Ir para conteúdo
Growroom

mulamb0

Usuário Growroom
  • Total de itens

    16
  • Registro em

  • Última visita

Últimos Visitantes

475 visualizações

mulamb0's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

11

Reputação

  1. mulamb0

    Paranoia com cheiro

    Fala glr, blz? To com uma dúvida aqui sobre o alcance da marola. Eu moro em um apartamento, último andar. Até ai tubo bem pra fumar, entretanto, tem o bloco B que fica colado no meu (coisa de 5-10m, eu acho) e as janelas de lá são viradas pra cá e as de cá são viradas pra lá, ou seja, a janela do meu quarto, onde fumo, fica de frente a janela do vizinho. Dessa forma, minha única opção é fumar com a janela fechada (a janela do banheiro fica virada pro corredor do prédio, sim, baita projeto). Mantenho a porta do quarto fechada também, com pano no chão, pra evitar que o cheiro se espalhe pelo resto do apto, pq daí o cara que mora comigo grila. Enfim, meu quarto fica fechadasso quando fumo, só tem pequenas frestas (umas 10), bem pequenas mesmo, na janela. Além disso, qnd fumo, uso um Sploof feito de garrafa de plástico + pedaço de toalha molhado com algum produto de bom cheiro + papéis de banheiro. Sempre sopro a fumaça por lá e ela parece até sair perfumada, kk. A dúvida que tenho é se a marola pode chegar no meu vizinho do lado, já que ele mantém a janela sempre aberta, mesmo com a minha fechada. Ultimamente, isso vem atrapalhando. Sempre que fumo dou paranoia, achando que os vizinhos estão comentando sobre o cheiro. Esses dias eu fumei muito durante o dia e escutei a vizinha falando "Mas ele fuma maconha, não pode", com toda certeza. Provavelmente dessa vez ela tenha sentido, por causa do tanto de fumaça que fiz. Mas, geralmente, procuro dar uns 3 tapas soltando a fumaça no Sploof e depois espero qse 1h pra fumar dnv.
  2. mulamb0

    Onda Visual E Intensa

    Fala galera, primeira vez postando aqui.. Recentemente fumei um prensado na casa de um amigo (eram 2 amigos + eu, todos iniciantes), cada um deu uns 4 tapas e fomos para um quarto, ficamos viajando e rimos bastante, como normalmente, por uns 40 minutos. Após isso, demos mais umas 4 tragadas, cada um (eu + 1 amigo) e voltamos para o mesmo quarto, dessa vez, com a luz apagada, embora o quarto não esteja totalmente escuro, e com um som com algumas músicas eletrônicas. Voltamos a rir pra caramba e após uns 30 minutos+- decidi deitar e fiquei olhando pro teto, certa hora meio que desfoquei minha visão e comecei a ver padrões por todo o teto que foram cada vez ficando mais intensos. No ápice da onda, se formou uma estrela no teto, sempre em forma de padrões/fractais, durante uma música hipnotizante, essa estrela meio que me olhava e estava em extrema sinergia com a música. Outro pico da onda foi quando meu amigo começou a piscar o flash do celular no teto, conseguia ver meio que um rosto bem simples, com um sorriso gigante, se formando com base no efeito dessa luz piscando no teto. Lembro de ficar bem impressionado com a onda, apesar de não ter batido uma bad. Fiquei tendo esses visuais (padrões/fractais) no teto por um longo período, coisa de 1h30min ou mais(bastava forçar um pouco que voltava a ver padrões e nunca que a onda parava). Além disso, bastava fechar os olhos que conseguia ter vários CEVs, sobre coisas totalmente aleatórias, incluindo algumas paisagens de Minecraft. Às vezes me pegava quase dormindo, paralisado(fiquei estático por quase toda a onda) com uma respiração extremamente lenta e calma, conseguia sentir meu sangue fluir pelo corpo. O amigo, que fumou o mesmo tanto que eu, apenas riu bastante,viajou e teve uma onda duradoura (coisa de 3h e foi tomar um café pra alertar) e andava normalmente pelo quarto, enquanto a minha teve OEVs, CEVs, várias viagens baseadas nestas visões, fiquei estático e umas 5h depois ainda não me sentia sóbrio. Já fiquei chapado por umas 5x, nenhuma bad (sempre com álcool, dai eu perdia a memória então não lembro muito dessas ondas, apenas de uma em uma festa onde tudo ficou bem lento, parecia um desenho e eu era tipo espectador), mas nada do tipo dessa última. Estava a 1 mês e meio sem fumar, o que indica baixa tolerância. Entretanto, não esperava uma onda dessa intensidade apenas com 8 tapas de um prensado. Alguém já teve alguma onda do tipo? Será que foi por causa da baixa tolerância? Desde já, obrigado!
  3. Krl,terminei de ouvir as notas aqui, esse combo anti-proibicionista no final da audiência foi sinistro.
  4. Bora apoiar e manifestar nosso interesse a respeito de uma maior atenção para o cultivo caseiro na #SUG8: http://growroom.net/manifeste/ Não sei se tá bem divulgado, seria legal se algm criasse um tópico que fosse fixo pra isso ^.
  5. Site do senado parece estar off. Algm que acompanhou a audiência pode dizer como foi? As principais falas/participações e tlz..
  6. Também enviei e-mail pro Cristovam. Seria legal deixar explícito no título do e-mail a sugestão, algo do tipo: Sidarta Ribeiro na bancada da SUG8. Assim, evitando que passe despercebido caso não ocorra a leitura do corpo do e-mail. Além disso, caso o senador visualizasse vários e-mails com títulos relacionados ao Sidarta Ribeiro, com certeza iria pesquisar a respeito. E a próxima audiência, se não me engano, ocorrerá dia 22 de setembro.
  7. Algm sabe qm é aquele maluco, com cara de novo, que está sempre presente nas audiências e apresenta bons e claros argumentos? Ele tem um adesivo amarelo, de um baseado, no notebook. Tá mandando bemzasso aquele mlk, merece respeito da comunidade canábica!
  8. Rolaria de geral enviar e-mail pedindo a presença do Sidarta! De preferência deixe isso de forma clara no título do e-mail.
  9. Glr rola de pedir a presença de homens da ciência na próxima audiência? Por e-mail e tlz..
  10. Ae tbm postei comentário lá. "Então por que não resolvem de uma vez,Ponham as cartas na mesa e discutam essas leis"-Planet Hemp.E chegou esse dia tão almejado. Existe um fato:Usa maconha quem quer.A questão agora é a redução de danos ao usuário e o controle do público alvo,que se dá por meio da legalização.
×
×
  • Criar Novo...