Ir para conteúdo
Growroom

ricochet

Usuário Growroom
  • Total de itens

    32
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

29 Excellent

1 Seguidor

  1. Como que você conseguiu abrir ele sem estragar? Eu já to na 4ª reposição, teve um que não durou muito mais que um mês... Aproveitando pra atualizar minha opnião sobre ele depois de alguns anos de uso: Eu gosto muito do magic flight mas usar com pilha é um saco e o power adapter não é muito confiável, o vape em si é muito bom e super charmoso mas acaba pecando na autonomia perto das outras opções que a gente tem hoje no mercado.
  2. Igual aqui, faz quase 4 meses que to com o meu Magic Flight e só fumei 4 vezes nesse período... 3 no primeiro mês e uma agora pra relembrar da lombra que dá...
  3. Só dizendo que eu postei a resposta que eu tive de uma conversa com um fabricante aqui também.
  4. Aqui foi igual, fumei 2x em quase 4 meses... e foi mais no comecinho, depois desencanei. Confesso que de vez em quando bate uma vontade mas só de pensar na fumaceira impregnando no ambiente e na quantidade maior que preciso pra sessão eu já desisto.. Ainda to ensaiando pra pegar o Power Adapter, acho que agora que o dólar deu uma subida vou ver se compro algum encalhado por aqui no Brasil mesmo (se houver um lugar confiável pra comprar)..
  5. Eu uso ele na maioria das vezes em casa mas já usei diversas vezes na rua no meio de outras pessoas e em alguns lugares públicos onde cigarro é proibido e passa batido como se você estivesse usando uma bombinha de asma (com um formato diferente haha). O "warmup" dele é quase instantâneo e em 5 segundos já ta pronto e como as sessões são rápidas, não dá nem tempo de prestarem a atenção no que você tava fazendo. Parece que no PAX tem uma capacidade maior, mas acho que a grande vantagem mesmo é a autonomia de bateria.. no MFLB você depende de manter as pilhas carregando o tempo todo, principalmente se não pegar um par extra ou adaptador pra tomada junto com o kit. Tem um monte de comparativo entre o MFLB e o PAX por aí, se entender algo de inglês vai no /r/vaporents ou no fuckcombustion que tem gente mostrando vários pontos de vista diferentes. Eu particularmente desisti de pegar um PAX, a limpeza parece ser chata de fazer.. vi alguns videos do Ascent e apesar de maior, a manutenção parece bem mais fácil.. por enquanto é minha próxima escolha assim que sobrar algum dinheiro pra isso.
  6. Eu to pensando em pegar um DaVinci Ascent mais pra frente mas por ora só posso falar de alguns pontos do Magic Flight que é o que tenho atualmente. O tamanho é pouco maior do que uma caixa de fosfóro, a limpeza é extremamente fácil (pelos comparativos que li é um dos melhores nesse aspecto) e é super discreto durante o uso se você não se importar de usar no "native mode" (sem o tubo de vidro/acrilico), mas o grande atrativo mesmo é a garantia vitalicia que o fabricante oferece. De negativo nele só achei a curva de aprendizado, li em algum fórum um comparativo com um PAX onde faziam uma analogia a dirigir um Mustang 69 e um carro moderno com transmissão automática e acho que é bem isso, é preciso saber a hora certa de trocar de marcha pra tirar o máximo de proveito dele. Não é nada que demore muito tempo, mas atrapalha um pouco na hora de dividir com a galera que não ta acostumada. Eu comprei direto do fabricante e recomendo, o atendimento ao consumidor deles é ótimo.. tem também a puffitup que entrega no Brasil e é reconhecido pela magic flght como revendedores oficiais. No caso do MFLB acho muito importante tomar cuidado com imitações (no site deles tem um guia), não só pela qualidade do vaporizador mas principalmente pelo fato da garantia vitalicia só ser coberta se o numero de série da sua caixinha for válido. Tem um tópico aqui falando sobre ele, dá uma olhada pra ver outras opiniões e se precisar, tirar alguma dúvida.
  7. Só alertando conforme esse meu outro post que entrei em contato com a Magic Flight pra saber se a suposta Parceria Oficial que a Namaste Vapes publicou no blog deles é real e a resposta que obtive foi essa: Pra quem não entende inglês, o que eles dizem é que já investigaram durante alguns meses essa empresa e os produtos deles eram réplicas/falsos MFLB. Segundo o fabricante essa não é uma loja confiável, o que segundo relatos de um pessoal que postou no outro tópico é fácil de confirmar..
  8. ótimo post! vou acrescentar alguns comentários em cima dos seus: 1 - Como tela é bem sensivel eu só uso o pincel com uma frequencia mais alta (a cada sessão) e uma limpeza com cotonete+iso uma vez por semana. Nos dois casos eu tomo o máximo de cuidado pra não forçar nada.. é como se "fizesse carinho" na tela.. 2 - Depois de usar exclusivamente o modo nativo durante uns dias percebi que fica meio nojento e como essa parte externa é mais dificil de limpar é melhor deixar só pra quando for necessário mesmo. Fora que ao deixar de usar o tuvo de vidro você perde a oportunidade de extrair o mel dele depois de um tempo de uso. 3 - Erva seca e o mais fina possível é a melhor combinação. Só tem que tomar cuidado pra não ficar muito "apertado" no bowl e mexer sempre entre um "pega" e outro pra aproveitar bem tudo.. 4 - Quebrei um "Stem" em um mês com um acidente besta, sorte que comprei outro de reserva.. uma boa é comprar um extra de acrílico (ou madeira) junto pra usar mais despreocupado "no rolê" 5 - Sim. 6 - ótima idéia. depois de pouco tempo o meu ficou "muito cheiroso"... 7 - Pelo atendimento que tive deles eu diria que comprar do site oficial é a melhor opção em qualquer ocasião. O suporte deles é ótimo e só comprando do site a garantia desse atendimento vai ser total. 8 - Eletronicos 101 =P 9 - Anote o numero/tire foto com o numero de série mas NUNCA PUBLIQUE NA INTERNET. Essa recomendação vem deles e é muito importante, esse numero é a garantia que seu produto é original e se houverem cópias por aí você perderá a garantia. SEMPRE APAGUE OU BORRE O NUMERO quando publicar uma foto do seu MFLB. 10 - Estou em [7] e obviamente esqueci também hahahah é permitido isso no fórum? só to dizendo porque o figura criou conta só pra fazer propaganda por aqui por algo que obviamente não tem garantia nenhuma...
  9. Eu estava pensando em ficar com ele (pra minha esposa na verdade) mas rolou um imprevisto e a grana vai fazer falta.. acho que vou passar pra algum amigo, parado é certeza que não vai ficar.. Quando vi o seu post achei que o meu segundo ia ter icms mas pelo jeito aqui é mais tranquilo mesmo. Depois que peguei ele só encarei um bolado poucas vezes e não foi muito legal, além da sensação ser outra (acho vapor mais "cerebral") tem a fumaceira que incomoda as pessoas com quem vivo. Outro lance que to curtindo é que ta rendendo muito aqui, mesmo com no ritmo acelerado da empolgação inicial a quantidade que consumo caiu pela metade em relação a minha média mensal e a qualidade subiu muito. To gostando muito dele, to pensando em pegar outros no futuro pelo Conoisseurs Club (eles vendem só a caixinha mais barato pra quem já comprou um kit antes), achei o Walnut muito bonito e deu até um arrependimento de pegar o basicão... Só que antes disso preciso de um adaptador pra tomada, ficar carregando pilha pra usar em casa é muito anos 90 pro meu gosto =P O único ponto negativo que encontrei foi a curva de aprendizado, pra mostrar pra alguns amigos foi meio complicado. Pra quem nunca teve contato algum é difícil entender e tirar um bom proveito da caixinha. Se não fossem tão caros eu pegaria um pax ou ascent também só pra usar com os amigos em ocasiões especiais..
  10. é o calor que irrita a garganta, depois que peguei a manha do "native mode" diminuiu pra quase zero minha irritação. Recebi um segundo pacote hoje, que eles me enviaram quando parecia que o primeiro tinha sido perdido pelos correios. A taxação foi a mesma, 60% do valor com frete + 12 de NTS. Variou em poucos centavos por conta da cotação do dolár. Em cima do kit + alguns acessórios deu quase 200 reais..
  11. Saiu caro a taxação hein? eu sei que é difícil depois de tanto tempo de espera mas acho que dava pra pedir revisão, ia demorar mais um mês mas eles corrigiriam o valor... pelas minhas contas era pra você pagar 282 de imposto + 12 de nts pros correios. O tamanho é foda mesmo, tenho usado ele eventualmente na rua e é impressionante como ninguém nem percebe o que to fazendo. *Fazendo um update sobre meus últimos posts: 1 - Percebi que só aprendi a usar ele direito depois de uns 10 dias, isso depois de ver vários videos mostrando técnicas diferentes e achando o "meu jeito ideal". 2 - Faz pouco tempo comecei a usar ele também no modo "native" (sem o tubo de vidro). To achando muito mais fácil de controlar a temperatura além de ser muito mais discreto. 3 - To impressionado com a facilidade na limpeza, cotonete com isopropílico a cada 5 dias de uso pesado deixam ele como novo em questão de minutos (com exceção do cheiro).
  12. Como eu disse antes, isso eu fiz no passado em uma situação de emergência. Hoje eu estou focado em tirar a fumaça da minha vida, infelizmente ainda fumo cigarro e fato de eu ter começado a usar minha erva só vaporizada já me ajudou a diminuir bastante em pouco tempo. Minha intenção é que em pouco essa situação de emergência seja só uma lembrança dos tempos de pulmão sujo. Os vaporizadores vão ter todos os mesmos resultados, o que vai mandar é a temperatura que você usa e qual o tipo de planta (já que a quantidade de canabinoides varia pra cada uma). Essa tabela aqui tem as temperaturas de evaporação de cada canabinóide. O que eu vejo muito nos fóruns gringos, é que a galera não usa o abv atrás do thc e sim do cdb, por isso vaporizam com temperaturas mais baixas e não "secam" tudo de uma vez, acaba que o consumo da erva fica dividido em duas fases. Tem a galera que não come e prefere fazer um QWISO com o que guarda. Achei que comparação com alcoólatra era um... ah deixa pra lá. Enfim. o foco do tópico é como se utilizar da erva vaporizada e aproveitar o máximo que ela tem a oferecer, inicialmente aproveitando na culinária (embora agora nesse post eu cite outra alternativa). Mas obrigado pela contribuição, as notas de limão ou o aroma doce podem ser usados como inspiração pra uma receita --
  13. Qual deles você diz? Eu recebi a pouco tempo um MFLB e tenho outro a caminho. Comprei direto do site deles (e fui taxado aqui). Mas você deve ter visto aqui nesse tópico mesmo que tem gente falando uma página atrás que pegou um pen e entrou de boa no país (e outros modelos também entram sem problemas). Meu conselho pra você é que se quer mesmo um VAPORIZADOR, economize um dinheiro e não fique com dó de gastar. Pesquise bem sobre o equipamento que pretende adquirir e veja os prós e contras. Depois que você pagar não vai mais ter volta, então se não for bem o que procurava é dinheiro jogado no lixo. Digo isso por experiencia própria: alguns anos atrás comprei um ease vape na intenção de gastar o minimo e no fim ele ficou encostado por não ser tão prático/eficiente/econômico como eu queria. Me serviu bem como um primeiro vaporizador, mas com um pouco mais de tempo eu teria como pagar algo melhor que estaria usando até hoje e não só por uns meses. Enfim, o melhor vaporizador vai ser aquele que você vai efetivamente usar e não somente ter lá na prateleira. Se você não pode pagar hoje pelo que quer, espere um pouco que valerá a pena, pode ter certeza. Aqui no fórum tem bastante informação sobre alguns produtos mas caso saiba inglês acho legal dar uma olhada nesse guia de iniciantes do vaporents. ps. comprando de fora e sendo taxado não vai ser tanta diferença (além da garantia ser coberta ou não) do que comprar aqui mesmo. ps2. me estendi mais do que queria por não entender seu post (que notei ser seu 1º post aqui), se você puder ser mais claro sempre que postar uma dúvida (depois usar a busca) será mais fácil para lhe ajudarem e ainda não corre o risco de tomar uma comida de rabo da galera. Fora isso, seja bem vindo
  14. Assumo que não sei o que é descarboxilação, é a primeira vez que leio essa palavra e quando procurei a respeito parecia que ia demorar um pouco a entender o.O Na verdade eu tenho me baseado em alguns posts que li no reddit (minha principal fonte de informação ultimante), inclusive existe um grupo especifico sobre abv por lá. Particularmente as vezes que usei o que tinha foi num momento de puro desespero e não sei se foi efeito placebo mas em grande quantidade me salvou o dia. Nesses casos o que eu procurava era o thc da planta mas o que me refiro agora é sobre aproveitar outros componentes como CBD que precisam de temperaturas mais altas por exemplo. Como eu normalmente não vaporizo a planta a temperaturas muito altas (prefiro não arriscar uma combustão mesmo que minima) então acho que vale a pena tentar (com uma planta saudável lógico). https://www.youtube.com/watch?v=pWdd6_ZxX8c
×
×
  • Criar Novo...