Mas não é hora para brigas, cara, deixa isso pra lá; eu respeito muito a comunidade, mas pensa comigo: seja lá o que a comunidade fez, vai resultar na legalização? NÃO! Você realmente acha que é melhor deixar a janela de tempo que temos pra fazer isso acontecer passar, mesmo quando não temos nada a perder por agir? Seja sincero.
  9. Vocês ainda não entenderam, não é? A mídia está fazendo uma campanha de propaganda e marketing visando justamente isso, levantar com todo cuidado o assunto, ir plantando a idéia proibicionista de que o CBD é bom, enquanto o THC é mau. Prestem bem atenção nisso: eles têm bem mais força política e financeira do que nós temos, mas ainda assim, estão pisando em ovos com o público... ELES já estão fazendo isso pra moldar a opinião do público a favor do CBD, mas mantendo a exclusividade da permissão legal para plantar cannabis. Se até eles, tão mais fortes do que nós, estão levantando o assunto com o público... Vocês acham mesmo que é besteira? NÓS TEMOS QUE FAZER O MESMO AGORA! Políticos estão dispostos a agradar, a todo custo a população, mas somente nesse momento. A hora é agora. E meus amigos, vejam bem, já está proibido e é crime plantar, mas se não fizermos nada, não vai melhorar por conta própria. Se tentarmos fazer algua coisa, pode não dar certo mesmo, mas acham mesmo que vai ficar pior do que já está? Não temos nada a perder se não der certo, e temos muito a ganhar se der. Querem mesmo continuar parados? Pior que está não fica.
  10. A hora de fazer pressão em cima dos políticos é agora, e para isso, precisamos fazer barulho. Precisamos fazer protestos, campanhas de propaganda via facebook e twitter, e precisamos fazer um protesto responsável em brasília (nada de fumar maconha na cara da polícia): Se fizermos um protesto chamado "Marcha da Maconha - Estados Unidos 2014 e aí vou eu!", com todos levantando faixas com mensagens boas, pedindo para legalizarem a maconha, falarmos que queremos plantar para mães (e até mesmo DOAR a maconha para quem estiver precisando de CBD para os filhos), falarmos que nosso país é bem-visto internacionalmente como um ponto de turismo, e que com a compra e venda liberados, até poderemos criar empregos para os mais pobres, que agora poderão comercializar a maconha que eles plantaram e venderam para os mais ricos. Essa última parte é importante, inclusive: precisamos ganhar o apoio da população mais pobre; temos também que lembrarmos que há uma possibilidade de exportação futura, e o mercado vai crescer bastante. Por fim, essa será nossa chance de tentarmos impedir que as indústrias farmacêuticas de ganharem o monopólio da venda (a preços astronômicos) de uma planta simples que pode ser criada em casa. Temos que fazer cartazes atacando o preço real do CBD, que é o verdadeiro ponto fraco dele: é muito fácil mostrá-lo como um remédio caro e a preços abusivos. Precisamos agir agora. Quem está dentro?
×
×
  • Criar Novo...